6 de março de 2016

Carta da Semana #157: Beatrice, the Eternal Lady


A dama eterna faz sua aparição!

Beatrice, the Eternal Lady
Rank 6 
Fairy/Xyz/Effect/Light
2 Level 6 monsters
You can also Xyz Summon this card by sending 1 "Burning Abyss" monster from your hand to the Graveyard and using 1 "Dante" monster you control as the Xyz Material. (Xyz Material attached to that monster also become Xyz Materials on this card.) Once per turn, during either player's turn, except the turn this card was Summoned this way: You can detach 1 Xyz Material from this card; send 1 card from your Deck to the Graveyard. If this card in your possession is destroyed by your opponent's card (by battle or card effect) and sent to your Graveyard: You can Special Summon 1 "Burning Abyss" monster from your Extra Deck, ignoring its Summoning conditions.




Dante e Beatrice (Beatriz), em Dante Alighieri's, a Divina Comédia.
O trailer oficial do Premium Gold: Infinity Gold saiu (data prevista para 18 de Março de 2016), e nele, pudemos observar a vinda de várias cartas pro TCG; Uma delas é a nossa Carta da Semana, Beatrice, the Eternal Lady. Isso foi uma surpresa e tanto. Os Burning Abyss sofreram um pouco com a última Banlist, tendo o Cir Semi-limitado e Graff Limitado, mas ganharam reforços de peso: Fiendish Rhino Warrior, os novos The Phantom Knights e agora a Beatrice. Parece que a Konami não quer que o deck morra tão cedo, não é? 
Na Divina Comédia de Dante, Beatrice era a paixão de infância de Dante, e foi ela quem o guiou em sua jornada para o céu. Isso pode ser uma referência ao seu efeito, onde ela pode usar qualquer "Dante" para se invocar. Agora que já sabemos tudo o que precisamos saber, vamos ao que interessa:


Beatrice pode ser invocada de duas formas: Uma é usando 2 level 6 monsters. Possibilidade descartada em Burning Abyss, já que os monstros são tudo Level 3. A outra é usando um "Dante" em seu controle como Xyz Material ao enviar um Burning Abyss monstro da sua mão para o cemitério. Isso lembra algo? Sim, a forma de invocar a Downerd Magician. Então basicamente sua Beatrice será uma Downerd com mais ATK/DEF, ao custo de um Burning Abyss. E óbvio que esse custo não será nada, já que provavelmente o Burning Abyss enviado para o cemitério terá seu efeito ativado.

Downerd Magician sempre foi importante, e é usada pelos jogadores para cobrir as falhas do Dante Xyz: Se retornado para o Extra Deck ou se removido do jogo, não poderá usar seu efeito, que é retornar uma carta Burning Abyss do cemitério para a mão. Seu outro efeito é causar dano perfurante.


Beatrice troca o efeito de dano perfurante da Downerd por outro efeito bem mais útil em Burning Abyss, que é parecido com o efeito do banido Lavalval Chain. Durante o turno de qualquer jogador, exceto no turno que ela foi invocada, você tirar 1 Xyz Material dela para enviar uma carta do seu deck para o cemitério. Isso mesmo, QUALQUER CARTA. Esse efeito chega a ser ridículo em Burning Abyss, não preciso nem dizer. Ser capaz de enviar qualquer Burning Abyss, ou até mesmo qualquer Spell, Trap, dá um poderio extra pro deck.

E com esse efeito todo, você acha que Beatrice vai ser usada só em Burning Abyss? Com a condição de ser invocada por 2 Level 6, ela pode ser muito bem utilizada em Hieratic. Mas não venham com papo de "Ah, ela tem o mesmo efeito do Lavalval Chain, e ele foi banido, e por que ela não?" Simples, Lavalval era muito mais simples e rápido de se invocar, assim como todo Rank 4 genérico. Ah não ser que encontrem um jeito abusar imensamente do efeito dela, não vejo problema algum.


Imagem pertencente ao blog oficial da Konami
E a Beatrice tem mais um efeito, que é de saída: Quando ela for destruída por batalha ou por efeito de carta do oponente, você pode invocar um "Burning Abyss" do seu extra deck, ignorando a condição de invocação. E é aí que entra a fusão esquecida dos Burning Abyss, Dante, Pilgrim of the Burning Abyss. Pilgrim é uma fusão de 2800 de ATK e 2500 DEF. Valores considerados razoavelmente altos. Para invocá-lo, você precisa fundir 3 Burning Abyss de nomes diferentes, e ele só pode ser invocado desse jeito. Ou seja, uma tarefa bem difícil e inviável para uma Deck List competitiva de Burning Abyss. Como a Beatrice invoca do extra "ignorando a condição de invocação", você pode invocá-lo pelo efeito dela tranquilamente. Apesar disso tudo, o efeito dessa fusão é ótimo: 1- Não pode ser alvo de cartas do oponente. 2- Durante o turno de qualquer jogador, você pode enviar um Burning Abyss da sua mão para o cemitério e comprar 1 carta. 3- Quando ele é destruído por batalha ou por efeito de carta do oponente, você pode enviar uma carta aleatória da mão do oponente para o cemitério. Seu oponente ficará no lema: "Destruo a Beatrice e faço ela invocar essa coisa contra mim, ou a deixo em campo para ela utilizar seu efeito livremente?"

Claro que essa parte de cima é brincadeira. Hoje em dia há diversas maneiras de se contornar o efeito da Beatrice, não preciso nem citar aqui que vocês sabem. Mas é aquela coisa, tudo depende do andamento da partida. Tem vezes que seu oponente não vai conseguir se livrar da Beatrice sem fazer com que ela não ative seu efeito de saída. No entanto, há uma problema, tomem cuidado: Seu nome. Ela se chama Beatrice, the Eternal Lady. Ou seja, não é um "Burning Abyss". Assim como a Downerd Magician, seus Burning Abyss de main deck não ficarão no campo se ela já estiver. Mas nem tudo está perdido. Com o novo Fiendish Rhino Warrior, esse problema pode ser resolvido facilmente.

O deck finalmente está voltando ao cenário competitivo, graças a esses novos suportes. E vocês, o que esperam dos Burning Abyss nesse formato, e o que acharam da carta?

É isso pessoal, espero que tenham gostado. Não deixam de comentar. Curtam, compartilhem, mostrem pros amigos, e até a próxima!

Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

Solaire disse:
8 de março de 2016 18:56

Essa carta dará um up nesse deck q tinha tudo pra cair no meta atual...esperar pra ver