18 de setembro de 2016

Carta da Semana #160: Lullaby of Obedience


Teme alguma carta do adversário? Livre-se dela.


Lullaby of Obedience
Spell Normal

Pay 2000 LP and declare 1 Monster Card name; your opponent looks at their Deck, reveals 1 of the declared monsters if there is any, and applies 1 of these effects.

● Add it to the hand of the player who activated this card.
● The player who activated this card Special Summons it to their field in Attack Position, ignoring its Summoning conditions.










Lullaby of Obedience é uma carta antiga já, mas era restrita apenas ao anime. Ela foi usada por Kaiba em seu duelo contra Yugi na semi final do reino dos duelistas. Na ocasião, Kaiba estava com medo que Yugi invocasse seu deus, Osiris. Foi então que ele usou essa mágica para tentar se livrar do problema. Vale ressaltar que apesar de parecidos, seu efeito no cardgame e no anime são diferentes.

Lullaby surgiu recentemente no jogo através do pack Duelist Pack: Rivals of the Pharaoh. Seu efeito permite que você pague 2000 de LP e declare um nome de monstro. Seu oponente mostra o deck dele, e se o monstro que você declarou estiver lá, ele escolhe uma das seguintes opções: Fazer com que você adicione o monstro para a sua mão, ou fazer com que o monstro seja invocado especialmente em modo de ATK no seu campo, ignorando qualquer condição de invocação. Isso mesmo, a possibilidade de usar as cartas do oponente contra ele mesmo sempre é boa.


Mirror Match, a melhor opção





Claro que após pagar 2000, seria de extrema chatice dar um tiro no escuro e declarar o nome de um monstro que nem tenha no deck do oponente, certo? É por isso que o potencial dessa carta aparece veementemente nas mirror matchs, que nada mais é que uma partida match de decks iguais. Por quê? Porque você provavelmente já sabe as cartas que o oponente tem, e, além de reduzir em quase 0% a chance de você declarar um monstro que não exista, é também uma forma de tirar os recursos do oponente, aumentando os seus.

Vamos aos exemplos:
  • Declarar o nome do Blue-Eyes Alternative White Dragon: Se seu oponente optar em você adicionar para sua mão, seria extremamente fácil invocá-lo. Além disso, se vocês estivessem em uma mirror match de Blue-Eyes, qualquer monstro que você declarasse do deck dele te ajudaria.
  • Declarar o nome da Ehther the Heavenly Monarch: Com a nova banlist, os Monarchs se deram mal, e tiveram a Ehther limitada a 1. Com isso, usar a Lullaby para se livrar dessa única Ehther do deck do oponente seria crucial na partida. Caso ele optasse para você adicionar para a mão, você poderia a invocar por tributo, usufruindo dos seus efeitos. Provavelmente que então o oponente escolheria para ela ser invocada no seu campo. Você não usaria seus efeitos, mas teria um monstro com 2800 de ATK no seu campo, e já teria concluído seu objetivo, que era se livrar dessa única cópia da Ehter.
  • Declarar o nome do Kozmo Dark Destroyer: Caso um pouco parecido com a Ehther. Com a última banlist, Dark Destroyer foi limitado a 1, e é um monstro que consegue causar problemas, mesmo só 1 cópia dele. Nesse caso, o oponente ficaria sem saída, pois entre escolher em você adicionar para a mão ou invocar no campo, traria prejuízos para ele de qualquer jeito. Só que diferente da Ehther, se o Dark Destroyer fosse destruído, quem usaria o efeito seria o OPONENTE, dando uma vantagem a ele. Só que assim com os Blue-Eyes, qualquer monstro de Kozmo que você declarasse te ajudaria.
  • Há muitos outros exemplos: Judgment Dragon - Em uma mirror match de Lightsworn, você roubá-lo e invocá-lo primeiro que seu oponente pode ser crucial para sua vitória. Mas tem que se atentar que nem todo deck de Lightsworn joga com o Judgment DragonBlack Luster Soldier - Aquela única cópia no deck do seu oponente está te incomodando e pode ser a única carta a te ferrar? Livre-se dela. Speedroid - Terrortop - Seja você adicionando para a mão ou invocando no campo, esse monstro será usado e terá seu efeito ativado.
Lullaby of Obedience é uma carta muito boa e pode ser uma nova e forte opção para os Sides Decks. Você pode até usá-la em uma partida Single, mas suas chances de declarar algo inexistente é alta, além de que cada deck é um deck, é difícil deduzir, assim, do nada, que monstros o adversário usa. Prevejo que daqui pra frente, essa carta estará presente em muitos duelos de Mirror Match!


Então é isso pessoal, espero que tenham gostado. Post não foi longo, mas esse é o estilo do Carta da Semana, algo rápido e informativo. Não deixem de comentar. Curtam, compartilhem, mostrem pros amigos, e até a próxima!

Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

kijimoshi disse:
18 de setembro de 2016 20:31

Ela pode ser usada para inutilizar um deck de Exodia tambem declarando uma das 5 partes do exodia para o seu campo ou mão