23 de outubro de 2013

Curiosidades sobre o Tufão Místico do Espaço (Mystical Space Typhoon): A carta mais popular em decks desde sempre!

mst

Eae galerinha, como vão? Sempre foi de meu interesse saber a carta mais usada nos decks em geral desde que o Yu-Gi-Oh! é Yu-Gi-Oh!, e pesquisando um pouco eu cheguei a uma conclusão: Mystical Space Typhoon, nada chega aos pés desta carta!

Este post contém algumas curiosidades de interesse geral sobre esta carta. Segue!



Efeito da Mystical Space Typhoon: “Target 1 Spell/Trap Card on the field; destroy that target.”, traduzindo: “Alveje 1 Spell ou Trap Card no campo; destrua a carta alvejada” (Alvejar = Selecionar).

Com esse efeito, MST - como os jogadores em geral costumam chamar ela, afinal, o nome não é nada pequeno para ficar falando toda hora –, ela é uma STAPLE – outro termo usado para as cartas que são indispensáveis na maioria dos decks da atualidade –, ainda mais depois do banimento de Heavy Storm, que deixou os decks um pouco livres para setar mágicas e armadilhas sem preocupação com uma carta que destrua todas elas de uma vez. 3 cópias de MST, ou 2 para aqueles decks que possuem outras formas de destruir backrow - Linha de Trás do campo do oponente, onde ficam as mágicas e armadilhas – está na moda nesse formato.

Sem mais enrolação vamos às curiosidades!

  • MR-BoosterJPMystical Space Typhoon foi lançada pela primeira em 20 de Abril de 2000, no set Magic Ruler. Ela só chegou ao TCG em 2002 no booster Spell Ruler (que é a combinação dos set Magic Ruler e Pharaoh’s Servant do OCG);
  • Mystical Space Typhoon é a carta que mais foi impressa na história do jogo: Pasmem vocês, ela teve 25 reprints no TCG e 29 reprints no OCG. É a carta mais reprintada, e grande parte desses reprints são dos Structures Decks do 1 ao 12; E eu pensava que era o Blue-Eyes White Dragon…
  • Desses reprints, a maioria deles foram em raridade Common, o que torna ela uma das cartas mais fáceis de se adquirir em Yu-Gi-Oh!;
  • Se for contar com os reprints do OCG e do TCG, ela já foi impressa em todas as raridades, exceto Ultimate Rare e Holographic Rare;
  • Ela foi a primeira carta a ser impressa como Ghost Rare;
  • O nome dela em japonês é “サイクロン” que traduzido significa “Ciclone”. Por causa disso, a carta “ダブル・サイクロン” (Double Cyclone) é considerada uma versão avançada dela;

Dub_Edit_7

  • Ela é uma das poucas cartas a aparecerem em todas as séries de Yu-Gi-Oh! (Duel Monsters, GX, 5D’s e Zexal), juntamente com Polymerization, Mirror Force e The Warrior Returning Alive. Lembram da bola de futebol do Striker (Kakeru) na primeira temporada do Zexal?
  • Legal que as iniciais MST também são as iniciais de Monsters, Spells e Traps. Também é as iniciais de Movimento Sem-Terra. Não tem como, depois que você percebe, toda vez que escrever ou ler Mystical Space Typhoon vai lembrar desse movimento (pelo menos comigo é assim);

Ela pode ser a carta mais usada nos decks desde sempre, a mais fácil de conseguir, mas nunca chegará aos pés de seu counterpart Dust Tornado, sabe por quê? O Samuel explica no post abaixo (de dezembro de 2012):



Então é isso galerinha, espero que tenham gostado do post, e para mais curiosidades legais e aleatórias como essa, acessem a categoria Curiosidades no menu lateral. Comentem e até mais!

Comentários
14 Comentários

14 Comentários:

Emerson Martins de Deus disse:
23 de outubro de 2013 11:46

Só tenho a dizer uma coisa, MST é tão foda que nega a ativação de mágicas e armadilhas!(Entendedores entenderão).

Belo post, e claramente a MST sempre esta presente em um main deck, independentemente de que deck seja.

CyberBlu disse:
23 de outubro de 2013 12:23

MST só nega Fire Formation - Tenki (ou outras mágicas contínuas que tem seus efeitos ativados assim que são usadas e que a condição seja estar em campo).

Anônimo disse:
23 de outubro de 2013 12:32

no zexal ela tbm já apareceu em outro episódio, no episódio 10 o shark usa ela no duelo contra o yuma

Emerson Martins de Deus disse:
23 de outubro de 2013 12:43

@Blu: MST não nega, da miss time, e eu acho que você não entendeu a minha piada.

CyberBlu disse:
23 de outubro de 2013 13:03

Entendi sim Emerson, você se referiu aos noobs do DN.

MST da miss time, que é quase a mesma coisa que negar, acho que você não entendeu a minha piada.

Emerson Martins de Deus disse:
23 de outubro de 2013 13:12

Melhor pararmos, é desentendimento demais por hoje '-'

Labyrinth Wall disse:
23 de outubro de 2013 15:51

ela é a primeirs Ghost?!

eu tenho ela assim!! *-*

MST forever, nem acredito que ela já esteve na banlist

CyberBlu disse:
23 de outubro de 2013 17:43

Labyrinth, considere-se sortudo então!

Anônimo disse:
23 de outubro de 2013 17:43

gostei do post, parabéns para quem o fez

Enzzo disse:
23 de outubro de 2013 19:01

Excelentes curiosidades!
Eis uma mensagem subliminar nisso ae:Ela compartilha a mesma sigla dos sem-terra porque é a única carta que pobre pode comprar (vai ver é por isso eu tenho umas 30 D=)

Labyrinth Wall disse:
23 de outubro de 2013 19:09

@Enzzo
SHuiahsuIAHSua

eu tenho 5: 1 ghost, 1 super e 3 comuns

Anônimo disse:
24 de outubro de 2013 09:52

Na verdade ela não foi a primeira ghost, que eu saiba a versão ghost é a do Gold series 5, que saiu faz no máximo 2 anos.

E a holographic rare é praticamente a ghost do OCG, dá na mesma.

@Enzzo

Lembro quando custava 2, 3 reais hj uma comumzinha amassada tá R$10 rsrs

Labyrinth Wall disse:
24 de outubro de 2013 15:40

@anônimo das 09:52

foi exatamente aí que saíram as primeiras Ghosts

Mfthematt disse:
25 de outubro de 2013 11:11

essa carta tem historia :3