8 de novembro de 2016

Por que foi banido? - Butterfly Dagger - Elma


O que uma carta com efeito de aumentar o ATK do monstro equipado em apenas 300 pode fazer?



     Butterfly Dagger - Elma
Spell Equip

The equipped monster gains 300 ATK. When this card is destroyed and sent to the Graveyard while equipped: You can return this card to the hand.












Ao bater o olho no efeito, já estranhamos: Por que diabos uma carta dessas foi banida? Por um lado, você tem razão em estranhar. Individualmente, Elma é ridícula. Aumenta o ATK de um monstro em apenas 300. Seu efeito de voltar pra mão quando destruída não era grande coisa. Não entraria em nenhum deck. No entanto, em conjunto com outro monstro, ela causa grandes estragos. E que monstro é esse?


Sim, ele mesmo, o famoso monstro do Joey, Gearfried the Iron KnightGearfried possui o efeito de quando um Spell Equip é equipado nele, esse Equip é destruído na hora. Sacaram? Com esse efeito, poderíamos equipar a Elma nele infinitamente, já que quando ela é destruída, volta pra mão. Parece que o jogo virou, não é mesmo? Agora, essa inutilidade toda já muda.

Tá, mas o que isso muda? Tudo. Podendo ativar uma Spell infinitamente, vários combos e OTK's surgem envolvendo essas duas cartas.


Com a Spell Contínua, Spell Absorption, você poderia ganhar LP até seu adversário desistir. Cada vez que você ativa um Spell Card, ela te dá + 500 de LP. Agora imagine ficar equipando a Elma no Gearfried infinitamente? Você iria ganhar tanto LP que o deck do seu oponente iria acabar e ele não ia conseguir reduzir sua vida a 0.

A Fire Princess também era perigosa nessa história toda, já que toda vez que você ganha LP, ela inflige 500 de dano ao oponente. Ou seja, OTK na certa.


Outro deck que surgiu e se beneficiou da jogada Elma + Gearfried foi o Exódia. Ativando a Elma infinitamente, você poderia botar Spell Counters no Royal Magical Library toda hora, usando seu efeito e puxando cartas até não querer mais. Sem dificuldade, e com apenas 3 cartas, comprava-se o deck todo e completava o Exódia. OTK/FTK na certa.


Outros decks que usavam Spell Counters também se aproveitavam desse combo. Magical Marionette ganha 1 Spell Counter para cada Spell ativada, e para cada Spell Counter, ganha 200 de ATK. Poderia-se dar ATK infinito para ele ativando a Elma infinitamente. A Mega Ton Magical Cannon possui o efeito de destruir todas as cartas do oponente removendo 10 Spell Counters do campo. O que seria 10 Spell Counters no campo com o combo Elma + Gearfried? O combo era limpar o campo do oponente com a Mega Ton Magicial e atacar diretamente com o ATK absurdamente alto da Magical Marionette.

Se com essas cartas antigas de Spell Counters o combo da Elma já era perigoso demais, imagine com as cartas atuais? Magical Abductor, Tempest Magician, Magicial Citadel of Endymion, etc. Muitos combos absurdos surgiram, e muitos combos absurdos poderiam surgir. Ativar uma Spell Card infinitamente definitivamente não é uma boa ideia.

Deixarei um vídeo mostrando um pouco do poder dessa carta:

Com isso tudo acontecendo, a Konami não teve escolha a não ser mandar a Butterfly Dagger - Elma pro limbo, em Abril de 2005.

É isso pessoal, espero que tenham gostado. Não deixem de comentar e dizer o que acharam, é muito importante para que possamos continuar. Curtam, compartilhem, mostrem pros amigos que não sabem, e até a próxima!

Comentários
2 Comentários

2 Comentários:

pedro eduardo disse:
8 de novembro de 2016 17:25

só uma duvidazinha rápida sobre outro assunto se alguem aqui quizer responder pra mim estaria muito agradecido, efim, cartas de speed spell 3 só podem ser respondidas pelas mesmas certo? no caso as counter traps não tem nada acima dela fora as mesma então cartas como cyber dragon infinity não podem nega-las neh?

Ronaldo Silva disse:
8 de novembro de 2016 23:01

Sim Pedro Eduardo, apenas couter traps negam counter traps. Agora sim vejo o pq dessa carta esta banida, vazia putaria nivel hard com o Gearfried. O Rescue Cat pode ser a próxima. Ótima serie.