25 de março de 2014

Here Comes a New Card #40: Magician of Chronomancy


Enfim Pêndulos!

 Ah, como eu estava ansioso por isso. Eae pessoal, blzinha? Semana passada eu tinha comentado que o meu próximo post seria do Caingorgorm, mas por uma bobeira minha eu não chequei quando o novo Starter Deck iria sair e ele acabou sendo liberado antes do novo anime. Sabe o que isso significa? Pêndulos estão oficialmente válidos no jogo, sendo assim, eu posso opinar sobre um deles por aqui. Yes!

 Felicidade a parte, eu vou ter um bom trabalho por aqui, ter que esclarecer regra dos pêndulos para poder mostrar do que esses monstrinhos são capazes. Mas nada como fazer o trabalho com um sorriso no rosto, tenho certeza que vai sair um dos meus melhores posts, pelo menos pra mim.

 Sem mais delongas, vamos ao que interessa.


Magician of Chronomancy
★ 3 / DARK
Escala Pêndulo: 8
ATK: 1200 / DEF: 600
Mago / Pêndulo / Efeito
Efeito Pêndulo: Ative apenas enquanto você não controla monstros. (1): Se um Monstro Pêndulo que você controla batalha, seu oponente não pode ativar Cartas Armadilhas até o fim da Damage Step. (2): Se você não tem um monstro "Magician" ou "Odd-Eyes" na sua outra Zona Pêndulo, a Escala Pêndulo deste monstro se torna 4.
Efeito Monstro: (1): Uma vez por turno, cartas na sua Zona Pêndulo não podem ser destruídas pelos efeitos de carta do oponente.



 Isto ao meu lado é a definição de pêndulo (simples). Descoberto por Galileu Galilei, o pêndulo é um objeto preso a um ponto fixo que executa movimentos passando pela sua posição central, ele é muito utilizado nos estudos da força peso e do movimento oscilatório.

 Após a breve definição física do pêndulo, se percebe que o nosso pêndulo do yugioh não difere muito da ideia citada acima. Pela nova disposição do campo de duelo pode se ver claramente que as Zonas Pêndulos estão na mesma altura que a zona de monstros, mostrando que aquela é a trajetória do seu efeito que vai preenchendo o campo conforme a força que você aplica (Número de Monstros Invocados) e o tamanho do ângulo formado entre aonde o objeto foi solto e aonde o objeto chega no máximo de seu movimento (Escalas Pêndulo de ambos os lados subtraídas). O ponto central para toda essa magia acontecer é você, o duelista. Bem simbólico essa nova mecânica, bem interessante.

 Cronomancia, é uma das mais diversas formas de adivinhação, "Chrono" do grego significa tempo, sendo assim, cronomancia é a adivinhação do tempo, prever o futuro, coisas bem comuns em muitas histórias por aí. E isso bate totalmente com o efeito do Magician: prevendo o tempo ele pode proteger outros monstros pêndulos de armadilhas e também cartas na zona pêndulo da destruição. O outro monstro participante do archtypo do Magician of Chronomancy também é baseado em um tipo de adivinhação (Astromancia) e seu efeito também tem essa jogada de proteger/impedir. Talvez futuros monstros do grupo sejam baseados em outras áreas dessa intrigante habilidade.

 Outro detalhe a se notar, esses objetos amarelos  em volta do chapéu, antebraço e em seu dispositivo preso a mão são pedaços de engrenagens de relógios, maior assimilação pode ser feita comparando a imagem acima com a arte do monstro. Silhuetas de relógios também podem ser vistos ao fundo da arte da carta, um toque bem estiloso a ela, devo admitir. Chronomancy também tem uma forte semelhança com alguns monstros Gagagas, e estes tem o cabelo parecido com o do seu usuário no anime, Yuma Tsukumo.

 Vou ter que começar o post com uma palhinha sobre pêndulos e o que eles podem oferecer ao jogo. Monstros pêndulos podem ser ativados da mão, como uma carta mágica (respeitando suas condições de ativação) e sendo colocados virados para cima na zona pêndulo, atuando como cartas mágicas contínuas. Eles também podem ser invocados na zona de monstros de qualquer forma possível, exceto se ele cite algo contra. Toda vez que um monstro pêndulo seria enviado do campo ao cemitério (até mesmo virado pra baixo), independente da zona em que ele ocupa, ele vai pro Extra Deck virado pra cima (Pêndulos podem exceder o limite de cartas no Extra Deck que é 15).

 Uma vez por turno, enquanto você possuir 2 monstros pêndulos, um em cada zona e com escalas diferentes entre si, você pode fazer a invocação  de quantos monstros forem possíveis da sua mão ou extra deck (apenas pêndulos) cujos níveis estejam entre o número de escalas dos 2 monstros nas zonas. Não é obrigatório invocar todos possíveis, fiquem com isso em mente e não sejam gananciosos por dano. Para mais informações, confiram o post do Emerson.

 A grande jogada dos pêndulos foi se tornar uma mecânica de auxilio ao jogo, e não uma série de monstros com sinergia somente entre si. Você pode usar pêndulos pra praticamente todas as outras mecânicas do jogo, mas o principal, o uso de cartas esquecidas por não serem de fácil invocação como o Jurrac Tyrannus aqui. Pêndulos vão movimentar o jogo já de começo, e jogo eu me refiro ao competitivo também, diferente dos Xyzs que precisaram da babá banlist pra entrarem de cabeça no jogo.

 A Konami não poupou poder a essa novidade, ela possui regras que se torna fácil o abuso, por exemplo a volta ao Extra Deck. Tia Konami acertou tiro pra todos os lados e fez todos felizes com essa nova ideia. O pessoal 4fun vai poder usar seus tão amados decks com seus devidos chefes e o pessoal competitivo vai ter duelos muito mais intensos que o normal.

"Ative apenas enquanto você não controla monstros", como estamos no começo da nova era, esse efeito não vai atrapalhar tanto, mas futuramente vai e talvez o Chronomancy perca espaço nos decks. A condição de ativação dele vai contra o que pêndulos fazem: encher o campo de monstros.

 Mas o que faz dele um cara muito importante é a escala pêndulo dele, que é 8. Quando eu li sobre escalas pêndulos eu já pensei comigo mesmo: os melhores vão ter números entre os extremos (1 e 12) por poderem abranger mais monstros que o comum. E a Konami também percebeu a jogada e os 2 monstros pêndulos com as maiores escalas (Chronomancy e Astromancy) já receberam sua restrição e se não estiver com monstros do mesmo grupo na zona pêndulo sua escala cai para 4. Boa jogada, Konami.

 O efeito inteiro do Chronomancy gira em torno de pêndulos, em quase todas as suas posições possíveis. Atualmente, possuímos apenas 1 monstro pêndulo com força bruta, (aquilo, que ao meu ver, vai ser a grande utilidade deles) Odd-Eyes Pendulum Dragon. Chronomancy proporciona uma proteção massiva  a qualquer pêndulo que declare um ataque, tornando o mesmo imune a cartas armadilhas. Seu outro parceiro, Astromancy, faz quase o mesmo, porém protegendo de magias, fazendo ambos os monstros se completarem na proteção de suas criaturas.

 Enquanto monstro, Chronomancy faz um serviço ainda mais interessante, protegendo sua futura Invocação Pêndulo de Mystical Space Typhoons indesejadas. Ele pode cair bem principalmente quando você o invoca de surpresa, como por exemplo usando o Mystic Tomato.

 Mas não é só com pêndulos que a alta escala cai bem. Trios de monstros de dificil invocação, geralmente tem chefes muito uteis ou muito legais de se invocar. Já tem um vídeo circulando na internet de um cara que já está usando pêndulos não-oficialmente no YGOPro, nesse vídeo ele usa pêndulos com os Reactors. Quem sabe até o Gate Guardian consiga ser mais viável no jogo com a nova mecânica, sempre é legal essa zoeira.

 Em suma, pêndulos estão vindo pra ficar e para adaptar o jogo, levando o velho ao nível do mais novo, e deixando o jogo com mais equilibrio. Ainda existirá cartas que sobrepujam todas as outras, sem isso não haveria uma descoberta de publico para aumentar a raridade de certas cartas, não gerando lucro pra empresa. Mas o jogo está trilhando para o caminho certo desta vez.



Deck: Gate Guardian Pendulum
Formato: TCG de Abril de 2014

Monstros:
1x Gate Guardian
3x Kazejin
1x Sanga of the Thunder
1x Suijin
3x Arsenal Summoner
3x Mystic Tomato
1x Rainbow Kuriboh
3x Magician of Chronomancy
2x Magician of Astromancy
3x Odd-Eyes Pendulum Dragon

Magias:
3x Magical Dimension
3x Upstart Goblin
2x Supply Unit
3x Mystical Space Typhoon
1x One Day of Peace
1x Dark Hole
1x Allure of Darkness
1x Sacred Sword of Seven Stars
1x Tribute Doll

Armadilhas: 
3x Royal Decree

Extra Deck:
1x Zubaba General
14x Sua Escolha



Encerrando o post por aqui, espero que tenham gostado. Comentem o que acharam sobre a nova mecânica e qual será o futuro dos pêndulos no jogo.

 Como o rapaz do vídeo acima já está usando, acredito que já existam versões não-oficiais para o YGOPro para usar os pêndulos e as novas cartas. Já ouvi falar também que o YGOPro chinês já recebeu uma atualização com as novas cartas e os pêndulos, não chequei pra ver, vou esperar o oficial em inglês mesmo.

Enfim, até mais com Carta da Semana, fiquem bem e falous!

Comentários
22 Comentários

22 Comentários:

Anônimo disse:
25 de março de 2014 10:41

Muito bom mesmo,ótima postagem,espero que futuramente venha a fazer do arquetipo Entermate,que estou torcendo para ganhar força no jogo como um dos melhores arquetipos Pendulum =D

Abe Leal disse:
25 de março de 2014 10:58

pendulum esta fazendo yugioh se torna uma obra de arte na teoria ficar pensando so no irreal complica, porque vai haver uma facada da konami quando essas cartas sairem e tambem nao podemos considerar tudo porque existem divisões da konami por todo globo pode ser que aqui TCG se torne mais injusto essas cartas ou nao.... Mas foi um bom post ele nos faz refletir o que esta por vir.

Anônimo disse:
25 de março de 2014 12:13

Olhem só como o deck scrap se beneficia legal com os pendulum http://www.youtube.com/watch?v=RDtB5BCms9A

Anônimo disse:
25 de março de 2014 12:13

Olhem só como o deck scrap se beneficia legal com os pendulum http://www.youtube.com/watch?v=RDtB5BCms9A

LG disse:
25 de março de 2014 12:27

Gostei do post subo, parabéns mano, introduziu mt bem os pêndulo.

Anônimo disse:
25 de março de 2014 13:19

Deck Scrap só rodou bem por causa da Supply Unit

Anônimo disse:
25 de março de 2014 14:11

Pot of Duality será limitada no próximo formato, já que a sua restrição não afeta quando se pode trata pendulum summon.

Deck Pendulum pode por 3x que não tem desvantagem.

Anônimo disse:
25 de março de 2014 15:29

daora essa mecanica de pendulum (ou "pendalo" como diz minha mãe kkk)

Mundo da Pré-história disse:
25 de março de 2014 17:14

Na verdade o Duality afeta Penduluns, já q P.S. é um tipo de Special Summon.

Cyberblu disse:
25 de março de 2014 17:18

Sim, Pendulum Summon assim como qualquer outro tipo de Summon que não seja a Normal/Tribute/Set, é Special Summon, então Duality afeta sim.

Guilherme Lerry dos Santos disse:
25 de março de 2014 17:19

Odd-Eyes Pendulum Dragon infinito.

ksfire disse:
25 de março de 2014 17:52

Parece que a atualização do YGOPro saiu ontem, e eu cheguei a testar um pouco no deck de Fire King (tirei os Fire Fist e botei 6 Pendulum).

Minha conclusão é que a mecânica é um pouco difícil de fazer funcionar no começo, mas depois que se pega o jeito fica tudo muito suave e fluido.

Os Penduluns do extra deck podem ser usados para segurar uma parede. Sempre que eles são destruídos ele voltam para o extra podendo ser summon novamente no seu turno, isso pode desacelerar decks focados em OTK (como Six Samurai e Mermail).

Fire King Avatar Yaksha beneficia os penduluns. Muitas vezes Avatar Yaksha é destruído mas não se tem alvos na mão ou campo, pode-se destruir um pendulum da PZ, e no turno seguinte ativar outro (isso não deixa o Magician of Astromancy travado na mão). Cartas semelhantes podem ser muito uteis.

Como eu previ, o maior beneficiado dos penduluns serão os synchros. Isso porque ao transformar penduluns em overlay, eles "deixam o campo", então ao executar um destach eles irão para o cemitério (eliminado toda a vantagem dos pendulum).
O mesmo não ocorre com tributos, rituais, fusion e principalmente o tuning. É possível fazer vários synchros a cada turno usando os penduluns do extra como non-tuners, os tuners recicláveis tem maior vantagem.

Por fim, decks excessivamente rápidos na setup, como Lightsworn, Dark World, Fire Fist e Bujin, dificilmente terão sinergia com os penduluns. Decks deste tipo tendem a mandar uma grande quantidade de cards para o grave. As chances de penduluns irem no embalo é mais alta, dificultando assim o equilíbrio das escalas (penduluns que poderiam ser reciclados uma vez no cemitério, podem suprir essa necessidade).

Não sei quanto aos outros decks ainda. Mas a escala ideal para decks FIRE é 3~9, e os penduluns precisam ser FIRE para se tornar buscáveis ( de preferencia, com 200 de DEF XD ).

Anônimo disse:
25 de março de 2014 17:55

Se o Pot of Duality afeta, pq no YGOPró eu consigo fazer o pendulum summon? Ou é bug do jogo ou entao a carta nao funciona ou ela funciona.

Emerson Martins de Deus disse:
25 de março de 2014 18:02

@Anon, com certeza é bug, pois Pendulum Summon é uma invocação especial.

Guilherme Lerry dos Santos disse:
26 de março de 2014 10:05

O que o ksfire falou é uma realidade que eu tenho visto com frequência. Pendulum estão se tornando Food infinita para outros tipos de invocação, principalmente Synchro, me doi a alma só de ver aqueles 3 monstros Lvs 3, 5 e 7 vindo de graça pra combar como Tributo ou non-tuner. Pessoal que quiser testar eu recomendo fortemente tentar coca-los no extra o mais rápido possivel, chega a ser estarrecedor a forma como eles tornam cartas ruims - implausíveis com custo muito auto, como por exemplo o Monarca da Luz - em Auto-Win.

subonito disse:
26 de março de 2014 15:08

Saiu ante-ontem quase de madrugada a atualização tanto do Ygopro tanto do Devpro com os pêndulos, no Dev tava bugado a mecanica.

Acredito que pêndulos vão atuar melhor em decks ao estilo Gadget; minimamente lentos, mas com potencial de encher a mão de novo e de novo pra encher o campo inteiro. Outro detalhe: decks que podem dar auxilio ao Odd-Eyes com efeitos também são bem vindos. Força bruta reciclavel FTW! /o/

De primeiras impressões, a mecânica é lenta, facilmente parável, pode gerar desvantagens grandes se você perde o ritmo e se o oponente não pode objecionar ela, ele tá frito.

Pra mecânica acelerar falta suportes de busca (techs que fazem draw bruta enrola enrola, mas nem sempre chega nos 2 pêndulos). Um Pêndulo Réptil, por exemplo, pra ser buscado por um King of Feral Imps.

E sim, a condição de ativação do Chronomancy irrita demais ;=;

Guilherme Lerry dos Santos disse:
26 de março de 2014 16:43

Sei lá, Odd-Eyes é DRAGÃO e DARK, tipo e atributo dos mais beneficiados do game.

subonito disse:
26 de março de 2014 16:52

A unica carta que eu vi de search pra ele foi o Eclipse Wyvern. Pêndulos não se adaptam bem ao jeitinho antigo do jogo, onde encher o cemitério (uma vez que eles raramente vão pra lá) pra cair batendo era o mais importante.

Odd-Eyes até então é o melhor dos pêndulos por buscar outros e ainda ir pro Extra Deck, futuramente isso vai dar pau, quem sabe teremos o primeiro ás de protagonista na banlist. /o/

o que tá faltando é um outro pêndulo, de fácil busca, com escala superior a 7, pelo menos. trocar o Chronomancy é a prioridade, maldita condição de ativação ;=;

ksfire disse:
26 de março de 2014 17:27

Criarei alguns decks hoje baseado em monstros Ritual antigos, testarei como alguns deles reagem na nova mecânica.

Outra coisa que notei é que os boss dos Structure antigos como Infernal Flame Emperor viraram uma força poderosa agora, já que traze-los para o campo é imensamente fácil (vi até o boss de WATER em um deck de Mermail, que praticamente nunca vi em deck algum).
Qualquer monstro antigo com efeito bom mas que tinha condições onerosas de summon, pode ser usado tranquilamente.
Estamos vendo o nascer da Era dos Montros de Level Alto.

Os únicos decks realmente que não estão se adaptando são os baseados em XYZ. Já os Monark estão fazendo a limpa, pelo menos é o deck fora do meta mais forte que topei.

Eu não acho que a Konami ainda entendeu o tamanho do terror que criou.

Guilherme Lerry dos Santos disse:
27 de março de 2014 14:37

Imagina a seguinte situação: Com as novas regras cartas de campo são extremamente mais resistentes, então imaginem que no começo do duelo um duelista ativou umi, Chronomancy e Astromancy, mais pra frente no duelo ele tem Daedalus e Neo-Daedalus. Invoca o Daedalus por pendulum e então, BOOOM NEO-DAEDALUS LIMPANDO O CAMPO E MÃO.

subonito disse:
27 de março de 2014 16:28

E os Pêndulos se reciclando...

Eu usei o pior exemplo pra falar sobre monstros de nível alto/bosses, porra Jurrac ;=;

Outro deck que talvez fique legal/melhor com pêndulo é o deck do Neos, acho que agora já pode parar com a palhaçada do Prisma (aquilo já perdeu a graça -.-)

Anônimo disse:
27 de março de 2014 17:26

poxa, eu só entro no site pelo celular, mas entrei hoje pelo pc só pra parabenizar a excelente palavra "mecânica". dizer que muda a mecânica do jogo não poderia estar mais bem dito.

ps. nunca gostei de synchro nem xyz, só das classicas fusões mas é inegável o quanto os pendulo são interessantes