21 de março de 2014

Here Comes A New Card #38: Supply Unit

“Vazam daqui moleques! Venham aqui moleques!”

SupplySquad

Supply Squad
Continuous Spell Card
Once per turn, if a monster(s) you control is destroyed by battle or by card effect: Draw 1 card.

Post Atualizado em: 22/02/2015;



Supply Goblin Thief Goblin Attack Force

Uma curiosidade a ser notada sobre essa carta é que ela é uma versão Goblin da Supply. Na carta Goblin Thief, vemos um goblin roubando o Jar of Greed do carro que aparece na artwork do Materials Supplier (nome original do Supply). Já na Supply Unit, um veículo muito parecido é carregado pelos goblins da Goblin Attack Force. Além disso, o efeito dela é parecido com o do Jar of Greed, de comprar cartas, então podemos imaginar que seja o mesmo veículo.

Fire King High Avatar Garunix Scrap Worm Meklord Emperor Wisel Yubel

Supply Unit é uma ótima carta mágica contínua. Seu efeito permite que o controlador compre 1 carta do deck uma vez por turno quando um de seus monstros é destruído por batalha ou efeitos de cartas. Permite ao jogador comprar cartas tanto no próprio turno por sacrificar um de seus monstros ou após ser pego por uma armadilha do oponente tanto no turno do oponente quanto um monstro for destruído em batalha.

É exatamente o fato dela ser uma mágica contínua que faz dela uma ótima carta, e também pelo fato de você não ter prejuízo quando um de seus monstros forem destruídos. Ela pode ser colocada em qualquer deck que necessite de cartas de Draw, mas em alguns decks ela pode ser ainda mais abusada e fornecer vantagem mais rapidamente do que em outros.

O primeiro deck da lista é Fire King. Os reis do fogo possuem efeitos de auto-destrição e cada vez que um é destruído, gera uma reação positiva para o deck, que se jogado de forma sábia pode criar combos infinitos, como no caso do Fire King High Avatar Garunix, que quando com outra cópia permite limpar os dois lados do campo toda Standby Phase, garantindo a sua supremacia.

Outro deck interessante é Scrap, que também possuem efeitos tanto de auto-destruição quanto a capacidade de reciclar monstros do próprio archetype quando destruídos. Representado aqui pelo Scrap Worm, que pode atacar o oponente diretamente e depois ser destruído para reciclar um Scrap, com a Supply Unit você poderá também comprar 1 carta com isso. Também é uma boa alternativa para quem não possui Scrapstorm.



O próximo deck da lista é Meklord. Emperor Wisel, Emperor Granel e Emperor Skiel podem ser invocados quando um monstro em seu lado do campo é destruído com um efeito de carta, e para isso conta com várias cartas para acelerar essa destruição, como por exemplo Destruct Potion, que ainda aumenta seus Pontos de Vida. Nesse caso, ganhar pontos de vida, invocar um boss e ainda comprar 1 carta é bem legal.

E por último, mas não menos importante, você pode se aproveitar do efeito de auto-destruição da Yubel durante a End Phase para comprar uma carta. Nesse caso você não poderá usar a carta comprada no mesmo turno, mas pelo menos não terá destruído a Yubelzinha em vão. Outra coisa com o deck Yubel é você destruir ela com o efeito de uma carta, como por exemplo, Assault on GHQ, para invocar a Yubel - Terror Incarnate e ainda millar 2 cartas do deck do oponente, já que nesse caso Destruct Potion não valeria muito a pena.

Quando você possui 3 Supply Unit no campo, o resultado também é legal. Nesse caso, cada vez que um monstro seu for destruído, você compra 3 cartas! Repare que ela não possui nenhuma restrição quanto a quantas vezes você pode usar ela no turno, nem a quantas cópias dela pode estar virada para cima ao mesmo tempo.

E você, vai usar quantas no deck?


Então é isso galerinha, esse foi o post de hoje, curtinho, eu sei, mas é que eu queria saber a opinião de vocês sobre a carta mesmo, então deixem nos comentários o que acham, se vão e como vão usar. Até mais!

Comentários
15 Comentários

15 Comentários:

MiltonMarques disse:
21 de março de 2014 12:00

Essa daí é 3 no deck...fala sério, carta APELONA!

White Knight disse:
21 de março de 2014 12:00

Achei interessante, decks mais lentos como o FK que você citou vão se beneficiar bastante

Emerson Martins de Deus disse:
21 de março de 2014 12:10

Como ainda não testei a carta não posso dizer ao exato quantas eu vou usar, mas se ela for tão boa na prática quanto parece na teoria, é 3x na maioria dos decks, agora é só esperar sair no DN.

Belo post Blu o/

Guilherme Lerry dos Santos disse:
21 de março de 2014 12:32

Com essa carta estratégias suicidas de 1 por 1 se tornam vantajosas.

Anônimo disse:
21 de março de 2014 12:33

E depois, voce pode setar traps que o oponente dará prioridade em destruir esta carta ja que ela da bonus em + 1 pra vc, ao invés de destruir aquele bottomless setado ou mirro.

RoFolDo disse:
21 de março de 2014 13:41

Eu imaginava que viriam novas cartas de draw para possibilitar mãos com vários monstros, a maior vantagem dos Pendulum, mas essa carta é sinistra! Fire King agradece eternamente, rs. Entretanto, por ser uma carta de Starter Deck, duvido que ela fique muito tempo ilimitada. Logo uma banlista vai jogá-la a 1 ou mesmo bani-la, Pot of Greed que o diga. Enfim, vamos aproveitar quando ela chegar e enquanto durar, haha.

Anônimo disse:
21 de março de 2014 13:49

Emerson: saiu a historia dos Propehcys http://www.ygorganization.com/monsterstories/

Anônimo disse:
21 de março de 2014 15:18

ótima carta 3 com certeza

Álvaro Goudinho disse:
21 de março de 2014 16:59

Carta muito boa.
Não achei apelona não, é continuous pouw, o que significa que ela não vai durar muito no campo não, mas enquanto durar pode dar uma aceleradinha no deck.
Um outro deck que se beneficia muito com essa carta são os gustos...
esses aí além de reciclarem os mosntros ao serem destruidos ainda vão começar a ter draw power absurda........
@Emerson:SOlicito imediatamente que va traduzir a história dos prophecys ò.ó

Emerson Martins de Deus disse:
21 de março de 2014 17:16

@Álvaro, não vou retraduzir as histórias que já foram contadas em matérias diferentes, a história dos Prophecy já foi contada pela Tospedia, mas foi relançada pelo Master Guide 4, já que se tratam das mesmas histórias eu não vou traduzir.

Segue os links:

http://www.yugiohnexus.com/2013/10/gagaga-academy-tospedia-6.html#more

http://www.yugiohnexus.com/2013/10/gagaga-academy-tospedia-7.html#more

Álvaro Goudinho disse:
21 de março de 2014 20:59

OK Emerson o/
valeu pelo link!

Wanderley Cristante disse:
22 de março de 2014 00:34

só corrigindo o seu finalzinho ai, vc só pode usar o efeito dela uma vez por turno.

Kimer disse:
22 de março de 2014 02:12

Carta boa, o que me preocupa é se alguém botar três delas no campo, porque se um monstro for destruído, o jogador compra três cartas, porque cada uma delas pode ser ativada uma vez por turno. Acho que essa carta será limitada em um futuro não tão distante, já que quase todas as mágicas de draw genéricas estão banidas ou limitadas.

Karel E. Rodrigues disse:
22 de março de 2014 19:27

Se vc olhar bem, ela é uma carta que não tem muito porque de ser banida, Gates of the dark world é de certo modo uma carta de draw genérica e nunca foi banida ou sequer limitada, nem precisa dizer também muitas das cartas de draw 1 por 1.
o fato de ela ter um efeito de draw obrigatório, mesmo que só uma vez por turno, permite ao oponente muitas estratégias para aproveitar essa obrigatoriedade, como por exemplo: Greed, ele toma dano por cada carta comprada.
Apropriate, ele compra 1 por suply, ok, você compra 2 toda vez que ele comprar 1.
e por ai vai, dificilmente vejo um ban tão logo para essa carta, ela é uma faca de dois gumes ainda.

Guilherme Lerry dos Santos disse:
22 de março de 2014 22:37

Duvido que pessoal vai colocar Apropriate no Deck só pra contra-atacar essa carta. Só se ela ficar MUITO FAMOSA, e mesmo assim as respostas vão se manter no basico, mst, efeitos, tudo destruindo ela antes que possa causar estrago.