1 de março de 2014

Carta da Semana #103: Traptrix Myrmeleo


 Eae pessoal, blzinha? De volta com Carta da Semana, tava precisando dar uma repaginada nas idéias, respirar um pouco e não tem jeito melhor de fazer isso como usar techs diferentes que você nunca pensou que ficaria bom. A do meu caso é a Traptrix Myrmeleo, a carta da semana, uma carta por quem eu me apaixonei perdidamente. Se vocês tiverem casos parecidos e queiram comentar, a vontade.
 Além de uma breve aula de biologia (sempre é bom mudar a matéria, chega de Física) teremos um post sobre Trap Holes, sem buracos ou furos. Acompanhem:


Traptrix Myrmeleo
★ 4/ EARTH
ATK: 1600 / DEF: 1200
Inseto / Efeito
Essa carta não é afetada pelo efeito de cartas Armadilhas Normais "Hole". Quando esta carta é Invocada Normalmente: você pode adicionar 1 carta Armadilha Normal "Hole" do seu Deck para a sua mão. Quando esta carta é Invocada Especialmente: Selecione 1 Carta Magia/Armadilha que seu oponente controla; destrua aquele alvo. 




 Myrmeleo é baseada em uma espécie de insetos conhecidos como Formiga-Leão (Antlion no inglês. Detalhe: no japão Myrmeleo tem o nome de (An)Tlion.) cuja caracteristica principal é o ato das larvas de escavar armadilhas na areia em forma de um cone. Essas armadilhas são muito bem projetadas, feitas em lugares livres da chuva e do sol, geralmente em baixo de árvores ou de pedras, lugar perfeito para uma presa desavisada ir descansar, eternamente. Outro detalhe é que a estrutura dessa armadilha cria uma espécie de areia movediça, quando a presa tenta escapar ela escorrega para o fundo, fora algumas pedrinhas presentes na areia caírem sobre sua cabeça.

 Mas não é só uma armadilha que vai matar algum inseto, os seres da cadeia alimentar tem fogo pra lutar até o fim pela sobrevivência. E o mesmo faz a Formiga-Leão: ela possuí presas fortes e se já não fosse o bastante, nelas ainda existe uma substancia toxica para impedir os movimentos da presa.

 Apesar do nome, esse inseto não faz parte da família das formigas, longe disso, sua família se chama Myrmeleonidae (daí o nome). Apenas enquanto larvas elas criam as armadilhas, tudo para garantir o rango do dia. Quando crescem, ganham asas e se parecem muito com libélulas. Esse inseto não possui um habitat muito especifico, apenas precisa estar em áreas arenosas e pode ser encontrado em praticamente todo o mundo.

 Na arte da carta Traptrix Trap Hole Nightmare é possível ver a real aparência das Traptrix. Não se enganem pelo corpo de meninas fofinhas, Traptrix mesmo são os monstros por traz delas. Cuidado!



 Trap Holes ganham seu devido destaque com O Julgamento da Luz (Judgment of the Light no Inglês), pack que introduz as Armadilhatrix (Traptrix) pro jogo, um conjunto de monstro cuja sinergia que as ligam é as já existentes, velhas, amadas e odiadas Trap Holes.

 O pack em si não rende lucros, a não ser que você consiga as Secreta Raras (que no geral dão suporte pra Fire Fist) ou as cartas Bujins, onde as únicas cartas uteis pro deck em si são de Raras até Ultimate Raras. Outras cartas como o Comedor de Estrelas (Star Eater) caíram de preço com a queda de certas coisas no jogo. No geral, o pack é uma mina escassa, um único archtypo forte, os demais para diversão e que não rende muito dinheiro se você está afim de vende-los. Mas sem desmerece-lo, temos muitas cartas boas no pack, sozinhas, assim como a carta de hoje.



 A imagem acima diz o bastante: onde o Thrasher vai, a Myrmeleo vai atrás. Não é de hoje que os dois andam lado a lado, a dupla se mostra forte aonde quer que vá, aliás, Thrasher com qualquer buscador Tuner ou Nível 4 já é algo pra se tirar o chapéu. Tudo isso tem um resultado, e na maioria das vezes vai ser um Xyz Rank 4, legitimamente útil, mais 2 ou mais backrows em campo.

 Um deck exemplo que usa a dupla como ninguém é Heraldic Beast, um deck, um tanto control, que tem seu jogo baseado em um monstro de Rank 4 genérico e muitas armadilhas para atazanar a vida de um pobre coitado, que por coincidencia se chama oponente.

 Em números fica mais fácil entender o fenômeno. Você invoca Thrasher especialmente (Mão: 5), você baixa Myrmeleo (ou qualquer buscador que possa chamar Xyz ou Synchro com o Thrasher) e ativa seu efeito (Mão: 5). Sinergia bonita que não está presente somente com a Myrmeleo, quem era do tempo do Stratos sabe bem abusar disso. Porém, Stratos não ajudava a concertar linha de backrow, já a Myrmeleo ajuda, dando a decks que querem impor algum controle, um up considerável.

 Não é somente do primeiro efeito que vive a Myrmeleo, mesmo que pareça. O segundo efeito da carta é quase tão bom quanto o primeiro onde a condição de sua ativação já é o começo de uma explosão de monstros em campo, mas pra sinergia ficar perfeitinha, quando isso ocorre, e ela é invocada especialmente com sucesso, ela tira uma das backrows do oponente, te dando mais espaço em campo pra jogadas mais mirabolantes.

 A principal carta que vai abusar deste efeito é a Traptrix Dionaea, a mais recente lançada pro grupo e que tem total compatibilidade num deck somente com 3 dela e 3 da Myrmeleo sem medo algum. Porém, qualquer deck que possua uma Call of the Haunted ou, a nova, Powerful Rebirth pode ter acesso a esse efeito sem medo de ser feliz e ainda pressionar o oponente.

Começar a falar de alguns alvos da Myrmeleo agora, começando pelo mais famoso deles: Bottomless. Não é mistério algum o que esta carta faz, mas vale ressaltar que nenhum deck quer dar de frente com isto.

 Bottomless tem papel importante no jogo desde de tempos atrás quando monstros de fácil invocação e ATK monstruoso começaram a aparecer, desde então, a carta virou febre, algo que continua até hoje. Detalhe mais legal da carta, algo que era usado na época do Rabbit, se seu oponente invoca 2 (ou mais) monstros com 1500 de ATK ou mais ao mesmo tempo (pelo mesmo efeito), você bane os dois.

 Outro pequeno detalhe que muita gente não presta atenção: a carta não diz "banish that monster(s)/bana esse(s) monstro(s)" ela diz "destrua", então, uma vez que os monstros possam se proteger de destruição eles não vão ser removidos de campo. Ah, antes que eu me esqueça, Bottomless não "trageta".

  Minha favorita das cartas que a Myrmeleo pode buscar. Nightmare tem um efeito excepcional, uma vez que Bottomless não iria negar o efeito de uma Black Rose Dragon, por exemplo. A carta pega qualquer monstro invocado especialmente que der mole e ativar o efeito (ativar efeito é diferente de efeito contínuo, lembrem), pegando inúmeros decks de surpresa e quebrando boas jogadas.

 Mas das principais cartas da Myrmeleo, essa é a que pode ficar por mais tempo como um blefe em campo, não tendo chances de ativação, um ponto negativo da carta. Mesmo assim, a carta não deixa de ser uma ótima escolha pra um deck com a Myrmeleo.

Entre a Nightmare e esta aqui, muitos ficam com esta opção. Void é outra carta sensacional das Trap Holes, assim como a Nightmare, ela para a tão malvada Black Rose Dragon, de um outro jeito. Sua condição de ativação é mais chata que a da Bottomless, mas essa mata o mal pela raiz sem dar chance desse mal eclodir. A carta é quase uma Solemn Warning sem custo, pois nega o efeito do monstro, e ele sem resposta e em frente a destruição é quase uma negação de invocação.

 Um detalhe desta carta: ela cita "monster(s)/monstro(s)" mas se você lê tudo com atenção, vai ver que você no fim vai ter que escolher um deles para destruir. Raros momentos onde seu oponente vai invocar 2 (ou mais) monstros com 2000 pontos de ATK pelo efeito de uma única carta, mas enfim...

A ultima carta que eu vou comentar aqui é esta, que voltou ao jogo graças ao fenômeno Bujin. Uma carta antiga ao quadrado, com um efeito que com o tempo foi ficando menos e menos aproveitável, até que de repente, uma onda de monstros fortes sozinhos que residem no Main Deck começaram a dar as caras: Bujin Yamato, Brotherhood of the Fire Fist - Bear, Harpie Channeler e cia.

O pessoal foi revendo a grande utilidade da carta e atualmente ela é uma boa pedida pra side contra certos decks. Um detalhezinho desta que diferencia da Bottomless: ela "trageta", então Bujing Turtle pode sim proteger o Yamatinho desta carta, assim como o Bujingi Hare também.



Jogador: Nyamako
Deck: Artifact Traptrix
Primeiro lugar no Cardking Tokushima Tournament do dia 22 de Fevereiro
Numero de Participantes: 10 (Pequeno)
Formato: OCG de Fevereiro de 2014

Monstros:
2x Cardcar D
3x Maxx "C"
3x Traptrix Dionaea
3x Traptrix Myrmeleo
2x Artifact Caduceus
2x Artifact Failnaught
3x Artifact Moralltach
3x Artifact Beagalltach
2x Effect Veiler

Magias:
1x Instant Fusion
2x Pot of Duality
1x Dark Hole
3x Artifact Movement
3x Double Cyclone

Armadilhas:
2x Bottomless Trap Hole
3x Theosophy of the Artifacts
2x Call of the Haunted

Side Deck: Não-Revelado

Extra Deck:
1x Mavelus
1x Panzer Dragon
1x Dark-line Warrior Caingorgorm
1x Number 101: Silent Honor ARK
1x Number 103: Ragna Zero
1x Number 106: Giant Hand
1x Evilswarm Exciton Knight
2x Artifact Durandal
2x Constellar Pleiades
1x Tiras, Keeper of Genesis
1x Number 61: Volcasaurus
1x Constellar Ptolemys M7
1x Gaia Dragon, the Thunder Charger




 Encerrando o post por aqui, espero que tenham gostado. Mais uma vez o sem-idéias do Su vai pedir sugestões suas pra próxima carta da semana, mas caso eu enxergue algo mais legal, é claro que é dela que eu vou falar. Comentem o que acharam e qual é a Trap Hole favorita de vocês nos comentários.
  Então é isso, valeu por mais um post, até mais com o HCNC do novo Battlin' Boxer e falous!

OBS: Não teve CDS semana passada, pois o LG tinha pedido pra me substituir por uma semana, ele acabou sem tempo de terminar o seu post e eu não coloquei nada pra cobrir de ultima hora, mals.
OBS2: Entendedores entenderão o "trageta".

Comentários
14 Comentários

14 Comentários:

Ponponko disse:
1 de março de 2014 19:58

Bom post Subo:D
Defendo q o proximo CDS deve ser da Obedience Schooled ou da Jolt Counter

Cyberblu disse:
1 de março de 2014 21:05

Obedience Schooled é dahora, parece que ta tendo um monte de decks usando ela no ygopro.

Bom post subo, essa Traptrix aí deve ser o melhor monstro Insect que existe (tirando os "C"), e se não me engano quem desenhou ela e as outras Traptrix foi a mesma mulher que desenhou os Charmers (o estilo do desenho é igual).

Anônimo disse:
1 de março de 2014 21:09

Discordo. Seria bem melhor um post de uma carta inovadora igual a gagaga sister, que vai realmente levantar o deck

subonito disse:
1 de março de 2014 21:26

Obedience é uma boa pedida, tentadora ao menos. Quanto a Gagaga, logo logo vou fazer algo pra ela no HCNC, só preciso terminar o meu rascunho do No. 79, mas estou pensando em algo antes do que a Gagaga.

Quero logo fazer post sobre Pendulums, agiliza ae Konami T^T

Cyberblu disse:
1 de março de 2014 21:52

@Subonito, eu estou fazendo um post da Gagaga Sister, já tenho até deck, então pode deixar...

Anônimo disse:
1 de março de 2014 21:53

gaga sister > all

dragonlord disse:
1 de março de 2014 22:30

Bom post subo, eu entrei no blog agora para ler e já vi que o layout mudou, então parabéns também Blu, ficou bem legal e limpo.

Cyberblu disse:
2 de março de 2014 10:29

Valeu dragonlord!

Anônimo disse:
2 de março de 2014 12:36

o próximo cds poderia ser de algum ninja

SouzinhaDlcinha disse:
2 de março de 2014 19:32

Nightmare >> All. Péssimo post, subo -q Eu entendi o "tragetar", o que ganho de prêmio?

subonito disse:
2 de março de 2014 19:53

Um abraço de Urso deve ser um premio a altura, cara. E sim, Nightmare For The Win!

Machine King disse:
2 de março de 2014 23:17

Myrmeleo é mais perfeita Stratos clone que existe: Se entra por normal dá +1 pra você, se for special dá -1 pro oponente.

Machine King disse:
2 de março de 2014 23:21

E sobre o melhor inseto já feito, eu ainda pendo pro lado do Inzektor Hornet.

DogeIsBanned disse:
4 de março de 2014 12:14

Bom post, Subo.
Sobre as Traptrix, acho todo arquetipo versátil e ótimo, além de artworks fodonas *-*
E o Próximo CDS devia ser do Shiba-Warrior Taro u.u