7 de novembro de 2013

Metagame VI - Lightsworns?



Vamos a uma pequena projeção do que podemos esperar dos Lightsworn no metagame, se é que podemos colocá-lo no Metagame...



Ultimamente estou tão ocupado que praticamente desisti do jogo. Pedi que banissem minhas contas do DN, sai dos GoD que eu fazia parte há pouco tempo e só estou com o PRO atualizado, e o único deck que cheira a competitividade que ando testando MUITO são os Lightsworn.

E eu sou declaradamente um LS Player e quando vi os novos suportes fiquei muito feliz. Só não esperava maior felicidade quando fosse ver a categoria dos reforços. Os 4 reforços, 3 já revelados no Duelist Set e outro que virá na V-JUMP tem tudo para fazer os Luminosos voltarem ao nível competitivo. Começarei esse post de uma maneira diferente, introduzirei duas decklists para vocês, uma Pré DS, ou seja, sem os reforços, mesmo com suportes recém-lançados, e outra Pós DS, com todos os reforços e depois vamos analisar e comparar as duas plataformas, que sim, tem uma diferença quanto uma visão competitiva e da jogabilidade do deck.

Obs: Falamos de Lightsworn PURO, não de Lightsworn Chaos (Twilight), Dragonsworn, Lightraysworn, Zombiesworn e outras variantes.

1. Pré Duelist Set:


Monsters (31):
[2] Tragoedia
[3] Judgment Dragon
[3] Maxx "C"
[3] Lightray Daedalus
[2] Wulf, Lightsworn Beast
[2] Ehren, Lightsworn Monk
[1] Celestia, Lightsworn Angel
[2] Ryko, Lightsworn Hunter
[1] Jain, Lightsworn Paladin
[3] Card Trooper
[1] Garoth, Lightsworn Warrior
[3] Lyla, Lightsworn Sorceress
[3] Lumina, Lightsworn Summoner
[3] Necro Gardna
[1] Honest

Spells (08):
[3] Solar Recharge
[1] Charge of the Light Brigade
[3] Monster Reincarnation
[1] Mystical Space Typhoon



Traps (03):
[1] Break. Skill
[1] Beckoning Light
Extra Deck (15):
[1] Felgrand the Divine Dragon Knight

[1] Mecha Phantom Beast Dracossack
[1] Number 11: Big Eye
[1]  Number 39: Utopia

[2] Photoknight Paladynamo
[1]
Maestroke the Symphony Djinn
[1] Mechquipped Anginner
[1] Wind-Up Zenmaines
[1] Number 50: Backship of Corn
[1] Number 101: Silent Honors Ark Knight
[1] Number 17: Leviathan Dragon
[1]  Bujintei Tsukuyomi

[1] Leviair the Sea Dragon
[1] Diamond Dire Wolf

2. Pós Duelist Set:



Monsters (31):
[2] Tragoedia
[3] Judgment Dragon
[3] Maxx "C"
[1] Lightray Daedalus
[2] Wulf, Lightsworn Beast
[1] Ehren, Lightsworn Monk
[1] Celestia, Lightsworn Angel
[2] Raiden, Lightsworn Assailant
[2] Minerva, Lightsworn Maiden
[1] Jain, Lightsworn Paladin
[3] Card Trooper
[1] Garoth, Lightsworn Warrior
[3] Lyla, Lightsworn Sorceress
[3] Lumina, Lightsworn Summoner
[3] Necro Gardna
[1] Honest

Spells (08):
[3] Solar Recharge
[1] Charge of the Light Brigade
[3] Monster Reincarnation
[1] Mystical Space Typhoon



Traps (01):
[1] Break. Skill
Extra Deck (15):
[1] Felgrand the Divine Dragon Knight
[1] Mecha Phantom Beast Dracossack
[1] Star Eater
[1]  Number 39: Utopia
[1] Photoknight Paladynamo
[1]
Maestroke the Symphony Djinn
[1] Mechquipped Anginner
[1] Wind-Up Zenmaines
[1] Michael, Lightsworn Lord
[1] Ancient Sacred Wyvern

[1] Arcanite Magician
[1]  Gaia Knight, the force of the Earth

[1] Iron Chain Dragn
[1] Black Rose Dragon 
[1] Ancient Fairy Dragon

Comentários Gerais: Mesmo com alterações a linha de monstros, mágicas e armadilhas do deck continua praticamente a mesma, exceto pela adição de Beckoning Light no primeiro que deu ao deck o volume de 41 cartas. Contudo, destaque para as 3 cartas adicionadas: Minerva, Raiden e Michael. Elas foram capazes de mudar o deck de uma forma que o deixa com duas coisas muito importantes: Velocidade no Mill das cartas e um leque maior de jogadas e recursos. Bem, isso vai ficar mais claro com esse resumo de como ambos decks rodam e suas principais techs:

300px-MichaelLightswornLord-DS14-JP-OP
DS14-JPLS1
Michael, Lightsworn Lord
Level 7 / LIGHT / ATK: 2600
/ DEF: 2000
Dragon / Synchro / Effect1 Tuner + 1 or more non-Tuner LIGHT monsters
During your Main Phase: You can pay 1000 Life Points, then target 1 monster on the field; banish that target face-up. You can only use this effect of "Michael, Lightsworn Lord" once per turn. When this card is destroyed: You can target any number of "Lightsworn" cards in your Graveyard, except "Michael, Lightsworn Lord"; shuffle all of them into the Main Deck, and if you do, gain 300 Life Points for each. During each of your End Phases: Send the top 3 cards of your Deck to the Graveyard. This card must be face-up on the field to activate and toresolve this effect.
8b58cd36-s
DS14-JPLS2
Minerva, Lightsworn Maiden
Level 3 / LIGHT / ATK: 800 / DEF: 200
Spellcaster / Tuner / Effect

When this card is Normal Summoned: Add 1 LIGHT Dragon-Type monster from your Deck to your hand whose Level is less than or equal to the number of "Lightsworn" monsters in your Graveyard. If this card is sent from your hand or Deck to the Graveyard: Send the top card of your Deck to the Graveyard. During each of your End Phases: Send the top 2 cards of your Deck to the Graveyard. You must control this face-up card to activate and to resolve this effect.
26c2f7d8-s
DS14-JPLS3
Raiden, Lightsworn Assailant
Level 4 / LIGHT / ATK: 1700 / DEF: 1000

Warrior / Tuner / Effect
You can send the top 2 cards of your Deck to the Graveyard; this card gains 200 ATK for each "Lightsworn" card sent to the Graveyard to activate this effect. You can only use this effect of "Raiden, Lightsworn Assailant" once per turn. During each of your End Phases: Send the top 2 cards of your Deck to the Graveyard. You must control this face-up card to activate and to resolve this effect.

Como chegam ao Mill?

1. O deck, como todo deck Lightsworn, roda em cima da Millagem de cartas na End Phase, ou com o Flip do Ryko, com staples como Trooper no auxílio, único monstro a fazer millagem na Main Phase, além do Draw Power e Search da Solar Recharge e da Charge of the Light Brigade. Não existe forma de reciclagem de Lightsworn avulsos no cemitério.

2. O deck, como todo deck Lightsworn, roda em cima da Millagem de cartas na End Phase, com staples como Trooper no auxílio, além do Draw Power e Search da Solar Recharge e da Charge of the Light Brigade. Minerva descartada por Lumina, Tragoedia, Solar Recharge ou Monster Reincarnation, que dá uma probabilidade enorme para a millagem de um Lightsworn, como o Wulf, além do Necro Gardna evitando Dead Draws na mão ou Judgment Dragon ou Daedalus no cemitério para que possam ser reciclados posteriormente, Raiden com efeito de millagem na Main Phase similar ao Trooper.

Vantagem: Deck Pós Duelist Set.
_____________________________________________________________________

Draw Power, Search e Reciclagem?

1. Draw Power: Através de Maxx "C" e Solar Recharge; Search: Charge of the Light Brigade; Reciclagem: Somente para do cemitério para a mão feita pela Monster Reincarnation e Beckoning Light.

2. Draw Power: Através de Maxx "C" e Solar Recharge; Search: Charge of the Light Brigade; Reciclagem: Do cemitério para a mão feita pela Monster Reincarnation e cemitério para o deck feita pelo Michael, Lightsworn Lord, que além de reciclar um número necessário de LS no cemitério, retirando os avulsos de lá, ele aumenta seus pontos de vida para que você possa pagar o custo de outro Michael depois ou do próprio Judgment Dragon.

Vantagem: Deck Pós Duelist Set.
_____________________________________________________________________

Condition Win e Techs?

1. A condition win se baseia na millagem o mais rápido possível dos LS para a invocação dos Judgment Dragons e seu poder de limpar o campo todo, bem como a invocação do beater Lightray Daedalus, que contra certos decks, também faz o controle de campo com sucesso por seu efeito abusar de Field Spell Cards viradas para cima. Depois vemos o swarm da Lumina e do Wulf, ou Necro Gardna fazendo a proteção contra ATKs, que geralmente resultam em Xyz de Rank 4 ou 3. Dependendo das circunstâncias, você pode conseguir colocar Rank 7 e 8 em campo para dominar seu oponente. Sem possibilidade de remoção de monstros, só destruição.

2. A condition win se baseia na millagem o mais rápido possível dos LS para a invocação dos Judgment Dragons e em fazer Synchros nível 7, que podem destruir cartas específicas do oponente (Arcanite Magician), ser um quarto Judgment Dragon e limpar o campo do oponente (BRD), bater com ataques extremamente altos em determinadas circunstâncias, como tendo o campo vazio (Wyvern), remoção de monstro (Michael), só com duas cartas: Lumina e Raiden, que além disso, rendem um mill de -2 por causa do efeito do Raiden. Acesso a Synchro nível 6 e Rank 4 e 3 vem como outras alternativas, bem como, apenas em situações extremas, acesso a Rank 7 e 8, além de Synchro nível 11, Star Eater, com Raiden + Daedalus ou Raiden + Synchro nível 7.

Vantagem: Deck Pós Duelist Set.
_____________________________________________________________________

Com uma goleada de 3x0 vemos o deck Pós Duelist Set ser muito superior em níveis de Millagem, consistência (Search, Draw Power e Reciclagem) e com muito meios de se chegar a vitória. Agora a pergunta que fica é, dois pontos. Eles podem chegar a um nível competitivo a ponto de bater de frente com os decks dos tiers mais altos?

Resposta: Talvez. Eu diria que essa variante pura unido a um bom side, tem recursos o suficiente para pegar muitos decks de surpresa:
 
Dragon Ruler e suas variantes: Lightsworn pegaria no ponto fraco deles: Dragon Ravine. A carta que revolucionou o deck nesse formato pode não durar muito com um deck que tem 3 Lylas, 1 MST e 1 Daedalus de Main. Esse deck que passei é o padrão, mas se alterações pudessem ser feitas para um campeonato, eu pensaria em mais 1 cópia de Daedalus ou 2 Lyla e 2 MST no main ou até encaixaria 1 ou 2 dessas 3 cartas no side, o importante é que ele conseguiria ter armas para atrasar o deck o suficiente para equilibrar o game. Skill Drain pode ser atrapalhar numa projeção de Match.


Prophecy: Mesmo caso do Dragon Ruler e variantes, mas invés de Ravine, Tower.

Blackwing: No D1, teria problemas com problemas com Icarus bem jogadas e essa vantagem que BW pode impor sobre o seu jogo. Não teria muitos problemas no restante da Match com um side bem encaixado, por exemplo, com Decree e Veilers.

Evilswarm e Constellar: Ophion é a problemática, bem como Pleiades também. Ophion o deck tem a escapatória de correr para Maestrokes, Zenmaines e Paladynamos, já com Pleiades o deck ficaria muito vulnerável já que depende muito da Normal Summon. Dependência de Break. Skills e Maxx "C".

Mermail: É o deck que ele teria mais problemas, ao lado do Constellar e Evilswarm, pois se o side não pegar, o deck dependerá de uma mão muito boa e letal para impor seu jogo, já que Mermail é um dekc muito constante e estável, você tem que ser bem habilidoso com as jogadas para não perder a mão antes deles e assim, perder o duelo. Diamond Dust, Mistake ou Thunder King Rai-Oh são cartas que atrapalhariam mais eles do que você.

Fire Fist: O deck não teria muitos problemas por ser auto suficiente em controle de campo, conseguiria eliminar os Beast-Warriors ou as cartas setadas, sempre fugindo da batalha direta entre monstros, porém, o problema da dependência de proteção aos monstros fica mais evidente, onde mostra que 3 Necro Gardna, as vezes, é muito pouco. Esse dependência também pode ser encontrada com Mermails. Overworking no side pode ser bem-vinda.

Bujin: Outro deck que teria problemas, principalmente com a proteção contra alvos do Yamato e também se usarem Kaiser Colyseum, é praticamente um Good Game, pois esperar Lylas ou Typhoons, que podem ser jogados no cemitério por uma millagem antes, pode ser fatal.

Bem, a vantagem sobre DR e Prophecy, decks que usam Field Spell Cards, também pode ser aplicado a outros decks como Madolche, Vampire, Gravekeeper, Dark World e etc, e que Lightsworn é um deck difícil de se sidear contra, pois você, jogador que usa LS, geralmente deve fazer um side que combata side, ou seja, usar cartas como Royal Decree, Break. Skill, Effect Veiler, Soul Taker, Dust Tornado, Twister que são cartas que vão combater as opções de side do oponente, tornando assim a vida mais complicado do seu oponente. Sem contar que mesmo com LS podendo ter um início fraco em um duelo, ele pode compensar depois sendo letal, com o Judgment Dragon. Ou seja, é uma faca de dois gumes.


Bem, espero que tenham curtido a postagem e quero saber a opinião de vocês sobre isso, já que fui um pouco vago quanto aos confrontos contra outros decks do atual meta. LS no meta? Ou não? o/

Obs²: Inspiração desse post veio de um post muito bom do nosso parceiro Yu-Gi-Hoje, que vocês podem ver clicando aqui.

Comentários
12 Comentários

12 Comentários:

Anônimo disse:
7 de novembro de 2013 11:22

Por que não colocar Sixth Sense?

Anônimo disse:
7 de novembro de 2013 11:49

pq será banida em breve?

Anônimo disse:
7 de novembro de 2013 11:57

Banida em breve e porque acho que n vale a pena usá-la em termos de teste, vc nunca consegue comprovar o real potencial do deck assim.

LG SEM PODER LOGAR

[A.C] Sir Viridius disse:
7 de novembro de 2013 12:02

Bem, a vantagem é que DR e Prophecy que "SÃO" foram citados como decks que usam Field Spell Cards.

Corrige la, sim. NÓS LEMOS

Emerson Martins de Deus disse:
7 de novembro de 2013 13:28

Eu espero que os LS ganhem um espaço maior no metagame, ganhando um ou outro torneio no OCG pode ser um bom começo. Eu já joguei um pouco de LS e digo que mesmo agora sem nenhum desses suportes ele não ficam atrás de qualquer deck, mas concordo que o DS pode ser uma ponte entre eles e o metagame.

Apo(não logo pq num quero) disse:
7 de novembro de 2013 14:38

LG ama Maxx C sahuashuas, enfim good post Lgzito bj na irmã -q.

Luiz Feliphe disse:
7 de novembro de 2013 15:55

"eu sou declaradamente um LS Player"
Sempre soube que você gostava de brilhar rsrs.

Anônimo disse:
7 de novembro de 2013 16:05

Eles ficaram bons, mas nao estão fodas. Espero que o novo LS seja mais util.

LG disse:
7 de novembro de 2013 17:07

Opa, verdade viridius, vou corrigir, seu lindo <3

Phil, vsf, ve se aparece no skype seu puto <3

Apo, vsf também, minha irmã n é p teu bico.

Emersu, eles foram ao tier 2 com os suportes, só não ficam no tier 1 pela probabilidade mais alta de ter mãos ruins ou um jogo regular, rápido do início ao fim.

LG disse:
7 de novembro de 2013 17:08

mais baixa****

Anônimo disse:
7 de novembro de 2013 19:02

qual a data de lançamento destas novas cartas

Anônimo disse:
8 de novembro de 2013 00:32

23 de novembro no OCG e sem previsão ainda no TCG.