18 de janeiro de 2014

Carta da Semana #99: Gearspring Spirit



 Eae pessoal, blzinha? Carta da Semana de hoje com umas mudancinhas devido a ordem superior, Durandal fica pra uma próxima parada da nossa caminhada, mas continuando a mesma com Gearspring Spirit que vai conectar alguns pontos da nossa 'trivia' nesta categoria.
 Uma carta legal, com bom potencial e que aparece de vez em quando em muitos decks maquinas por ai, geralmente dando bons resultados. Com vocês:


Gearspring Spirit
 8 /DARK
ATK: 100 / DEF: 100
Maquina / Efeito 
Não pode ser Invocado Normalmente/Baixado. Deve ser Invocado Especialmente (da sua mão) por possuir apenas monstros Tipo-Maquina em seu cemitério (Min. 1). Uma vez por turno: você pode selecionar um monstro virado pra cima que seu oponente controla; seu ATK se torna 0 até o fim do turno. 




Essa carta foi lançada no ultimo volume dos Duel Terminals e, consequentemente, no ultimo volume dos Arsenais Ocultos (Hidden Arsenal) e justamente no único volume destes que vieram para nós em portugues, valeu Devir! No meio do Arsenal Oculto 7: Cavaleiro das Estrelas (TCG: Abril de 2013/OCG: Outubro de 2011) e bem escondido pelos Constellars e Evilswarm estava a Gearspring Spirit, que apresentava um up nas maquinas, que se encontravam sem espaço na sociedade tier 1 pra cima. Mas isso é um pequeno detalhe que está pronto para mudar.


 Como não citar Maquinas e não citar a mistureba mais bem feita dos últimos tempos do jogo: Geargia Karakuri (Gadget). Um deck formado por archtypos Maquinas e ligados por um monstro Xyz com um efeito excelente. Se o deck já tem aquela sinergia forte, acesso fáceis a OTKs e uma consistencia bem sólida, porque não uma cópia da Gearspring?

 Gearspring não é aquela carta que todo deck vai rodar a 3, muito longe disso, é uma carta simples, silenciosa e que pode fazer muito barulho dependendo de como ela vem ao campo. No já citado Geargia Karakuri ela tem um desempenho ainda mais legal pelo fato de o deck só conseguir baixar OTK caso o campo esteja sem monstros. Sendo assim, Gearspring não só vai estar zerando o ATK de um monstro, como se ele for o único, estará possibilitando um OTK. Mas como já dito: é algo que tem seus momentos, melhor não sobrelotar o deck com Spirit quando talvez ela vai ferrar a consistência.


Outro deck que faz um bom uso da Gearspring, desta vez, de forma com ainda mais intimidade é Machina. Um deck conhecido por ter um dos boss mais chatos de ir num X1 fora sua forma de voltar ao campo ainda mais vezes que um Grapha enfurecido e o custo dele é tudo o que o Gearspring tem de melhor a oferecer, o seu nível 8.

Fora essa obviedade, decks Machina contam também com Machina Cannon, um monstro sutil que pode vir pra campo com um objetivo simples, mas que pode render ótimos frutos: o Xyz. Ele vem pra campo de forma rápida e coloca uma maquina no cemitério para o Gearspring vir junto, e depois, um monstro Xyz do Rank 8, um dos que possuem os melhores monstros atualmente.


 Gimmick Puppets, outro deck do Zexal que vem em ascensão. Talvez ele não se compare à Heraldic ou Chronomaly, mas recentemente com a chegada da nova Rank-Up Magic, Argent Force, eles ganharam um destaque a mais, ainda mais pelos novos CNumbers do grupo.

 Outro deck com temática mecânica, e esse com ainda mais pontos em comum com o Gearspring, o nível 8 estampado na cara. Gimmick Puppet, mesmo com acesso ao Rank tem um pequeno problema devido a certos membros com a restrição de serem usados apenas para Xyz Gimmick Puppets, o que de longe pode ser evitado com os demais membros e um pessoal com potencial que vem de fora, um desses, adotado por muitos, é o Gearspring.

 Gearspring tem mais sinergia com Gimmicks do que qualquer outro deck maquina por aí, porém ele pode ser bem útil mesmo sozinho, livrando de um monstro forte do oponente, caso ele não consiga responder ao seu efeito e ao seu ataque. Uma carta com um efeito interessante, simples e bem útil no decorrer de um duelo, quem sabe as maquinas não dão o ar da graça de ganharem torneios por aí e a Gearspring ter sua chance de brilhar.

Não consegui encontrar uma imagem legal de um Shikigami -.-
Fiquem com o Ryuk, todos gostam mesmo.

Encerrando mais um post por aqui, espero que tenham saboreado, mesmo que cru e frio (atrasado) este post, mas que a energia (informação) que ele transmitiu seja útil. Semana que vem a categoria vai completar a 100ª edição, esperem um algo a mais no post! um não, dois!

 Me despeço mais uma vez de vocês, fiquem bem e falous!

Comentários
12 Comentários

12 Comentários:

Bruno Navas disse:
18 de janeiro de 2014 21:59

Na verdade, o Ryuk é um Shinigami.

Shikigamis são espíritos que protegem uns feiticeiros ou coisas do tipo.

Shinigamis são espíritos que levam as almas para o hell.

Anônimo disse:
18 de janeiro de 2014 22:44

q lixo de materia...n sabe nem a diferença de shikigami pra shinigami sem fala q fez so pra fala que fez sem conteudo nenhum e super curto nem da pra se chama de materia ,sinceramente vc ja foi melhor eu pararia agora enquanto nao decai mais

Bruno Navas disse:
18 de janeiro de 2014 22:59

Ah, esqueci de falar.
Foi um bom post.
E anônimo, haters gonna hate.

subonito disse:
18 de janeiro de 2014 23:04

Não sei se vocês conseguem pegar uma frase e tentar entender o significado dela. Eu não quero ter que dar comida cortadinha pra vocês, muito menos texto, informação e piadinhas internas. Vocês não foram criados a leite com pera, decifrem.

A ambiguidade da frase pode ser muito bem respondida se você se perguntar a seguinte frase: "O Ryuk é o que?" Agora omita Ryuk e coloque tal palavra na frase.

Agora, você errar interpretação não mostra meu post ser ruim, quero argumentos pro post. Fica de olho anon, tou de tocaia -.-

Não comentem mais sobre uma coisa tão trivial como as imagens relacionadas a carta em questão que eu sempre coloco (nem como esta, numa ligação indireta, mas sim pela pronuncia parecida), se forem falar do post, citem partes dele, citem o que você acha que falta. Eu não posso advinhar a falta de conteudo sem alguma evidencia.

Enfim, encerro esse meu outro post por aqui, espero que tenham gostado e falous -q

OBS: Segue o comentário do Navas com os termos corretos, sem mimimi fãs de Death Note ;=;

Anônimo disse:
18 de janeiro de 2014 23:25

cara q argumentos? olha o seus post de antes e olha agora ,nao acrescentou nada ao leitor que perdeu tempo vendo isso...fica falando de que booster ele veio pra ganha tamanho e mesmo assim quase nao precisou de barra de rolagem pra ler o 'post' todo ,isso pra mim foi so um tapa buraco pra quem ta sem saco pra faze post!!!! olha aquilo falando q eles combina com puppet ,ah jura??? enfim a minha critica e essa pare de ficar fazendo apenas um pedaço de amontuado de palavra sem objetivo nenhum pq ta passando vergonha e o pior e que esse blog tem umas materia legal e com conteudo pede umas dicas pro cara que escreveu a materia sobre tempo de jogo aquilo sim da algo a mais pra quem le isso aqui e um insulto ate pra quem gosta da carta enfim minha opiniao

subonito disse:
18 de janeiro de 2014 23:47

Meninow, sabe por que eu coloco o booster que eles veios e comento os reprints que a carta tem? Tem um pessoal jogando esse jogo fora de simuladores online, e talvez eles queiram conseguir tal carta.

Por outro lado, Carta da Semana sempre foi um post bem óbvio, eu pego uma carta quase que automatica e comento o potencial dela, se você já sabia de tudo o que eu comentei, parabens você é foda. Mas tem quem não saiba, tem quem não dá a minima pra carta e aprende que ela pode até ser interessante.

Achei bem legal esse teu novo comment (se for o mesmo cara, não dá pra saber ;=;)é que dessa vez você argumentou, não foi só um monte de criticas que não possuem caminhos para chegar as suas origens.

Eu nunca me coloquei como um redator grande por aqui, eu faço isso por um hobby, mas eu ainda continuo seguindo rigorosas ordens do blu (;=;) Eu gosto de receber comentários como qualquer outro, mas com pé e cabeça, por favor.

Se você não acha interessante, o blog tem mais de um redator, então...

Mds, já são 3 posts por dia, vou pedir um aumento -q

will disse:
19 de janeiro de 2014 02:33

Eu so acho q matérias sem videos eh igual macarrão sem molho

Emerson Martins de Deus disse:
19 de janeiro de 2014 09:09

Eu gostei do seu post subo, alguns aqui podem se achar os PROs por conhecer várias cartas, combos, loops e etc, mas o Carta da Semana e nenhuma outra matéria, jamais visou oferecer conteúdo para somente um tipo de leitor, as matérias estão aqui para ajudar novos e antigos players, se você é bem esperiente e a matéria não acrescentou muito para você, simplesmente parabéns, continue nesse caminho pois você é um grande duelista, mas até hoje conheço gente que não entende quase nada sobre metagame, e conhece pouquíssimas cartas, tanto que acabam jogando com decks antigos que lembram o anime(não falo de haters de xyz e synchro), e quando não é isso eles procuram um archetype aleatório e fazem seus decks, mas não tem nenhuma noção de qual carta realmente é útil e acabam colocando todas as cartas do archetype em primeiro lugar e depois enchem os outros slots(falo por experiência própria a alguns anos atrás), sem falar que o objetivo do Carta da Semana sempre foi o mesmo e continue sendo seguido pelo Subo, APRESENTAR UMA CARTA, independente se é muito conhecida, esquecida, ou totalmente nova ou até então não usável, o que importa é mostrar uma carta que para o redator seja interessante e mostra aos jogadores o quanto poderia ser útil e muitas vezes o efeito pode resumir a carta em si, o que torna ela meio óbvia, mas existem pessoas que nem sabem o que é o Dueling Network ou YGOPro, ficam sem rumo no metagame com várias cartas random em seus decks, que até então na sua maioria são úteis somente em suas cabeças. Enfim, posts como esses são muito produtivos para que vive de netdeck, ser curto até pode se torna um atrativo a parte, sem falar que um post pequeno não significa que o mesmo decai na qualidade, eu sempre acho que é melhor um post pequeno e produtivo que de certo modo resuma os pensamentos do redator do que um post enorme que não chegue a lugar nenhum, e é exatamente esse o post de que falo, não tem muito mesmo o que falar sobre a carta, mas o post é de grande ajuda para quem esta começando agora ou a pouco tempo.

Essa é minha opinião, a única coisa que senti falta mesmo foi uma decklist, mas esta ótimo mesmo assim, tem gente que não o quanto isso vai acrescentar aos novos jogadores.

P.s: Will, sem comentário é tão sem nexo, que o que eu penso é que você nem esta com vontade de ler a o dito pequeno texto do subo, vídeos são legais, mas não são importantes para serem tratados igual seu exemplo, são somente algo a agregar no post que pode ser interessante ou não, mas não muda em nada o que foi dito no texto, somente demonstra na forma visual.

Terry Yutem disse:
19 de janeiro de 2014 11:31

Gostei do post cara !

*Esse anônimo... =X

Cyberblu disse:
19 de janeiro de 2014 11:50

Se o post ficou curto não quer dizer que ficou ruim e vocês não devem culpar o subo ou o blog por não ler algo que esperasse ler. Enfim, o Emerson ali em cima já falou tudo, o objetivo do CDS é apresentar uma carta e mostrar o porque dela ter sido escolhida para a categoria, e no caso do Gearspring, é por causa dos novos suportes de Gimmick Puppet. Até mais.

Carlos Henrique disse:
19 de janeiro de 2014 13:02

O post está ótimo, e não achei que ficou sem conteúdo, na verdade conheci mais uma carta que a pouco tempo antes de ler não tinha o conhecimento dela, e já planejo fazer um uso dela em um deck meu de machines. Enfim, nada a reclamar...

miniking disse:
20 de janeiro de 2014 10:23

depois refarei meu deck macina spirit, uso ele a 3 motivo: Posso ss2 no mesmo turno zera 2 monstros e ainda posso fazer o fodao N22 Franken '-'