20 de fevereiro de 2014

Here Comes New Cards #31, #32 & #33: Tachyon


 Eae pessoal, blzinha? Pra compensar todas as semanas que eu não posto o meu queridinho Here Comes a New Card, que teve continuação com o chefão, Blu, soltando alguns posts pro quadro, eu vou soltar um post triplo de novo, deu certo da primeira vez, vamos tentar de novo e de novo se preciso, leve o tempo que for (não faço a minima ideia quando esse post vai sair do papel por completo).

 Mas enfim, o post de hoje foca nas recentes cartas dos Tachyons (lê-se Galaxy-Eyes) que eu curti bastante e quero passar todos meus pensamentos em forma de texto e entreter/informar vocês com a minha humilde opinião. Eu sei que o pessoal iria curtir se as cartas fossem as novas Galaxy que saíram, tipo o Galaxy Soldier. Deixamos isto para um outro momento.

 As cartas do post são:




Tachyon Transmigration

Armadilha Counter
Se você controla um monstro "Galaxy-Eyes": negue a ativação de cartas Magias, Armadilhas e ou efeitos de Monstros de seu oponente que estejam na mesma Corrente que esta carta, e se você o faz, embaralhe todas as cartas que tiveram seus efeitos negados no campo no baralho. Se você controla um monstro "Galaxy-Eyes Tachyon Dragon", você pode ativar esta carta da sua mão.



 E é nesse clima de filme épico que começaremos este post. Esse objeto da arte da carta da semana é a forma selada do Number 107: Galaxy-Eyes Tachyon Dragon no anime, exatamente idêntica a da imagem. Outra referencia ao Tachyon original é o nome da carta que é o mesmo nome que o Mizar diz no anime quando o Tachyon Dragon utiliza seu efeito. Fora as demais similaridades entre os efeitos dos Galaxy-Eyes (Xyz) que é negar efeitos bem visíveis na carta e no archtypo.



 Esta, como todas as demais cartas do post vem no pack Primal Origin, "recém-lançado" no todo poderoso país do sol nascente (pre-release na verdade). O pack em si é um compilado de tudo de bom/interessante que houve na época do Zexal, indo desde Evols até Traptrix. Um pack incrivelmente fantástico, mas chama ainda mais atenção pelas OCG Exclusivas (Galaxys e Battlin Boxers), uma dessas sendo a carta acima. Sabe-se lá quando estas exclusivas vão vir de vez pro TCG, ainda palpito um segundo Number Hunters.

 Dado a analise do pack no geral, não preciso mais repetir pra frente no post, ótimo! Quem ta afim de montar deck Galaxy, este é o pack das maravilhas, boa sorte.

 A carta é bem direta, uma Solemn Judgment dos Galaxy-Eyes, somente Galaxy-Eyes, não confundam com Galaxy. E veio em hora errada, eu diria, devíamos ter uma dessa há um tempão no jogo. Um dos problemas dos Dragões Galácticos sempre foi backrow, o próprio Tachyon Dragon que tem um efeito que serviria para amedrontar o oponente de usar backrow não se protege sozinho e cai fácil pra qualquer coisinha por aí. A solução enfim chegou, Transmigration é uma carta excepcional em todos os seus conceitos. Vamos analisar frase à frase dela mais pra frente.

 Com exceção do novo Cloud Dragon e o Photon Dragon, todos os demais Galaxy-Eyes são monstros de Extra Deck, com certa dificuldade em puxá-los pra campo e o próprio Photon Dragon original é uma chatisse  de parar quieto no campo, sobrando Cloud Dragon como o único Galaxy de fácil estadia no campo, exceto pelo seu baixo ATK e DEF, porém seu efeito é bem sutil trazendo um Galaxy-Eyes do cemitério, seja ele um Photon ou um Tachyon.

Agora onde a carta brilha mesmo é na seguinte frase: "Negue a ativação de cartas Mágicas, Armadilhas ou efeitos de Monstros de seu oponente que estejam na mesma Corrente que esta carta". Simplesmente genial, primeira carta que manda um "legal, fera" pro oponente naquele jogo de correntes, que vem sendo mais frequente do que nunca.

 O jogo cresceu rápido e muitos decks jogam com muitas cartas mágicas rápidas, armadilhas e monstros de efeitos quick e quando você faz aquela jogada maneirona seu oponente já responde com alguma coisa e se você quiser fazer algo a respeito, tem que passar pela outra carta que está te esperando. Transmigration acaba com tudo isso, põe um fim em todas as respostas do oponente, somente nas dele, o que eu achei meio forte, mas justo. Só tomem cuidado nesse ponto porque você pode acabar inutilizando uma carta que você usou. Um exemplo rápido: você deu Warning em uma Call of the Haunted e mais pra frente na corrente usou Transmigration, você acaba de perder 2000 pontos de vida atoa. Mas o melhor mesmo dessa carta é responder Maxx "C", sem duvidas!

 Falando em Maxx "C", hora de uma aula de português com vocês, interpretação de texto: "[...] e se você o faz, embaralhe todas as cartas que tiveram seus efeitos negados no campo no baralho." Na oração citada acima, lida com total atenção se repara uma coisa ainda mais genial que a ideia do efeito desta carta, somente cartas em campo voltam para o deck. O Maxx "C" citado acima, como qualquer outra criatura que ativou na mão, no cemitério ou do banido não vai ser reciclada. Pin! Ponto positivo pra carta.

 O que geralmente acontece se muitas cartas do oponente vão parar no deck: 1) Quebra o fluxo/consistência que o baralho tinha conseguido impor. 2) Quebra jogadas das cartas da mão junto com as embaralhadas. 3) Não dá resposta a monstros do oponente se protegerem, exceto G.B. Hunter (sem mentir, quem lembrava desta antes de eu citar?) que tem o efeito de impedir cartas retornarem ao deck. De longe, a Transmigration é uma carta a ser respeitada, e ainda tem o plus de poder ser ativada da mão quando você controla um Tachyon Dragon, mas isso são outros quinhentos (bem óbvios) que eu não vou citar, fica de lição de casa pra vocês. Próxima carta!



Tachyon Chaos Hole

Armadilha 
Ative somente quando um Monstro Xyz "Galaxy" é destruído devido ao seu oponente (tanto por batalha como por efeito) e enviado ao cemitério: Destrua todas as cartas viradas pra cima que seu oponente controla, e se você o faz, bana as cartas destruídas. Durante a sua Draw Phase, ao invés de conduzir o seu saque normal: você pode banir esta carta do seu cemitério, então selecione um Monstro Xyz "Galaxy" no seu cemitério: Invoque Especialmente aquele alvo.



 Esta carta é uma total e descarada referencia a um Buraco Negro de verdade. Todos os elementos da carta apontam isso. Caos: luz e trevas, elementos presentes em um buraco negro na teoria (já adianto, eu não entendo nada do assunto). O Tachyon Dragon saindo desse buraco negro, referindo-se a teoria de que o Táquion, por ser uma partícula mais rápida que a luz, de fato conseguiria escapar de um buraco negro. 

 Tudo o que eu citei foi baseado no meu pouco acesso a informações sendo processados pelo meu leigo cérebro, se tiver algum Físico pode deixar mais informações ou me corrigir nos comentários, é sempre legal e bem vindo.



 Já pra linkar a trivia acima com a carta, vamos continuar a falar de buracos negros, outros tipos, na verdade. A condição de ativação da Tachyon Hole pode ser um pouco chatinha de se conseguir e a pior parte é ela vir morta na mão, mas se a condição dela está de pé (Rank-Up Magic The Seventh One mandou um abraço pra essa carta) e você possui o monstro Galaxy Xyz (Atualmente todos são monstros de Rank 8, dá uma força ae konami!) o seu oponente está em maus lençóis.

 O efeito da Tachyon Hole é de uma brutalidade que dispensa comentários. A condição pode parecer um problema, mas depois de uma ótima ativação quem fica em plena desvantagem é o oponente. Uma mistura perfeita de Buraco Negro com Fissura Dimensional sem deixar vestígios no campo, exceto para monstros que se protejam de destruição. Lendo atentamente a carta percebe que ela só vai banir caso o monstro tenha sido destruído pelo efeito. Interpretar errado as cartas pode lhe deixar distante da vitória, fiquem de olho nisso hein?

A primeira coisa que me veio a cabeça quando eu vi o lançamento dessa carta: Myrmeleo e Photon Thrasher vão poder atuar com mais sinergia num deck de Galaxy/Photon. Ambos chamam atenção como a dupla dos decks de monstros Rank 4, Heraldic Beast já adotou a dupla, agora eles podem ter uma variante Photon também.

 Mas o que eles podem fazer pros Galaxy fora buscar essa carta? Além de acelerar bem o deck, tem certos Xyzs Rank 4 que seguram o jogo/atrasam o oponente/conseguem bater forte enquanto o prato principal não chega. Ou talvez você esteja rodando um deck onde o Galaxy-Eyes estar no cemitério é uma boa chave para o seu jogo (Galaxy Zero/Galaxy-Eyes Cloud Dragon/Call of the Haunted/afins), então Lavalval é sempre bem vindo. Rank 4 é um dos Ranks com os melhores alvos, perdendo apenas (na minha humilde opinião) pros monstros de Rank 5 e 8.

 Em suma, um monstro viável pro deck e que tem alvos fora a Tachyon Hole, a mais cotada é a Bottomless Trap Hole, porém a Traptrix Nightmare ou Void Trap Hole também são ótimas escolhas, fazendo o deck não somente um rebatedor com monstros brutais (Number 62 que o diga), como também um control moderado para vir as jogadas.

 Por fim, a carta possui um efeito a lá Mezuki, porém com algumas tretas para se resolver antes. Você tem que abrir mão do saque normal da sua Draw Phase para trazer de volta um monstro Galaxy Xyz do seu cemitério por banir ela mesma. Nem sempre isso vai ser vantajoso, principalmente com o Number 62 com seu efeito enquanto não possui nenhum Galaxy-Eyes Photon Dragon equipado todo dano cai pela metade, mas ele não deixa de ser um brutamontes em campo.

 Considerando o fato de que mais da metade das vezes ela vai pro cemitério contra backrow haters (Mystical Space Typhoon e cia.) é um dos poucos efeitos que o oponente não tem muito como responder e que pode lhe devolver a vantagem de jogo, como também lhe atrasar por um turno inteiro.


Number C107: Neo Galaxy-Eyes Tachyon Dragon
★ 9/LIGHT
ATK: 4500 / DEF: 3000
Dragão / Xyz / Efeito 
3 Monstros de Nível 9
Uma vez por turno: você pode remover 1 Material Xyz desta carta; negue o efeito de todas as outras cartas, atualmente, em campo até o fim do turno, seu oponente também não pode ativar efeitos de cartas do campo este turno. Se esta carta possui "Number 107: Galaxy-Eyes Tachyon Dragon" como Material Xyz, esta carta ganha este efeito: • Durante a sua Main Phase 1: você pode tributar 2 monstros; esta carta pode atacar monstros do seu oponente até 3 vezes este turno.


 Ironicamente, este foi o primeiro e único monstro Number C dos principais vilões da trama a ser invocado pela original, velha e ultrapassada Rank-Up Magic Barian's Force. Com o passar da história se esqueceram de uma carta que até outrora era tão badalada até mesmo pelos próprios personagens.

 Assim como os Neo e Galaxy-Eyes Photon Dragon são referencias diretas aos Blue-Eyes White e Ultimate Dragon, esta carta e seu antecessor são referencias diretas aos Cyber e Cyber End Dragon. Agora que eu paro pra pensar, Zexal teve muita pouca referencia ao Yugioh 5DS, espero ver alguma referencia a todas as séries do jogo no Arc V.

 Fazendo mais uma teoria de fã pra fã, ambos os Tachyon Dragon tem efeitos que podemos, em um certo conceito, relacionar a partícula mais rápida que a luz, o próprio táquion. Ambos possuem efeitos de negar cartas e impedir ativações, mencionando que eles são tão rápidos que nem ao menos dão chance a reações. Ambos também possuem efeitos de ataques múltiplos, mais uma vez referindo-se a velocidade de desferir mais de um golpe por vez. Zexal vai dando adeus das telinhas, mas tomara que estes monstros com um background/base interessante sempre voltem a aparecer, mas pelo amor de deus, parem com os trocadilhos inúteis. 



 De volta a falar de Rank-Ups em mais um post, mas dessa vez temos Rank-Ups que vale de fato a pena comentar. A começar pela Argent Force, Rank-Up para monstros de Rank 5 ou superior que possui um efeito de se auto-reciclar, que convenhamos, é uma das coisas mais geniais que uma Rank-Up poderia fazer pra compensar o -1.

 Puxar o Tachyon original para campo não é sacrifício, é uma tarefa fácil em certos decks, rodar Rank-Up pode ser um pouquinho chato, mas sempre pode-se abrir 1 ou 2 vagas no Main Deck.

Porém a principal estrela deste tópico é a nova The Seventh One, que traz esse monstrão em 2 tempos, a condição dela é bem fula pro que ela pode fazer e principalmente, o que ela pode invocar. Dentre os C10X mais cotados estão C101, C104 e C107 que vão disputar um espacinho no extra deck de quem rodar Seventh One, eu sempre abro espaço pra um C101 quando eu possuo o 101 de Extra, mesmo ele não sendo o alvo principal. The Seventh One sem muita festa consegue deixar o Extra Deck organizado com monstros para todas as situações.

 A carta a minha esquerda é uma carta que se encontra atualmente banida, uma carta considerada por muitos superior à Giant Trunade e Heavy Storm (igualmente banidas, exceto a Heavy no OCG). Cold Wave já congelou o jogo por um tempo, impedindo futuras respostas do oponente e lhe dando o turno ideal pra fechar o jogo. Neo Tachyon faz quase o mesmo, com alguns poréns que eu vou destacar com vocês. 1º Ele é um monstro: mais fácil de se negar, tanto efeito, como invocação. 2º Sua invocação não é das mais tranquilas, exceto com The Seventh One. 3º Depois de um certo período, ele não consegue mais pagar o custo e ativar mais uma vez o efeito, ainda mais com a The Seventh One.

  Em resumo, Neo Tachyon, nesse efeito, tem um mensurável poder de jogo, dando pouco espaço pro oponente fugir de seus 4500 pontos muito bem distribuídos ou talvez servindo de isca para tirar peixe grande, como uma Veiler, de monstros que vão realmente fazer a diferença. Só lembra que é um trabalhão invocar essa peste.

 Não tem como passar batido nos pontos de ATK do Neo Tachyon, ele é tão máquina de destruição quanto o Blue-Eyes White Dragon que cita isso no seu texto. E sem duvidas, os pontos de ATK são um dos maiores atrativos pro pessoal baixar The Seventh One olhando pra ele. 4500 pontos, se bem protegidos (com as cartas acima nesse post) se tornam o fim pro seu oponente.

 Outro pequeno grande detalhe é que reviver este monstro com a Tachyon Chaos Hole é uma jogada que vai dar muita dor de cabeça para o seu oponente. O deck dele possuí tudo pra fazer seu oponente ficar sem segurança, basta misturar tudo junto em campo.

 Por fim, mas não menos importante, temos seu efeito de poder atacar 3 vezes por turno, extremamente similar ao efeito da carta a minha esquerda. Detalhe: sem ataques diretos, ou seja, sem OTKs.

 Raras situações esse efeito vai se fazer necessário, mas é nesses raros momentos que você pode garantir a sua vitória. Futuramente algum cara sem-vida vai fazer um OTK usando esse efeito. Não é o melhor efeito do mundo, mas ele contextualiza com a base da carta como eu mencionei acima. Vamos dar valor a criatividade antes de julgar se aquilo é bom ou ruim.



Deck: Galaxy/Photon
Formato: TCG de Janeiro de 2014

Monstros:
1x Galaxy-Eyes Photon Dragon
3x Galaxy Knight
3x Galaxy Wizard
3x Photon Crusher
3x Photon Thrasher
3x Traptrix Myrmeleo
1x Honest

Magias:
1x Rank-Up Magic - The Seventh One
1x Photon Sanctuary
3x Galaxy Expedition
2x Galaxy Zero
2x Pot of Duality
1x Reinforcement of the Army
1x Mind Control
1x Dark Hole
2x Mystical Space Typhoon

Armadilhas: 
2x Traptrix Trap Hole Nightmare
1x Tachyon Transmigration
1x Tachyon Chaos Hole
1x Bottomless Trap Hole
1x Mirror Force
1x Torrential Tribute
1x Dimensional Prison
1x Compulsory Evacuation Device

Extra Deck: 
1x Number C107: Neo Galaxy-Eyes Tachyon Dragon
1x Number 107: Galaxy-Eyes Tachyon Dragon
1x Number C101: Silent Honor DARK
1x Number 101: Silent Honor ARK
11x A sua escolha




 Enfim, encerrando esse post por aqui, espero que tenham curtido. Com a minha volta ao Here Comes a New Card eu quero trazer de volta a opinião de vocês, sendo assim, vou puxar de volta a enquete que eu fazia de tempos em tempos com algumas coisinhas novas que tem por aí. e os candidatos são:

Qual a próxima carta do HCNC?
Number 52: Diamond Crab King
Number 79: Battlin' Boxer Nova Ceasar
Number 55: Gogogo Goliath
Gagaga Sister
Majesty's Fiend


 As votações vão somente até segunda feira, acho que é tempo mais que justo para tirarmos o popular desses 5 e fazer o devido post para o cara. Vejo vocês semana que vem com Carta da Semana e Here Comes a New Card do vencedor. Até lá, se cuidem e falous!

Comentários
51 Comentários

51 Comentários:

Man El disse:
20 de fevereiro de 2014 10:12

F
I
R
S
T

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 10:50

vou falar tres coisas

1ª na minha opinião é bobeira ter o 101 no extra porque isso é galaxy deck e não shark.

2ª correr somente uma Tachyon Transmigration é pouco eu corro tres

3ª tinha que sair mais dragões aleatórios de level 8 para fazer só tachyon mesmo, tipo o deck do misael no anime.

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 10:50
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 10:51

uma só rank-up coloca 2 barian tambem no deck

lurkingSombres disse:
20 de fevereiro de 2014 11:51

Existe outra carta que nega o restante da chain, vanity's call. Porém, ela tem outras restrições.

Jhonatan disse:
20 de fevereiro de 2014 12:40

Só pra dizer mesmo, mas que eu lembre o Gilag, o Alit e o Vector também usaram a Barians Force, não foi?

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 12:58

Anon 10:50, isso é um deck pra ganhar e nao um deck temático anime. 101 é o que tem de bom pra bater aqueles XYZ/Synchros/BLZ chatos no campo.

Emerson Martins de Deus disse:
20 de fevereiro de 2014 13:33

"O Tachyon Dragon saindo desse buraco negro, referindo-se a teoria de que o Táquion, por ser uma partícula mais rápida que a luz, de fato conseguiria escapar de um buraco negro."

Após me contar isso voltei a ser seu fã, magina o oponente usando Dark Hole e depois a gente ativa Tachyon Chaos Hole xD

---

Gostei muito do seu post, principalmente pela escolha das cartas, Galaxy Soldier assim como citado por você é realmente uma boa opção por ser um searcher obrigatório no deck, Tachyon Transmigration e Chaos Hole são cartas muito boas, elas pegam um ponto fraco de qualquer deck que são os efeitos de destruição, e outros que possam vir a atrapalhar as suas jogadas.

Sobre o seu deck eu também acho que podia colocar talvez +1 Tachyon Transmigration, pois as suas condições podem ser conseguidas muito facilmente hoje no deck, pode-se se usar até o Galaxy-Eyes Cloud Dragon para ativa-lá, que é outro que eu senti falta no seu deck, pois ele torna-se um ótimo monstro quando utilizado com a Accel Light por exemplo, se bem que você não a usa também, mas claro que isso vem de uma questão de preferência. Enfim, eu costumo usar um deck que não usa tantos monstros de lv4, mas visualmente a sua build também parece ser muito boa, não posso julga-lá muito bem agora, pois não a testei ainda.

P.s: Sinto pena das pobres almas que acham que o Number 101 só serve para deck Shark.

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 13:45

vey só uma opinião, quando vc não entende sobre um assunto nem comenta ou estuda antes, sem ser grosso vei, pq tu errou em duas coisa:

1:buraco negro é feito de anti matéria, e não de luz e trevas

2: o eff do neo tachyon de voltar cartas não é pq o tachyon é uma partícula mais rápida q a luz e assim não deixa seu oponente agir, e sim o tachyon é uma partícula mais rápida q a luz q dizem ser tão rápida a ponto de poder voltar no tempo e o eff dele representa isso, tanto q no anime na primeira vez q ele utiliza a musica toca ao contrario

isso é só um aviso pq vc tá dando algumas informações erradas e dai quem não entende no assunto vai acreditar em vc e quem conhece pode te ridicularizar, eu não estou sendo grosso, só estou sugerindo

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 14:17

mas yugioh a gente tem que jogar é pra se divertir e não só pensando em ganhar, eu não vou torneios oficiais, não compro cartas originas, então não preciso fazer decks só pra ganhar não

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 14:22

dá pra acreditar no cara acima com o nome de boiola fenomenal :/

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 15:09

quem te problema com meu nome é recalque, e recalque não tem argumento no meu reino

Emerson Martins de Deus disse:
20 de fevereiro de 2014 15:13

Ygo é para se divertir, mas não posso ter cartas boas para me divertir? lol, que escrto.

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 15:24

pode sim ter boas cartas mas não precisa ter elas em todos os decks que vcs fazer

subonito disse:
20 de fevereiro de 2014 16:20

Fenomenal, eu até pesquisei um pouco na internet pra ter a base pra comentar, ter errado só duas coisas foi sorte.

Enquanto eu puder teorizar as cartas a ponto de deixar interessante o post eu vou tentar, mesmo que com um pouco de conhecimento, mas muito obrigado pelas correções. Gostei mais da ideia de voltar o tempo do que só velocidade :3

Outra bobeira minha foi não confirmar se o que estava escrito na trivia do Tachyon era recente e autentica (pra época em que foi escrito, o Neo Tachyon era de fato o primeiro e unico C10X a ser chamado por Rank-Up)

Quanto a Seventh One, se o deck tem acesso a Number 10X por Xyz normal, como nesse daí tinha acesso tanto ao 101 e o 107, fica legal usar 2 C10X pois se você já gastou um dos dois no duelo, a Seventh vem morta pra você. E como os dois monstros são invocáveis, você não tem 2 monstros mortos no Extra Deck.

Já tou vendo que o Ceasar já ganhou essa bagaça ;=;

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 16:30

por exemplo eu vou jogar com battlin boxer e ativo seventh one e puxo ou 107,104,102,101 é muito gay, tenho que puxar o 105

Porthos disse:
20 de fevereiro de 2014 17:41

Meu Deus, tem tanto fanboyui aqui que da nojo...

Ficou fodão, Subo. E não ligue para o que o recalcado disse, buracos negros são pontos SEM matéria, falhas no tecido espaço-tempo convencional com uma gravidade intensa... Não sabe-se se eles realmente são feitos de algo, se mexem, existe a capacidade de escapar deles e outras coisas.

michael douglas disse:
20 de fevereiro de 2014 18:05

só eu ainda não sei quais serão as exclusivas OCG ??? pq ja ia comprar uma box pra mim do primal origin sómente por causa das cartas galaxys ... agora meu deck galaxy photon vai ficar ohhh ... umas bosta sem essas cartas exclusivas ... minha vida acabou aqui ... affss

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 18:41

eu já falei, eles são feitos de anti matéria, tanto q eles sugam e evaporam com a matéria, os maiores buracos negros conseguem engolir uma galaxia inteira e ponto MR. PORTHOS, como vc msm falou eles não tem matéria, quando algo não é matéria ou é energia ou é anti matéria, ou tu vai me dizer q um buraco negro é feito de pura energia agr

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 19:11

só corrigindo, na vdd os maiores buracos negros já descobertos conseguem engolir sistemas solares e não galaxias (por isso q o neo tachyon vassou do buraco negro, pq ele é galaxy eyes EHUEUHEUHEHUEHEU), e no problem subonito, q bom q tu entendeu q foi uma sugestão, eu sei q pareceu grosso mas é sério, não foi minha intenção

Porthos disse:
20 de fevereiro de 2014 19:36

http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/fundamentos/sao-buracos-negros-astronomia-gravidade-492728.shtml

http://pt.wikipedia.org/wiki/Buraco_negro

Ache o lugar do texto que é dito que eles são feitos de anti-matérias... Se fossem feitos de anti-matéria, evaporariam rápido já que a grande massa atrai muita matéria normal, resultando em uma sequência de explosões que terminaria com a evaporação do buraco negro em si. Estude mais antes de vir corrigir o Subo... u_u

Emerson Martins de Deus disse:
20 de fevereiro de 2014 19:39

@Anon que esta falando bobagem sobre usar cartas boas, quer dizer então que eu não posso usar Dark Hole em todos os meus decks? Bom, sem mais comentários.

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 20:11

meu deus cara, vc acha msm q eu peguei tal informação da internet, não eu não peguei da internet, peguei de documentários, primeira mente senhor porthos, como eu falei, tds os objetos conhecidos pelo homem só podem ter três tipos de proporções, matéria, energia e anti matéria, como ele não é feito de matéria e nem de energia ele é feito de anti matéria e pronto fera, e tbm vou corrigir duas coisas q vc falou:

1: vc falou q os cientistas não sabiam se um buraco negro é feito de algo, se ele não fosse feito de nada ele não existiria.

2:tu falou q ele não poderia ser de anti matéria pq ele acabaria explodia com tanta massa de matéria, o erro no q vc falou foi o seguinte, o buraco negro não vai sugar porssões enormes de matéria pq simplesmente vai depender de onde ele tá posicionado. como o espaço não tem matéria a unica coisa q ele pode sugar é asteroids, planetas, etc, então se ele estiver posicionado muito longe de vários planetas e estiver perto de vários asteroides ele vai sugar os asteroides, e isso dependendo do tamanho do buraco negro, pq se ele for pequeno nem terá força pra puxar um planeta, é a msm coisa q tu pegar uma bola de ping pong e colocar no quintal do seu vizinho q é de frente da sua casa, e em seguida pegar um aspirador mirando no lugar aonde tá a bolinha, ele não vai sugar pq a bolinha tá do outro lado da rua, então MR porthos ele é feito de anti matéria e pronto

Porthos disse:
20 de fevereiro de 2014 20:21

Ah sim, matéria escura, energia escura e tantas outras coisas obedecem esse seu raciocínio mesmo. Por favor, aprenda física antes de falar bosta.

O simples fato da radiação de Hawking existir quebra sua teoria, e nem vou comentar sobre o horizonte de eventos, ou injeção de matéria que os buracos negros fazem.

E se sua informação é confiável, ela está na internet. Vide que grande parte dos documentários de canais de ciências são postados na internet, já que tecnicamente são de interesse público.

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 20:31

acabei de ler sobre a radiação de hawking e pelo q eu vi, tudo o q ele falou são só argumentos teóricos, apenas teorias, mas parece q vc entende sobre o q vc está falando e por isso vou me render pra eu não perder minha noite com um cara q fica falando yo bitches em suas postagens, até pq vc está muito confiante de seus argumentos q se baseiam em sites e teorias como os meus q se baseiam em aulas e documentários, mais eu estava certo sobre o tachyon q é algo q vc não pode argumentar MR porthos então adios

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 20:35

a, e antes de falar q o stephen hawkins é o fodão e q ele sabe do q tá fazendo, lembre-se q a atual teoria dele de como o universo foi criado foi ridicularizada e tbm bem nonsense

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 20:36

eu disse antes e repito dnovo dá pra acreditar no cara com o nome de boiola fenomenal

OMG o cara vem aki comentarios escrever essa merda sobre DH são anti-matéria. É não ter o que fazer né.Vai lavar uma louça guri

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 20:38

Porthos ganhou mais um fã

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 20:44

"OMG o cara vem aki comentarios escrever essa merda sobre DH são anti-matéria" de fato cara seu português é muito bom, eu creio q o certo seria "OMG o cara vem aki (eu sei q é gíria, do msm jeito q eu escrevo vey, e por isso não vou contar) comentar essa merda de q o DH é feito de anti-matéria" só pra ficar a dica

Porthos disse:
20 de fevereiro de 2014 20:58

Anony: Né? Mais um pro fanclube. Daqui a pouco chego no nível do LG...

E a matéria que estamos discutindo, amigo, é física TEÓRICA e um teoria só recebe esse nome caso ela seja provada, caso contrário se chama hipótese... E o modelo de radiação de Hawking se encontra na Teoria das Cordas, que atualmente é a teoria mais aceita para o funcionamento do universo.

E buracos negros são tão teóricos quanto partículas subatômicas, dimensões extras e tantas outras coisas.

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 21:11

kkkkkkkkkkkkkkk teoria das cordas sendo a teoria mais aceita é meu pau dançando quadradinho do capiroto mister porthos, a teoria do big bang ainda é a mais aceita, tanto q estamos quase refazendo o feito do big bang usando o acelerador de partículas, a teoria das corda é interessante mas não é nem de longe a mais aceita (e sim, sou hipócrita msm, q eu disse q ia calar a boca mas dps de ver esse seu coment meu deus)

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 21:16

post muito bom espero ver mais como este

Adson disse:
20 de fevereiro de 2014 21:35

Quando passei pelo blog e vi a postagem , eu já fiquei feliz por fazerem uma postagem deles. E num todo ficou muito boa. Cultura de qualidade no yu-gi-oh XD.

Bom voltando ao post, eu amei as explicações e ligações e possibilidades, mas o que eu mais esperava que era ver o deck me decepcionou um pouco, por alguns motivos:

1- Um deck Galaxy/Photon com 1 photon/tachyon dragon na minha opnião é muito dificil, com ele banido o deck, perde boa parte do poder.Como você mesmo disse eles são facilmente negados, usar só 1 deles é um problema.

2- o uso de apenas 1 rank-up, você tem 2 Chaos no deck que nao tem outras opções de invocação exceto pela rank-up, um deles vai ficar ocupando espaço no extra.

3- o acesso alto aos rank 4 mais que os rank 8. Tudo bem que o meta ta bem puxado pros rank 4, mas era pra ser um deck Galaxy/photon onde suas estrelas estão no rank 8(Number 62/Tachyon etc)pois sao as que mais podem abusar dessas traps do primal origin.

O meu deck photon ta assim(desconsiderem o side): http://oi62.tinypic.com/avmyw7.jpg
Foquei em trazer o Number 62 e o Chaos Tachyon, que são os meninos que podem abusar da transmigration e da hole. Nesse meio com o Soldier existe a possibilidade de fazer rank 5 ainda.

Bom, tirando pelo deck, o resto esteve muito bom, nao sabia do Táquion, adoro essas referencias. E esses músicas XD fodas.

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 21:49

agora e de lei todo post do subo ele se auto humilhar e tentar falar o que nao sabe esse ja deve ser o 4º ou 5º kkkkkkkkkkkkkkkkkkk se aposenta tio vc nao e nem a sombra do que era antes sinceramente

Porthos disse:
20 de fevereiro de 2014 21:56

A teoria das cordas não impede o big bang, genius. Ela apenas prevê que nosso universo não é composto por partículas, mas por nano-cordas.

http://itec.if.usp.br/~rivelles/Seminars/cordas_unificacao.pdf

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 22:01

Vish boiola fenomenal vem discutir sobre DH e agora vem dizer sobre
teoria do big bang u.u
Daki a pouco vai vim dizer que deus criou o mundo em 7 dias.

dá pra acreditar num cara com o nome de boiola fenomenal

Emerson Martins de Deus disse:
20 de fevereiro de 2014 22:02

@Anônimo, me diga no que prejudica o post sobre YGO dele, ele não saber sobre Tachyons e etc? Acho que você que deve se aposentar, pois foi um comentário ridículo.

Se os jogadores precisarem saber sobre Tachyons para serem bons, então acho que são poucos estes.

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 22:02

ok eu me rendo, eu sou burro e desisto, sério sem sarcasmo eu admito q estou errado, exceto na parte do tachyon, nessas parte não tem argumento

boiola fenomenal disse:
20 de fevereiro de 2014 22:21

primeiro senhor anonimo, quem começou a discussão foi o porthos e não eu, e o big bang tem a ver com a teoria das cordas q tem a ver com hawkins q tem haver com DH, não é culpa minha vc ser burro e não entender a nossa discussão, e isso tudo começou só pq eu corrigi sobunito q foi o q ele pediu no post e ainda eu sugeri pra q ele não tocasse nesses assuntos q ele não entende pra não passar informação errada e não ser ridicularizado por metidos a intelectuais como foi naquele post do shikigami q virou shinigami e o crl e deu rage nos coments (não me lembro quem foi q postou esse post) e ele foi muito gente fina cmg na resposta, então não sei pq toda essa ignorância de vcs contra mim

Anônimo disse:
20 de fevereiro de 2014 22:23

cara olha documentario no canal tv escola e acha que sabe das coisas ¬¬

Onde os Porthos arranjou esse fã

dá pra acreditar num cara com o nome de boiola fenomenal

subonito disse:
20 de fevereiro de 2014 23:22

Meus posts parecem aula de fisica, que daora! Pena que eu não consigo acompanhar as discussões (as inuteis eu acabo acompanhando, tragico)

Malucos e Malucas, sem quebras pessoais por causa de buraco negros, deixem isso pra quando vocês brigarem por uma mina (se é que me entende)

Adson, quanto ao deck, essa é a variante que eu geralmente uso, eu acho legal a Myrmeleo dando um up na linha de traz das backrows, não foi nem por causa de meta rank4 (se bem que ela é um dos motivos disso), eu gosto bastante da carta. A Rank-Up ter 2 alvos acessiveis é no minimo aceitavel, dependendo da situação um dos alvos você já usou ou em certos casos um se torna mais util que o outro. O importante é que os Number 10X sejam jogaveis no deck, assim, ao invés de 2 monstros de Extra mortos num duelo, você só tem 1.

E Michael Douglas, as OCG exclusivas são todas com o Número do Pack (Ex: PRIO-XX) é superior a 80. Dos galaxys, somente a Transmigration, Cloud Dragon e o Galaxy Soldier são. Talvez elas venham pro TCG de algum jeito bem cedo.

Gabriel Fideli disse:
21 de fevereiro de 2014 02:59

1 FODACE OS BURACOS NEGROS AHUAHUAHUAHUAHUAHUAUHAUH.

2 Number 101 me da cançer.

3 otimo post .

Anônimo disse:
21 de fevereiro de 2014 09:10

na realidade Emerson Martins de Deus vc não pode mesmo usar dark hole em todos os seus decks porque eu não uso em nenhum e mesmo assim meus decks são fortes eles não precisam dessas cartas não, se o seu precisa é porque seu deck é fraco e vc não sabe montar um deck vc é noob

Anônimo disse:
21 de fevereiro de 2014 09:34

1 - Kinka Byo com Cloud Dragon revivendo Neo Tachyon todo tudo é bem legal =P
2 - Não são todos os Galaxy Xyz que são Rank 8, temos a Number 83: Galaxy Queen (Rank 1), Galaxy Destroyer (Rank 10), C107 Neo Tachyon (Rank 9), pode ser que eu tenha esquecido de alguns

Emerson Martins de Deus disse:
21 de fevereiro de 2014 13:00

Anon, que insiste em falar merda, cara, só risos, nunca vi um comentário tão ridículo, usar Dark Hole é motivo para não saber montar deck? Só falta falar que é a mesma coisa Heavy Storm e Monster Reborn também, são staples caras, elas encaixam em qualquer deck e estão na maioria deles, quando você aprender a jogar profissionalmente você conversa comigo, só um exemplo de que meus argumentos são válidos, procure um YCS de alguma data onde Dark Hole já tenha sido lançada, e veja quantos decks a possuem em seu main, mesma coisa com Monster Reborn e Heavy Storm no tempo em que estavam limitadas, são cartas tão boas que chegaram a ser consideradas staples por encaixarem em qualquer deck, bom, se você não sabia disso não merece nem minha atenção e pelos os seu comentários fica óbvio que não tinha a menor noção disso.

Olha principalmente no main deck de grandes duelistas que já conquistaram grandes campeonatos como YCS, tipo o Jeff Jones, esses caras tem mais do que uma opinião mal formada sobre o que usar ou não nos decks.

Anônimo disse:
21 de fevereiro de 2014 13:14

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2014/01/stephen-hawking-surpreende-ao-dizer-que-buracos-negros-nao-existem.html vida loca loca vida, vida breve, se eu n posso te levaaar, quero que você me leve :3

Anônimo disse:
21 de fevereiro de 2014 14:28

opâ ainda continuam sobre DH até o Emerson se meteu no meio.

Machine King disse:
21 de fevereiro de 2014 19:33

Fudeu, o post virou discussão de física!

1 - Boiola fenomenal, teu nome dispensa comentários.

2 - Porthos é uma rapariga.

3 - Essa Tachyon Transmigration É MUITO FODA! Agora vale a pena fazer um deck pro Tachyon Dragon só por causa dela.

4 - Post excelente...E pq ninguém usa GALAXY QUEEN LIGHT pra fazer Xyz Rank alto? Ela é buscável pelo Galaxy Wyzard, que é buscável pela Accelight.

5 - Adoro ver a Konami dando suporte pra decks do anime... é sempre mais divertido jogar com eles!

Anônimo disse:
22 de fevereiro de 2014 00:05

emerson eu não vou torneios oficiais, nao me importo em saber quem ganhou, porque eu não jogo profissionalmente entendeu só jogo para me divertir como um passatempo, agora vcs do nexus pelo jeito gastão rios de dinheiro em cards originais ai dark hole realmente é boa porque se vcs perderem o torneio vao perder dinheiro tambem

Porthos disse:
22 de fevereiro de 2014 19:36

@Machine: Joga de Gadget então. -q

E rapariga é essa sua bunda, que deixa qual pinto entrar sem nem pegar.

Machine King disse:
23 de fevereiro de 2014 18:06

Quando eu tiver 3 Giant X, jogo de Gadget de boas.

PS.: Aprende a digitar caralho...Tem horas que não dá pra entender o que tu fala.