6 de novembro de 2013

Todas as Regras e Jogabilidade de DRUMP

Atualizado em 06/11 agora com todas as informações contidas no site da Shonen Jump, com as regras oficiais!”


O BARALHO DE DRUMP:

  • O baralho de DRUMP nada mais é do que um baralho de truco/pôquer, composto por 52 cartas e com 4 naipes diferentes: Ouros, Espadas, Copas e Paus;
  • Os 4 ases do deck são os “Coringas” (entre aspas), e podem valer por dois números: 1 ou 11 ;
  • As cartas de 2 a 9 são colocadas em uma zona específica no campo e recebem o nome de Cartas de Forças (Force Cards), e cada uma possui uma quantidade de Vida (Vitalidade) igual ao seu respectivo número;

  • As cartas de 2 a 9 podem ser empilhadas em um mesmo slot no campo de modo que seus Pontos de Vida sejam somados. Essa soma não pode ultrapassar de 13 pontos, que é o máximo. O Coringa (A) também pode ser empilhado, e pode valer como 1 ou 11 na pilha;
  • A soma da vitalidade de uma pilha na Force Zone não pode ultrapassar 13;
  • As cartas 10, 11, 12 e 13 (X, J, Q e K, respectivamente) são colocadas em outra zona no campo e recebem o nome de Partes de Monstro (Monster Parts), e só podem ser jogadas por descartar uma pilha de cartas de A a 9 cuja soma seja igual à sua Vitalidade. Ex¹: Descartando uma pilha contendo um 4 e um 6, de quaisquer naipes, pode jogar uma carta de Vitalidade 10, também de qualquer naipe. Ex²: Descartando uma pilha contendo um A e um número qualquer de 2 a 9, de qualquer naipe, pode jogar uma carta com QUALQUER Vitalidade;
  • As Monster Parts formam quatro criaturas diferentes: Uma quimera, uma hidra, um pégaso ou um dragão. Podem ser jogadas com Monster Parts de números diferentes a fim de criar uma criatura totalmente diferente;

  • Quando um jogador consegue unir 4 Monster Parts no campo, ele grita “DRUMP”, e vence o jogo;
  • Se um jogador completar um DRUMP enquanto o adversário possui 3 Monster Parts, o jogo não é automaticamente encerrado e o adversário ganha um turno extra para tentar performar seu DRUMP. Caso ele consiga, duas situações podem acontecer: O jogador que possui uma criatura igual completa (Um Pégaso ou uma Quimera, por exemplo), é declarado o vencedor, caso contrário é somada a Vitalidade de cada monstro e o jogador que tiver mais Vitalidade é declarado o vencedor. Ex: Se um jogador possuir 4 partes de Dragão (52 de Vitalidade devido a 4x13) e o outro jogador possuir 4 partes de Quimera (40 de Vitalidade devido a 4x10), o jogador do Dragão é declarado o vencedor;
  • O Dragão é o monstro supremo de DRUMP, aquele que possui mais Vitalidade;

O CAMPO DE DRUMP:

  1. Zona de Forças (Force Zone): É onde são colocadas as Forças, ou seja, as cartas de A até 9. Existe uma Force Zone para cada jogador, e cada uma possui 4 slots.
    .
    Pode-se colocar apenas 1 Força em cada Force Zone por turno (até 4 Forças em zonas diferentes). Você pode colocar 1 Força em cima da outra para somar suas Vitalidades, mas se fizer ela deve ser sempre colocada virada para baixo. Você pode descartar uma pilha para invocar uma Monster Part na Monster Parts Zonecaso a soma corresponda à Vitalidade de tal. A carta(s) virada para baixo é revelada quando você descarta a pilha. Você pode colocar quantas cartas puder na pilha, desde que a soma das vitalidades NUNCA ultrapasse 13. Você pode usar os Ases como 1 ou 11 na pilha, mas se ele for tratado como um 11, ele não pode ser usado sozinho para chamar um Valete.
    .
  2. Zona de Partes de Monstro (Moster Parts Zone): É onde são colocados as partes de monstro, como o próprio nome sugere. Aqui devem ser colocadas uma de cada parte: Uma cabeça, uma asa, um tronco e uma cauda. Existe uma Monster Parts Zone para cada jogador, e cada jogador só pode jogar 1 Monster Part nessa zona por turno;
    .
  3. Zona de Deck (Deck Zone): É onde fica o deck e de onde os jogadores puxam todas as cartas. Só existe uma Deck Zone devido aos jogadores compartilharem o mesmo baralho;
    .
    No começo do duelo, ambos os jogadores puxam alternadamente cartas do deck até possuirem 5 na mão cada. No início do turno de ambos os jogadores, o dono do turno puxa 1 carta do deck. Eles também podem em seu turno puxar 1 carta extra por descartar 1 Monster Part da mão. Se no final do turno o jogador tiver 6 ou mais cartas na mão, ele deve descartar cartas até ficar com apenas 5 na mão.
    .
  4. Zona de Descarte (Discard Zone): É onde ficam as cartas descartadas de ambos os jogadores, por descarte para invocar um Monster Part ou,
    .
    Por descartar 1 Monster Part da mão, os jogadores podem em seu turno, adicionar uma Monster Part diferente da zona de descarte à mão. Essa técnica se chama Reciclagem, e pode ser usada mais de uma vez por turno.
    .
    Por descartar 1 Ás da mão, os jogadores podem em seu turno, acrescentar 1 Valete (J) da mão na Monster Part Zone, mesmo que já tenha invocado um monstro na Monster Part Zone antes. Essa técnica se chama Valete Extra.

Quando um jogador percebe que não tem mais coisas para fazer, que a sua estratégia para aquele turno está completa, ele pode declarar o seu turno encerrado e permitir que o oponente começe o turno dele.


BURST. A BATALHA DE FORÇAS DE DRUMP:

Como o título já diz, é quando duas Forças batalham entre si. O dono do turno pode realizar um Burst apenas utilizando uma carta de Força em sua mão com alvo em uma pilha do oponente. Nessa hora, o oponente pode escolher entre Receber ou Bloquear o ataque normalmente.

Caso ele escolha Receber o ataque normalmente, ele desvira quaisquer cartas da pilha e soma seus números. Caso a soma seja maior que 13, o ataque é bem-sucedido e todas as cartas envolvidas são descartadas. Caso a soma seja menor que 13, o ataque é fracassado e a Força atacante é adicionada naquela pilha do oponente. Quando um ataque tem sucesso, a Força que ele usou para atacar é descartada e ele compra 1 carta.

Caso ele escolha Bloquear, ele joga uma carta da mão (Nesse caso pode ser tanto uma Force quanto uma Monster Part). Se a Vitalidade da carta for maior que a do monstro atacante, o bloqueio é bem-sucesido. Se ele conseguir bloquear, tanto o atacante quanto o defensor são descartados e o jogador que defendeu puxa 1 carta. Um bloqueio pode ser respondido por um Contra-Bloqueio do outro jogador. Nesse caso, aquele jogador pode jogar outra carta de sua mão (qualquer carta) com Vitalidade maior que a do defensor, e caso não haja uma resposta, ou seja, caso algum jogador não seja mais capaz de defender com outro Contra-Bloqueio, aquele que tiver sucesso pode comprar 1 carta (e continuar o ataque em uma pilha do oponente caso seja um atacante). O atacante e defensor mais forte é o Ás, ou seja, sempre que um jogador joga um ás ele obtém êxito no ataque ou bloqueio.


VÍDEO DAS REGRAS DE DRUMP:


VÍDEO DE UMA PARTIDA DE DRUMP:


Fonte: Shonen Jump e duelrific.tumblr.com; | Agradecimentos: GabrielX (Regras) e Alexandre Neri (Tradução);

Comentários
22 Comentários

22 Comentários:

GabrielX disse:
3 de novembro de 2013 02:57

First

Gibe creditos Blu, e pro Alex tambem

Labyrinth Wall disse:
3 de novembro de 2013 03:13

créditos para o LabyrinthWall que não entendeu nada!! '-'

zuera, entendi mais ou menos, amanhã eu leio de novo, pode ser efeito do sono

CyberBlu disse:
3 de novembro de 2013 03:22

Créditos dados a todos menos ao @Lawall que não gosta que eu chame ele assim.

Realmente hoje não da mais para produzir. Amanhã eu atualizo o post, falta colocar umas coisinhas ainda nele.

dragonlord disse:
3 de novembro de 2013 08:31

o jogo parece ser super divertido, mas não consegui entender nada dos japass jogando

Emerson Martins de Deus disse:
3 de novembro de 2013 08:57

Gostei do Drump, parabéns a quem o fez ^^

Eu vou morrer jogando isso xD

AnthOny disse:
3 de novembro de 2013 10:28

Esperando o DrumpPRO ou um DN/Drump

Yuma Tsukumo disse:
3 de novembro de 2013 10:40

P.S: A "Artwork" da Quimera não está corretamente posicionada na imagem. As duas cartas de cima estão ao contrário, como se pode perceber observando a borda no canto da carta.

BRZEXAL disse:
3 de novembro de 2013 11:34

Fiquei feliz com este jogo, já que pelo que parece, não vai ser que nem YuGiOh, porque com as regras dessa forma, não vai ter muito o que inovar...

GabrielX disse:
3 de novembro de 2013 11:49
Este comentário foi removido pelo autor.
GabrielX disse:
3 de novembro de 2013 11:50

@Yuma: Sim, mas no site oficial está da mesma maneira, apesar de estar realmente errada (Eu já tinha apontado isso antes)

@BRZEXAL: Pelo que entendi, não é pra inovar, no sentido de criar novas cartas e tal, e sim ser um jogo novo pra qualquer um que tenha um baralho, como se fosse truco ou algo do tipo pra se jogar no tempo livre

subonito disse:
3 de novembro de 2013 13:41

Sleeves num baralho tradicional, num consigo segurar o riso HAUHAUHAUHAUHUHAHUAHHA

Alexandre disse:
3 de novembro de 2013 18:36

Semana que vem termino de traduzir o mangá. Não se preocupem!! =D

Anônimo disse:
3 de novembro de 2013 19:05

devo ser burro, ainda não entendi

Labyrinth Wall disse:
4 de novembro de 2013 00:32

@Blu
isso é pulta falta de sacanagem!! '-'

@subonito
pensei nisso tb!! rindo alto aki!! xD

@GX / BRZEXAL
será que a velharada de buteco vai começar a jogar isso para deixar o ambiente mais agradável!? xD

Mizar disse:
4 de novembro de 2013 01:23

Acho que está na hora de ensinar Drump para os meus tios (afinal passam o dia todo jogando truco)

CyberBlu disse:
6 de novembro de 2013 12:18

Post Atualizado!

Anônimo disse:
6 de novembro de 2013 13:44

da pra jogar sem baralho específico mesmo?

CyberBlu disse:
6 de novembro de 2013 14:07

Sim, com um baralho tradicional truco e que tenha de 52 cartas (não vale coringa)

Anônimo disse:
6 de novembro de 2013 14:11

agora sim tou entendendo

Anônimo disse:
6 de novembro de 2013 20:07

Alguém sabe se já tem algum DN ou coisa parecida de DRUMP...!?

Wanderley Cristante disse:
6 de novembro de 2013 23:53

nao entendi a parte da batalhe que soma mais q 13

Anônimo disse:
13 de junho de 2014 10:36

Legal mas alguém sabe onde comprar essas cartas?