27 de outubro de 2013

Gagaga Academy Tospedia #8


Na academia dos Gagagas, exite uma biblioteca cheia de livros para pesquisas sobre as criaturas místicas que existem no mundo, arquivos que demoraram anos para serem totalmente escritos. O livro de hoje trata-se de tudo o que os Gagagas conhecem a respeito dos Ghostrick, os monstrinhos que adoram pregar peças nos outros.

Obs: A Gagaga Academy Tospedia é uma coluna mensal da V-Jump(revista japonesa, onde geralmente saem noticias sobre Yu-Gi-Oh), a Tospedia contêm a storyline dos archetypes da Série 8 de booster packs.

                                                                                                                


Os moradores obscuros que vivem fazendo travessuras

Moram em uma mansão perto dos seres humanos, eles são os "Ghostricks", que gostam de fazer pegadinhas com os humanos. Enquanto esperavam ansiosos pelas pessoas que vêm para sua casa(devido aos rumores desta casa ser assombrada), eles percebem que não vão poder fazer brincadeiras hoje, porque ultimamente muitas pessoas não tem mais acreditado na existência deles e consequentemente não tem vindo para sua casa, e agora eles estão meio solitários.


                                                                                                        

Achei a Tospedia um pouco mais curta, mas deve ser só impressão, e de qualquer forma é mais uma que já foi traduzida para o prazer de vocês, espero que gostem e infelizmente eu não tenho previsão de quando vai sair a próxima Tospedia no Nexus e qual sera o archetype abordado, então resta esperarem e logo quando for mostrado eu farei a tradução. O que acharam da história dos Ghostrick?

Comentários
6 Comentários

6 Comentários:

BRZEXAL disse:
27 de outubro de 2013 13:41

Este é o novo Archetype que estou me especializando. Adorei o novo Exceed que vai vir para eles. Acho que agora este Deck rodará muito bem! Adorei o post!

Anônimo disse:
27 de outubro de 2013 13:46

muito bom, parabens Emerson

GabrielX disse:
27 de outubro de 2013 19:39

Sem querer ser chato mas já sendo, tá com uns errinhos legais no post

- Introdução
"Moram em uma mansão perto dos seres humanos"

O mais correto seriam "Vivendo" ou "Morando", pela flexão do verbo

"Enquanto esperavam ansiosos pelas pessoas que vêm para sua casa"

*Enquanto esperavam ansiosos por pessoas virem à sua casa

"eles percebem que não vão poder fazer brincadeiras hoje"

[...] fazer *tantas brincadeiras [...]

"porque ultimamente muitas pessoas não tem mais acreditado na existência deles e consequentemente não tem vindo para sua casa"

A parte do "consequentemente não tem vindo para sua casa" é desnecessária, tanto que nem no original tem isso

- Lantern e Specter

"Estes dois amores"

Na verdade, ele diz "Estes dois amam surpreender as pessoas"

"que andam na mansão saltando DERREPENTE para fora das sombras"

Ai. Meu. Pâncreas.
Se teve problemas com a escrita, usasse "repenteinamente", mas "DERREPENTE" é separado, no caso, "de repente"

- Alucard

"E, o mestre deles, coberto pelas trevas, passa o dia a dia vigiando esses barulhentos"

Na verdade, ele diz "Eu, o mestre deles, coberto pelas trevas, passo o dia a dia vigiando os barulhentos"

Anyway, melhor prestar mais atenção nessas traduções Emersu

lurkingSombres disse:
27 de outubro de 2013 20:03

Pena que não tem a Mary ainda.

Anônimo disse:
27 de outubro de 2013 21:20

muito boa a história dos ghostrick

Emerson Martins de Deus disse:
27 de outubro de 2013 21:45

@GX: Eu faço umas adaptações no texto para melhor entendimento, então não são erros e sim mudanças de uma palavra para outra, mas obrigado de qualquer forma, estou apto a receber críticas. E boa parte aí não atrapalha no entendimento do texto, eu não faria nenhuma mudança drástica na história só alteração de uma palavra ou outra, pois eu acho que assim o texto ficou mais produtivo, mas concordo que o "derrepente" foi tenso, eu tinha esquecido de separar e não reparei.