27 de janeiro de 2015

Fansub ANexus - Yu-Gi-Oh! ARC-V 040



Episódio: Guerreiros da Academia

Créditos ao Fansub ANexus
Tradução: Andreas Shigueo
Correção e Edição ortográfica: Raphael Rodrigues, Marcio e Effy
Edição de timming: NKratos
Edição de legenda: Ray Pleiades
Uploader UOL: Thais Yumi

Opcões de Download
Legenda: Mega
Raw: Mega | Torrent
MP4 LegendadoMega

Comentários
22 Comentários

22 Comentários:

NKratos disse:
27 de janeiro de 2015 17:55

Amen

KantosRs disse:
27 de janeiro de 2015 18:06

Bem fraquinho o ep

Jonas Vagner disse:
27 de janeiro de 2015 19:05

É so eu q axo os DD e DDD muito foda,e o Reiji tb....faltou um Sychron né kkkk,pra mim add ao meu deck de DDD....

Entao o Professor é pai do Reiji?? Nda a ver os dois...Reiji conhce a Serena,e no proximo ep nao teremos duelo pelo jeito,e akele carinha parece ser bom Yuu Sakuragi...
Vamos ter mais informações da Academia e o retorno de Sora. Reiji o Rei das trevas. Fez pacto.

Melissa M. disse:
27 de janeiro de 2015 19:19

Concordo com o Jonas Vagner! O DDD são muito phods *-*
Adoro o Reiji,é bem misterioso ><

Vlw,nexus!

Mano Shark disse:
27 de janeiro de 2015 21:36

Não sei por que, mas esse torrent está podre aqui. Primeira vez que aconteceu. Será que foi minha net ou mais alguém teve dificuldades com o torrent?

Tsoko disse:
27 de janeiro de 2015 22:46

Agradeço mais uma vez seu empenho equipe Nexus. Esse Arc-V está demais!
Gostei do episódio e a cada um que passa o anime se torna melhor e melhor.
Foi bom ter visto Panther-warrior e Wingweaver.
E finalmente, mais uma vez o Sora!
Aquele encapetado é demais.

Jonathan Gabriel disse:
28 de janeiro de 2015 01:13

UÉ, então o Professor é o pai do Reiji mesmo.

Alias, esse ep foi muito bom. Se bem que foi quase um duelo de um só lado, mas como era o Reiji duelando, o ep ficou interessante. Obrigado pelo bom trabalho na tradução, nexus.

Bruno S.S. disse:
28 de janeiro de 2015 01:48

Pelo que vi, era pro Reiji ter perdido. O efeito do "Beastborg Panther Predator" é: quando é destruído, seus materiais fusão são evocados. No segundo turno do Barrett, ele fez novamente a fusão, e a fortaleceu com a armadilha "Beastborg medal of the iron shield", tornando o ataque do "Panther Predator" 2.000
Logo após fortalecer seu monstro fusão, ele ativa a armadilha "beastborg medal of the white sword", e ativa o efeito do "Panther Predator", causando 1.000 pontos de dano ao Reiji.
A questão é: se Barrett atacasse o "Temujin" com o "Panther Predator", sem fortalecê-lo com o "white sowrd", ambos seriam destruídos, mas pelo efeito do "Panther Predator" ele evocaria os materiais fusão, e atacando com ambos - primeiro com o "dark Sentinel" e depois usando-o como custo para atacar com o "Panther Warrior", ele causaria 3.500 de dano ao Reiji, que tinha, nesse momento 2.200 Lp.
Ficou feio o fim desse duelo.
O que eu gostei foi o disco de duelo do Barrett gerar uma imagem em forma de espada.

subonito disse:
28 de janeiro de 2015 01:49

Pow, que episódio massa, mesmo o duelo tendo forçado a barra um pouco em certos aspectos eu me diverti bastante com esse. Começando pela única parte que eu não gostei: o duelo já tava na cara que ia ser curto, mas eles deixaram explicito desde o começo quando deram destaque demais pro duelo da Yuzu (com motivo, vou cobrir isso mais pra frente), então eu já fui sem expectativas pro Reiji vs Barret. E acho que isso foi o que me fez gostar mais ainda do duelo, mesmo ele tendo seus erros: • o Barret podia ter ganhado o jogo crashando o Panther de 2000 de ATK no Temujin e depois batendo com os dois monstros de novo. E se falarem que era por medo de Hand Trap, isso era besteira, considerando que ele ainda teria uma carta armadilha como plano B, acho que não tem problema mais grave num duelo quando o telespectador percebe que o que foi feito não era a melhor jogada possível (sem motivo aparente para tal). • Minto, tem coisa pior sim, o jogador não ler a carta do oponente: acho muito errado essa do anime do pessoal se surpreender com monstros no campo do adversário, eles deviam ter o hábito de ler os efeitos das cartas do oponente pra não fazer cagadas parecidas com a que o Barret fez tentando cometer empate com aquela Trap (fora o missplay de invocar os bichos em modo de ataque). E se o anime possuir uma regra de não poder ler os efeitos das cartas do oponente isso seria ainda mais ridículo. Mas isso é uma coisa frequente na franquia que já devia ter sido arrumada.

Agora as partes legais do episódio (um pouco de fanboyzismo meu e talvez até interpretação demais ;=;), o duelo foi bem simbólico em todos os seus detalhes: desde o mais óbvio como o deck do Barret ser baseado em criaturas voltadas para a guerra (e que recebem medalhas de honra(?)) até coisas mais minuciosas como o fato do Reiji ter vencido usando Fusão e Xyz juntos (os opostos se atraem, de certa forma), também tem o detalhe de que a Invocação Pêndulo auxiliou as outras invocações. Será que tem alguma mensagem em tudo isso? Conhecendo o histórico dos animes de Yu-Gi-Oh, acho que não, mas seria foda se tivesse. Eu achei tudo isso muito bacana, devo estar me alegrando com coisa banal, mas enfim... (ainda teve novos DDD com trivias legais e que se relacionam de forma saudável com as Covenants, meu coraçãozinho não podia ficar mais feliz ;=;)

Outro aspecto que eu gostei bastante do episódio foi a relação Yuzu/Yuya: quando começou aquela onda de Modo Berserk, que o Yuya estava envolvido e que isso ia contra a filosofia de vida do pai dele eu já comecei a pensar que o pai do Yuya seria a válvula de escape do garoto, ele que iria resgata-lo do "caminho do mal". Pelo visto esse está sendo o papel de uma outra personagem muito legal, a Yuzu, a garota que mais se importa com o bem-estar do Yuya, ela é quase tão emocional quanto o próprio Cabelo de Tomate, mas isso no fim faz ela ser uma amiga ainda mais importante pra ele. Justamente por isso que eu gostei dos minutinhos a mais que deram pro duelo dela com a fadinha lá, o duelo em si não importou bulhufas, o que valeu foi a Yuzu acordando o Yuya para novamente seguir o exemplo do pai. O estilo de duelo de entretenimento do Sakaki Yusho não pode morrer, quero ver mais duelos legais igual ao Yuya vs Sawatari (Yosenju) \o\

Off: só eu estou ansioso pra ver o Pai do Yuya? Não só duelando, ele me parece um cara bem gente fina.
Off2: LDS devia fazer um curso de Aulas de Sedução com o Akaba Reiji: conquistando desde Usuárias de Fusão Casca-Grossa até Usuários de Xyz Esquentadinhos (porra, Shun...) :V

Jonathan Gabriel disse:
28 de janeiro de 2015 11:52

Sobre os comentários do povo de cima: Pode ser que o Barret não pudesse ter ganhado usando essa estrategia de se destruir com o Temujin. Bom, ele disse que quando a fusão é destruída, ele pode invocar os materiais, MAS ele não disse que podiam atacar, muito menos que podiam ser invocados em outro modo a não ser o de ataque. Poderia ser que ele não pudesse atacar com os materiais, então de nada adiantaria ter se destruído com o outro monstro.

Jonathan Gabriel disse:
28 de janeiro de 2015 11:52

Sobre os comentários do povo de cima: Pode ser que o Barret não pudesse ter ganhado usando essa estrategia de se destruir com o Temujin. Bom, ele disse que quando a fusão é destruída, ele pode invocar os materiais, MAS ele não disse que podiam atacar, muito menos que podiam ser invocados em outro modo a não ser o de ataque. Poderia ser que ele não pudesse atacar com os materiais, então de nada adiantaria ter se destruído com o outro monstro.

subonito disse:
28 de janeiro de 2015 12:26

Infelizmente o pessoal da staff do anime disponibilizou as cartas do Barret em um tamanho legível dos efeitos, o pessoal da Wikia não é de errar na tradução deles e faz isso até os mínimos detalhes da carta: ambas as cartas não impediam ele de crashar o Panther e depois bater de novo com os outros monstros, de acordo com o que está escrito nelas.

O duelo podia ter sido mais interessante, só que não exploraram muito dele :/

Jonathan Gabriel disse:
28 de janeiro de 2015 13:16

Dei uma olhada nas cartas Beastborg e realmente a fusão não impede os monstros de atacarem, muito menos as medalhas. Realmente foi uma falha do pessoal da staff não ter pensando nessa jogada :/

Yuri disse:
28 de janeiro de 2015 19:40

Mas as vezes os efeitos das cartas mudam e eles podem muito bem fazer isso posteriormente pra corrigir essa falha. Efeitos como esses já mencionados acima e tbm o efeito do Beastborg de invocação só poder ser feito uma vez por duelo ou o monstro que aumentou o ataque pela aquela trap não poder ser destruído em batalha. Quem sabe não vemos 1 desses efeitos mais adiante?

Todd disse:
29 de janeiro de 2015 03:17

Obrigado pelo episódio!
Achei ridículo a fusão do Panther Warrior ter menos ATK que o próprio Panther Warrior... Parece que os japas trollam de propósito as cartas antigas pra ficarem menos poderosas..

Yuri disse:
29 de janeiro de 2015 11:22

Se vc fosse um duelista de verdade, saberia que o poder de uma carta não é definido só pelo seu ataque.

incognito disse:
29 de janeiro de 2015 12:07

Episodio legal, sem duvida reiji esta em outro nivel.

Todd disse:
29 de janeiro de 2015 21:12

" Yuri disse...

Se vc fosse um duelista de verdade, saberia que o poder de uma carta não é definido só pelo seu ataque."

Primeiro de tudo, "meça suas palavras parça". Eu duelo provavelmente desde antes de você nascer, então mais respeito, pls ;)
Segundo, antigamente os pontos de ATK eram muito importantes em um duelo, mas hoje em dia, não valem quase nada. O que vence o duelo são os efeitos, quanto mais roubados, melhor. E o efeito do Beastborg em questão é um LIXO. Fazer uma fusão pra trazer um bicho com ATK inferior a um dos materiais e com um efeitinho de infringir 800 pontos de dano ao adiversário? Pelamor né!

Yuri disse:
30 de janeiro de 2015 02:17

Ri muito no meça as suas palavras parça.
Tá bom MC brinquedo.

Mas só pra constar, tenho 28 anos e conheço o jogo/anime desde sempre.

O efeito é de infligir " metade do ataque" e não 800. o que pode ser um efeito poderosíssimo em duelo de 4000 LP se fosse melhor utilizado.

Todd disse:
30 de janeiro de 2015 03:02

MC Brinquedo é uma figura. Fico satisfeito que tenha entendido a referência, achei que poderia soar agressivo demais se interpretado erroneamente -q
Se você também é veterano, peço desculpas pelo mal julgamento, mas sem querer ser ofensivo, quando você falou que eu não era duelista e eu vi seu nome e avatar, a primeira coisa que pensei foi naqueles moleques de 11 ou 12 anos que se acham os donos da razão.
Sobre o efeito do monstro, em um duelo de 4000 LP como no anime, pode até ser mais útil, mas a minha crítica foi com relação a um duelo na "vida real", com 8000 LP, caso a carta saia do ACG... Com esse pouco de ATK que é derrubado por qualquer monstro de 3 ou 4 estrelas e esse efeito fraco em relação à outras cartas, ele não vai brilhar muito no TCG, o que acho uma pena, uma vez que eu gosto muito do Panther Warrior e achei a fusão dele bem legal.

Todd disse:
30 de janeiro de 2015 03:02

MC Brinquedo é uma figura. Fico satisfeito que tenha entendido a referência, achei que poderia soar agressivo demais se interpretado erroneamente -q
Se você também é veterano, peço desculpas pelo mal julgamento, mas sem querer ser ofensivo, quando você falou que eu não era duelista e eu vi seu nome e avatar, a primeira coisa que pensei foi naqueles moleques de 11 ou 12 anos que se acham os donos da razão.
Sobre o efeito do monstro, em um duelo de 4000 LP como no anime, pode até ser mais útil, mas a minha crítica foi com relação a um duelo na "vida real", com 8000 LP, caso a carta saia do ACG... Com esse pouco de ATK que é derrubado por qualquer monstro de 3 ou 4 estrelas e esse efeito fraco em relação à outras cartas, ele não vai brilhar muito no TCG, o que acho uma pena, uma vez que eu gosto muito do Panther Warrior e achei a fusão dele bem legal.

Fabio Allan disse:
30 de janeiro de 2015 12:51

Na wiki tá como um Beast-warrior + um Machine (ambos lv 4 ou menor).