3 de fevereiro de 2015

Random Card #39: Oasis of Dragon Souls


Não, não é uma miragem. Se você gosta de reviver seus monstros do cemitério a todo instante, e todas as cartas que você possui não são suficientes, é hora de adicionar mais uma Trap!

Oasis of Dragon Souls
Continuous Trap Card

Activate this card by targeting 1 monster in your Graveyard; Special Summon it in Defense Position. It becomes Wyrm-Type. When this card leaves the field, destroy that monster. When that monster leaves the field, destroy this card.












Fala pessoal, tudo bem? Hoje estou aqui para comentar sobre uma carta que se encaixou em diversos decks, e um fator curioso é que ela possui um efeito semelhante ao da antiga Call of the Haunted, porém, com algumas observações a serem analisadas. Pare tudo o que está fazendo e me acompanhe:

Oasis of Dragon Souls chegou no booster pack The New Challengers, que é um booster que introduziu suportes para diversos outros archtypes, e os Wyrms foram um deles. Logo de cara, parece ser uma trap comum, com efeito igual a diversas outras, que é de renascer um monstro do cemitério. Porém, um dos seus efeitos é "It becomes Wyrm-Type", ou seja, "o monstro revivido torna-se do tipo Wyrm". Para quem está desatualizado, Wyrm é um novo tipo de monstro, e suas artworks são semelhantes a de Dragões. Como de costume, a Konami gosta de lançar cartas que aparentemente "pertencem a um deck", mas que podem facilmente serem usadas por outros. Estratégia? Não sei. A coisa mais engraçada nessa história toda é que a Oasis se encaixa perfeitamente no deck Wyrm mais utilizado (ou o único utilizado) que são os Yang-Zing, mas é dificil uma Build deles com essa carta, porém, você a encontra em diversos outros decks, e é por esse fator que ela foi escolhida para ser comentada hoje por mim. Sem mais delongas, vamos a uma melhor ànalise:




Excluíndo o fato de transformar o monstro renascido em Wyrm-Type, Call of the Haunted e Oasis possuem exatamente o mesmo efeito, porém, uma renasce o monstro em modo de ATK e a outra em DEF. Qual a vantagem disso? Depende do turno. Se for durante o turno do oponente, trazer o monstro em modo de DEF pode ser um jeito de proteger seus pontos de vida. Porém, o jeito "certo" de usá-la é durante a End Phase do oponente, para no seu turno deixar o monstro em modo de ATK. Claro, tudo isso depende de N fatores. Depende do seu deck e de seu objetivo no turno. Se o objetivo do seu deck é ficar revivendo monstros com ATK alto toda hora do cemitério, é claro que usar uma COTH (Call of the Haunted) compensa um pouco mais. A presença da Oasis em vários decks não é pra trazer os monstros em modo de DEF e te proteger. É aí que vários decks se aproveitam disso. Como por exemplo os Yang Zings. Invocá-los durante o turno do oponente em modo de DEF, é perfeito. Cobre o dano que você levaria, pois estão em DEF, e invocam outro do deck. Mesmo que você já tenha renascido eles, o oponente pode dar alvo na sua Oasis com MST, destruíndo o Yang Zing junto, mas isso não é problema, pois eles invocarão outro do deck do mesmo jeito. Foi nesse lema que eu disse logo na introdução "a Konami gosta de lançar cartas que aparentemente 'pertencem a um deck', mas que podem facilmente serem usadas por outros", que é o vamos ver logo a seguir:



O que mais encontramos por aí são monstros com efeito "Quando essa carta é invocada especialmente (ou só invocada), ela faz tal coisa...". COTH era uma maneira de acelerar isso no deck, pois invocava do cemitério sem custo algum. No entanto, parece que só 3 cópias dela não é o suficiente. Foi necessário mais 3 cópias da Oasis, totalizando 6 cartas com efeitos iguais para acelerar as jogadas desses decks. Já vi vários builds de SatellarKnights abusando dessa trap, pois é uma maneira de invocar repetidamente seus monstros, ativando seus efeitos e dificultando a vida do adversário. Com a limitação do Artifact Moralltach, invocá-lo durante o turno do oponente mais vezes será necessário, então 6 cópias de cartas para isso, é mais que o suficiente. Lembrando que vários outros decks se beneficiam com o fato de invocar monstros especialmente, durante o seu ou adversário turno.


Agora vamos às analises finais: Invocar um monstro em DEF e torná-lo um Wyrm-Type tem alguma vantagem? Claro que sim. Com os SuperHeavy Samurai, invocar um monstro em Defesa sem custo algum é muito eficaz. Você pode abusar disso e aproveitar a DEF dos seus monstros para atacar seu oponente. Já na parte de transformar o monstro em Wyrm-Type, há as vantagens e desvantagens. Se você é malandro e pensa em invocar seus monstros com a Oasis só pra fazer um Xyz Summon, pense que as vezes pode dar errado. Ok, a maioria dos Xyz são genéricos, que só requerem 2 leveis iguais. Porém, alguns já são mais exigentes e, além de leveis iguais, requerem 2 types de monstros iguais, e como seu monstro estará como Wyrm, sua jogada pode fracassar, então fique ligado. Agora, uma parte boa é que, se você invocar qualquer NON-TUNER do cemitério, ele já poderá ser material para a invocação do Synchro Monster Baxia, Brightness of the Yang Zing, que requer 1 Tuner + 1 Non-Tuner Wyrm-Type.

Main Deck
Extra/Side Deck
Monsters [13]:
[3] SatellarKnight Altair
[3] SatellarKnight Deneb
[2] SatellarKnight Unukalhai
[1] SatellarKnight Alsahm
[1] SatellarKnight Vega
[1] Mathematician
[1] TrapTrix Myrmeleo
[1] Genex Ally Birdman

Spells [10]:
[3] Mystical Space Typhoon
[3] Reinforcement of the Army
[2] Pot of Duality
[1] Soul Charge
[1] Mind Control

Traps [19]:
[3] Call of the Haunted
[3] StellarNova Alpha
[2] Breakthrough Skill
[2] Oasis of Dragon Soul
[2] Trap Stun
[2] Ojama Trio
[1] Solemn Warning
[1] Bottomless Trap Hole
[1] Compulsory Evacuation
[1] Icarus Attack
[1] Eradicator Epidemic Virus
Extra Deck [6]:
[1] Michael, the Arch-Lightsworn
[1] Yazi, Evil of the Yang Zing
[2] Castel, the Skyblaster
[2] StellarKnight Triverr
[1] Abyss Dweller
[1] Number 101: Silent Honor Ark
[1] Number 103: RagnaZero
[1] Dark Rebellion Xyz Dragon
[1] Photon Papilloperative
[1] Evilswarm Exciton Knight
[1] Lavalval Chain
[1] Gagaga Cowboy
[1] Daigusto Emeral

Fonte: Alter Reality Games
Autor: Lucian Lange

Então é isso meus queridos, espero que tenham gostado, post foi curto, mas espero que minha visão tenha chegado até vocês. Comentem, mostrem pros amigos e até a próxima!

Comentários
7 Comentários

7 Comentários:

Isaac Posada disse:
3 de fevereiro de 2015 11:43

tava tudo decidido pra por essa carta no deck até eu ler: it becomes wyrm-type. achei que era um call of the haunted que invoca em defesa mas é um call of haunted dos wyrms. e eu não uso muito meu deck wyrm. mas, é uma carta ótima em decks wyrms ou yang zing.

Joao Lucas disse:
3 de fevereiro de 2015 12:54

@Isaac Posada: Na maioria das situações, o monstro se transformar em Wyrm não muda nada, porque o objetivo do jogador é só invocar o monstro dele especialmente pra fazer tal coisa. Então, basicamente, é uma segunda Call of the Haunted que invoca em DEF.

Aldair Farias disse:
3 de fevereiro de 2015 17:05
Este comentário foi removido pelo autor.
Aldair Farias disse:
3 de fevereiro de 2015 17:07

Wow! Excelente post! Tenho um deck de burn satellarknight, estava pensando em usá-la, mas ai vem o termo ..."wyrm-type"... então, não deu...

Cyberblu disse:
3 de fevereiro de 2015 19:42

Eu não vejo muita desvantagem de ter meu monstro transformado em Wyrm. Só vai mudar que eu não poderia fazer alguma Xyz ou Synchro que necessitasse do tipo original daquele monstro, mas ao mesmo tempo - ainda mais futuramente - abre portas para você invocar outros monstros desses, como já no caso do Baxia. Por enquanto a CotH continua sendo a preferida da nação, mas não da para dizer como será daqui alguns meses (ou anos).

Valeu pelo post JL! (:D)

Isaac Posada disse:
3 de fevereiro de 2015 21:01

eu achei que esse oasis só servia pra wyrms. mas mesmo assim não iria servir muito no meu deck porque todos os xyz são de machines.

Joao Lucas disse:
3 de fevereiro de 2015 23:50

É verdade, concordo xD. Valeu Blu.