4 de novembro de 2013

Here Comes a New Card #18: Rainbow Kuriboh

 

Eae pessoal, blzinha? Eu disse e não menti, gostem ou não a carta da semana é do mais novo dos meus xodós desse jogo. Tinha pensado em fazer post dele na hora que ele saiu, quando não tinha uma certa restrição e fazia possível fazer um Lock Down com ele.
 A todos os efeitos o post de hoje é do duende do arco-iris mais da hora do jogo, com vocês, ele:


Rainbow Kuriboh
★ 1 /LIGHT
ATK: 100 / DEF: 100
Demônio / Efeito 
Você pode usar cada efeito de "Rainbow Kuriboh" uma vez por turno. • Quando um monstro do oponente declara um ataque: você pode selecionar o monstro que ataca; equipe esta carta da sua mão no monstro que ataca. Ele não pode atacar. • Quando um monstro do oponente declara um ataque direto: você pode invocar especialmente esta carta do cemitério; e se você o faz, bana ela quando ela sair de campo.

 Rainbow Kuriboh vem no pack Legacy of the Valiant como uma carta Super Rara, Sim! Você leu direito: Super Rara! Uma curiosidade legal pra se comentar é que no TCG a primeira vez que o Kuriboh deu as caras num pack foi como Super Rara, no Metal Raiders.

 Como eu estava comentando, Rainbow Kuriboh parece estar vindo com uma certa expectativa pro jogo, talvez futuras intenções, mas só por olhar pra ele, e olhar o efeito dele não podemos dizer que ele é tudo isso, mas ainda assim é uma carta criativa. Uma outra curiosidade do Rainbow, é que ele é o único Kuri (sem contar os Winged Kuriboh LV) que não possui 300 ATK e 200 DEF.


  Hand Trap e Grave Trap (não faço ideia se o termo existe) ao mesmo tempo, acredito ser a primeira carta nesse estilo (e espero que venham mais), uma combinação um tanto abusiva e pra isso o efeito teve que ser moderado. Rainbow Kuriboh é versátil na medida do possível, mas não a ponto de ser uma staple em todos os decks, mas pode dar ala pra um deck criativo relativamente forte ou talvez uma carta de side inusitada e que pode dar certo contra certos decks. Bujins por exemplo, se você conseguir equipar o Kuriboh num Bujintei Susanowo ou um Bujin Yamato, sem tomar Turtle, o oponente vai ter um probleminha com o poder ofensivo dele, ele vai ter que baixar cartas pra mudar a situação. Contra o Susanowo fica ainda mais legal pois não tem mais o que o oponente fazer com o coitado, ele não serve pra mais nada fora ativar o efeito.

 Uma das pequenas críticas ao Kuriboh é que ele não nega efeitos, o que seria extremamente útil e faria ele ser muito mais valorizado. Imaginem uma Effect Veiler Union Monster, seria quase isso, impedindo ataques. Ambos os efeitos dele seguem a mesma linha de efeitos de um legitimo Kuri: te proteger. E o que a proteção geralmente acarreta no jogo? Tempo. O todo precioso tempo. Se você consegue pegar o oponente de jeito enquanto ele só possui 1 monstro com o primeiro efeito do Kuriboh você já tem uma vantagem. Em números isso seria 1 por 1, o Kuriboh te protege nesse turno (-1), na sua fase de compra você puxa uma carta novinha (+1). Mas onde está a vantagem, é uma simples troca, né? Não se o Kuriboh perdura-se do campo até o oponente fazer algo pra tirar ele dali, isso faz com que ele tenha que baixar ou ativar algo, -1 pra ele. E depois disso o que o Kuriboh faz? Volta pra campo de novo, dessa vez, direto do cemitério para barrar 1 ataque do oponente e talvez, garantir 0 de danos nesse turno e você pode pegar sua carta na próxima Draw Phase sossegado (+1).

 Agora que chegamos no segundo efeito desse bichinho, temos um mar de criatividade e jogadas. A principal delas e a que seria perfeita não fosse a restrição no começo é usar ele junto a Imperial Iron Wall, todo turno você vai ter o Kuriboh no cemitério pra barrar 1 ataque do oponente, se não houvesse a restrição seria o primeiro lockdown usando Kuriboh, pois seu oponente nem atacar direto iria poder. Mas ainda é uma jogada 100% viável caso você esteja com a Wall no side ou até mesmo em decks que usam ela como tech principal para as jogadas, Quillbolt que o diga.

 Algo negativo desse segundo efeito é que o oponente tem total acesso a cartas com Maxx "C", porém, devo ressaltar que fazer isso não é tão bom, já que o próximo turno é do oponente, que vai vir com tudo. Então, fiquem de olho.



 Entramos em um outro tópico quanto ao Rainbow Kuriboh: como enfrentar essa peste? Não tenho tanta certeza quanto a popularidade que este bicho vai pegar, mas por se tratar de carta nova sempre tem uns 20% que quer testar. E também por falar de carta nova, e falar de um pessoal que vai usar, sempre tem o pessoal que vai enfrentar alguem com isso. Eu já tinha citado no post anterior que o HCNC sofreria mudança na organização e essa é uma delas.

 Uma coisa a se notar é que se o cara tá rodando o Kuriboh é porque ele está buscando por tempo, se ele está de fato fazendo isso é porque tem algo grande por trás (sem piadinhas aqui). Um dos piores problemas de enfrentar um Kuriboh é que não tem aquela de "vou atacar aqui só com um monstro pra ver se tem backrow", ele não vai tolerar o dano, com algo da mão, as backrows vão ficar intactas pra peixes maiores. Mais uma coisa a se levar em conta é que se ele tiver usando cartas da mão pra parar seus ataques, backrows podem ser blefes (podendo ser assim armadilhas pra ajudar o jogo dele).

 Legal, você tirou o Kuriboh do teu monstro de algum jeito, você ainda vai ter que lidar com ele quando ele voltar do cemitério. E aqui pode entrar duas cartinhas que vão botar você em um cantinho: Honest e Darkness Neosphere. Honest surpresa, só de zoa, pra tirar um monstro do teu campo. Pode parecer fácil prever quando ele vem, mas o oponente vai ter backrow em campo também, se ele por Kuriboh em ataque, alguma coisa ele tem, ou pode ser simplesmente um blefe daqueles (decks com Winged Kuriboh geralmente tem essa peculiaridade). Lembrem-se que Lumenize também existe e que funciona mesmo em defesa.

 Darkness Neosphere, com seu ataque bruto pode fazer um estrago, seu efeito nem tanto, mas sempre é bom ficar com o terceiro olho atento. O Kuriboh volta do cemitério bem na hora de cumprir o requisito do seu efeito: tomar ataque. Geralmente você vai cair em cima do Kuriboh pra ele não voltar mais, e é ali que a magia acontece. Ainda assim é um custo "um tanto" justo do Neosphere, mas é um -2 feio na mão do cara, isso se ele não puder aproveitar do monstro que ele descartou no cemitério.



Decklist: Archfiend Neosphere feat. Rainbow Kuriboh

Monstros:

Darkness Neosphere x2
Rainbow Kuriboh x3
Tragoedia x1
Gorz the Emissary of Darkness x1
Tour Guide From the Underworld x2
Tour Bus From the Underworld x1
Archfiend Cavalry x2
Archfiend Commander x2
Archfiend Heiress x3
Archfiend Emperor, the First Lord of Horror x3

Magicas:

Allure of Darkness x1
Mind Control x1
Dark Hole x1
Book of Moon x1
Archfiend Palabyrinth x1
Trade-In x2
Pot of Duality x2
Mystical Space Typhoon x2

Armadilhas:

Torrential Tribute x1
Compulsory Evacuation Device x1
Solemn Warning x1
Bottomless Trap Hole x1
Mirror Force x1
Waboku x2
Call of the Haunted x2

Extra Deck:
15x A sua escolha

OBS: Copiar Decklist do Devpro é uma benção, meu deus...

 A princípio parece uma ideia bem bizarra, mas é uma das poucas que usufrui do Neosphere de forma saudável, digo, o prejuízo pra caso ele saia de campo é minimizado de forma exemplar. E tudo isso graças a ninguém menos que Archfiend Heiress, que por ser mandada pro cemitério pelo efeito de qualquer monstro já busca uma carta Archfiend do deck. Como alguns já sabem, os novos Archfiends tem uma peculiaridade que é a força bruta, se você ainda preferir usar Skill Drain, melhor ainda, dando uma pegada mais feia pro oponente, único problema é que o Kuriboh equipado não tem efeito.

 Waboku, uma carta genial junto ao Rainbow Kuriboh, ainda mais em deck que uma hora ou outra requer uma invocação por tributo por exemplo. Ao invés de ativar ela antes, espere o oponente concluir a condição pra você buscar o Rainbow Kuriboh do cemitério e aí sim ativa-la. Sobra 1 monstro no teu campo pro teu próximo turno. Fora que o Waboku garante um turno pra você também, garantindo mais espaço pros Archfiends fazerem seu trabalho e caso as coisas estejam demorando Neosphere e seu ataque forte ajuda a terminar o jogo o quanto antes.

 Trade-In dá um impulso pequeno, mas válido, pegando duas cartas dentre as quais pode ser um Archfiend Commander, e com um Cavalry na mão, você já consegue buscar o First Lord do cemitério e desestruturar o campo do oponente. Tour Bus também tem seu efeito ativado, assim como a Heiress, pelo Neosphere, com ela você pode voltar um monstro importante que está no cemitério pro deck. Podemos dizer que Tour Guide é o alvo principal. Ou logicamente, ferrar o cemitério do oponente com ela, o que é sempre muito legal.



 Encerrando o post por aqui, espero que tenham gostado, principalmente da carta. Cumprido o dever de homenagear meus queridos e semana que vem, mais uma carta nova do LVAL por essas bandas, claro. Uma não, duas!!
 Enfim, eu fico por aqui mais uma vez, comentem e falous.

OBS: Só fui reparar agora que "Rainbow" tem o mesmo numero de letras que o numero de cores do Arco-Íris.
OBS2: "Kuriboh" também tem...

Comentários
15 Comentários

15 Comentários:

Emerson Martins de Deus disse:
5 de novembro de 2013 20:58

Eu ouvi dizer no facebook que você tinha saido, mas parece que não, melhor para nós ^^

Gostei bastante do post e também acho que Rainbow Kuriboh pode aparecer, mesmo que timidamente, e quem sabe no futuro ele se torne o xodó de outros players em relação ao mundo competitivo, tudo vai depender do tempo.

Carlos Henrique disse:
5 de novembro de 2013 21:31

Rainbow Kuriboh é muito cute para ser Fiend type ;-;

Ótimo post, e gostei muito do deck, vou testá-lo e como sempre fazer as mudanças que eu gosto de fazer...

Lucas Gaspar disse:
5 de novembro de 2013 21:43

Subo nunca saiu do blog '-'

Emerson Martins de Deus disse:
5 de novembro de 2013 22:15
Este comentário foi removido pelo autor.
Emerson Martins de Deus disse:
5 de novembro de 2013 22:16

@LG: E por que você colocou no face "Volta Subo"? Eu lembrei que foi o Blu que fez a ultima carta da semana e associei as coisas, e ele ter sido banido do chat aumentou a crença em minha hipótese '-'

subonito disse:
5 de novembro de 2013 22:24

HUHAUHAUHAUHUHAUHA
Piada interna. Tou rindo mesmo foi dessa sua suposição. Você tem uma imaginação boa e um senso de drama grande tbm, Merson, gostei disso.

Jhonatan disse:
5 de novembro de 2013 22:35

Não entendi uma coisa: se a Skill Drain estiver ativada, o Rainbow Kuriboh equipado também é negado mesmo? Se ele tá como equip card ainda é considerado monstro? Eu já testei aqui com os dragunitys no meu jogo e eles não são considerados monstros.

subonito disse:
5 de novembro de 2013 23:01

Eu li no literal, nunca cheguei a testar. O Kuriboh não diz ser tratado como uma magia ou armadilha, e a Skill Drain diz negar todo monstro face-up no campo. Qualquer caso de duvidas, só tentar em jogos oficiais (usando alguma carta com efeito parecido) ou nos simuladores automaticos.

dragon_hibrid disse:
5 de novembro de 2013 23:20

Montei um deck kuriboh no ygopro e de todos os kuris o que vc vai querer encontrar mais na mão é o rainbow.

ps: deck kuriboh com a lista do ocg, usando 2 gorz e 2 chaos sorcerer é coisa linda de se ver

CyberBlu disse:
5 de novembro de 2013 23:34

@Jhonatan, quando um monstro é equipado em outro e ele vai parar na Spell & Trap Zone, ele não é mais tratado como um monstro, e sim como uma Equip Card, e como apenas Spell Cards possuem o (+) que representa uma Equip Card, ele é tratado como uma Equip Spell Card, podendo ser destruído por MST, mas seus efeitos de monstro na Zona de Monstros no campo são negados.

Muito bom o post Subo, fiquei imaginando esse Kuriboh como o monstro ás do Jesse do GX, competindo com o Winged Kuriboh do Jaden e abrindo portas para a invocação do Rainbow Dragon *-*

Flw gatos

CyberBlu disse:
5 de novembro de 2013 23:39

Só acrescentando o que eu disse se cima... Se uma Trap Card diz que é equipada em um monstro como uma Equip Card (Ex: Blast with Chain), ela não é tratada como uma Equip Spell Card e sim como uma espécie de "Equip Trap Card", portanto não pode ser destruída por "De-Spell", por exemplo.

Apo disse:
5 de novembro de 2013 23:52

Continue assim seu preto <3, RAINBOW KURIBOH IS LIIIIIIIFE!

Anônimo disse:
6 de novembro de 2013 00:22

muito lindo esse subo mds

dragonlord disse:
6 de novembro de 2013 13:45

Agora que o blu falou também imaginei o Jesse com o Rainbow Kuriboh como ás. Enfim, gostei bastante desse carinha, é uma pena que ele só tem 100 de ATK e DEF diferente dos outros.

CyberBlu disse:
6 de novembro de 2013 13:49

Verdade @dragonlord, isso ficou meio sem sentido mesmo.