8 de novembro de 2014

Carta da Semana #135: Dante, Traveler of the Burning Abyss + Primeiras Impressões: Burning Abyss


“Abandone toda a esperança aquele que aqui entrar”

Dante,TraveleroftheBurningAbyss
Dante, Traveler of the Burning Abyss
Rank 3 / LIGHT / ATK: 1000 / DEF: 2500
Warrior / Xyz / Effect

2 Level 3 monsters
Once per turn: You can detach 1 Xyz Material from this card and choose a number from 1 to 3, then send that many cards from the top of your Deck to the Graveyard; until the end of this turn, this card gains 500 ATK for each card sent to the Graveyard this way. If this card attacks, it is changed to Defense Position at the end of the Battle Phase. If this card is sent to the Graveyard: You can target 1 "Burning Abyss" card in your Graveyard, except this card; add it to your hand.




Eae galerinha, como vão? Primeiramente desculpem pela falta de post na semana passada, eu tive uns probleminhas e não consegui fazer nada, mas agora estou de volta. E a nossa Carta da Semana é o Dante! Na sequência aproveite também para conhecer um pouco da mitologia por trás do archetype Burning Abyss. Navegue pelo post pelos links abaixo (que só hoje eu descobri como que faz):
Polêmica: Beijo gay na novela
Dante e Virgílio no Inferno, quadro de William-Adolphe Bouguereau (cortado).

O archetype Burning Abyss é baseado no poema A Divina Comédia, escrito por Dante Alighieri no século XIV. O poema é dividido em três partes: Inferno, Purgatório e Paraíso. Por enquanto apenas a primeira é referenciada nos Burning Abyss.

O inferno descrito era formado por nove Círculos, dez Fossos e quatro Esferas. Ele tornava-se profundo a cada círculo, portanto os pecados considerados menos graves estavam logo no início, e o mais graves no final. Os membros dos Burning Abyss, com excessão à Dante e Vergil, são baseados nos demônios do Oitavo Círculo, conhecidos por sua crueldade implacável, que puniam os políticos corruptos mantendo-os sob um lago fervente de breu.

Para vocês terem noção, nesse Oitavo Círculo, os adivinhos tinham a cabeça torcida, voltada para as costas, de forma que não conseguiam olhar para a frente. Segundo Dante, as lágrimas destes molhavam suas nádegas, sendo a punição por alegarem saberem do futuro que somente Deus sabe.

O trecho acima foi adaptado de uma publicação na nossa página do Facebook.
Dante,TraveleroftheBurningAbyss Virgil,RockStaroftheBurningAbyss
O único xyz do deck por enquanto, representa o próprio Dante, e o Synchro representa Virgílio, um outro poeta clássico que influenciou a obra Divina Comédia em que aparecia como guia de Dante pelo inferno e purgatório.

Dante pode ser Xyz Summoned com 2 monstros de Level 3 quaisquer, e Virgil com 1 tuner e 1 não-tuner qualquer cuja soma dos Levels seja 6. Até aí tudo bem, agora confira os efeitos desses dois:

Nome:
Origem:
Efeito:
Dante, Traveler of the Burning Abyss Dante Alighieri
Uma vez por turno: Você pode remover 1 material Xyz desta carta e escolher um número entre 1 e 3, então envie o mesmo número de cartas do topo do deck ao cemitério; Até o fim deste turno, esta carta ganha 500 pontos de ATK para cada carta enviada ao cemitério desta maneira. Se esta carta ataca, ela é mudada para a Posição de Defesa no fim da Battle Phase. Se esta carta é enviada ao cemitério: Você pode selecionar 1 carta “Burning Abyss” no cemitério, exceto esta carta; Adicione-a à sua mão.
Virgil, Rock Star of the Burning Abyss Virgílio
Você só pode controlar 1 “Virgil, Rock Star of the Burning Abyss”. Uma vez por turno: Você pode descartar 1 carta “Burning Abyss”, então selecione 1 carta que o oponente controla ou no cemitério dele; Embaralhe-a ao deck. Se esta carta no campo é destruída por batalha ou efeito de carta e enviada ao cemitério: Você pode comprar 1 carta. Você só pode usar este efeito de “Virgil, Rock Star of the Burning Abyss” uma vez por turno.

Dante pode ficar com 2500 pontos de ATK no seu turno, mudando a sua posição de batalha após um ataque. Um ótimo monstro ofensivo e defensivo, e que quando sai do campo você ainda pode reciclar outra carta Burning Abyss do cemitério, podendo ser até Spell ou Trap Cards, um Virgil ou outra cópia do próprio Dante. O primeiro efeito lembra o do Card Trooper por poder enviar múltiplas cartas do topo do deck ao cemitério e ganhar ATK com isso.

Virgil além dos 2500 de ATK originais, pode embaralhar cartas do campo ou cemitério do oponente diretamente ao deck uma vez por turno, e quando ele é destruído, você pode comprar 1 carta. Ambos os efeitos são muito úteis, tanto para ativar o efeito dos Burning Abyss descartados ao cemitério quanto para recuperar a sua mão depois de várias Special Summons para invocar Dante e Virgil.

Scarm Cir Graff
Rubic Alich Calcab
Os outros seis Burning Abyss compartilham quase os mesmos efeitos, com uma pequena diferença. O padrão é esse:

“Se você controla um monstro que não seja “Burning Abyss”, destrua esta carta. Você só pode usar 1 dos seguintes efeitos de “[…]” por turno, e somente um deles por turno. Se você não controla Spell/Trap Cards: Você pode Special Summon esta carta da mão”. Segue abaixo o segundo efeito de cada um:

Nome:
Origem:
Efeito Secundário:
Alich, Malebranche of the Burning Abyss Alichino, the
“Harlequin”
Se esta carta é enviada ao cemitério: Você pode selecionar 1 monstro virado para cima no campo; Negue seus efeitos até o fim deste turno.
Calcab, Malebranche of the Burning Abyss Calcabrina, the
“Grace Stomper”
Se esta carta é enviada ao cemitério: Você pode selecionar 1 Set Spell/Trap Card no campo; Retorne-a para a mão.
Cir, Malebranche of the Burning Abyss Ciriatto, the
“Wild Dog”
Se esta carta é enviada ao cemitério: Você pode selecionar 1 monstro “Burning Abyss” em seu cemitério, exceto “Cir, Malebranche of the Burning Abyss”; Special Summon ele.
Graff, Malebranche of the Burning Abyss Graffiacane, the
“Dog-Scratcher”
Se esta carta é enviada ao cemitério: Você pode Special Summon 1 monstro “Burning Abyss” do seu deck, exceto “Graff, Malebranche of the Burning Abyss”.
Rubic, Malebranche of the Burning Abyss Rubicante, the
“Red-Faced Terror”
(É um monstro Tuner e não possui efeito secundário): Não pode ser usado como material Synchro, exceto para a Synchro Summon de um Synchro Monster “Burning Abyss”.
Scarm, Malebranche of the Burning Abyss Scarmiglione, the
“Troublemaker”
Durante a End Phase, se esta carta foi enviada ao cemitério neste turno: Você pode adicionar 1 monstro DARK Fiend-type de Level 3 do seu deck à mão, exceto “Scarm, Malebranche of the Burning Abyss”.

Se a Konami decidir fazer cartas de todos os Malebranches, o que temos até agora é só metade da lista (no total são 12). Mesmo assim eles já são “jogáveis”. Já fiz um post de decklist no blog sobre eles quando ainda só tinham 4 membros e topavam em vários campeonatos, agora o que podemos esperar do archetype com as novas cartas do The New Challengers? O jeito é esperar para ver.

Teoria: Além dos 12 Malebranches, provavelmente terá um monstro chamado Beatrice, uma personagem feminina que era a guia de Dante pelo Paraíso, já que Virgil não podia entrar lá por ser considerado pagão.

TheTravelerandtheBurningAbyss FireLakeoftheBurningAbyss

Nome:
Efeito:
The Traveler and the Burning Abyss Selecione qualquer número de monstros “Burning Abyss” em seu cemitério que foram enviados para lá neste turno; Special Summon eles virados para cima em Posição de Defesa. Você só pode ativar 1 “The Traveler and the Burning Abyss” por turno.
Fire Lake of the Burning Abyss Envie 2 monstros “Burning Abyss” virados para cima que você controla ao cmeitério, então selecionar até 3 cartas do campo; destrua-as.

As duas cartas armadilhas até agora. Elas podem ser recicladas pelo efeito de saída do Dante, então você geralmente não vai utilizar muitas cópias delas no deck. The Traveler and the Burning Abyss, que é baseada no portão do Inferno, lembra uma Rekindling por ter a capacidade de ressuscitar um número grande de B.A. do cemitério, desde que eles tenham sido enviados para lá no mesmo turno. Já a Fire Lake envia 2 B.A. que você controla ao cemitério para destruir até 3 cartas no campo, semelhante a uma Icarus Attack, porém pior.

Repare que uma vez que você usa o efeito da Fire Lake, você pode ativar a The Traveler para reviver tais monstros, depois de ativar seus efeitos para lhe dar mais vantagem. Você também pode destruir o seu próprio Dante para reciclar uma carta do cemitério ou o Virgil para comprar 1 carta.
TourGuidefromtheUnderworld CraneCrane Kuribandit GenexAllyBirdman

Burning Abyss por si só já swarmam o campo lindamente permitindo rápidas Xyz Summons de Rank 3, mas quando se junta com seus coleguinhas, eles ficam ainda mais terríveis. Tour Guide from the Underworld é o suporte número 1 do archetype, pois quando ela é Normal Summoned você pode Special Summon qualquer Burning Abyss do deck com os efeitos negados. Ter os efeitos negados nunca foi tão útil para um archetype, que agora não são destruídos pelo próprio efeito. Crane Crane é o mesmo caso da Tour Guide, mas invoca um Level 3 do cemitério ao invés.

Kuribandit também é útil ter no deck pois pode enviar múltiplos B.A. ao cemitério de uma vez, na End Phase do turno que ele é Normal Summoned, e ativando seus efeitos, você pode terminar o seu turno preparado para qualquer treta (ou não).

Como eles possuem apenas um monstro tuner até agora, você pode acelear a invocação do Virgil usando o Genex Ally Birdman, que pode ser Special Summoned da mão por retornar 1 monstro que você controla à mão, porém ele será banido quando sair do campo, sendo útil em apenas um momento do duelo a menos que antes você use-o para invocar um Rank 3 e o reviva do cemitério mais tarde com um Crane Crane.

Além desses, cartas de suporte para monstros Dark como Armageddon Knight e Allure of Darkness são indispensáveis. Foolish Burial nem se fala.
Tech: Técnica. Mistura de um archetype com outras séries de cartas para formar um deck híbrido, mas sem perder a essência do archetype. Exemplo: Qualquer deck que use Fire Hand e Ice Hand no Main Deck.

Rank-Up-MagicAstralForce Felis,LightswornArcher

Uma das principais techs atuais de Burning Abyss é usando a Rank-Up-Magic Astral Force, para transformar um Dante em um Constellar Pleiades, e outros Rank 3 em Ranks 5 até então inacessíveis pelo archetype.

Como o archetype possui tanto monstros DARK (Main Deck) e monstros LIGHT (Extra Deck), pode-se usar uma tech com Chaos Sorcerer e Black Luster Soldier – Envoy of the Beginning que podem salvar várias partidas.

Mathematician + Felis, Lightsworn Archer também é uma boa opção, até mesmo para a tech Chaos citada acima devido a Felis ser LIGHT. Além disso, Felis possui efeito de mill, que pode ser útil para ativar efeitos de mais Burning Abyss. Fica a dica também para outros Burning Abyss ft. Lightsworn.

Já vimos também que tá na moda fazer deck usando Shaddoll, então você provavelmente queira tentar um deck híbrido de ambos. Já vimos um desses topar em campeonato, e em breve uma decklist disso será postada no blog.

Talvez não dê seja muito legal um deck Burning Abyss ft. Hands, Artifacts ou Traptrix. Acredito que esses três mini-archetypes sejam melhores juntos ou apenas um deles com outros archetypes. No caso dos Burning Abyss, que são focados em Rank  3, o que o objetivo seria melhorar pode diminuir a velocidade dos combos do deck.
5. Conclusão:
O archetype Burning Abyss é poderosíssimo. E a Konami está cada vez mais rica. Depois dos Noble Knights, que também tiveram origem primeiramente no TCG, essa é a nova aposta da empresa. Porém a grande diferença de Burning Abyss (e até U.A.) para Noble Knight é a raridade das cartas, sendo o Dante a carta mais cara do archetype (pós Duelist Alliance) e os demais geralmente Rare.

Outro avanço é a censura. Repare que os membros do archetype estão bem "demoníacos", "chifrudos" e "o caralho a 4". O que nos dá esperança para que o nome do archetype Infernoid não mude quando vier para o TCG. Isso sim que é um pequeno passo para o homem e um grande passo para a humanidade. 

Então é isso galerinha, espero que tenham gostado do post. Meu computador deu uns problemas loucos e ele demorou para ficar pronto, mas agora deu. Comentem abaixo o que vocês acham do Dante e do archetype dele e até mais!

Comentários
6 Comentários

6 Comentários:

Enzzo Sato disse:
8 de novembro de 2014 19:15

Post bacana! A parte mais legal foi a história por trás do arquétipo. Fico curioso para saber se eles terão alguma relevância na nova história que está se formando, com os Shaddoll e Qliphort. Parabéns pelo post!

Carlos Henrique disse:
8 de novembro de 2014 19:51

Acho o archtype muito divertido de se jogar, e foi uma grande jogada da Konami eles <3

Ótimo post

Marlone Santana disse:
8 de novembro de 2014 20:47

Uma carta muito boa que dá pra usar nos B.A. é a DARK NECROFEAR, vc pode banir três Burning Abyss maroto lá no cemitério fazendo nada, invocando ela podendo usar até o seu efeito a seu favor: roubando um monstro muito forte do oponente. :)

Cyberblu disse:
8 de novembro de 2014 21:22

@Enzzo, se eles fossem ter relação com algum archetype, eu espero que seja com Noble Knight, pelo fato dos dois serem lançados primeiro no TCG. Ah, e tem os Infernoid também, que são baseados no Purgatório, uma das fases da Divina Comédia, talvez tenha alguma relação. Mas não acho que ele vai ter relação com outros archs pois é como se fosse uma história sendo contada pelo ponto de vista de Dante, um cara normal de um mundo normal, que entra em um portal misterioso e vai parar no inferno.

@Carlos, por enquanto, porque daqui a pouco esse archetype vai ser o terror das 9vinha.

@Marlone, sim, até porque você não tem acesso ao Number 101 devido ao Level dos B.A., então Dark Necrofear é interessante mesmo. Bem lembrado.

Hunter ~ The Chosen One disse:
9 de novembro de 2014 23:01

"Já a Fire Lake envia 2 B.A. que você controla ao cemitério para destruir até 3 cartas no campo, semelhante a uma Icarus Attack, porém pior."
Lol velho ela é praticamente uma Icarus com o custo de apenas controlar os monstros e destroi 3 cartas.
Tirando isso post excelente :)

Cyberblu disse:
11 de novembro de 2014 00:55

@Hunter, eu quis dizer que ela é pior do que a Icarus no sentido de mais apelona, justamente por isso que você falou de destruir 3 cartas, então coitado do cara que enfrentar B.A. nos próximos meses, se ele já sofria com Icarus, imagine com a Fire Lake.