30 de novembro de 2015

As Rank-Up-Magic (RUM) morreram?


A culpa é da própria Konami?

Olá pessoal, tudo bem? Antes de mais nada, quero deixar claro que esse talvez seja o meu menor post escrito até hoje. O intenção é deixar que vocês mesmos respondam o título do post nos comentários. Só que claro, antes disso, tenho algumas coisas para falar (ou reclamar). Preparados? Então vamos lá:


A história das RUM começa em Yu-Gi-Oh! Zexal. Foram introduzidas pela primeira vez no anime por Girag, um dos Sete Imperadores Barians. Seu intuito era fazer lavagem cerebral nos moradores de Heartland com o poder da carta e blá lá. Ao decorrer da anime, vários outros personagens também começaram a usar as RUM com mais frequência, até que ela se tornou uma das principais cartas ao longo que o fim da série se aproximava.

Claro que no anime, tudo é mil maravilhas. Cartas sendo compradas em momentos exatos, cartas deixando o adversário de boca aberta, cartas invocando monstros maravilhosos com efeitos situacionais, etc. Isso é o suficiente para iludir muitas pessoas, principalmente os que jogam mais para diversão. Muitos se perguntaram se as famosas RUM viriam pro jogo, e elas vieram.

Em meados de 2013, elas chegaram. Provavelmente houve um hype da utilização das mesmas. Uns gostaram, outros nem tanto. Inclusive, chegaram a ser bem utilizadas em decks como Heraldic Beasts. Só que, enquanto o tempo passava, a Konami percebeu que não daria pra ficar nas mesmices, e então decidiu trazer variações com efeitos diferentes das Rank-Up. Não deu muito certo. E Por que as RUM não deram certo? Veremos agora:


Rank-Up-Magic Barian's Force
Spell Normal
Target 1 face-up Xyz Monster you control; Special Summon from your Extra Deck, 1 "Number C" or "CXyz" monster with the same Type as that monster you control but 1 Rank higher, by using it as the Xyz Material. (This Special Summon is treated as an Xyz Summon. Xyz Materials attached to it also become Xyz Materials on the Summoned monster.) Then, if possible, detach 1 Xyz Material from a monster your opponent controls and attach it to the Summoned monster as an Xyz Material.







Aí está o problema. Boa parte, ou todas as RUM especificavam muito o que os jogadores deveriam invocar. Isso complicava demais. Vejamos, você só tinha a opção de invocar monstros "C" ou "CXyz". E então você pensa: "Esses monstros não devem ser tão ruins assim":


Number C92: Heart-EartH Chaos Dragon
Rank 10 
Dragon/Effect/Dark
4 Level 10 monsters
Cannot be destroyed by battle. When a monster you control inflicts battle damage to your opponent: You gain Life Points equal to the damage they took. If this card has "Number 92: Heart-eartH Dragon" as an Xyz Material, it gains this effect.
● Once per turn: You can detach 1 Xyz Material from this card; negate the effects of all face-up cards your opponent currently controls, until the end of this turn. This activation and effect cannot be negated.





Peguei um Number C ou CXyz qualquer só para exemplo. Olhe bem para o efeito e descrição do monstro. Pense em quão difícil seria invocá-lo. Nesse caso, você teria que utilizar uma RUM no Number 92. Para invocar o Number 92, você precisa de 3 level 9 monsters. E aí, fácil?

Voltando para a ideia inicial, o que estraga esses Numbers Chaos é a condição para a ativação de seus melhores efeitos ou efeitos secundários. Grande parte dos monstros C ou CXyz, que na maioria das vezes só podiam ser invocados por alguma RUM (Ou você utilizaria 4 level 10 monsters, igual nesse caso?) possuem essa condição: "If this card has "Number tal" as an Xyz Material, it gains this effect". Ou seja, você deveria ter tal monstro Xyz especifico como material para poder usar seu efeito. Isso limita e muito a capacidade do monstro.

Além disso, pela dificuldade de invocá-los, boa parte desses monstros possuem efeitos péssimos, podem ser removidos facilmente do campo, e não tinham algo em especial que chamasse a atenção dos jogadores. A Konami não equilibrou os fatores "dificuldade de invocação" e "bons efeitos", como sempre foi sua característica em fazer. Ela simplesmente pegou os efeitos do anime (onde é tudo lindo e maravilhoso, nunca há efeito ruim, como dizia Fudo Yusei) e trouxe pro jogo, sem alteração alguma.


A Konami ofuscou uma coisa com outra?


Antes das RUM darem as caras, a mecânica de invocar um Xyz por cima do outro, os utilizando como Xyz Material já existia. No entanto, os primeiros Xyz com essa mecânica também possuíam a mesma fraqueza das Monstros Chaos: Ser muito especifico na questão do monstro só poder utilizar seu efeito se tal Xyz estiver como seu material. Uns exemplos são os monstros Number C32: Shark Drake Vice e Number C39: Utopia Ray.

Porém, a Konami deve ter percebido tal gravidade e foi desenvolvendo mais Xyz com essas características, só que sem essas malditas especificações. Resultado? Monstros como Cyber Dragon Infinity, Number S39: Utopia Lightning (esse também especifica, mas é muito mais fácil de se invocar), Number 95: Galaxy Eyes Dark Matter Dragon, entre outros, surgiram. E o melhor de tudo, você não precisa invocá-los utilizando alguma Rank-Up Magic, gastando uma carta a mais na sua mão. Podemos auto invocá-los por cima de um determinado monstro em campo a qualquer momento. Isso é ótimo. Faz com que as jogadas sejam mais rápidas, sem depender de alguma outra carta.

Com  essa facilidade toda chegando, a tendência foi com que as tadinhas das RUM fossem cada vez mais sendo esquecidas. Seria um ótimo ou péssimo final? Não sei. Até que Yu-Gi-Oh! ARC-V chegou, e para a surpresa de muitos,  nossas queridas Rank-Up-Magic voltaram, só que com algumas melhorias.

No entanto, mesmo as RUM novas sendo melhores, ainda estão presas somente a um Archtype, que são os Raid Raptors. Apesar da Konami ter coberto as falhas das RUM anteriores, muitos jogadores ainda possuem receio de ter que gastar uma carta na mão para "evoluir" um monstro Xyz, sem a garantia que não o perderá fácil. Quem sabe a Konami continue a melhorando as Rank-Up, a ponto de deixá-las utilizáveis? E quem sabe em um futuro próximo, essas cartas interajam com os Xyz genéricos em geral, sem ficar presas somente a um deck ou dizendo o que você deve invocar ou não? São coisas que só o tempo dirá...


Então é isso pessoal, espero que tenham gostado. Sugestão ou alguma critica? Discordam de mim em algum ponto? Comentem aí. Curtam, mostrem pros amigos, compartilhem, e até a próxima!

Comentários
7 Comentários

7 Comentários:

Guilherme Lerry dos Santos disse:
30 de novembro de 2015 10:33

A Konami percebeu a Burrada e parou de deixar cartas de anime com EXATAMENTE o mesmo efeito, sempre melhorando ou "adaptando" algumas coisas. Quanto as RUM posso dizer que a Astral Force sempre será Atual e que só falta o Shun receber uma Spell Quick-Play "RUM of Avarice" que embaralha RUM no deck e compra cartas, ou mesmo banindo elas do grave pra comprar cartas de um jeito semelhante a Fluffal Wings.

Joao Victor Pereira Batista De Deus disse:
30 de novembro de 2015 12:42

Realmente tenho que concorda com VC seria melhor se pelo menos os monstros Cxyz não tivesse essa parte do eff só com o materia ll,outra coisa hard e o valor delas tem rank up que chega a 40$ ficando complicado are de comprar

Mundo da Pré-história disse:
30 de novembro de 2015 17:27

Esses são os monstros que no post foi dito que tem efeitos "ruins": Number C9: Chaos Dyson Sphere; Number C15: Gimmick Puppet Giant Hunter; Number C69: Heraldry Crest of Horror; Number C80: Requiem in Berserk;Number C101: Silent Honor DARK; Number C106: Giant Red Hand; Number C103: Ragnafinity; Number C107: Neo Galaxy-Eyes Tachyon Dragon; CXyz Coach Lord Ultimatrainer; CXyz Dark Fairy Cheer Girl; CXyz Simon the Great Moral Leader; CXyz Skypalace Babylon;

"[[Aí está o problema. Boa parte, ou todas as RUM especificavam muito o que os jogadores deveriam invocar.]]"(#Lembrando que as primeiras RUM foram criadas quase que especificamente pros monstros "ruins" ai em cima, e outros dos arquétipos Number C e Cxyz.)
**Rank-Up-Magic Barian's Force: Usa um Xyz qualquer e transforma em um Number C ou Cxyz do mesmo tipo com 1 Rank maior.(Como se esse texto não fosse básico praticamente entre as RUM - Barian)

**Rank-Up-Magic Limited Barian's Force: Usa um Xyz Rk/4 qualquer e transforma em um Number C de Rk/5 qualquer. (Como monstros ruins Number C69; Number C39s; Number C101; Number C103 e Number C106.)

**Rank-Up-Magic Numeron Force: Mesma coisa da "Barian Force", só que esta nega o efeito de todas as cartas Face-Up, exceto ela e o Xyz q ela Summonou).

**Rank-Up-Magic Argent Chaos Force: Usa um RK/5 ou maior qualquer e transforma-o em um Number C ou CXyz com 1 Rank maior qualquer. Tambem uma vez por duelo ela retorna do grave pra mão. (Como monstros ruins CXyz Coach Lord Ultimatrainer; CXyz Simon the Great Moral Leader; CXyz Skypalace Babylon; Number C9: Chaos Dyson Sphere; Number C15: Gimmick Puppet Giant Hunter, etc...)

**Rank-Up-Magic Admiration of the Thousands: Summona 1 Number C ou Cxyz usando xyz dos dois cemitérios q tenham o mesmo Rank e sejam de 1 Rank menor q o Summonado. (Realmente, ela é péssima).

**Rank-Up-Magic Quick Chaos: Transforma imediatamente 1 Number em sua versao Chaos, e pode ser ativada na Battle Phase(Geralmente os Number C tem ATK de 2500 pra mais, e por Quick-Play ainda pode proteger seu Number de efeitos ou mesmo Ataques).

**Rank-Up-Magic - The Seventh One: Extremamente Dificil de ativar, e só serve pra trazer praticamente o Number C101 e o Number C107. (Mesmo assim, é umas das RUM que o pessoal mais gosta e usa.)

**Rank-Up-Magic Astral Force: Transforma um xyz qualquer em um q tenha 2 Rank maior e seja do mesmo Tipo e Atributo. (Não é tão genérica assim, mas é uma que o pessoal mais usa).

Da pra concluir que pelo menos as RUMs antigas não são ruins como cita o post. A diferença esta na situação do Meta atual, de como o jogo esta se comportando ultimamente, dos Arquetipos mais usados. Afinal, elas são cartas de uma ERA e ARQUETIPO antigo(até); não tem muito como se adequar a nova era. Pra essas ruins começarem a dar as caras nos torneios precisam de suportes q as reciclem, e também os seus Xyz. Afinal, 15 cartas de Extra não são como 40 de Main Deck. Elas não são ruins, só não estão em seu momento certo ainda.

Jordan Balhistero disse:
3 de dezembro de 2015 23:10
Este comentário foi removido pelo autor.
Guilherme Lerry dos Santos disse:
4 de dezembro de 2015 15:54

Suporte pras RUM antigas seria daora, algo meio que "barian's draw" ou coisas do tipo pra adcionar consistência aos decks de CXyz e Number C.

José Renato disse:
14 de dezembro de 2015 16:20

Um grande problema das RUM é que ainda não temos um "Searcher" genérico decente. Os Raidraptor possuem o Tribute Lanius e o equipamento Raptor's Ultimate Mace. Esse equipamento é péssimo, não sei pq a Konami lançou essa carta, seria melhor se fosse exclusiva do anime.

Fabio Allan disse:
22 de dezembro de 2015 20:30
Este comentário foi removido pelo autor.