26 de novembro de 2013

The Game of Generations: 5Ds #8

Prontos para conhecer um pouco mais sobre o arquétipo de um dos antagonistas mais carismáticos de todas as gerações?

Sim, eu estou falando dele, o grande e poderoso Bruno, que na verdade era Johnny, com o code nome Antinomy (meio chaves isso né) ele foi um homem do futuro destruído que foi reconstruído como um androide por Z-ONE.

Antinomy foi enviado ao presente e perdeu suas memorias intencionalmente e construiu laços com os Signatarios, e ajudou Yusei futuramente a dominar a Accel Synchro para vencer os Três Nobres Puros.


Bruno usava um deck baseado no arquetipo Tech Genus, que foi abreviado no OCG e TCG para "T.G" a vantagem e jogatina deles é sempre aumentar a sua consistência, de modo que a maioria dos T.G chamam outro para mão na End Phase quando são destruídos, sem mais papo, vamos conhecer agora o que atualmente temos para deixar eles fortes o bastante para derrubar o meta!


Primeiro Passo: Arquetipo



Vamos começar pelos nossos queridos Rhino e Warwolf, um com habilidades dignas de beater e o outro com um fator spam e presença de campo, ambos vão ser de extrema importância, mas principalmente para combar com o irmão mais novo deles, Striker



O que nos traz um leque de opções, já que essa gracinha aqui pode ser chamada especialmente se o seu oponente tiver monstros e você não, ai já da para aproveitar o efeito do Warwolf e dar SS nele também, e abusar que você não deu Normal Summon ainda para chamar o Rhino, podendo escolher um leque de synchro a seu dispor, como por exemplo:

Striker + Warwolf = Magician

Em um formato sem Heavy, backrow é presente em 99% dos decks de hoje, nem que seja apenas um Field, mas sempre vai ter alguma coisa para te incomodar, então até aquela MST marota não chegar, vamos nós virar trazendo essa gracinha que destrói qualquer S/T caso seja invocada por Synchron Summon, isso sem falar na draw para consistência, enfim, simplesmente ótima. Não deixando de lado que ela é praticamente uma Formula Synchron podendo Synchronizar na Main Phase do oponente, trazendo coisas interessantes que vamos falar mais para frente.

Striker + Warwolf = Gladiator

O Gladiator não é tão versátil quanto a Magician porém 2300 de piercing naquele Token infernal do Dracossack pode decidir um jogo, fora ainda sua consistencia pelo efeito da draw semelhante a Magician.

Striker + Warwolf + Rhino = Mist Wurm

Podem falar o que quiserem, mas em um formato com presença de backrow e monstros de extra deck em abundancia, summonar um synchro que pode dar -3 no oponente apenas por ser invocado pode também decidir um jogo.

E se você achou tudo isso pouco, ainda temos dois suportes para ajudar tanto na consistência de hand quanto em tirar vantagem do oponente.



TG1 - EM1 é tipo uma Creature Swap só que melhorada, por que você pode escolher o monstro que vai ser trocado, então é melhor seu oponente pensar duas vezes antes de trazer aquele boss desprotegido. E para reciclar nossos queridos T.G's, temos a TGX3 e fala a verdade, quem precisa de Avarice quando se tem três dessas a disposição não é mesmo?

Mas agora vamos ver quem mais nossos amiguinhos tem para infernizarem a vida do inimigo.

Segundo Passo: Suportes

Nosso deck vai usar muita Spell e Trap, principalmente trap, então os suportes adicionais são poucos, porém podem ser fatais se usados corretamente, como por exemplo



Como todos sabem, o inimigo numero 1 de decks Synchro é o nosso temido Ophion, então nada mais justo que colocar uma resposta contra ele de cara no main, já que vai ser um bônus e não simplesmente focado nele, afinal você vai poder usar essa dupla em muitas situações, primeiro que Tenki pode buscar o Bear para o mesmo usar seu efeito de destruição contra inimigos fortes, como o Bear pode trazer a Tenki para trazer soluções viáveis para o momento, não apenas outro Bear, como também um Warwolf que pode começar a fazer o seu jogo andar, já que ele vai buscar os outros com a destruição.

Ai outra Tech muito legal para diversificar, é impedir o oponente de usar sua estrategia principal focada em monstros no campo, como a maioria hoje em dia usa, é claro que eu estou falando da nossa querida



Skill Drain! Impedir Big Eye de roubar seus monstros, ou mesmo Bujin de continuar seu loop de ficar tirando os amigos do deck pode ser fatal e acaba nem te prejudicando, pois os melhores efeitos dos seus T.G ou ativam na mão ou no cemitério, e como vocês podem ver ali do lado, não vamos ficar desprotegidos caso Skill Drain entre em campo, Barbaros foi feito praticamente para lutar nessa situação, mas calma, eu não coloquei ele só para servir de beater com Skill Drain, lembra do nosso Striker? Pois é quando ele e o Barbaros estão juntos, algo novo acontece



Nosso mais novo Synchro Leoh, vem dos dois com a maior das facilidades, e como eu disse, mesmo sem Skill Drain, você ainda pode aproveitar para chamar esse Boss que pode ficar em campo por muito tempo devido a sua imunidade a targets que não forem na MP2!

Caso vocês tenham percebido, sim muitos monstros no deck tem 0 de DEF, e Masked Chameleon pode ser sim de muita utilidade, mas dessa vez eu achei que ficou melhor sem, se vocês quiserem testar ai e me contarem o contrario, não vou ficar surpreso haha.

Bom gente, como o resto do deck é mais stapple e pura guarda, não tem muito o que ficar mastigando, então espero que vocês tenham gostado do post e comentem para me deixar feliz sabendo dos resultados tanto de duelos quanto de satisfação, fiquem agora com a Decklist base para vocês usarem a abusarem e também, logo em seguida nosso cronograma gatissimo do TGOG 5Ds que logo, logo vai estar chegando no fim.

Tech Genus Stun

3x T.G. Rush Rhino
3x T.G. Warwolf
3x Cardcar D
2x T.G. Striker
2x Beast King Barbaros
2x Brotherhood of the Fire Fist - Bear

1x Dark Hole
2x Fire Formation - Tenki
2x Forbidden Lance
2x Mystical Space Typhoon

3x Call of the Haunted
2x Dimensional Prison
2x Fiendish Chain
2x Horn of the Phantom Beast
2x Mirror Force
2x Skill Drain
2x TG1-EM1
1x Compulsory Evacuation Device
1x Bottomless Trap Hole
1x Torrential Tribute

Extra Deck

Armades, Keeper of Boundaries
Crimson Blader
Gaou, Protector Beast of the Sacred Tree
Jeweled Demon Dragon - Red Archfiend
Mist Wurm
Naturia Barkion
Stardust Dragon
T.G. Power Gladiator
T.G. Wonder Magician
Gagaga Cowboy
Maestroke the Symphony Djinn
Noblswarm Belzebuth
Number 101: Silent Honors Ark Knight
Number 39: Utopia
Number 47: Nightmare Shark

Proxima Terça:
Nordic
Plant
Reactor
Spider
Tech Genus

x.o.x.o -Effy

Comentários
30 Comentários

30 Comentários:

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 06:50

na boa, não aguento mais esses posts do effy (sendo xingado em 3, 2, 1...)

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 09:10

concordo com vc anonimo de cima.
todos os decks do Effy sao a mesma coisa, ele so trocou 3 de seus monstros do deck anterior, pelos 3 T.G.

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 09:15

agora entendo a konami, pq nao lança tantos suportes para arquetipos, ja que so usam 3 ou 4 cartas mesmo.

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 09:24

Me decepcionei com esse deck t.g. esperava algo mais focado em synchros, não em beaters. Ficou muito comum :(

Emerson Martins de Deus disse:
26 de novembro de 2013 09:45

Mds, calma anônimos, desse jeito o Effy vai virar um LG da vida e começar a ter câncer a anônimos '-'

Eu gostei do post, ele completou a meta igual todos os outros que é tornar competitivo um archetype anime, colocando suportes indiretos e cartas de controle de campo, vocês tem que entender que o objetivo desses posts é tornar um deck anime competitivo o bastante para não perder espaço para o meta e bater de frente contra ele, e ultimo anônimo, se ele quis uma build focada em beaters como você disse, é porque é desse modo que os T.G ficam competitivos para ele, e o objetivo do post não é fazer decks incomuns e sim torna-lós fortes.

Kimer disse:
26 de novembro de 2013 11:55

Não entendi o Nightmare Shark no Extra...
Enfim, nunca joguei de T.G. Stun, mas ouvi falar que são bem chatos (inclusive pegaram Top em um torneio que nem lembro, mas foi a um bom tempo). A princípio, torci o nariz para o deck, admito, já que eu esperavam um deck mas Synchrocentric, que eu acho mais a carta dos T.G., com as Accel Synchro e tudo o mais. Mas testarei esse deck mesmo assim.

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 11:55

O deck ficou bom mas é igual a mt deck t.g. por ae ate msm builds antigas, nada de novo exceto alguns stapples...

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 11:56

Esperava o msm

Mundo da Pré-história disse:
26 de novembro de 2013 12:20

Effy citou uma das traps TG, mas nao a colocou na lista. So um lembrete.

Vilson Stratos disse:
26 de novembro de 2013 12:42

Card Car D since always LOL Como se fosse uma carta baratinha que todo mundo pode ter 3 e é super boa e não faz vc perder um turno por 2 cartas.

Kimer disse:
26 de novembro de 2013 13:05

DETESTO Cardcar D (nesse deck eu a substitui pela "Avarice dos T.G.", e no deck dos Psychics troquei ela por Psychic Overload). Se negar os efeitos dela, ferrou tudo. É uma carta que só uso nos decks quando não tem outra opção de draw power. Mas se o Effy gosta, não vou questionar o gosto delel

Aldair Hatake disse:
26 de novembro de 2013 13:13

Parabéns pelo post!!! A deck list ficou muito boa, bem balanceada! Continue assim!!!

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 13:18

Emerson Martins de Deus nos tambem nao queremos sempre decks competitivos queremos deck para se divertir, yugioh tambem é um jogo como truco bisca e outros nao precisa sempre fazer um deck competitivo.

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 13:51

Effy só faiz deck de merda,e por que só o effy posta agora.

Effy disse:
26 de novembro de 2013 13:55

@Emerson, ótimo, não preciso gastar mais meus dedos respondendo os anonimos, o recado ta dado.

@Kimer ah é por que eu acho ele o melhor rank 3, afinal 2k de dano pode decidir um duelo :p

@Mundo pré-historia isso não é erro, em muitas matérias eu citei coisas que não constavam na minha lista, por que não é um deck review, é uma analise do que pode ser relevante para ajudar o arquetipo, mas ai fica a escolha pessoal colocar e trocar coisas.

@Vilson um turno pra +1 compensa e muito em um deck regado a trap :D e se você não tem dinheiro para a carta no deck é só substituir para uma mais barata ue, uma so nao vai destruir a base, faz igual o Kimer e coloca a avarice deles no lugar e puff, resolvido.

@Aldair obrigado!! Espero que goste sempre

@Anonimo, muitas pessoas se divertem ganhando, ai junta o personagem do anime favorito delas e com uma base para vencer e acabam se apaixonando mais ainda, e mais uma vez falando, deck fun é legal? Sim, mas desde o começo não foi o foco da série TGOG então não tem sentido reclamar sobre algo que vocês ja sabiam que seria diferente, agora se quiser da para fazer decks fun sim, mais baseado no puro, mas com outra série, por que essa já tem seus padrões.

Labyrinth Wall disse:
26 de novembro de 2013 14:05

"e por que só o effy posta agora."

7 postagens na página

2 do Effy, 2 do Blu (que está sem internet), 2 do Enzzo (que está ferrado com provas de fda) e 1 do subo

só o Effy posta agora, o cara é um dos que estão salvando nós com suas matérias e tem cara que reclama ainda!!!

[A.C] Sir Viridius disse:
26 de novembro de 2013 15:19

ultimamente nem tenho lido os posts do effy, venho direto para os comentarios. o Choro dos anonimos > posts do effy vlw flw.

Adson disse:
26 de novembro de 2013 17:26

Interessante, o deck, mas na minha opinião T.G. sem focar nos accel Synchro não é T.G. e.e, bom mas cada um com suas preferencias.

Eu ainda nao tinha pensado em usar Skill Drain, ja vou colocar no meu deck.

Eu sugiro colocar o T.G. magician no lugar de uns 2-3 Cardcar d. Alem de também ter um efeito de busca, ele pode fazer synchro com 1 Rhino da mão, então: Tg striker>Warwolf>Magician+rhino na mao= 2 synchro nv5.
E também é perfeito pra trocar na EM1 ja que ele tem 0 de ataque.

dragonlord disse:
26 de novembro de 2013 21:12

Poupem-me de comentários irrelevantes :p

Enzzo disse:
26 de novembro de 2013 21:45

Gente, três anos e ainda tem anônimo reclamão???
Por quê ao invés de reclamar ( ainda mais do cara que está carregando o blog nas costas!) vocês não fazem algo mais útil, como por exemplo comentários construtivos????
Effy, realmente não ligue para estes caras, seus decks são incríveis!
Ah, só para esclarecer: vocês tem todo o direito de criticar nosso trabalho, mas pelo menos façam com dignidade, identificando-se e criticando de forma construtiva. Se for partir para a ignorância também tem que saber ouvir....

Effy disse:
26 de novembro de 2013 21:53

@Sir Viridius olha que cachorra HAHAHAAHAH

@Adson, ok, testa ai e me fala se ficou legal.

@dragonlord é o que eu sempre penso kkkkkk.

@Enzzo Obrigado pelas palavras cara! Sério mesmo.

Apocalipse disse:
26 de novembro de 2013 22:05

PNC dos anônimos HUHAUAHUAHAUH, 4fun é minhas bolas, tchau.

Anônimo disse:
26 de novembro de 2013 23:18

pau no cú do Apocalipse.

will disse:
27 de novembro de 2013 01:00

o post tava maneiro , mas quando chegou na decklist até brochei :) deve ser legal usar um bear com akela skill marota ativada .. t.g q nao foca em synchro não é t.g , o deck tinha q ter as mesmas caracteristicas do deck o personagem usa.. fica a dica :)

Emerson Martins de Deus disse:
27 de novembro de 2013 08:43

@will: Errado, o deck tinha que se tornar competitivo para o meta, vejo que você não sabe o objetivo dessa matéria, pois desde o começo ele deixou bem claro que o objetivo é tornar o archetype competitivo e nada mais, se corrija antes de corrigir os outros.

Anônimo disse:
27 de novembro de 2013 12:51

mais não queremos decks competitivos eu nem vou torneios oficiais eu quero um deck é para me divertir jogar com colegas.

Emerson Martins de Deus disse:
27 de novembro de 2013 19:22

@Anônimo: Então para que essa reclamação? Desde o inicio o objetivo foi deixado bem claro, então não venham reclamar que não querem decks competitivos e sim divertidos, o objetivo é torna-lós competitivos e não 4fun. Essa reclamação toda não tem sentido.

Leonardo Cruz disse:
27 de novembro de 2013 22:08

Emerson eu pelo menos entendo o objetivo do post. Mas o que mt gente quer dizer é q cada arquitipo tem suas particularidades que são as vezes o que nos chamam atenção. Eu li todos os post e percebi q o Effy conseguiu fazer isso. Mas o deck t.g. não explorou isso, então se não mostra o potencial de alguma particularidade do deck então não faz sentido eu querer montar esse deck. E se no deck nordics (com o argumento de deixa lo competitivo) tirar os synchros aesir qual motivação de alguem querer monta lo?!

Leonardo Cruz disse:
27 de novembro de 2013 22:13

Ps: pra quem quer uma versão mais synchron desse deck pode utilizar o famoso trio de plantas(dandylion, spore e lonefire) e eu uso 3x photon saber tiger no lugar de cardcar. Testei e ficou bom, msm com as skill drains (inclusive vc pode alterar sua estrategia dependendo do jogo)

Sir Porthos Fitz-Questitor disse:
29 de novembro de 2013 00:44

Não existe T.G. focado em Synch que seja competitivo, o próprio formato de Floaters de ATK baixo dos monstros faz com que o deck fique mais control... Quanto ao 4fun, qualquer deck serve, já que você quer se divertir, não ganhar...