10 de janeiro de 2014

Here Comes A New Card #25: Diamond Core of Koa’ki Meiru

Núcle de ferro é para os fracos, os fortes usam diamante!

Diamond Core of Koa’ki Meiru
Normal Spell Card
Add 1 "Koa'ki Meiru" card from your Deck to your hand, except "Diamond Core of Koa'ki Meiru". You can banish this card from your Graveyard; this turn, "Koa'ki Meiru" monsters you control cannot be destroyed.



Uma carta com dois efeitos nota 10: Adicionar qualquer carta que tenha “Koa’ki Meiru” no nome do deck à mão quando ativada desde que não seja uma cópia dela e por banir do cemitério, você faz com que todos os monstros “Koa’ki Meiru” no campo se tornam indestrutíveis por uma rodada.

Mas qual a vantagem disso? O primeiro efeito, o de search, ajuda o archetype já que algumas vezes você tem que descartar os seus monstros (para adicionar a Iron Core of Koa’ki Meiru à mão na Draw Phase, por exemplo). E o segundo efeito protege não apenas do oponente mas também do custo de manutenção padrão na maioria dos Koa’ki Meiru onde diz que se você não descartar uma Iron Core ou revelar um monstro com o mesmo tipo dele na mão ele é destruído automaticamente. Note que você só pode usar o efeito de banir ela do cemitério durante o seu turno. No turno que você usa isso, você não precisa se preocupar nem ao menos em revelar as cartas da sua mão para o oponente.

 

O archetype já possuía um searcher, o Koa’ki Meiru Boulder, mas que precisava ser destruído em batalha e só buscava monstros de Level 4 ou menor ou a própria Iron Core. Com a Diamond Core em cena, ele é descartado e em troca podemos aproveitar que existe um monstro que recicla qualquer carta Koa’ki Meiru quando destrói um monstro do oponente: O Koa’ki Meiru Crusader, com seus incríveis 1900 pontos de ATK e cuja função será reciclar a Diamond Core para poder usar e fazer mais search.

Koa'kiMeiruGuardian  

Um dos decks favoritos para usar a Diamond Core é o Rock Stun que geralmente possui 9 cartas do archetype: Koa’ki Meiru Guardian, Koa’ki Meiru Sandman e Koa’ki Meiru Wall, cada um podendo negar efeitos de monstros, armadilhas ou mágicas do oponente, respectivamente, por tributá-los enquanto estão virados para cima. Possuem 1900 pontos de ATK e em alguns decks podem chegar a 2700 com a ajuda de Solidarity.

Se vocês quiserem saber mais sobre o Rock Stun, podem clicar no segundo post linkado do começo desse, aquele com o título “Descubram Lendo o Post”.
Continuando aqui…

Já que não sou uma enciclopédia ambulante de Koa’ki Meiru e o Crusader é um Beast-Warrior, vou continuar o post falando dos monstros do archetype desse tipo, que na verdade são só dois, mas em um deck com suportes suficientes pode dar muito certo.

  

O efeito do Koa’ki Meiru Urnight, o outro beast-warrior do archetype, é de invocar 1 Koa’ki Meiru de Level 4 ou menor uma vez por turno apenas por revelar uma Iron Core em sua mão. Ele tem 2000 pontos de ATK já de cara e com a ajuda de uma força das Fire Formation - Tenki, você acaba de ganhar um search extra e um aumento na força dele. No caso do uso da Tenki, lembre-se de colocar também Brotherhood of the Fire Fist - Bear, pois ele é muito útil.

Não é qualquer deck que possui 6 cartas de search (3 Tenki e 3 Diamond) e capacidade de usa-las para outros propósitos depois disso (Tenki dando +100 e Diamond protegendo ou sendo reciclada pelo Crusader).

Para vocês terem uma ideia do que eu estou falando, segue uma poderosa decklist:

Deck: Koa’ki Meiru of Diamond Core!

Monstros (15):

[3] Koa’ki Meiru Urnight
[3] Koa’ki Meiru Crusader
[3] Brotherhood of the Fire Fist – Bear
[3] Tour Guide from the Underworld
[1] Koa’ki Meiru Tornado
[1] Coach Soldier Wolfbark
[1] Tour Bus from the Underworld

Extra Deck (15):

[2] Brotherhood of the Fire Fist – Tiger King
[1] Diamond Dire Wolf
[1] Evilswarm Exciton Knight
[1] Photon Papilloperative
[1] Maestroke the Symphony Djinn
[1] Abyss Dweller
[1] Gagaga Cowboy
[1] Leviair the Sea Dragon
[1] M-X-Saber Invoker
[1] Wind-Up Zenmaines
[1] Number 17: Leviathan Dragon
[1] Number 39: Utopia
[1] Number 50: Blackship of Corn
[1] Number 101: Silent Honors Ark Knight

Spells (17):

[3] Diamond Core of Koa’ki Meiru
[3] Fire Formation - Tenki
[3] Mystical Space Typhoon
[2] Iron Core of Koa’ki Meiru
[2] Forbidden Lance
[1] Fire Formation – Tensu
[1] Fire Formation – Gyokkou
[1] Dark Hole
[1] Book of Moon

Traps (8):

[2] Mirror Force
[2] Dimensional Prison
[1] Bottomless Trap Hole
[1] Solemn Warning
[1] The Transmigration Prophecy
[1] Compulsory Evacuation Device

Base do deck é o Urnight e o Crusader, ambos buscados pela Tenki e pela Diamond Core, mas essa primeira também pode buscar o Bear ou Wolfbark que criam uma poderosa base FIRE para o deck. Trazer o Tiger King do extra fica bastante fácil e com isso imediatamente também uma Fire Formation.

Se você possui uma Iron Core na mão, pode revelar pelo efeito do Urnight para invocar um Crusader ou um Tornado do deck. No segundo caso, você pode retornar a Iron Core ao topo do deck para Destruir todos os monstros Special Summoned no campo do oponente, o que pode ser muito útil em situações difíceis.

Usando dois monstros de Level 4, você pode chamar o Diamond Dire Wolf (mais diamante) no turno que  baniu a Diamond Core do cemitério para proteger seus monstros e então fazer alvo em um Koa’ki Meiru e em uma carta do oponente para tirar facilmente as cartas dele do jogo sem tirar as suas.

O deck possui uma base de Level 3 também, com as Tour Guides e Tour Bus. Até mesmo um Koa’ki Meiru invocado pelo efeito do M-X-Saber Invoker não é destruído no final do turno, então você pode se aproveitar disso também.

Na área das Traps a única coisa de diferente é The Transmigration Prophecy, com seu efeito que pode retornar até 2 cartas do cémitério de qualquer jogador ao deck dele, útil para tirar caras chatos do deck ou oponente ou retornar cartas úteis ao deck deck para usar depois. Pode retornar um Koa’ki Meiru para depois ser invocado pelo efeito do Urnight.

Se você conseguir aproveitar o efeito do Crusader para reciclar a Diamond Core, várias vezes durante o duelo, sua mão nunca sentirá falta de monstros poderosos para serem revelados na End Phase e fazerem linha de frente na próxima rodada. Um deck com grande potencial e que depois que pega o embalo vai longe.


Então é isso galerinha, espero que tenham gostado do meu terceiro post da categoria. Em breve tem mais! Enquanto isso, comentem, curtam e compartilhem. Até mais!

Comentários
6 Comentários

6 Comentários:

Anônimo disse:
10 de janeiro de 2014 17:16

Koa'ki Meiru *-*

Anônimo disse:
10 de janeiro de 2014 18:31

essa carta é muito boa, testei esse deck aí e realmente tem bastante consistencia, nunca tinha visto algo parecido com koa'ki meiru.

Emerson Martins de Deus disse:
10 de janeiro de 2014 20:30

Com uma carta dessas só faltava um xyz fodaum para combinar, belo post blu. O foda são essas 6 cartas de searcher no deck, vou testar sua build qualquer hora. Konami tinha investido tanto antes com KM(preguiça de escrever o nome), e talvez tenha finalmente conseguido torna-lós mais consistentes.

William Flores disse:
10 de janeiro de 2014 21:25

estou suando uma build de koaki tbm esse search extra do diamond era o que faltava neles, mas estou usando algo um pouco diferente, mantive o boulder,e uso tbm o fire fist boar e o summoner monk o search do deck ficou algo fora do comum.

uso na meu deck e acho que seria perfeito nessa sua build tbm é o uso do maximus de de core blast, uma copia de cada mesmo ja que o diamond core faz o trampo de trazer elas, acho que são cartas muitos boa spara ficarem de fora na build.

Carlos Alberto Alberto disse:
11 de janeiro de 2014 08:03

Não sou fã deles mas pelo jeoto vai ser um deck forte a partir de agora,quanto mais variedades tiver no jogo melhor....belo post!!!

Anônimo disse:
11 de janeiro de 2014 13:42

muito bom o posto, esse deck vai dar o que falar