11 de dezembro de 2013

Metagame VII - Dançando no Nível 4.


O que mudará no Metagame quando 2014 chegar? Vamos analisar.






Sendo bem direto: Tudo, obviamente, depende da Banlist. Porém, eu vejo uma grande tendência, que inevitavelmente será difícil de parar: A unanimidade dos decks com grande parte de sua base de monstros ser do nível 4. Claro, se os Rulers caírem a 1 vai acontecer que essa tendência vai deixar de ser uma tendência e vai virar o que mais próximo temos de realidade (Ou o que temos de mais poderoso) dentro dos padrões do jogo. Como eu sei? Vamos aos fatos:

1. Os monstros Xyz genéricos lançados:

Number18HeraldicProgenitorPlainCoat-LVAL-JP-RNoblswarmBeelzebuth-LVAL-JP-SR

Acima temos 3 exemplos: Number 18: Heraldic Progenitor - Plain Coat, Number 101: Silent Honors Ark Knight e o Noblswarm Belzebuth, respectivamente. O que ambos tem em comum? Genéricos, apenas 2 monstros de nível 4 os fazem, APENAS, repito. Cada um tem uma função diferente dentro do jogo, óbvio, os 3 tem efeitos diferentes, porém, eles trazem ao jogo a mesma coisa: Uma adição de opções mais potentes aos decks que os fazem. Quando digo potentes, não é de potência em termos de aumentar a força, é de serem potentes o suficiente para serem Overpowers. Vamos pegar o único exemplo que usa os 3 citados: Heraldic Beast. Esse, para mim, é o deck que vem a ser batido por enquanto, com uma única fraqueza chamada Necrovalley, porém, isso é assunto para mais tarde, continuando... Heraldic Beast reúne as características que um meta precisa: Consistência beneficiado pelo grande poder que vem do cemitério, fazendo o deck sair do zero na mão até um campo sólido ou tirar a diferença entre você e o seu oponente, além de Poder de Campo e Special Summon. Claro, ele tem sua fraqueza a sides com Gozen Match e Imperial Iron Wall, que são coincidentemente iguais ao dos Rulers, mas são inegavelmente fortes. Os 3 Xyz agregam valor demais ao deck, fazendo o deck reverter de modo fácil as desvantagens de um duelo e ao mesmo tempo, montar seu jogo. Onde quero chegar é: Os Xyz's Rank 4 estão tão perigosos quantos os Rank 7 foram durante esse formato e o último. Só observar que hoje Ruler tem que se virar colocar muito mais que um Sack Control para ganhar duelos como era antigamente, "apelar" para uma trap line, pois só um Number 101 pode acabar com ele, claro os filhotes se foram, mas estou querendo chegar de novo é que a era Ruler parece estar no fim, independente de Banlist ou não. 

2. Reforço/Criação a/de Decks que tem como base o Rank 4:



Está claro em todos os produtos, galera. Nos Structures Deck temos Cyber Dragons que moldam seus níveis para 5, mas podem sim usar Rank 4. Nos Duelists Sets, Geargia depois de receber uma Armadilha poderosa, que até então tinha só dois alvos, chega no Duelist Set deles com mais duas opções, onde trás níveis 3 do archtype direto do deck e transforma-os em níveis 4. E agora, falando dos Gravekeepers, veio os reforços do Legacy, só não atualizando o deck, mas também os deixam mais fortes do que sempre foram. Promos como o Geargia que está acima também é outro indício. Vem de todos os lados. Porém, porque Gravekeeper? Porque Cyber Dragon? Porque Geargia? Cybers e Geargias são para lembrar que Machines, até a lista passada, o melhor tipo de monstro do jogo, ainda está forte, Cyber já foi meta, é querido pelos jogadores, vende. Estão tentando colocar os Geargia no gosto dos asiáticos, e Sam Pedigo, no YCS Turim, reforçou isso: Eles podem, e vão ser fortes. Da mesma forma que Sam trabalhou numa build adaptada deles a esse meta, eles poderão ser adaptados para o próximo. O problema é que a predominância de um deck somente vai acabar, o que faria eles retornarem a uma build padrão e é onde Gravekeeper entra. Percebam que um deck é vulnerável ao estilo do outro entre os decks que figuram no topo do jogo, no futuro. Todos tinham uma dificuldade contra certos decks, menos Bujin Control, que é um deck criado recentemente. Agora eles tem que se preocupar com Gravekeeper, se preocupar com Necrovalley. Sem contar com os Chronomaly que não citei, mas são igualmente poderosos aos outros citados e que recebeu reforços. 

___________________________________________________________________

O recado tá dado, vamos dançar no nível 4. Isso significa que Evilswarm terão que se adaptar. Ophion não será mais tão necessário quanto antes, a menos que enfrente Prophecy ou Mermail. Dos dois citados, Mermail é outro que terá que se adaptar. Pelo andar da carruagem, Tidal a 1 muda tudo no deck, será necessário rever conceitos ou reforçar outros. Mermail Abyssocea e Abyssteus vão ser o top combo do deck ainda, mas perde no late game com menos 2 tidals. Isso é um motivo mais que suficiente para ter que repensar toda uma estratégia já estabelecida. Só não pode retroceder ao passado, onde Undine com Dragoons a 1 tem que ficar mesmo no passado. E pensar num futuro. No futuro com armadilhas. Uma Trap Line que possa fazer o deck nivelar o jogo diante dos outros. Ruler faz isso hoje e dá certo, tudo bem que sejam estilos diferentes, mas precisa haver mais adaptações no deck. Talvez um enfoque maior no Abyssgaios, e seu efeito que vai ser extremamente importante. E/Ou talvez, techs como essa:

ProofofPowerlessnessRGBT-EN-C-1E


Proof of Powerlessness
Normal Trap Card


Activate only while you control a face-up Level 7 or higher monster. Destroy all face-up Level 5 or lower monsters your opponent controls. Monsters you control cannot attack this turn.

Proof seria tudo que Mermail, Dragunity Ruler (Que deve sobreviver) e Prophecy precisam (MPB também Samuca). Ativada no tempo certo, é pode ser uma Raigeki no turno do oponente. Linde (Contando que ela busque um Abyssleed), Abyssteus, Abyssmegalo, World of Prophecy, High Priestess e os Synchro nível 8 feitos por Dragunity, além dos Rulers do deck. Todos alvos do custo da Proof, é uma ótima pedida para side caso use um desses decks, ou até para uma tech de Main Deck que surpreenda, que é sempre bem-vindo. Porém, vejo que ela meio difícil de se encontrar/comprar. 


Falando em comprar, a hora para comprar Bujin, Ghostrick que é outro deck que pode vim a surpreender, Heraldic Beast ou até Chronomaly é agora. AGORA. Quando virar a lista de Janeiro, esses decks crescerão de preço. E quem está vendendo um desses agora, recomendo que segure. Essa é a melhor hora do formato: Entre safra de formato, decidir qual deck investir. Esse report é para vocês que ainda não sabem o que fazer. A ideia é essa. Até amanhã com outro report o/ 

Comentários
21 Comentários

21 Comentários:

Aldair Hatake disse:
11 de dezembro de 2013 16:17

Ótimo post!!! Parabéns!!!!
Realmente, muita coisa a de mudar, mas será que todos conseguirão acompanhar isso?! Boa sorte a todos!!!

RoFolDo disse:
11 de dezembro de 2013 16:24

Post excelente!
Aqui na minha cidade, só eu segurei os Ghostricks. Incentivei mais 3 pessoas a jogarem com eles, mas ninguém realmente bota fé que eles possam se destacar. Eu guardei o meu deck deles aqui, só esperando. Deixa a Mary e o Skellington chegarem em janeiro, haha.

LG disse:
11 de dezembro de 2013 16:27

@Aldair e Rofoldo: Agradeço pelos comentários.

Luís Eduardo disse:
11 de dezembro de 2013 16:35

Ainda bem que já tenho meu set de Heraldic Beast guardadinho aqui faz tempo, só preciso de 3 cartas pra completar, e Ghostrick só preciso do Lantern e do Alucard!

Luís Eduardo disse:
11 de dezembro de 2013 16:36

Ah, e adorei o post também! :D

PS: Gente, eu sou o Arasuda no chat pra quem não sabe! XD

[A.C.] SirExMachina disse:
11 de dezembro de 2013 16:46

Ver Heraldic Beast e Chronomally ascenderem de decks 4fun para candidatos a top é algo que me deixa muito feliz!

Mas não podemos esquecer dos suportes que sairão no Primal Origin...Que podem catapultar outros decks para o top (DW, GB, Gusto, Koaki'Meiru, Scrap haah)

LG disse:
11 de dezembro de 2013 18:12

@Luiz e ExMachina: Obrigado pelos comentários. E sobre os reforços do Primal, estou esperando os efeitos e vou ver o impacto, se tiver algum fator importante, faço uma postagem.

Sir Porthos Fitz-Questitor disse:
11 de dezembro de 2013 19:11

Lulu totosa, gamei no post.

Cada vez mais penso que você pode substituir Caca no meu sz.

Agora, falando sério. Você está completamente certo, mas ressalto que os Rank 5 também devem bater muito nesse formato.

Bjks na goiaba.
Motumbo

LG disse:
11 de dezembro de 2013 19:22

Alerta de bicha reklkda no meu post. Alerta. Obg sua linda <3

Emerson Martins de Deus disse:
11 de dezembro de 2013 19:43

Merece aplausos, post bem organizado, foi direto no assunto sem muitos rodeios, já posso entregar o prêmio de redator do ano?
***
Mas falando sobre o que você disse, eu concordo, e acho que Heraldic vão ser os Blackwings do Zexal, um deck mostrado no anime, mas com potencial para o cardgame, tanto que os Blackwings a exemplo venceram um mundial, outra coisa é que aquele Amaterasu cai bem no deck Heraldic, 3 matérias é fichinha para eles.

Sir Porthos Fitz-Questitor disse:
11 de dezembro de 2013 19:52

Owwn você me chama de rekalkada que nem Caca. *O*

Labyrinth Wall disse:
12 de dezembro de 2013 00:28

ótima postagem Elegê!!

esse 2013 realmente foi marcado pela fortificação dos Rank 4, ano passado era tenso quando só tínhamos Utopia, Maestroke e Pappiloperative

Marcio Rodrigues disse:
12 de dezembro de 2013 01:10

Heraldics chegarão ao meta?

Chronomalys aplicarão mts OTKS?

Lulu Dlç poderá ocupar o lugar do Caca no sz do Popo?

Tudo isso e muito mais, no globo repórter. qq

Effy disse:
12 de dezembro de 2013 08:03

Eu penso da mesma forma desde que saiu o Chidori, rank 4 e muito versatil e é o numero mais completo de rank, só é um pouco injusto por que a Konami ama o 4, é o rank que mais tem no jogo, cade diversificação ae :v

Mas enfim, belo post, vamos ver como vai ser o a lista amanhã *-*

Anônimo disse:
12 de dezembro de 2013 10:05

a propria konami esta quebrando o card game os "boss" do card game se tornaram fracos vc custa para invocar um aesir ou o meklord de 4000 pra morrer facil em cima desses monstros faceis de se invocar

Emerson Martins de Deus disse:
12 de dezembro de 2013 10:50

@Anônimo: Nem todos os bosses morrem assim, Quasar ainda continua supremo como o Deus dos Synchros, e o monstro com mais poder no cardgame.

LG disse:
12 de dezembro de 2013 11:19

@Effy, Emersu, Marcio e Samuca: Obg pelos comentários, migos.

Anônimo disse:
12 de dezembro de 2013 13:36

battlin boxer, umbral horror, star seraph, fire first, bujin, heraldic beast, iswarm, e mais um monte é tudo 4

Kiro disse:
13 de dezembro de 2013 00:12

Otimo post,lg.
Mas ainda assim eu acho q da pra parar essa era de rank 4 com um bom side,tipo a nova trap dos dustons q impede tanto xyz,como synchro,fusion e tributo.

LG disse:
13 de dezembro de 2013 10:34

Ela é especifica para bujin. E como vc disse, ela é um tanto boa para side, apesar de ter um efeito um que julgo ser um absurdo. Obg pelo comentário, Kiro.

Wanderley Cristante disse:
7 de janeiro de 2014 19:32

eu achei a Proof of Powerlessness pra vender no mercado livre, duas por 3 reais =D