28 de outubro de 2013

1st Place Tournament of the City: Labyrinth Wall - Mecha Phantom Beast


Fala galeraaaaaaaaaaaaaaaaa, estamos de volta com mais um torneio épico na vida de um reles jogador igual a mim. Depois do Top 2 com os aviões marotos, chegou a hora de levar o primeiro título para casa. Acompanhem na continuação alguns detalhes sobre cada partida, cartas destaques e a decklist no final. =)

Lá vai:



O Top 2 que peguei algumas semanas atrás foi o melhor que já tinha chegado até agora, depois disso houve mais dois torneios, mas como não falei nada deles, dá para ter uma ideia da minha campanha. Consegui um 7º em 10 pessoas e um lamentável 18º em 18 pessoas (levando cacetadas de BLS feat. Honest, BW, Pleiades e HERO D= ). Mas acabou o tempo de vacas magras. E o tão sonhado Top 1 chegou, mas eu tive uma grande aliada o torneio todo: SORTE.

Rodada 1: Mecha Phantom Beast vs. Agent (Mesa 3)


Duas coisas foram perceptíveis nesse torneio: Os duelos que perdi, eu fui massacrado. Os que eu ganhei, ganhei suado. E logo de cara eu pego um nômade dos decks, simplesmente o mesmo player do Dragunity que me venceu na final do que fiquei em 2º, me venceu com um Lightsworn no outro e me massacrou com HERO no que fiquei em último, outro detalhe é que nunca venci esse cara. '-'

Duelo 1: Como eu disse, os rounds que perdi foram molezas para o oponente, Agent chicletou no campo até a chegada de Archlord Krystia, que não deu chances para o Mecha fazer nada. 0x1

Duelo 2: Nesse podemos contar com a melhor dupla do torneio (Megaraptor e Aerial Recharge) que abriram as jogadas do deck e inclusive um Gustavo Máximo chegou nessa para detonar, Krystia não veio, mas Hyperion veio e deu trabalho também, mas os Mecha administraram bem e vencemos. 1x1

Duelo 3: Mecha Phantom Beast, se não fizer tokens não faz nada, Krystia foi o suficiente para segurar o campo, até eu entregar o duelo e o match consequentemente. 1x2

Carta Destaque: Archlord Krystia

Não tem como destacar outro cara, esse realmente foi o grande problema dos Mechas, alguns Krystias foram detidos, mas como ele volta para o topo, logo ressurgia para dar dor de cabeça. Hyperions apareceram, mas não causou nenhum problema, sendo detido facilmente.





Rodada 2: Mecha Phantom Beast vs. Blue-Eyes Maiden (Mesa 4)


Como já começa perdendo, vai caindo algumas mesas, mas para a 2º rodada, pude contar com a força total do deck para combater esses Blue-Eyes. Sendo um duelo inédito em torneios, contra player novo e um deck novo.

Duelo 1: Sinceramente eu achei que ia perder esse round logo de cara, quando tive que lidar com Azure-Eyed e vários Blue-Eyes, uma Mirror Force me salvou de perder em um ataque direto de 2 Blue-Eyes, depois dessa Dracossack fez a festa junto do Scrap Dragon e Catastor também para poder fazer 1x0

Duelo 2: Novamente pude contar com a dupla Aerial Recharge e Megaraptor para abrirem as jogadas do deck. Nessa Big Eye e Armory Arm fizeram uma bagunça louca para corrigir erro maroto, como visar uma Maiden com o efeito do Eye para fazer synchro do Armory e depois equipar o próprio no Eye para ficar com ataque maior do o Blue-Eyes que chegou marotando, mas uma Dark Hole consertou a bagunça. o duelo foi apertando encerrando no tempo, tive que fazer jogadas suicidas para poder manter os LP's maiores para, me desculpe LG, vencer esse deck de Blue-Eyes 2x0

Carta Destaque: Aerial Recharge

Destaque para a trap mais linda do universo que sem ela, o Megaraptor não ia muito longe, podia destacar a Mirror também que me salvou de uma morte rápida, mas a Aerial que rodou demais nesse champs merece o destaque por ter aberto as jogadas do deck junto ao Megaraptor.





Rodada 3: Mecha Phantom Beast vs. Utopia ZW (Mesa 4)


Caramba, venci e não subi de mesa. xD Mas é assim mesmo, nesse round enfrentei um problemático deck de Utopia com suas ZW foderosas, minha sorte estava aí, já que esse player está começando a jogar a pouco tempo o card game (o do Blue-Eyes também) e seu deck está incompleto, faltando inclusive staples.

Round 1 e Round 2: Uma carta que conseguiu me ferrar o duelo todo foi uma trinca de Swords of Reaveling Lights, essas me deram muita dor de cabeça e Utopias surgiram detonando o campo também para dificultar as coisas, mas o legal que os dois singles foram bem parecidos e Cossack teve que garantir os dois. 2x0

Carta Destaque: Mecha Phantom Beast Dracossack

Tenho que destacar o Dragonov que junto ao Scrap Dragon, puderam se livrar das espadas da luz reveladora que encheram o cossack saco a um bom tempo. Mas é claro que Aerial e Megaraptor também rodaram nessa.






Round 4: Mecha Phantom Beast vs. Dragon Ruler Plant (Mesa 2)


Pronto, chegou a hora de perder e ir embora mais cedo para casa e chorar mais uma falha do deck, esse foi o pensamento na hora de enfrentar esse deck poderoso que agora estava apenas com 3 Dragon Ravine. xD (Clique AQUI se você não entendeu). Mas confesso que queria essa partida ao invés das outras que eu poderia ter ainda.

Duelo 1: Os Rulers não quiseram jogar esse round, mesmo com algumas Reckless Greed e algumas Seven Stars, o deck não pode fazer nada e um Card Trooper ainda fez um péssimo mill, esse duelo foi finalizado por entre Gustav Max e Catastor que não tiveram problemas em atacar em um campo vazio. 1x0

Duelo 2: Esse round não tenho nem o que falar, os Rulers resolveram jogar nessa e num piscar de olhos finalizaram o round sem o mínimo de problemas. Parecia o Zigfried Von Schroder derrotando o Rex Raptor e o Weevil. 1x1

Duelo 3: Esse round entrou para a história, como um campo onde tinha um Cossack, Scrap Dragon e um Stardust, mas esse campo não era meu, tudo o que eu tinha eram 2 sheep tokens de uma Scapegoat que levou cossacada ou scrapada. Mas então eu fiz uma jogada muito avançada para meus neurônios, usei Dark Hole para que o Stardust a negasse, usei Enemy Controller para controlar o Dragonov para então tributar ele mesmo para destruir o Scrap (pelo menos eu ia me livrar de dois problemáticos), mas a wild Skill Drain do side appears e ferrou tudo, mas suicidei o Cossack no Scrap. Não lembro o que aconteceu que o Scrap saiu de campo, mas de repente a wild Five-Headed Dragon appears e ferrou tudo. Mas numa shining destiny draw, com coração das cartas e kattobingu-da ore eu saco a outra Enemy Controller com direito a tributar um sheep token de outra Scapegoat e controlando o 5 Cabeças para atacar o Stardust e finalizar o duelo epicamente. *-* 2x1

Carta Destaque: Enemy Controller

O side chamado Enemy Controller foi incrível nessa partida, fazendo duas jogadas incríveis inclusive a que trouxe a vitória, passando por cima da tão problemática Skill Drain que arrebenta com os Mechas, a trinca de Scapegoat foram bem fundamentais também, principalmente para trazer as defesas que seguraram os caras grandes do Ruler Plant.




Top 4

Constellar vs. Mecha Phantom Beast
Evilswarm vs. Agent

Ambos do top 4 ficaram com 3 vitórias e 1 derrota, uma ótima classificação para mim já que acabei deixando o Ruler Plant, um Constellar fodônico e um Dragunity (semelhante ao que me derrotou naquele top 2) de fora do top 4.

Top 4: Mecha Phantom Beast vs. Constellar


Agora chegou a hora de enfrentar o pé no saco chamado Pleiades (acho que a Konami só não quebra esse cara porque senão vai quebrar o deck inteiro, não falo isso por implicância, mas todas partidas que eu vi onde o Pleiades não deu trabalho, ou não foi usado, Constellar foi massacrado).

Round 1: Pleiades 0x1
Round 2:  Esse o Pleiades também apareceu e foi bem combatido nessa, já que pude desfrutar de 2 Horn of Heaven e da Solemn Warning para combater esses caras Polluxes, Kauses e Sombreses da vida, mas isso não era suficiente para vencer esse round, o deck ia mal até chegar quem? Megaraptor com sua parceira Aerial Recharge para virarem a partida com muito estilo, como gastei todas jogadas do Constellar, a partir daí foi simples a finalização. 1x1

Round 3: Nessa eu tive um grande azar de não sair com defesas e o deck foi devastado (igual no round 1) por Pleiades e sua turminha da pesada, deve ter durado uns 4 turnos o duelo. 1x2

Espere. Como assim teve azar de não sair com defesas? e a sorte que você falou no início da postagem? E como assim perdeu de 2x1? Você disse que pegou top 1...

Calma, tem resposta para isso, a minha sorte está no simples detalhe em que pouco depois da derrota para Constellar, o player teve que se retirar do torneio por compromissos da vida e cedeu a vitória para mim. '-' Tecnicamente eu perdi e fui eliminado e não fiquei muito animado com isso, mas encarei a situação de boa e avancei para o top 2. =)


Carta Destaque: Mecha Phantom Beast Megaraptor

Agora eu posso destacar o Megaraptor porque ele foi uma ótima draw quando eu já tinha a Aerial setada em campo, então ele apareceu novamente para dar um start nas jogadas fodas do deck para poder ganhar o 2º round.






Top 2

Evilswarm vs. Mecha Phantom Beast
Chegou novamente a hora de decidir um torneio. D=

Final: Mecha Phantom Beast vs. Evilswarm


Dessa vez o título do torneio era contra o Evilswarm que me derrotou no nosso último encontro, que foi aquele que fiquei no top 2. E Evilswarm estava buscando um título inédito na cidade também, ia ser uma pedreira muito grande.

Round 1: Uma vantagem eu já tinha de fábrica, como meu Main Deck era todo focado em monstros com Lv 4 ou menor, Ophion já não era muito problema. O primeiro round foi definido por um Gustavo Máximo que foi para a porrada e causando dano com o efeito dele, Do a Barrel Roll o salvou de levar uma Bottomless na cara e isso foi importante para abrir o placar nessa final. 1x0

Round 2: Evilswarm não é algo para brincar, então vamos de side deck para esse round. E minha única cópia de Rivalry of Warlords foi o suficiente para segurar a partida até a vitória, foi muito bem ativada contra um Heliotrope que ia entrar em campo quando um Thunderbird já estava lá, então mantive os Machines com força total para finalizar o duelo e levantar a taça do torneio. =)

Carta Destaque: Rivalry of Warlords

Vou ter que falar dessa trap chata mesmo, já que ela segurou bem o duelo para poder conseguir a vitória, se eu demorasse dois turnos a mais, ela ia tomar MST na orelha e ia para o saco, mas eu tinha uma Fiendsh setada que nas demais circunstâncias, ia ser suficiente para manter a vitória.





Realmente eu não considerei muito o título e nem estou tão animado por causa dessa derrota para Constellar, mas todos os outros consideraram que eu podia jogar a final de boas e também ficar com o top 1. =)

AVISO: Esse torneio, por ser um torneio que não estava valendo nada, o pessoal não estava com força total e muitos estavam testando cartas e jogadas novas (eu que fui com tudo que eu tinha), então favor não criticar nenhuma jogada ou carta que foi mencionada nessa postagem. Obrigado =)

Então que tal uma decklistizinha esperta para vocês? =)


Monsters 17:

3x Mecha Phantom Beast Megaraptor
3x Mecha Phantom Beast Tetherwolf
3x Mecha Phantom Beast Hamstrat
3x Mecha Phantom Beast Warbluran
2x Mecha Phantom Beast Harrliard
2x Mecha Phantom Beast Blackfalcon
1x Genex Ally Birdman

Spells 9:

3x Mystical Space Typhoon
3x Scapegoat
2x Shard of Greed
1x Dark Hole

Traps 14:

3x Aerial Recharge
2x Mirror Force
2x Do a Barrel Roll
2x Horn of Heaven
2x Fiendish Chain
1x Compulsory Evacuation Device
1x Bottomless Trap Hole
1x Solemn Warning

Extra Deck 15:

1x Lightning Chidori
1x Mecha Phantom Beast Dracossack
1x Number 11: Big Eye
1x Number 74: Master of Blades
1x Superdreadnought Rail Cannon Gustav Max
1x Skypalace Gangaridai
1x Photon Strike Bounzer
1x Mecha Phantom Beast Concoruda
1x Black Rose Dragon
1x Armory Arm
1x Ally of Justice Catastor
1x Gaia Knight the Force of Earth
1x Scrap Dragon
1x Crimson Blader
1x Stardust Dragon

Side Deck 15:

2x D.D. Crow
2x Maxx "C"
2x Penguin Soldier
2x Snowman Eater
1x Jinzo
2x Enemy Controller
2x Dust Tornado
1x Starlight Road
1x Rivalry of Warlords

As alterações que eu fiz foram aumentar os Wablurans para aumentar também os Synchros, aumentar as Scapegoats para usar Horn of Heaven e Do a Barrel Roll (ficar mais para os MPB tokens) no Main Deck.
Então galera, é só isso, espero que tenham gostado e ainda não tenham enjoados de mim ficar enfiando Mechas Phantomses Beastses no cérebro de vocês. =)
Até a próxima. =D

Comentários
11 Comentários

11 Comentários:

Anônimo disse:
28 de outubro de 2013 12:19

Se eu fosse voce, caso tenha ganhado um trofeu ou medalha, na próxima entregaria para o rapaz que lhe deu uma oportunidade de continuar. Acho que uma boa ação segue de uma boa ação.

Carlos Henrique disse:
28 de outubro de 2013 12:29

Você deve tudo ao cara que deixou você continuar ^^, pode retribuir com algo, mas lógico fica a cargo do que você acha...

Emerson Martins de Deus disse:
28 de outubro de 2013 13:07

Bom post Wall, se o Potter ainda estivesse vivo ele adoraria este post ;-;

Sdds Potter.

R.I.P Potter ;-;

Enzzo disse:
28 de outubro de 2013 14:04

Aeee! Parabens, cara! Merecido!
Então é essa a decklist campeã da qual você estava me falando quinta, realmente ficou muito boa!
Enfim, o cara do Constellar foi muito gente boa, aposto que é o tio dos hieratic XD

CyberBlu disse:
28 de outubro de 2013 16:51

Parabéns Lawall! (Minha preguiça acabou de inventar um novo apelido). Porque tirou os Karakuri do deck?

Labyrinth Wall disse:
28 de outubro de 2013 17:14

@anônimo¹
não teve prêmio, era um torneio preparativo...aqui é assim, todo sábado tem duelos randons para o torneio de domingo e 3 torneios de domingo são os preparativos para o torneio valendo de verdade

@Carlos Henrique
eu dei uma tesoura para ele cortar os Pleiades dele no meio!! =)

@Emerson
com certeza ele ia adorar. =,(

@Enzzo
essa mesma, não era o tio do Hieratic, esse nem estava ontem! xD

@Blu
Testando builds novas Blu. =/

@All
vlw a todos =)

Man El disse:
28 de outubro de 2013 19:56

Meus parabéns! E sim, Constellar sem Pleiades não faz nada, agora acho meio apelão; mas como vc falou, se banir ou limitar o Pleiades, morreu o arquétipo.

Anônimo disse:
29 de outubro de 2013 10:34

Parabens!!!! =D
Mas como faz pra participar dos torneios?? D=

Anônimo disse:
29 de outubro de 2013 12:08

Por favor,façam um Post sobre Constellar,combos e etc

Vlw! :D

Labyrinth Wall disse:
29 de outubro de 2013 16:41

@Man El
vlw cara, limitar até que não, precisa ser banido mesmo para morrer o arquétipo. =)

@anônimo 10:34
vlw...bom, aqui na cidade tem a galera que joga, então nos fds, nós juntamos para jogar

@anônimo 12:08
a única jogada do Constellar é essa, Normal Pollux, normal Kaus, efeito Kaus, special Pleiades...se vc não fizer isso, vc morre logo

CyberBlu disse:
30 de outubro de 2013 22:30

Constellars são muito chatos, a Konami precisa lançar uma carta que impeça dos monstros de trocarem seus Levels.