11 de janeiro de 2014

Carta da Semana #98: Chronomaly Pyramid Eye Tablet


Eae pessoal, blzinha? Carta da Semana de hoje de Chronomaly, meu archtypo favorito que surgiu com o Zexal. Eu não iria imaginar ter que falar algum dia deles como futuros candidatos pro jogo competitivo, mas o dia chegou. E a carta que eu escolhi pro post de hoje é uma que da noite pro dia se tornou versátil e útil para um estilo de jogo que até então não era presente no deck. Confiram.



Chronomaly Pyramid Eye Tablet

Magia Continua
Todos os monstros "Chronomaly" que você controla ganham 800 pontos de ATK.


Texto simples e direto para um começo semelhante do archtypo. Chronomalys surgiram no jogo em 2012 (TCG em Agosto e OCG em Abril), ano retrasado já. Desde lá eles não mostravam potencial competitivo diante dos Tiers 1 e 2, desses 2 anos que se passaram os decks dominantes foram: Wind-Up (sobreviventes da lista de Março), Mermails, Prophecy e Dragon Ruler (dominando 2 formatos seguidos).

 2 anos pra cá o deck ganhou suportes em 4 outros packs: Premium Pack 15, Premium Pack 16. Number Hunters e Legacy of the Valiant. Desses, se destacam a carta de campo, Chronomaly City Babylon e também a dupla do LVAL: Chronomaly Nebra Disk e Number 36: Chronomaly Fork Hyuk. Os demais vários suportes que vieram não ajudaram a variante principal do deck que mudou bastante junto com essas cartas novas.

 Uma das maiores mudanças na variante principal do deck, aquela com um peculiar swarm de monstros, foi a adição de OTKs. O deck já possuía desde o começo o Chronomaly Crystal Bones, o maior responsavel pelas jogadas de peso do deck, assim como também possuía o forte acesso aos Ranks 5, que na minha opinião, é o Rank com os melhores monstros Xyz (desconsiderem o pessoal da Rank-Up), mas essas jogadas de peso custavam muito, não conseguiam fazer jogo certas vezes e morriam pra 1 backrow sozinha.

Mas isso virou coisa do passado com as cartas que citei mais acima: Nebra Disk é o novo acelerador do deck, buscando Crystal Skull e dando -2 no baralho de forma rápida, dando material suficiente pras jogadas de peso. Em seguida temos Fork Hyuk que dá um up tremendo no deck com seu efeito rápido, útil e que pode garantir jogos, mas o principal desempenho dele é fazer o deck ter um OTK viável que só usa 2 cartas da mão. E por fim, City Babylon que te ajuda a por os combos em pratica sem gastar mão pra isso.

 Agora que eu já passei pra vocês a base do deck, vamos ao que interessa, a carta da semana. Basicamente, Eye Tablet é uma Solidarity do archtypo que a principio não marcou presença no deck, Chronomalys de Main Deck não tem um ATK muito alto, pelo menos na época.

 Nebra Disk, 1800 de ATK muito bem distribuído em suas curvas, 4 estrelas brilhantes e um efeito de buscar outra beldade do deck pra mão, seja ela uma criatura, seja uma magica. Imaginem uma criatura dessas com 2600 de ATK, de fato foi o estopim para todos rodarem pelo menos 1 cópia da Eye Tablet no baralho. E é aqui que entramos no estilo de jogo que o deck encontrou pra bater de frente com o meta: o beatstick fácil com controle bruto.

Depois dessa chuva de Dragon Ruler e Mermails, o meta vai acalmar com o jogo de combos fortes e vai passar a ser algo mais controlado, um jogo onde impedir o melhor movimento do oponente é mais importante do que você fazer o seu melhor movimento. Chronomaly adotou a ideia, pode se ver em listas recentes do deck o grande numero de armadilhas, o pouco recurso de monstros e sempre vai ter uma Eye Tablet dando sopa.

 Tablet reforça o jogo controlado dos Chrono, ainda mais com a Vanity's Emptiness que barra basicamente todo monstro com mais de 2000 pontos de ATK, agora que você tem um monstro vindo por Invocação Normal com 2600 pontos de ATK, ATK suficiente pra tirar muita coisa do oponente, você pode limpar o jogo do oponente e fazer ele recomeçar o jogo dele de forma lenta e que nem sempre vai dar resultado.

 O deck hoje em dia ao meu ver se assemelha muito ao T.G. Stun, um deck que já fez festa na época das plantas, um dos anti metas mais pegados que já teve. O deck abusava de Skill Drain pra barrar qualquer contra ataque do oponente e aproveitava dos efeitos dos T.G. de busca que ativavam sempre no cemitério, fora Beast King Barbaros e seus 3000 pontos de ATK como também Photon Tiger junto aos seus 2000 de ATK e seu efeito de busca. E caso o oponente tira-se a Skill Drain o deck ainda rodava sem medo algum fazendo jogadas fortes para derrotar o oponente enfraquecido.

 Chronomaly segue a mesma linha de raciocínio, com outras cartas e menas formas de atrapalhar o seu próprio estilo de jogo (Skill Drain as vezes era de má hora no T.G. Stun) e caso o jogo control falhe, ele ainda tem força o suficiente pra bater no oponente, independente do que ele faça. Sem esquecer se o oponente for um banana, OTK nele.



Jogador: Milky
Segundo lugar no 1st Duelist Session - "The Eve" do dia 21 de Dezembro
Numero de participantes: 64 (Médio)
Primeiro lugar do torneio: Dragon Ruler (Ravine)
Deck: Chronomaly
Formato: OCG de Setembro de 2013

Monstros:
2x Maxx "C"
3x Chronomaly Crystal Skull
3x Chronomaly Crystal Bones
2x Chronomaly Golden Jet
3x Chronomaly Nebra Disk
1x Chronomaly Mud Golem
1x Honest
1x Fossil Dyna Pachycephalo

Magicas:
1x Heavy Storm
3x Pot of Duality
1x Monster Reborn
2x Mystical Space Typhoon
2x Chronomaly Pyramid Eye Tablet

Armadilhas:
3x Compulsory Evacuation Device
1x Scrap-Iron Scarecrow
2x Torrential Tribute
3x Dimensional Prison
1x Starlight Road
2x Bottomless Trap Hole
1x Solemn Warning
1x Solemn Judgment

Side Deck:
1x Maxx "C"
2x Thunder King Rai-oh
1x Creature Swap
1x Mystical Space Typhoon
2x Mirror Force
3x Diamond Dust
1x Chain Disaperance
3x Gozen Match
1x Fiendish Chain

Extra Deck:
1x Stardust Dragon
2x Gorgonic Guardian
1x Constellar Hyades
1x Constellar Omega
1x Downerd Magician
1x Number 36: Chronomaly Fork Hyuk
1x Tiras, Keeper of Genesis
1x Number 19: Freezadom
1x Number 33: Chronomaly Machu Mech
1x Number 61: Volcasaurus
1x Full Armored - Crystal Zero Lancer
1x Constellar Ptolemys M7
1x Gaia Dragon, the Thunder Charger

Segue (link) do torneio para lista do terceiro colocado, igualmente, Chronomaly.

O garoto fez a lição de casa ao colocar aquele Mud Golem no deck, uma tech bem underated mas que pode garantir alguns jogos. Como eu já havia citado, monstros com alto ATK se tornam insuportáveis com a Tablet em campo e o Mud Golem tem um adicional: dano perfurante, sem escapatória pro oponente.

 A linha de frente de armadilhas é pegada, ainda mais com a banlist japonesa onde quase toda staple está a 2 ou 3, não dar chance pro oponente é uma das prioridades. Assim como também temos Fossil Dyna e Maxx "C" pra atormentar durante o turno do oponente.

 Não citei neste post, mas no LVAL também está vindo uma carta que promete dar um up nos Chronomalys, ela é a Gorgonic Guardian, que o rapaz da decklist usa 2 no Extra Deck. Vocês podem conferir o potencial dessa carta neste (post do Blu)



Encerrando o post por aqui, espero que tenham gostado. Comentem o que vocês esperam dos Chronomalys no futuro: sucesso? derrota contra o meta? futuros professores de história? Decidam ae.
Semana que vem, Artifacts no Carta da Semana, só o boss deles, mas não deixa de ser um. É isso, saindo aqui, fiquem bem e falous.

Comentários
8 Comentários

8 Comentários:

Rainbow Dragon disse:
11 de janeiro de 2014 10:53

Deck Chronomaly! <3 Quando eu via os duelos do III, pensava muito nesse deck, o qual não era tão forte até recentemente, com a chegada desses ótimos suportes ( Goldias Unite, sem comentários). Uso um deck Chronomaly/Rank-Up que está se destacando demais dentre os decks que uso. Através da Rank-Up Magic Astral Force, ótimas jogadas são viabilizadas, tornando possível ate mesmo a invocação do Dracossack nesse deck. Todos os monstros Chronomaly são muuuito maneiros (ok, talvez não a Trebuchet). =D Ótimo post Yu-Gi-Oh! Nexus, continuem assim! Yeah!

Rainbow Dragon disse:
11 de janeiro de 2014 10:59

Ahhh, acabei esquecendo de falar especificamente da Chronomaly Pyramid Eye Tablet, a Carta da Semana. Venho observando que independente de eu ter muitas cartas setadas (spell/traps), o oponente se sente pressionado a destruir a Tablet, ao ver que tenho o Mask Golem e o Nebra super bombados em campo. É, de fato, uma carta que merece espaço no deck.

Emerson Martins de Deus disse:
11 de janeiro de 2014 13:02

Boa Subo, o interessante é que os decks dos 3 irmãos archlight, não pera, de dos 3 irmãos archlights e o do Tron cresceram bastante no cenário competitivo. É bom ver decks de anime progredindo tanto assim, o ultimo que eu lembro foi Blackwing que venceu o WC de slá quando.

Chronomaly é um deck consistente e com um bom search, tem uma pegada um pouco control o que é interessante.

"Wind-Up (sobreviventes da lista de Março)"

Sdds do tempo em que eles dominavam ;-;

Cyberblu disse:
11 de janeiro de 2014 13:06

Não é todo archetype que tem uma mágica que aumenta em 800 pontos o ATK de todos os monstros, até então nenhuma Field faz isso. Ótimo post subo.

Anônimo disse:
11 de janeiro de 2014 13:42

chronomaly *-*

Anônimo disse:
11 de janeiro de 2014 18:05

Pq tem um giant kozaky no meio do post?

Anônimo disse:
11 de janeiro de 2014 20:00

muito bacana mesmo, esse deck III é bem foda, apesar de eu gostar mas do IV kkk, bom post amigo

subonito disse:
11 de janeiro de 2014 20:06

Pelo visto vocês não conseguiram assimilar o tópico do paragrafo ao Kozaky. Olha o ATK dele e o nível que vão entender o porque dele ali.