29 de janeiro de 2015

Random Card #38: Denko Sekka (Post do Leitor)

All hail the supreme ice princess ♫



Denko Sekka
Level 4 / LIGHT / ATK: 1700 / DEF: 1000
Thunder / Effect
Cannot be Special Summoned. While you control no Set Spell/Trap Cards, neither player can Set Spell/Trap Cards or activate Spell/Trap Cards that are Set on the field.



Olá galera, tudo beleza? Sou o Carlos, e estou trazendo minha contribuição para o Nexus através desse post, espero que gostem. E desde já agradeço a oportunidade dada pelo site para passar um pouco da minha visão de jogo.

Afinal, Denko Sekka, ela teria algo cultural ou histórico para nos passar? Com certeza sim, começando pelo seu nome:
  • Denko Sekka seria o que podemos chamar de “Floco de Neve Elétrico ou Brilhante”. Dai se percebe detalhes de flocos de neve na arte da nossa amiga Sekka. 
  • Ela tem atributos em comum com outra diva no nosso card game, Getsu Fuhma. Podemos observar que a mesma possui ATK, Level e até uma certa semelhança em suas roupagens. Mas lógico isso não quer dizer que elas tenham alguma relação amorosa, amizade ou fofoca entre elas no jogo, são somente suposições.
Passada essa fase de historinhas e curiosidades, está na hora de partir para o meta game!


Desde sua vinda através do booster The Next Challengers, Denko Sekka está dando as caras bastante no competitivo, e sua raridade Ultra aqui em território TCG, mostra que ela é uma arma interessante a ser usada pelos players. Seu efeito é simples: não pode vir ao campo de forma Special, então vão tirando suas Call of the Hunted da chuva garotas e garotos. E agora vem a bomba: se você não controlar nenhuma Spell/Trap, enquanto ela estiver face-up, está totalmente proibido o uso de Spells e Traps que estão já setadas, e também Spell e Traps não podem mais ser setadas, ambos efeitos valem para os dois jogadores.

Queridos, isso é bastante eficiente no formato atual, onde vemos bastante Traps chatas como Vanity’s Emptiness, tanto é que vemos bastante a linda no famigerado Shaddoll, já que o mesmo faz pouco uso de cartas que precisam ser setadas, sem generalizações claro, temos Sinister Shadow Games e Shaddoll Core ai provando o contrário. Ai você me pergunta: “Carlos, por que rodar esta bagaça em Shaddoll? Só porque é diva?”. Sim ela é diva , isso já basta. Não gente, o caso é que temos cartas relevantes em outros top decks:

                                                                                                             






  • Fire Lake of the Burning Abyss: Esta maldita carta que não devia existir faz um trabalho ótimo no jogo dos BA’s, tira alguma vantagem do oponente, destruindo monstros “boss”, cartas setadas, Soul Drain que estiver atrapalhando o jogo deles. Se já não bastasse, é o gatilho de efeitos dos demônios, trazendo vantagem para o controlador do deck. 
  • Call of the Haunted/Oasis of Dragon Souls: simplesmente Staples no deck de Satellar, estas lindas fazem a festa no deck, trazendo Altair por exemplo, que puxa outro Satellar do grave, que pode ser Deneb, trazendo +1 pra mão ou Alsahm, causando 1000 de damage na cara das inimigas. 
  • Decks Burn (apesar de não aparecer no meta): Simplesmente ela trava toda a força que o deck usa, que são suas traps chatas de Draw/Burn, aquelas Traps escrotas de talão de cheque sem fundo que te dá 3000 de LP. Não tenho preconceito com jogadores de Burn, mas não concordo com suas práticas. O que vou dizer pros meus filhos se ele ver dois jogadores de Burn se beijando? :T. 
  • Grande parte dos decks hoje: para o meta, Sekka é uma bela inimiga a ser respeitada, mas não esqueçamos que boa parte dos decks de hoje funcionam com Spells e Traps, então, ela não é algo exclusivo do competitivo.


Outro deck, que nesse caso ainda não está no território TCG por enquanto e faz uso da Sekka é o bastante conhecido Nekroz, o mesmo chegará aqui em fevereiro através do Booster The Secret Forces.

O mesmo já está praticamente certo de dar as caras no meta game, e pretende dar muita dor de cabeça não só porque usa o lendário e magnífico The Necloth of Trishula, mas sim jovens, Denko Sekka também se encaixa neste deck. Ora, sua build consiste em Search, tem uma boa presença de campo, e seus recursos são usados da mão, e sendo rituais, possuem suas Spells de ritual dos mais variados tipos, que usam até o Extra Deck para a invocação dos mesmos. Konami, você me surpreendeu.

   

“Tá Carlos, mas fala da Denko, queremos saber da Denko”, tá gato! Simples, Nekroz não vai querer ficar se protegendo, sendo que o mesmo abusa da Special Summon e do uso de recursos que não precisam ser baixados, perfeito! Denko se encaixa feito carne e unha, parando o oponente com suas Mirrors/Dimensional Prisons setadas, sem falar de Traps que podem atrapalhar o jogo dos Nekroz, como Vanity’s e Skill Drain.

Para terminarmos nossa conversa sobre a nossa Floquinhos de Neve Elétrica, ela tem o mesmo que qualquer card no nosso jogo: pontos fracos. A mesma não pode ser Special Summon, algo que é bem chato se caso for colocada em algum deck que necessite ou que tenha suas jogadas focadas na Normal Summon para criar vantagem no jogo. A mesma tem 1700 de ATK, de certa forma é razoável, mas atualmente não se compara a velocidade de trazer um Dante, ou de uma Shaddoll Fusion trazendo aquelas bonecas like a boss. E da mesma forma que o oponente não pode ativar cartas setadas, e nem setar, você também não pode, impedindo que a proteja com alguma Fiendish/Dimensional Prison.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enfim, este foi meu ponto de vista sobre a Denko Sekka atualmente no nosso Card Game. Deixem se possível suas sugestões, o que achou do meu post, pode deixar uma música em homenagem a alguém :x, podem criticar bastante também, lógico, mantendo a ordem e a etiqueta. É isso ai, até mais galera :D.

Comentários
6 Comentários

6 Comentários:

Isaac Posada disse:
31 de janeiro de 2015 02:18

Belo post blu parabens. Eu queria suregir um post sobre quem por no deck qliphort: o skybase ou o towers? Ja que a diferença entre eles é de apenas 100 ataque e def. E o ultimo eff é diferente.

Isaac Posada disse:
31 de janeiro de 2015 02:19

Belo post blu parabens. Eu queria suregir um post sobre quem por no deck qliphort: o skybase ou o towers? Ja que a diferença entre eles é de apenas 100 ataque e def. E o ultimo eff é diferente.

Cyberblu disse:
31 de janeiro de 2015 12:25

@Isaac, o post foi o Carlos que escreveu. Quanto a sua sugestão, já fiz dois posts falando sobre o Towers/Skybase semana retrasada, mas na minha opinião e pelo que tenho visto por aí, o Towers não perdeu o título para o Skybase pós-SECE.

Labyrinth Wall disse:
1 de fevereiro de 2015 00:40

cara, eu odeio cartas que causam lockdown

Isaac Posada disse:
1 de fevereiro de 2015 17:29

então somos 2 lawall.

Cyberblu disse:
1 de fevereiro de 2015 19:56

@Lawall, odeia cartas que causam lockdown, joga de Mecha Phantom Beast.