12 de dezembro de 2013

The Game of Generations GX #8

Olha quem voltou para esquentar um pouco o Nexus.

Isso mesmo, minhas férias começaram, então vocês já podem começar a esperar mais matérias do TGOG fora dos nossos dias convencionais pois vou me esforçar para acabar a saga do GX e 5Ds antes de Janeiro!

E como a legenda sugere hoje vamos falar de Volcanics, o arquétipo de Axel Brodie ou O'Brien como é conhecido na versão original


Axel foi um dos estudantes que vieram de outra academia assim como Jesse, porém com objetivos mais específicos, ele era um mercenário profissional e mão direita do professor Viper antes de se juntar ao time do Jaden.

A característica mais marcante do seu deck é a temática Burn, que muitos odeiam por considerar "injusto" já que eles tem a vantagem de não precisar necessariamente batalhar, mas eu particularmente gosto bastante do conceito imaginativo, e até que esse deck em particular consegue se virar bastante com batalha também, então não vai ser aquela monotonia mais clássica, enfim vamos ao que interessa.

Primeiro Passo: Archtype


Começando por Slicer, ele parece inofensivo causando apenas 500 de dano, e inútil por não poder atacar quando isso acontece, mas tudo é questão de visão, 500 de LP pode ser uma Solemn Warning se tornando inútil para o oponente, e o seu custo de perder as presas não tem muito problema nessa fase que estamos passando no jogo, podemos apenas usar ele como XYZ material e continuar a batalha sem problema nenhum.

Já o nosso Rocket é um lindo que vai sempre te dar +1 dessa belezinha aqui:


E o melhor é que você pode buscar a Blaze Accelerator independente da maneira que que você invocar ele, então da até para fazer aquele velho truque de chainar a Call of The Haunted quando o oponente for destruir ela para ele acabar ficando com o prejuízo.

Isso fora que você não precisa necessariamente ativar a Blaze Accelerator, como ela sempre volta para sua mão do cemitério ou deck, você pode usar ela como custo do Summoner Monk ou então como o nosso pior inimigo para esse deck são GK's e suas Necrovalley, podemos usar a Blaze como custo para Cursed Seal Of Forbidden Spell e acabar com a palhaçada toda de uma vez só!

Mas pensando que vamos usa-la, teríamos que ter targets, então vamos conhece-los:



Nossa triade de targets vai ter uma peculiaridade especial, começando pelo Counter, que tem o seu efeito mandatório ativado no grave então mandar ele para la com blaze na verdade e apenas uma forma de deixar ele preparado, e lembrando que ele faz chain, então de por exemplo o oponente atacar com Utopia diretamente e você ter 3 Counter no cemitério, eles vão começar a combar e dar nada mais nada menos que 7500 de dano para ele de uma vez só, ai tudo que você vai precisar para matar o jogo é invocar um Slicer!

Ain Effy, mas o oponente tem formas de evitar isso atacando com monstros mais fracos e depois os fortes, e ja que ele é mandatorio você não vai ter escolha certo?

Bom, correto porém quem disse que você precisa esperar o seu oponente atacar? Você tem monstros fracos como o Shell que pode quase sempre entrar na sua Hand e cometer uma missão suicida em nome de causar dano ao oponente!

Agora o nosso Scattershot vai servir apenas para limpar o campo e causar dano com seu efeito também, não tem algo que vá muito além, mas já é o suficiente ter 3 monstros de uma vez no cemitério e ainda causar 1000 de dano! (Sim por que um deles perde timing, então não vai ser 1500 com a blaze)

Segundo Passo: Suportes



Claro que o nosso querido Blaster não poderia faltar nesse deck, além de destruir a maioria das cartas que deixariam o nosso deck em apuros sem custo adicional graças a habilidade do Shell de se adicionar a sua Hand, ele ainda serve de beater e criador de OTK's em potencial, o primeiro vai ser com a ajuda Kurenai que da um UP enorme no deck.

Contando que o oponente esteja sem meios de se defender de ataques direto e com 8000 LP:

- Remova Volcanics do cemitério para invocar o Blaster, ataque diretamente deixando ele com 5200

- Ativa a Kurenai tributando o Blaster para causar mais 2800, deixando ele com 2400.

- Ative Call of The Haunted para trazer o Blaster de volta e atacar a ultima vez, zerando os pontos de vida do seu oponente.

O outro é mais situacional e clichê, removendo bitches o suficiente do cemitério para dar spam com Return From The Different Dimension e acabando com ele da maneira que achar melhor, e da pra usar Gold Sarcophagus para conseguir 2 de uma vez, já que só vai ter ele mesmo de target para adicionar com seu efeito.

Mas enfim, mesmo sem o OTK, a Kurenai sempre vai estar ai para deixar o oponente com medo e gastar recursos a toa, afinal você pode dar chain na Prison ou MST por exemplo.



Agora que eu peguei meu diploma em turismo essa carta ficou muito mais atraente para mim rs, mas falando sério a Tour Guide poderia ficar no deck sem mais outro Fiend, porém eu queria um tuner e um fire para deixar o Counter mais facil de ativar, ai que entra o nosso Flare Resonator, que junto com os outros monstros pode fazer Black Rose Dragon, que vou lembrar vocês: Consegue ativar seu efeito de nuke mesmo se for tributada para Kurenai, ou seja é o target perfeito!

Agora o que os dois fazem juntos além de reciclar o Counter e Rocket com Leviair, conseguem fazer uso da minha rank-up favorita que ainda encaixa na nossa temática




Isso mesmo gente, de um pequeno e frágil Grenosaurus, podemos evoluir para um devastador Volcasurus de uma maneira super fácil, então já que é pra causar dano queimando o oponente, vamos usar quem é perito no assunto não é mesmo? E isso sem esquecer que a Astral Force ainda pode se reciclar sozinha do cemitério e fazer Anginer virar Tiras!

 

Agora vocês vão pensar que o monstro que manda 4 Pyro para o deck e draw 2 e melhor que a Dichotomy, só que eu prefiro ela por que eu não quero retornar os Pyro muita das vezes por causa do Blaster e outros, e uso Burial pelo mesmo motivo, o oponente ataca e eu tenho 3 Counter removidos, eu ativo ela em chain e é GG na maioria das vezes.

Bom gente, espero que tenham gostado da matéria de hoje, eu não tinha postado faz um tempo por que foi as duas ultimas semanas de Curso + TCC então já viu né, não tinha como rs, mas como eu falei no começo, eu vou recompensar e tentar acabar as duas séries antes de Janeiro para começar a do Zexal junto com o começo do ano!

Então fiquem agora com a decklist base para vocês editarem como preferirem:


3x Blaster, Dragon Ruler of Infernos
3x Volcanic Scattershot
3x Volcanic Shell
3x Volcanic Counter
3x Volcanic Rocket
2x Volcanic Slicer
2x Summoner Monk
1x Tour Guide From the Underworld
1x Flare Resonator
1x Morphing Jar
1x Night Assailant

1x Blaze Accelerator
1x Burial from a Different Dimension
1x Dark Hole
1x Gold Sarcophagus
1x Pot of Dichotomy
2x Rank-Up-Magic Astral Force

3x Call of the Haunted
3x Magic Cylinder
3x Spiritual Fire Art - Kurenai
1x Return from the Different Dimension

Extra Deck

Black Rose Dragon
Gagaga Cowboy
Gaia Dragon, the Thunder Charger
Ghostrick Alucard
Grenosaurus
Grenosaurus
Lavalval Chain
Leviair the Sea Dragon
Mechquipped Angineer
Mechquipped Angineer
Number 47: Nightmare Shark
Number 61: Volcasaurus
Number 61: Volcasaurus
Tiras, Keeper of Genesis
Wind-Up Zenmaines

Proxima Quinta:

Cyber Dragon
Horus
Neos
Volcanic
VWXYZ
Yubel

X.O.X.O -Effy

Comentários
8 Comentários

8 Comentários:

Anônimo disse:
12 de dezembro de 2013 15:04

meu volcanic deck

3x Volcanic Doomfire
1x Volcanic Hammerer
3x Volcanic Rocket
2x Volcanic Slicer
2x Solar Flare Dragon
1x Volcanic Blaster
3x Volcanic Counter
3x Volcanic Scattershot
3x Volcanic Shell
1x Morphing Jar

1x Soul of Fire
2x Pot of Duality
3x Blaze Accelerator
2x Tri-Blaze Accelerator

2x Ojama Trio
2x Volcanic Recharge
2x Backfire
2x Call of haunted
3x Spiritual Fire Art - Kurenai

Anônimo disse:
12 de dezembro de 2013 15:40

:)))

Enzzo Sato disse:
12 de dezembro de 2013 16:06

Nunca tinha visto uma build volcanic consistente, ficou legal!

Sir Porthos Fitz-Questitor disse:
12 de dezembro de 2013 17:39

Curti bastante o post Effy, acho que não curtia tanto um post seu desde os Cloudians.

Quanto a list, eu fiz algumas alterações: A primeira foi colocar Upstart (s2) porque eu estava achando que tinha carta demais nesse deck, e coloquei MST também. Com esse saldo relativamente grande de cartas verdes, junto aos fatores Cannon e Astral que são reciclaveis, rodei também Summoner Monk.

O Jarro eu tirei, mas senti falta dele em todos os duelos.

Tour Engine eu usei 2 delas e apenas isso, não senti falta de mais nada.

Kurenai vai sair do meu deck, ela só veio em um duelo e ficou morta set, por um motivo que direi a seguir.

Senti muita falta de presença de campo nesse deck, tipo a minha mão some e seu ficar. dando Blaster todo turno meu grave também. Coloquei 3x Guaiba de Main, mas ainda sinto falta de presença.

Por fim eu senti esse deck muito mindrage. Ele faz a setup MUITO devagar e os Counter tem que vir cedo na mão junto com a Blaze pra eu ter alguma chance de jogo rápido. Não sei se foi só comigo.

Mas também senti que quando ele vai pra cima, é quase sempre vitória, em geral minhas power plays foram de Monk + Blaster, mas já que você usa tanto rank 3 talvez Grenosauros tenha sido mais importante.

Basicamente foi isso que achei da list. Ressalto novamente que o post ficou fodastico e que na minha opinião foi o seu melhor até agora, junto com o dos Cloudian.

Anônimo disse:
12 de dezembro de 2013 18:24

muito bom o posto

Kimer disse:
12 de dezembro de 2013 19:31

Ainda não testei o deck, mas como sempre, uma idéia diferente e bem legal. Eu só não entendi o porque do Flare Resonator estar no deck, já que se ele for invocado pelo efeito da Tour Guide, não vai poder ser usado como material para invocação Synchro. Bom, depois testo o deck e faço as alterações à minha maneira.

Belo post!

Anônimo disse:
13 de dezembro de 2013 14:33

Pq o Flare Resonator é fire¬¬
Blaster agradece

Anônimo disse:
13 de dezembro de 2013 22:47

faz o NEos na proxima