1 de março de 2015

Carta da Semana #149: Book of Eclipse

Book

“Once upon a time, I was falling in love
But now, I'm only falling apart
There's nothing I can do
A total eclipse of the heart”
(Total Eclipse of the Heart, Bonnie Tyler)

BookofEclipse

Book of Eclipse
Quick-Play Spell Card
Change all face-up monsters on the field to face-down Defense Position. During the End Phase, flip all face-down Defense Position monsters your opponent controls face-up, and if you do, your opponent draws 1 card for each.



(Para quem não lembra da música do começo.)

Eae galerinha, como vão? Você provavelmente deve conhecer a carta que eu vou comentar hoje, pois não é uma carta de lançamento recente, mas também não é uma carta muito antiga como a maioria pensa, sendo que apareceu no TCG lá no booster The Duelist Genesis, o primeiro da série 6 e do Yu-Gi-Oh! 5D’s. Ela faz parte da série dos Books, e seu efeito é uma combinação do efeito do Book of Moon e do Book of Taiyou/Sun, já que representa o evento astronômico que envolve esses objetos celestes.

BookofMoon BookofTaiyou

Book of Eclipse, assim como os outros livros dessa série (exceto Book of Life), é uma mágica de jogo-rápido, o que significa que pode ser ativada no turno de ambos os jogadores desde que tudo esteja preparado. Ela altera todos os monstros virados para cima no campo para virados para baixo e em posição de defesa, diferente da Moon e Taiyou que alteram apenas um monstro por vez. No fim do turno que ela é ativada, todos os monstros que o oponente controla, e somente esses, que estiverem virados para baixo em posição de defesa, são virados para cima, e então para cada monstro virado para cima desta maneira, o oponente compra 1 carta do deck.

Só com o parágrafo acima podemos dizer que a nossa Carta da Semana é uma carta forte. Para este post, vamos considerar uma carta forte como sendo uma carta que pode fazer muitas coisas que podem alterar o rumo do duelo. No caso da Eclipse, para você ter ideia, você pode: 1) Ativar no seu turno para esconder os monstros do oponente e ataca-los enquanto em Posição de Defesa, 2) Esconder os monstros do oponente e se livrar de seus efeitos contínuos até o fim do turno, 3) Ativar na Battle Phase do oponente para proteger seus monstros de serem destruídos, 4) Enconder monstros que seriam afetados por uma carta que só afete monstros virados para cima, 5) Resetar o efeito de monstros Flip ou “uma vez enquanto esta carta estiver virada para cima” que você controla, etc.

MorphingJar

A algum tempo atrás, quando Morphing Jar ainda era liberado, Book of Eclipse era bastante usada em decks Empty Jar, pois o efeito de fazer o oponente comprar até 5 cartas em cada End Phase fazia com que o deck dele se esgotasse mais fácil, e as vezes era melhor do que enviar diretamente as cartas do topo ao cemitério. Além de também resetar o efeito do Morphing, permitia que ele continuasse no campo ao praticamente encerrar a Battle Phase do oponente. É claro que decks assim já venceram campeonatos por aí, e foi por isso que atualmente ele se encontra morto.

Deixando o passado de lado, na última semana, Book of Eclipse voltou a aparecer em torneios, e por um bom motivo, apesar de simples. Nekroz. Esse deck cheio de monstros banidos que acaba de chegar no TCG já tem destaque nas paradas de sucesso, e a Book of Moon se encaixou muito bem nele, apesar de também ser uma ótima opção para combate-lo. Pode ter ficado meio confuso, então explicarei:

SkillDrain KarmaCut

O objetivo do deck Nekroz: Adicionar as Ritual Spell Cards e os Ritual Monsters certos do seu deck à mão. Para isso, o deck é cheio de buscadores, incluindo os próprios Ritual Monsters podem buscar as outras cartas-chaves por apenas descartar eles da mão (Clausolas e Brionac), porém, o deck geralmente usa também 3 cópias de cada, Senju of the Thousand Hands e Manju of the Ten Thousand Hands, que também tem efeitos de busca, mas precisam ser Normal ou Flip Summoned para assim fazer.

Além da Book of Eclipse poder resetar o efeito de Senju e Manju, virando eles para baixo para poderem ser Flip Summoned no próximo turno (desde que não sejam destruídos até lá, mas é um risco que vale a pena), você pode se livrar de cartas como Skill Drain que negaria o efeito deles durante a Normal Summon. Skill Drain não impede que os efeitos de monstros sejam ativados, portanto o jogador de Nekroz ainda pode ativar o efeito do Senju ou Manju e criar uma Chain com a Book of Eclipse, virando eles para baixo antes da resolução, e uma vez que estiverem virados para baixo, o efeito será resolvido (você irá buscar uma carta do deck) já que a Skill Drain não nega efeitos de monstros que estejam virados para baixo.

A mesma jogada pode ser usada quando outras cartas que afetem apenas monstros virados para cima seja usada, como Karma Cut, Enemy Controller e Castel, the Avian Skyblaster, cartas que também estão sendo usadas para enfrentar o metagame (e portanto tiveram que se juntar a ele).

NekrozofUnicore ElShaddollWinda

Por falar em enfrentar o metagame, Book of Moon pode ser usada contra Nekroz também. Claro que você não vai usar ela quando o oponente invoca um Manju. Ao invés disso, vai esperar ele colocar um Nekroz of Unicore, que nega o efeito de todos os monstros Special Summoned do Extra Deck, ou quando ele tiver um monstro que foi Ritual Summoned usando um Djinn Releaser of Rituals, cujo efeito impede que você faça Special Summon enquanto o outro jogador controlar aquele monstro Ritual Summoned. Virando o Unicore para baixo, você pode fazer as suas invocações do Extra Deck e depois acabar com ele via efeito ou batalha, e virando um monstro Ritual Summoned com o Releaser, imediatamente o efeito dele é invalidado, mesmo que aquele monstro volte a ficar virado para cima.

Assim como a estratégia de se livrar de Skill Drain também é válida para Tellarknight, você pode usar a Book of Moon contra outros monstros chatos como El Shaddoll Winda, que impede que um jogador faça mais de uma Special Summon por turno e ainda não pode ser destruída por efeitos de cartas enquanto virada para cima. Também pode ser útil contra os Qliphorts (exceto Towers e Skybase), que geralmente possuem apenas 1000 de DEF, mas quando virados para cima não podem ser afetados por efeitos de monstros de Level/Rank menor que o deles, portanto após virados para baixo a destruição tanto por efeitos de monstros quando por batalha fica mais fácil.

E para encerrar, vou deixar a decklist de Nekroz que comentei no post para quem quiser testar por aí:

Main Deck
Extra/Side Deck
Monsters [26]:
[3] Manju of the Ten Thousand Hands
[3] Senju of the Thousand Hands
[3] Shurit, Strategist of the Nekroz
[3] Nekroz of Brionac
[3] Nekroz of Unicore
[3] Nekroz of Valkyrus
[2] Nekroz of Clausolas
[2] Nekroz of Trishula
[1] Dance Princess of the Nekroz
[1] Djinn Releaser of Rituals
[1] Nekroz of Decisive Armor
[1] Nekroz of Gungnir
 
Spells [17]:
[3] Mystical Space Typhoon
[3] Preparation of Rites
[2] Book of Eclipse
[2] Nekroz Cycle
[2] Nekroz Kaleidoscope
[2] Nekroz Mirror
[1] Book of Moon
[1] Raigeki
[1] Snatch Steal
Extra Deck [15]:
[2] Herald of the Arc Light
[1] Dragon Master Knight
[1] Leo, the Keeper of the Sacred Tree
[1] Star Eater
[1] Abyss Dweller
[1] Castel, the Skyblaster Musketeer
[1] Daigusto Emeral
[1] Diamond Dire Wolf
[1] Evilswarm Exciton Knight
[1] Gagaga Cowboy
[1] Lavalval Chain
[1] Number 101: Silent Honor ARK
[1] Number 103: Ragnazero
[1] Number 80: Rhapsody in Berserk

Side Deck [15]:
[3] Maxx “C”
[3] Twister
[3] Fairy Wind
[3] Royal Decree
[3] Vanity’s Emptiness

Autor: Jeff Jones/Maximillian Reynolds;

Nekroz of Gungnir
“Turn around, bright eyes”
(Crédito:
Amanda LaPalme)


Então é isso galerinha, espero que tenham gostado do post. O que vocês acham da Book of Eclipse, vão usar com/contra Nekroz ou outro deck? Comentem e boa semana.

Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

Guilherme Lerry dos Santos disse:
7 de março de 2015 18:55

uso desde sempre nas internet;