11 de março de 2017

Yu-Gi-Oh! ZERO #2 - Memória Confusa - O Terrível Passado de Yuka


Eis que o mistério é desvendado!


E ai pessoas, como estão? Prontos para mais um capítulo da nossa Fanfic? Espero que estejam. Caso você não tenha visto o 1° Capítulo pode olhar aqui. Sem mais delongas, vamos começar.


NO CAPÍTULO ANTERIOR...

Yuka tinha um duelo muito importante na Winged Academy, contra Matsukaze Shinobi, para decidir quem seria o melhor da escola. Depois de muitas reviravoltas, Yuka venceu, porém foi supreendida por uma tragédia que matou grande parte dos alunos. Dois meses depois ela acordou num hospital sem lembrar de nada e com um homem misterioso a sua frente. Quem seria ele?
________________________________________________________________________

- Quem é você? - Pergutava Yuka confusa.
- Saia! - Ordenava o mascarado com uma voz bastante forte para que a enfermeira saísse do quarto.

A enfermeira obedeceu o comando, porém antes dela sair, Yuka prestou atenção e viu um vazio nos seus olhos, como se estivesse sob algum tipo de controle mental.

- Não irei repetir! Quem é você? O que faz aqui!? - Gritava Yuka já irritada com a criatura.
- Calma Srta. Yuka, você vai ter um enfarto desse jeito. Antes de tudo, você não quer saber como veio parar nesse hospital? - Dizia o homem encapuzado calmamente.

- Ele está certo, como eu vim parar aqui? O que aconteceu? - Se perguntava Yuka, ainda bastante confusa.

Nesse momento, o homem mascarado sorri de forma maligna e fala para Yuka - Você está aqui por causa da explosão em sua escola. Não se lembra?
- Explosão!? - Fala a garota num tom de voz mais alto e assustada.
- Sim, lembre-se querida! - Fala o homem mascarado erguendo suas mãos em direção a Yuka, nesse momento ele começa a controlá-la mentalmente.
- Eu, me lembro, mestre - Dizia Yuka ainda controlada por ele, e tendo vários lapsos de memória.

Nesse momento, o homem mascarado abaixa as mãos e deixa de controlar Yuka mentalmente, porém ela ainda se lembra do acontecido, mesmo após o fim do controle mental.

- Na explosão, várias pessoas morreram Yuka, inclusive sua querida irmã Masumi - Dizia o homem mascarado calmamente e com um sorriso maligno no rosto.

Yuka ainda incrédula olha rapidamente para o homem mascarado e começa a chorar - Não! Não pode ser verdade! Eu não acredito em você! - Gritava Yuka, chorando e abaixando a cabeça.

- Acredite Yuka, outra verdade é que os poucos que sobreviveram ficaram em coma por dias, semanas ou meses, como você. - Dizia calmamente o homem mascarado.
- Não, isso não pode ser verdade, é impossível de acreditar, minha irmã morreu, NÃAAAAAOOOO! - Gritava Yuka caindo em lágrimas.
- Agora sim eu fiquei sozinha... - Falava a garota lembrando da sua infância

FLASHBACK ON!

- Mamãe, Papai, onde vocês estão indo - Falava a pequena Masumi com um olhar de curiosidade.
- Estamos indo para um torneio querida. - Fala Meiko Sakuri com uma serenidade no olhar.

Meiko Sakuri, mãe de Yuka e Masumi, era uma mulher de 26 anos, 1,65 de altura, cor de pele clara, olhos verdes, cabelos ruivos e longos, corpo definido e seios fartos. Meiko e seu marido, Joe, eram conhecidos como os melhores duelistas de Tag que já existiram, apesar de jogarem com Decks totalmente diferentes. Meiko e Joe eram extremamente divertidos em seus duelos e amavam suas filhas...

- E se nós ganharmos, o papai vai levar todo mundo pra viajar - Fala Joe Sakuri sorrindo.

Joe Sakuri, pai de Yuka e Masumi, era um homem de 27 anos, 1,67 de altura, pele parda, olhos azuis claro, cabelo branco e corpo malhado. Joe e Meiko participavam frequentemente de torneios Tag e dificilmente perdiam...

- Oba! - Pulava a pequena Masumi empolgada com a promessa do pai.
- E não se esqueça que até voltarmos você tem que tomar conta da sua irmanzinha - Falava Meiko piscando para Masumi.
- Sim mamãe, vou proteger a Yuka-chan - Falava a pequena Masumi, apontando para sua irmã mais velha.
- EU JÁ SEI ME CUIDAR SOZINHA! - Falava Yuka já irritada por sempre ser tratada como criança.
- Tudo bem filha, então fazemos assim, você cuida da Masumi e ela cuida de você - Dizia Meiko fazendo carinho na cabeça de Yuka, que fica sem jeito e responde - Tudo bem - sorrindo.

Nesse momento, os pais de Yuka saem e deixam ela com sua irmã.

- Espero que eles vençam e voltem logo para casa - Falava Yuka preocupada para a sua irmã, e com a TV ligada no canal onde passaria o torneio.
- Olha maninha, o papai e a mamãe na TV - Apontava Masumi o dedo para a TV.
- Eu estou vendo - Falava Yuka sorrindo para a sua irmã.

No televisor o juíz anuncia o começo do torneio com um duelo de exibição pelo fato de um duelista ter desafiado Meiko e Joe para um duelo.

- A mamãe e o papai são muito bons duelando - Falava Masumi apontando para a TV.

Enquanto isso no torneio, Meiko e Joe ficaram confusos com o desafiante. - Você quer duelar sozinho contra nós dois? Contra o nosso Tag? - Falava Meiko.
- Sim - Responde tranquilamente o desafiante.
Meiko ficou impressionada com a ousadia do desafiante.
- Ok, então vamos começar - Disse Joe para que Meiko se preparasse.
- Sim! - Responde Meiko ajeitando seu disco de duelo.
- Todos estão prontos para o duelo? - Pergunta o juiz para os duelistas.
- Sim. - Respondem todos.

O juiz então abre um sorriso e começa uma contagem regressiva com a platéia... 3..2..1 - DUELO!! 

DESAFIANTE LP: 4000
JOE & MEIKO LP: 4000

- Eu começarei - Anuncia o desafiante.
- Deixo uma carta virada e encerro. - Fala o desafiante encerrando o seu turno.

Nesse momentos todos ficam confusos, como será que o desafiante vai se safar somente com uma carta virada?

- Ok! Minha vez, eu puxo! - Fala Joe iniciando sua jogada. 
- Eu ativo meu Card de Magia Ancient Rules, que me permite Invocar Especialmente um Monstro Normal de Nível 5 ou maior, sendo assim eu trago meu Ás! Dragão Branco de Olhos Azuis! (ATK: 3000/DEF: 2500/N:8). Agora eu Invoco meu Monstro Tuner Protector with Eyes of Blue! (ATK: 800/DEF: 1300/N:1) - Falava Joey explicando sua jogada.
- Isso! Vencemos! - Falava Meiko já com certeza de que venceriam.

- Agora eu te ataco diretamente com o meu Dragão! - Falava Joe apontando para o seu adversário.

O desafiante se mantém calmo, mesmo com o ataque vindo em sua direção.

DESAFIANTE LP: 1000

- Agora eu ataco com o meu Protector! - Falava Joe terminando o seu ataque.

O desafiante se mantém parado, mesmo com o impacto do dano.

DESAFIANTE LP: 200

- Antes de terminar eu vou fazer uma Synchro Summon usando meu Tuner e meu Dragão! Luz de um amanhã incessante, abra as portas da evolução! Venha, em Modo de Ataque! Azure-Eyes Silver Dragon! (ATK: 2500/DEF: 3000/N:9). Assim eu finalizo - Fala Joe confiante com a sua jogada.

- E AGORA! O QUE ELE VAI FAZER COM APENAS 200 LP, SERÁ QUE ELE VAI CONSEGUIR VIRAR O JOGO, OU APENAS VAI CHORAR NO COLO DA MAMÃE? - Falava o juiz para dar mais emoção para a partida.

- Meu turno, compro! Termino meu turno. - Fala calmamente o desafiante.

Nesse momento Meiko e todos os outros ficaram confusos. - Será que ele não sabe jogar? Ou será uma armadilha? - Meiko sabia que algo estava errado mas tentava ignorar. Enquanto isso várias pessoas da plateia começaram a vaiar o desafiante. - Você não sabe jogar? Volte para o lixo de onde você nunca devia ter saído!! - Falou um expectador, gerando tumulto na plateia.

- PEÇO SILÊNCIO A TODOS PARA QUE O DUELO PROSSIGA - Dizia o juiz para a plateia.

Nesse momento o tumulto é resolvido e o duelo prossege.

- Meu turno! Eu compro! - Dizia Meiko começando o seu turno. - Agora eu ativo o efeito do Azure-Eyes Silver Dragon do meu marido, que permite que eu Invoque um Monstro Normal do meu Cemitério na minha Standby Phase. Volte para o campo! Blue-Eyes White Dragon! - Fala Meiko muito pensativa em sua jogada... - Agora eu ativo meu Card de Magia Polymerization! Que me permite Invocar um Monstro por Fusion Summon! Eu uso minha Dark Magician Girl em minha mão e o Blue-Eyes White Dragon no campo!

Todos ficaram impressionados com a jogada da mulher, mesmo com monstros fortes em campo ela não queria atacar, mas porque?

- Paladina do Dragão! Unifique nossas almas e venha até mim! Fusion Summon! Apareça em Modo de Ataque, Dark Magician Girl the Dragon Knight! - Falava Meiko, convicta da vitória. - Agora eu ativo meu Card de Magia Flip Step-Up! Que me permite virar um carta virada para baixo do meu oponente com a face para cima, mas sem ativar seus efeitos! Eu viro sua carta! E nesse momento, eu ativo o efeito da minha Dark Magician Girl the Dragon Knight, descartando outra Polymerization da minha mão eu destruo sua carta!

- Uau, a mamãe é demais - Falava Masumi olhando para a TV.
- É mesmo - Respondia Yuka sorrindo.

Dark Magician Girl the Dragon Knight ataque diretamente!! - Falava Meiko, indo com tudo para cima.

No momento em que o impacto estava a metros de chegar, o desafiante fala - Eu descarto Swift Scarecrow para o meu Cemitério e nego seu ataque, além de encerrar sua fase de batalha!

- QUE MOVIMENTO ESPLÊNDIDO DO NOSSO DESAFIANTE! ELE CONSEGUIU DESVIAR DO ATAQUE E SE MANTEVE NO JOGO - Falava o juiz dramatizando.

- Meu turno, puxo! - Nesse momento, o desafiante começa a rir e debochar.
- VOCÊS SÓ CONSEGUEM ISSO? QUE FRACASSO!

Todos estavam confusos com suas provocações, pois, afinal de contas, eles estava perdendo e não tinha cartas no campo.

- Agora eu ativo minha carta! - Diz o desafiante, sorrindo. 

Nesse momento, a carta ativada começou a brilhar, e ninguém entendia o que estava acontecendo. De repente, Meiko e Joe haviam sumido, e o desafiante continuava lá. No telão, o LP de Meiko e Joe apareciam claramente zerados.

- O que aconteceu? Meiko e Joe perderam? Isso só pode ter sido trapaça! - A plateia começa a se questionar.

- Bem, parece que o vencedor foi o... - Nesse momento, o desafiante levanta os braços e todos tem suas memórias apagadas, e não conseguem se lembrar de nada.

Yuka e Masumi começaram a chorar desesperadamente por conta do desaparecimento dos seus pais, e com o sumiço deles, acabaram indo morar com seus avós.

- FOI TUDO CULPA DAS CARTAS! A MAMÃE E O PAPAI NUNCA TERIAM SAÍDO DE CASA SE NÃO FOSSE POR ELAS! - Yuka colocava a culpa de tudo nas cartas...
- IRMÃ! O PAPAI E A MAMÃE VÃO VOLTAR, CONFIA EM MIM! - Dizia Masumi, calmamente, tentando acalmar sua irmã.
- NÃO! ELES NÃO VÃO VOLTAR! ELES SE FORAM, PRA SEMPRE... - Yuka começou a chorar no ombro de sua irmã.

FLASHBACK OFF!

Yuka ainda chorando para de se lembrar e pergunta para o mascarado - QUEM É VOCÊ!? O QUE FAZ AQUI!?

O mascarado começa a sorrir e diz - Sou conhecido como O Duelista Necro, só vim te avisar do ocorrido.
- Veio apenas me avisar da tragédia e mais nada? Então pode ir embora - Falava Yuka triste e irritada.
- Sim, eu vim só para falar da tragédia, mas vendo o seu sofrimento eu posso te contar como você pode trazer sua família de volta - Respondeu Necro, fazendo uma nova proposta.
- Você está brincando comigo! Não vê o meu sofrimento, pessoas que morreram não voltam! - Falava Yuka ainda em prantos.
- Eu só sei que se você conseguir Zero Monsters suficientes, poderá trazer de volta quem quiser! - Falava Necro, sorrindo.
- Zero Monsters? Que merda é essa!? Quer saber? Pouco me importa, eu não acredito em você! - Dizia Yuka arrancando todos os aparelhos que estavam presos em seu corpo.
- Yuka, os Zero Monsters já te escolheram, você só precisa usá-las e fazer uma Zero Summon para trazer de volta quem você quiser! - Dizia Necro, se dirigindo para a porta para sair.
- VOLTA AQUI! VOCÊ INSULTOU A MIM E A MINHA FAMÍLIA, ME CONTOU UMA MENTIRA E ME FEZ ME LEMBRAR DO MEU PASSADO! EU NÃO VOU TER PERDOAR SEU MISERÁVEL! - Yuka pega o seu Deck e o seu disco de duelo e começa a correr atrás de Necro, ainda cansada, pois havia passado muito tempo internada.

Necro vê o esforço da garota para pegá-lo, e começar a correr mais rápido, até que encontra uma parede e fica sem saída.

- Pelo jeito teremos que duelar não é mocinha!? - Diz Necro, sorrindo.
- Sim! Eu vou acabar com você e com essa farsa de Zero Monsters! - Falava Yuka ainda furiosa.
- Interessante! Pelo jeito, farei com você o mesmo que fiz com os seus pais! Muahahahahaha! - Necro começava a rir malignamente.
- MEUS PAIS!? - Yuka toma um susto com o que Necro acabava de dizer, naquele momento seus olhos começavam a lacrimejar e o seu corpo começava a tremer.

DUELO!!

CONTINUA...

Comentários
0 Comentários

0 Comentários: