13 de fevereiro de 2014

Here Comes A New Card #29: Forbidden Book

“Desta vez, Pandora segura mais um item, também conhecido como ‘Holy Bible’”

Forbidden Book
Quick-Play Spell Card

When an attack is declared involving a monster you control and an opponent's monster, during damage calculation: Until the end of the Damage Step, negate the effects of all other cards on the field, also this damage calculation will be performed by using the original ATK and DEF of the battling monsters.



Forbidden Chalice Forbidden Dress Forbidden Lance

Nada melhor do que começar o post se familiarizando com a Pandora e seus itens proibidos. O Cálice, a Vestimenta e a Lança. Todos símbolos do cristianismo e encontrados no Novo Testamento, mas não vamos entrar em detalhes agora. Todas essas mágicas de jogo-rápido da série “Forbidden” até agora possuíam um detalhe em comum: Todas mudam o ATK do monstro alvo, seja adicionando ou subtraindo.

  • Forbidden Chalice: Aumenta o ATK do alvo em 400 pontos e nega seu efeito, até a End Phase;
  • Forbidden Dress: Diminui o ATK do alvo em 600 pontos e impede de ser selecionado como alvo de efeito de cartas ou destruído por efeitos, até a End Phase;
  • Forbidden Lance: Diminui o ATK do alvo em 800 pontos e impede que ele seja afetado pelo efeito de outras Spell/Traps, até a End Phase.

E é agora que entra a cartinha nova, que possui um efeito diferente das demais e que pode ser tão útil quanto as outras em vários momentos:

  • Forbidden Book: Nega o efeito de todas as outras cartas viradas para cima quando um monstro que você controla batalha com um monstro do oponente, durante o cálculo de dano apenas, e o ATK e DEF de tais monstros se tornam iguais a seus originais durante esse tempo. O melhor de tudo é que ela não faz alvos.

Mesmo que o oponente use o efeito de um monstro na mão ou cemitério para mudar o ATK do monstro dele após você ativar essa carta, ela ainda terá seu efeito válido, deixando o ATK sempre igual ao original. E qual a vantagem disso?

Honest Bujingi Crane Battlin' Boxer Counterpunch Fire Formation - Tensen

Prevenir cartas como essas, é claro. Honest em decks Light em geral, Bujingi Crane em decks Bujins. Pelo fato de não fazer alvo nem uma Bujingi Turtle salva. Battlin’ Boxer Counterpunch e o próprio Battlin’ Boxer Lead Yoke e em decks Fire Fists, todas as Fire Formations, mas destacando o fator surpresa deles, a Fire Formation – Tensen. Existem mais cartas que fazem semelhante, mas essas são as principais do momento.

Com uma carta como Forbidden Book a solta, esses decks terão que procurar outras formas de sobreviver, como por exemplo aumentar o número de Bujingi Crow em decks Bujins e de Necro Gardna em Chaos/Lightsworn, já que assim o ataque sob o efeito da Book é negado, ou seja, sem cálculo de dano.

Malefic Cyber End Dragon Beast King Barbaros Gene-Warped Wolf

Mesmo com tamanha vantagem de usar o livro, não é todo deck que vai aproveitar ele muito bem, então vamos destacar alguns aqui:

Decks Malefic, que praticamente proibe que o oponente use uma Mystical Space Typhoon no campo mágico quando seu monstro declara um ataque para destruir ele, e já que eles possuem pontos de ATK altos o suficiente para detonar uns 90% dos monstros do jogo, esse livro é a escolha certa.

Decks com monstros semelhantes a Beast King Barbaros, que podem ser invocados sem tributo por diminuir o próprio ATK. Isso funcionava também com a Forbidden Chalice, para negar seus efeitos, mas com a Book a coisa fica mais bruta.

E por fim, decks Vanilla, que afinal não tem nada a perder com o livro, já que não possuem efeitos para serem negados e seus ATKs podem ser alto o suficiente para uma batalha sem boost algum.

 

Apesar da eficiência, Forbidden Book possui um ponto-fraco em sua própria família, chamado de Forbidden Lance. Se você ativar o livro e o oponente ativar a lança em resposta, tendo como alvo algum dos monstros que seria afetado pelo livro, o ATK dele diminuirá até o fim do turno e o outro monstro será afetado normalmente, já que a lança previne que o alvo seja afetado pelo efeito de outras S/T Cards. Ainda assim da para manipular e escapar de uma batalha, podendo decidir quem sai vitorioso.

Então quanto e como usar? Isso cabe a cada um, mas eu particularmente iria preferir colocar algumas cópias de Side Deck para ir contra decks cartas que interferem na batalha, e de Main Deck apenas em decks específicos onde eu também não sairia prejudicado, afinal esse é o objetivo da carta, diferente da lança, por exemplo, que funciona na maioria dos decks.

E vocês, o que acharam da carta?


Então é isso galerinha, espero que tenham gostado do post. Pode deixar que vou fazer mais HCNC de cartas do Primal Origin, já que no momento não consigo elaborar outro tipo de post devido a correria, então deixem sugestões. Comentem, curtam e compartilhem o post. Até mais!

Comentários
15 Comentários

15 Comentários:

Anônimo disse:
13 de fevereiro de 2014 15:17

first anti-pnc do first

Carlos Henrique disse:
13 de fevereiro de 2014 15:22

Vejo melhor pra side deck, acho que a maioria dos jogadores tbm vão achar isso...

Emerson Martins de Deus disse:
13 de fevereiro de 2014 15:23

Só um post do Blu para salvar o dia dessa chatice, estou a duas horas sem fazer nada, isso porque estou esperando as cartas mesmo sabendo que vão demorar, me recuso a fazer outra coisa até jogar com elas...

Belo post.

Guilherme Lerry dos Santos disse:
13 de fevereiro de 2014 15:25

Meu Utopia ZW full Equip vai xora quando ativarem essa carta na Dmg Step.

Anônimo disse:
13 de fevereiro de 2014 15:45

Carta que vem em boa hora :)

Anônimo disse:
13 de fevereiro de 2014 16:12

Ótima carta, principalmente para o OCG onde o Honest esta semi limitado

Cyberblu disse:
13 de fevereiro de 2014 16:13

Utopia, outro deck que vai se ferrar com ela, bem lembrado.

Aldair Hatake disse:
13 de fevereiro de 2014 17:29

Excelente post!!! Parabens!!!
Quando sair no TCG, vou colocar uma no meu main... ja tenho o calice e o vestido, nao curto muito a lanca...
Ainda mais quando jogo contra meu irmão (deck de agents)...

Ponponko disse:
13 de fevereiro de 2014 18:45

a lance e a melhor das forbidden com um pé atras

Anônimo disse:
13 de fevereiro de 2014 21:38

Bom post blue, mas acho essa carta meio que desnecessária porém qm sabe rodam em sides decks né?! Agora queria ver uma matéria sobre o star duston que foi a carta q mais me chamou atenção no primal origins, já q é uma carta absurda de um arquétipo bem meia boca até então

RoFolDo disse:
13 de fevereiro de 2014 21:42

Aquela carta tapa-na-cara de Noble Knights e seus 537 equipamentos fodões, haha.

Apo na vida de universitário disse:
13 de fevereiro de 2014 22:11

Até hj tô esperando essa mulher lavar a louça SAHUSAHSUa

Anônimo disse:
14 de fevereiro de 2014 11:05

parabéns pelo post, e acho que você poderia comentar da discord sector, aquela carta que mata 99% dos decks de hoje em dia.

Anônimo disse:
14 de fevereiro de 2014 11:25

maninho da solemn judgment lá atrás

Gabriel Andrade disse:
15 de fevereiro de 2014 15:11

yugiohparalelo.blogspot.com

Se querem ver uma fanfic diferente, acessem