4 de fevereiro de 2017

Próxima Ban List - Especulações, Achismos e Vontades.


Olá duelistas, tudo bom?? Primeiramente vou me apresentar, meu nome é Felipe Santana de Oliveira, mas podem me chamar de Profi. Sou um novo redator aqui do site e como gosto de tretas debates, até porque se não for pra causar nem ligo a internet, vou começar com um assunto um pouco delicado e pôlemico: A BAN LIST.


Segundamente, quero dizer que o objetivo desse ser meu texto inicial é apenas pelo fato de é um momento apropriado em virtude de estarmos a 5 meses sem uma alteração da lista e pelo fato de que em fevereiro entraremos em um novo formato com os lançamentos de Raging Tempest (coleção que trará os zodiacs) e Fusion  Enforces (coleção que trará invoked).


Ressalvo que tudo o que eu escrever aqui são suposições baseadas no que eu estou vendo do formato atual e de uma projeção do próximo formato, bem como coisas que eu gostaria de que se concretizassem.


Dito isso, começo com o meu primeiro achismo: acredito, acho, espero, que a lista saia nas duas ultimas semanas de fevereiro. Por quê? Pelo seguinte, nos dias 18-19 de fevereiro será o YCS Seattle, o primeiro campeonato do novo formato, e acredito que a Konami vai esperar esse campeonato para largar uma lista para evitar o ocorrido do  ano passado, que foi o seguinte: no primeiro YCS do novo formato (após BOSH), o deck que recém tinha entrado no formato, o tão odiado falado PePe pegou, se não me falha a memória 26 ou 29 lugares do Top 32. Vendo que isso seria ruim pro jogo, a Konami largou algum tempo depois uma lista de emergência que diminuiu o poder do Deck.


Baseado nisso, eu suponho que a lista sairá após o YCS Seattle, para evitar uma nova lista de emergência, fazendo os ajustes que achar necessário em uma ban list normal como as outras.

Depois desse devaneio, vou apontar algumas cartas que eu acredito que poderão entrar na lista, outras que poderão sair e o porquê.

BANIDAS.


Majespecter Unicorn - Kirin
Tá legal, essa carta é meio óbvia e é especulada , isso porque é uma carta muito genérica e consegue acabar com várias jogadas do oponente. Sem falar que não é destruída por efeitos e nem pode dar alvo nela. Por essas razões ele é um fortíssimo candidato a próxima ban list.



Terraforming
Essa aqui é por uma análise que eu tenho feito das cartas de campo que têm sido lançadas. Pegamos alguns exemplos, Union Hangar, Hidden City, Kozmotown e Revolving Switchyard. Todos esses campos têm em comum o fato de serem buscadores, e como as cartas de campo estão cada vez melhores, acredito que essa carta é uma boa candidata ao ban ou a uma limitação por conta de que a carta busca buscadores de graça, e isso em um futuro pode causar problemas, por isso acho que uma hora ela vê o sol nascer quadrado.



Elder Enity Norden
Esse eu acredito que irá pro ban por conta da nova fusão anunciada no dia 24 de janeiro. Isso porque eu acredito  como há um provável reprint da intant Fusion, a Konami não vai limitar ela, muito menos deixar no jogo 2 alvos extremamente bons para ela e que em conjunto podem fazer jogadas absurdas.



Ancient Leaf.
Nesse mês de janeiro, se não me engano no mesmo dia 24, houveram muitos rumores e especulações, uma delas foi de novas regras para o TCG em março, uma delas é que os pontos de vida inicias seriam 12000 e não mais 8000, por conta desse rumor, essa carta subiu quase 1700% em instantes, isso porque o efeito dela diz que se você tem 9000 de LP ou mais, você paga 2000 LP e compra duas. Caso o rumor da regra seja real, essa carta será banida por que ela vai virar uma nova Pot of Greed.



LIMITADAS.


Toadally Awesome
Antes de mais nada, não odeio o sapo dos infernos, mas acho que ele pode ir a 1 por uma razão comercial. A konami vive de lucro na venda de cartinhas, e com a nova coleção prestes a chegar, acredito que a Konami vai tentar diminuir o poder de alguns decks, e pra diminuir o poder dos paleozoics, uma limitação do sapo seria o suficiente.



Metalfoes Mithrilium
Esse é pelo mesmo fator do sapo, e pelo fato de que metalfoes é o deck mais forte do formato, o que faz dele merecedor de uma limitação, pois a limitação dele diminui o giro que o deck faz, mas não mata ele completamente, o que dá chance dele continuar competindo, mas sem se sobrepor aos novos lançamentos.



Psy-Framelord Ômega
Esse aqui já estava sendo especulado a ir pra lista por conta do efeito de tirar cartas da mão do oponente quando há dois ômegas em campo, mas agora com a fusão nova, é possível invocar 3 ômegas com muita facilidade, o que faz com que as opções de jogada do oponente sejam minimizadas, por isso acho que ele pode ser limitado.



Union Hangar
Outra carta que eu acho que poderá ir para a lista por conta da Konami precisar vender as cartas novas, pois limitando o Hangar, a consistência do deck diminuiu drasticamente, o que fará que menos jogadores usem ABC, fazendo com que joguem com as coisas novas.



Solemn Strike
Essa aqui eu acho que irá seguir os mesmos passos da Solemn Warning, irá primeiro ser semi-limitada e depois limitada, isso porque a carta tem um custo baixo de ativação para negar invocação especial e efeito de monstros, e como a Konami já vendeu bem as duas coleções quem vieram ela, é capaz dela mexer agora.



Speedroid Terrortop e Fire Formation - Tenki
Caso Zoodic pegue a maioria do TOP 32 do YCS Seattle, e a lista seja liberada após ele  para evitar uma nova lista de emergência, acredito que essas duas serão limitadas pelo mesmo motivo que foram limitadas no OCG, essas cartas sozinhas conseguem iniciar todo o combo do deck.


CARTAS QUE PODERÃO VOLTAR.


Harpie's Feather Duster
De proibida passar a ser limitada.
Essa carta gera medo, discórdia e polêmica. Porém, no formato atual, e até mesmo no próximo formato, caso ele siga os passos do OCG, os decks tenderão a usar menos armadilhas e mais magias e monstros, por conta disso, esse seria um momento muito oportuno para retirar ela da lista.



Apoqliphort Towers
De proibida passar a ser limitada
Vocês vão querer me surrar por eu ter posto ele aqui, assim como meus amigos que sofreram nas minhas mãos por conta dele. Eu ponho ele aqui por conta de que ele não causaria o mesmo estrago de antes, e nem estou falando de Kaiju. O motivo dele fazer estrago não era só o fato dele não ser afetado por nada e nem por diminuir ataque dos special summon, mas sim pelo fato do deck conseguir descer um Towers por turno, isso porque o deck continha 6 buscadores e 6 ou 7 cartas de compra: 3 Summoner's Art, 3 Wavering Eyes, 3 Upstar Goblin, 3 Into The Void, 1 One Day of Peace e 2 Qliphort Scout. Como wavering está banida, e upstar e scout estão limitados, ficou praticamente impossível descer um dele por turno. Por isso acho que se ele voltasse a um não faria diferença pro jogo.


Book of Moon, Chain Strike, Debris Dragon, Inzektor Hornet, Sangan, Artifact Moralltach:
Essas cartas eu vou falar juntas pois todas tem o mesmo motivo pelo qual poderiam sair de suas limitações, que é o fato de não influenciarem o meta e não fazerem grande diferença pro jogo.

Book of Moon, Chain Strike, Debris Dragon são algumas que na minha opinião não ganhariam espaço só por saírem da lista.


Inzektor Hornet poderia voltar pelo fato de que quem faz as invocações dos inzektors e enche o campo e o dragonfly, o hornet causa destruição, porém hoje em dia isso não faz mais tanta diferença.
Sangan acredito que saia por conta dele ter ganhado uma errata e um reprint contendo a nova errata. Já o Moralltach eu acredito que poderia ser semi-limitado como teste pra vero que poderia influenciar, até por conta de que o artefato da vez é o Scythe já que trava extra do oponente.




Bom pessoal é isso, essas são minha opiniões/especulações/vontades para a próxima banlist.
Espero que tenham gostado, e se tem alguma carta que vocês acham que deveria estar aqui, ou têm alguma critica, comentem a postagem.

Um abraço.

Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

Joao Lucas disse:
4 de fevereiro de 2017 14:39

Seja bem vindo! Primeiro post ficou bom.

Aceite criticas construtivas, opiniões, sugestões. Não ligue pros Haters que, apesar de sempre criticarem, sempre estão nos acompanhando. É isso aí e sucesso.