7 de dezembro de 2013

Carta da Semana #93: Bujingi Peacock


 Eae pessoal, blzinha? Carta da Semana de hoje com os ex-coitados dos Bujins, enfim eu senti firmeza nesses ultimos suportes pra dar base de jogo pro Yamato. E dentre esses "alguns" suportes eu escolhi a Peacock como a principal desse post, pelo simples fato de atuar como o set-up perfeito. Como isso? Acompanhando este post:


Bujingi Peacock
★ 4 /LIGHT
ATK: 1800 / DEF: 700
Besta Alada / Efeito 
Durante sua Main Phase 2: você pode enviar esta carta da sua mão ao cemitério; adicione 1 monstro "Bujin" de seu Deck para a sua Mão. Você não pode ativar cartas ou os efeitos de outras cartas exceto cartas "Bujin" durante o turno que você ativou este efeito. Você só pode ativar o efeito de "Bujingi Peacock" uma vez por turno.

Depois de tantas bolas foras dos Bujins, é no Legacy of the Valiant que voltamos a ver bons suportes em uma boa quantidade, salvando todas aquelas TCG Exclusivas e certas coisas do Shadow Specters, né, Bujingi Boar?

No LVAL nós temos 4 cartinhas que chamam a atenção: Bujin Arasuda, o novo Beast-Warrior que ajuda demais na invocação do pessoal do Extra Deck; Bujingi Hare, o mais novo protetor, sendo quase melhor que o Turtle; Bujintei Tsukuyomi, o novo Xyz, com um efeito que em certas situações pode ser o deus-nos-acuda pro oponente; e a Bujingi Peacock, que vamos falar nesse post, assim como todos os outros que eu citei, pois eles merecem.


 Comecemos isto com uma breve definição do jogo dos Bujins atualmente para mais para frente eu citar como a Peacock e as novas cartas vão dar um update nisso. Yamato é o astro do deck, o cara que meche com tudo, e o seu principal trabalho é ajudar no fluxo de Bujingis da mão e do cemitério, quanto mais Crane na mão e demais Bujingis no cemitério houver, melhor. Todo esse set-up de jogo serve para que os Xyzs possam exterminar o oponente sem demais problemas.

 Porém, todos sabemos que o Yamato é uma carta muito perigosa, então, ele acaba se tornando o alvo principal. Manter ele virado pra cima e com efeito em campo é essencial para qualquer jogador de Bujins, sendo assim, Bujingi Turtle e Bujin Mikazuchi fazem o serviço de guarda costas. Turtle protegendo o Yamato até mesmo de Veiler e Mikazuchi sendo o substituto que vai compensar a perca do efeito do Yamato com o seu efeito buscando a Bujincarnation.

 Bujincarnation é a carta que garante a virada, Xyz de graça reciclando 1 Bujingi banido. E se buscado pelo Mika, o oponente já vai ficar apreensivo pra caso ele limpe o seu campo. Assim fica um jogo de fazer ou não fazer que vai resultar em alguma coisa, caso ele ainda tenha respostas pra sua Bujincarnation, o resultado pode ser negativo pra você.

 Tendo dito isso, vamos ver o que há de novo e o que há pra substituir velhos parceiros de deck. Começando, lógico, pela dona do post, Peacock. Um dos principais problemas que todo jogador de Bujin tem é a falta de Yamato na mão, algo facilmente resolvido com Fire Formation - Tenki, que atualmente está a 2 cópias por deck, pouco. Por isso sempre tem o pessoal que roda 2~3 Fire Fist Bear, só pra dar aquele susto no oponente e fazer ele gastar backrow ou veiler nele, tudo pra não ver o Yamato dando as caras (Na maioria das vezes você não consegue ativar o bendito efeito do Bear, ele acaba sendo um desarma-backrow no fim das contas).

Mas agora as coisas mudam com a Peacock, ela acaba se tornando a nossa 2ª Tenki do deck, com uma restrição minuscula, mas que tira o potencial de batalha do Yamato, que geralmente não é grandes coisa sem o set-up de Bujingi que só ele proporciona. Um erro bem humorado que eu já vi o pessoal cometer na Dueling Network é tentar ativar o efeito da Peacock no primeiro turno, já que lá não tem essa de contagem de turnos automático. Lembrem-se, você só pode entrar na MP2 após ter saído da Battle Phase, não cometam esse errinho no começo do duelo.

 Outro grande detalhe da Peacock é que ela faz uma parceria mítica com o Mikazuchi, sem que você necessariamente precise adicionar o Yamato. Por exemplo: você adiciona um Turlte, ativa o efeito do Mika, busca Bujincarnation (Eu não vejo muito futuro pras demais cartas magicas e armadilhas Bujin, mas se você vê, sua escolha.) e descarta a Turtle, já garantindo um Set-Up bem parecido com aquele que o Yamato faz sozinho.

 A restrição da Peacock é algo recente investido pela Konami, e por mim é a pior forma de restringir o efeito de qualquer carta (e tirar completamente a moral dela). Tirar a Battle Phase é coisa do passado, agora você não pode usar absolutamente nenhuma carta ou efeito de uma carta que não tenha o nome do Archtypo. Espero que não continuem com esse tipo de restrição e voltem pra ideia de tirar a Battle Phase ou Invocações Especiais, não poder ativar uma Mystical Space Typhoon ou Pot of Duality em um turno que eu não vou fazer praticamente nada é horrível. Uma coisa a se notar é que se o oponente destruir uma carta sua e a Vanity's Emptiness ativar o efeito e for pro ralo, você não pode nem se quer ativar a Peacock. Ridículo...

 Próximo da lista, Arasuda. O que mais me chamou atenção nesse carinha é a facilidade que ele traz pra invocar Xyzs, ele não chega a ser nenhum ás no deck, mas se torna bem útil para encerrar o duelo invocando aquele Susanowo. O efeito dele, fora a Invocação Especial, por mim é dispensavel, nenhum Bujin dá +1 na mão, uma pena.

 Bujing Hare, uma carta explendida e que eu nunca reparei que fazia falta nos Bujin, não sei o porque. Você está com aquele Yamato e parte para um ataque, toma a Mirror Force e a Turtle de nada pode fazer, mas agora, enfim, temos o protetor de destruições dos Bujins, o coelho Hare.

Bujintei Tsukuyomi tem um ar especial pelo seu efeito ousado, mesmo para Bujins. Enviar a mão toda pro cemitério e apostar o final do jogo nas 2 cartas do topo do seu baralho. Legal também é o seu segundo efeito que garante que o Yamato não estará perdido no cemitério, ele ainda tem vez no jogo e de forma mais útil do que usando a Bujin Regalia - The Sword.

 Um preconceito meu sobre o Tsukuyomi é o ATK baixo demais pra um Xyz e pra um Bujin também, podia ter pelo menos 2000. Porém algo que compensa isso é os materiais para invocar ele, a restrição é apenas monstros LIGHT, dando alas pra qualquer deck que faça um bom uso do efeito dele sem ser basicamente Bujins.

Meu primeiro CDS que eu vou por Decklist, mas a lista não é minha. Pra quem não conhece já vou recomendar um bom site para se ver resultados de torneios asiáticos, o Shriek, pra quem ta afim de saber como vão as coisas por lá, como as cartas novas se saíram e como anda o meta.

 Essa decklist eu tirei de um torneio onde o rapaz pegou Top 2, logo abaixo de um Mythic Dragon Ruler, num torneio de 20 participantes (relativamente pouco), mas eu achei interessante e vai vir dar mais complemento pro meu post, sem mais delongas:



Jogador: Harukyon
Segundo lugar no Popai Nagao Shop Tournament do dia 23 de Novembro.
Deck: Bujin
Formato: OCG

Monstros:
3x Bujin Yamato
3x Bujin Crane
2x Bujin Mikazuchi
1x Bujin Arasuda
1x Bujingi Turtle
1x Bujingi Peacock
1x Bujingi Fox
1x Bujingi Hare
1x Bujingi Quilin
1x Honest

Magicas:
3x Bujincarnation
3x Mystical Space Typhoon
2x Fire Formation - Tenki
2x Forbidden Dress
1x Monster Reborn
1x Foolish Burial
1x Pot of Duality

Armadilhas:
3x Vanity's Emptiness
2x Dimensional Prison
2x Mirror Force
2x Compulsory Evacuation Device
1x Horn of the Phantom Beast
1x Mind Crush
1x The Transmigration Prophecy

Side: Não Revelado

Extra:
3x Bujintei Susanowo
1x Bujintei Kagutsuchi
1x Bujintei Tsukuyomi
1x Brotherhood of the Fire Fist - Tiger King
1x Starliege Paladynamo
1x Evilswarm Exciton Knight
1x Constellar Omega
1x Number 44: Sky Pegasus
1x Constellar Ptolemys M7
1x Gagaga Cowboy
1x Diamond Dire Wolf
1x Ice Beast Zerofyne
1x Abyss Dweller


 O deck do garoto segue a base que todo deck Bujin faz, lado a lado com o estilo de jogo Control, seja por Kaiser Colosseum ou por Vanity's Emptiness (a escolha do jogador).

 Enquanto eu estava vendo qual nome de carta OCG (na Shriek eles deixam o nome traduzido do japonês e que nem sempre está correspondendo ao oficial em ingles) o que me chamou a atenção é que ele estava rodando Bujingi Fox. Eu reli o efeito e ainda assim não tinha achado uma necessidade dele no deck, até eu reparar na boa DEF que ele possui,é bem provável que ele consiga sair inteiro de uma batalha e depois ser seu Xyz. Melhor que ele sobreviver em batalha, seus pontos de vida estão a salvos depois que ele já ter feito o serviço de ser um material Xyz. Outra coisa que me veio a cabeça é invocar Bujin Arasuda após ele ativar o efeito e pelo Fox descartar algo o Arasuda já ativa seu outro efeito. Isso também funciona com o Mikazuchi, criando combos simples, que vão ir acabando com as cartas da sua mão, mas que podem ser uteis e te garantir o jogo.

 Agora uma coisa a se notar é que não se vê mais o Fire Fist Bear, tinha algumas outras listas de Bujin nos links pela Shriek e eles também eram similares nessa parte. Bujingi Peacock está fazendo uma grande diferença e sendo de grande ajuda para o archtypo, espero ver mais futuros tops de Bujin, assim como outra magia/armadilha boa pra eles (TCG Exclusiva, porque a TCG só deu bola fora com os coitados)


Encerrando post aqui, espero que tenham gostado. Comentem o que vocês acham sobre os novos Bujins e o espaço que eles "podem" ter mais pra frente no jogo competitivo. Enfim consegui soltar o post no dia certo e no horário certo, que revigorante. Semana que vem é a vez dos Heraldics, mas a carta não vai ser uma nova e recente, mas uma velha e amada por muitos, palpitem sobre qual será.

 Enfim, me despeço mais uma vez de vocês, fiquem bem e falous!

OBS: Não teve Proxy da Nexus porque o site do Yugioh Card Maker tava off  =\

Comentários
8 Comentários

8 Comentários:

Adson disse:
7 de dezembro de 2013 10:42

Com certeza o Peacock veio na hora certa pros bujins.
Interessante o deck do cara ele foca mais nos Xyz com a bujincarnation que deu pra ver.

No meu deck eu nem chego a usar arasuda, porque meu deck é mais focado em parar o oponente de fazer zilhões de invocações com Vanity's e Kaiser Colosseum.

O unico problema do peacock realmente é não permitir outras cartas exceto bujin, isso já impede de usar um Duality/Kaiser/Tenki, mas ele compensa porque nao só busca Yamato como qualquer outra Bujingi, por isso eu uso 3 no deck.

Gustavo Pez (Ayreon) disse:
7 de dezembro de 2013 11:02

Bujintei Tsukoyomi eh o Fabled Ragin dos Bujin lol só evoco ele qndo tenho uma cata na mão (um bujingi de gravey ard que inevitavelmente eu saco no lugar do yamato e.e)

Apocalipse disse:
7 de dezembro de 2013 11:48

Eu ainda não testei os novos bujins, mas com certeza eu iria preferir usar o Bujingi Peacock ao infeliz do FF - Bear.
Outra coisa que gostei foi o cara não usar Kaiser, porra usa isso de side seus felosdaputa medrodo by: gx. Até hj tô perando os nego tirar Vanity's de main, mas creio eu que isso vá demorar '-'.

Emerson Martins de Deus disse:
7 de dezembro de 2013 12:47

Espero que as World Premieres sejam de agrado aos Bujins.

Guilherme Lerry dos Santos disse:
7 de dezembro de 2013 14:12

Advanced Heraldry Art provavelmente. Simplesmente OP.

Cyberblu disse:
7 de dezembro de 2013 15:07

Gostei do post, mas eu achei o Bujingi Hare melhor que o Peacock (até porque o archetype não precisa de mais search), mas não sei, ainda não testei os novos bujins muito bem.

Felipe Soares disse:
7 de dezembro de 2013 19:01

Gente, veiler não afeta o Yamato -_-, o efeito é até (until) end phase.

Luiz Feliphe disse:
7 de dezembro de 2013 19:05

Excelente post Subito e eu aqui subestimando o Peacock, realmente merece seu espaço. Esperar pelo prox. formato, Bujin crescendo cada vez mais.