18 de setembro de 2013

Nexing #2: Weevil Underwood

BANNER POR BLU, OBRIGADO CHEFE

Ola galerinha, sentiram saudades do Nexing? E de mim? Tá, de mim nem tanto, mas com certeza estavam ansiosos para saber quem seria o próximo personagem abordado nessa série, que de tempos em tempos trará clássicos duelistas com decks um tanto quanto, modernos.

Na primeira edição, falamos do grande vilão de toda a primeira série do anime clássico, que encantou e enfureceu à muitos, Pegasus, e agora, seguindo as ordens, vamos falar do primeiro adversário do pequeno Yugi no Reino dos Duelistas, o trapaceiro, Weevil Underwood.



À começar pelo seu nome, Weevil nos remete à mal, medo, e foi exatamente isso que foi tentado nos passar através do nome do Rei dos Insetos, e Underwood (sob/debaixo à/da árvore), ja nos leva ao verdadeiro estilo do cabelinho de tigela, pois quem vive embaixo de árvores? É claro, insetos.

Uma leve biografia sobre Weevil, ou melhor, uma inserçao à seu caráter, nos diria que depois de perder no Reino dos Duelistas para Yugi, com aquele efeito que vou te falar viu o garoto também reapareceu na batalha da cidade, quando perdeu para Joey, mesmo trapaceando, depois ele apareceu novamente na temporada do "Orichalcos" e adivinhem? Foi derrotado, ou seja, aquele que foi o primeiro vice-campeão mundial no anime, nunca ganhou um duelo na vida.

Em toda a sua vida de duelista, Weevil usou decks de insetos, tendo como foco no primeiro ano as Mariposas que subiam de nível, no segundo o Parasita que era colocado no deck do adversário e dali em diante, pouco se soube sobre isso. Mas e hoje? Qual deck usaria o amante dos seres mais antigos da Terra? Na minha opinião, seria esse aqui:

_______________________________________________________

_______________________________________________________

Sim, voces estão vendo certo, Butterspy Swarm. "Mas seu Buh, os Butterspy são warrior e nao insetos ..." Ai você liga la na Konami e reclama, porque pelo menos pra mim, na minha visão, e diga-se de passagem, BORBOLETA É INSETO E PRONTO! Se estiver achando que não é, vai lá na sala, entra na frente da sua mãe quando ela estiver assistindo o Programa da Tarde e pergunta se Borboleta é Guerreiro. Ansioso pela resposta, rs.

Mas vamos lá, eu escolhi esse deck porque pra mim representa bem as mariposas que o Weevil usava na primeira temporada, e tem sim status de deck de inseto, além é claro, de ter um controle defensivo muito grande, coisa que Underwood fazia muito bem.




Ai estão as três principais criaturas do deck, ou melhor, as três Butterspy's do deck. A primeira, Morpho, tem a habilidade de diminuir mil pontos de ataque e defesa de um monstro oponente que tem sua posição de batalha mudada, que tal em Morphtronic?

Depois temos Blue Mountain e Swallowtail. Mountain é um Kagetokate com asas, que só funciona em Normal Summon de Warriors, porém, não há restrição de level, o que acontece com o réptil. Por último, o rabo de passáro tem o efeito de diminuir o ataque de um monstro oponente quando um monstro seu inflinge dano, um efeito muito bom, principalmente contra decks com Beaters muito fortes.

A mecanica do deck, porém, não gira apenas em torno desses três monstros, e sim em torno de um Swarm level 4 envolvendo warriors, e por isso conta com Photon Thrasher, Kagetokage e Goblindbergh, além de dois Tragoedias, um Gorz e um BLS, que claro, servem para o momento desespero do duelo.

Todo esse Swarm é feito para trazer os "Bosses Borboletas", que são os XYZ de Rank 4 envolvendo os Butterfly.




Creio eu que todos conheçam a Photon Papilloperative, que é mundialmente vista nos Extra Decks. Seu efeito é bem simples, por remover uma unidade overlay, você pode selecionar um monstro em modo de defesa e muda-lo para ataque, e se fizer, o monstro perde 800 pontos de ATK. Bom para ativar seus próprios combos flip e para desarmar aquele Spirit Reaper chato.

Alexandra Queen é a mini-boss da parada, e a limpadora de campo. Ela é bem mais especifica, só podendo ser feita com 2 Butterspy, e tem um efeito bem interessante: Por remover um material XYZ, todos os montros do campo são retornados à mão de seus donos (inclusive ela), e então cada player leva 3OO por cada carta retornada à sua mão. Limpa o campo, é uma boa virada de jogo.

Por último temos o High Boss do arquetipo, Night Papilloperative (que eu acho ser uma das artworks mais bonitas do game). Primeiro, são necessários 3 monstros de nível 4 para faze-lo, algo muito rápido para esse deck, e depois vem o efeito: "Uma vez por turno: Você pode tirar 1 material, então essa carta ganha 3OOatk para cada material XYZ no campo", basicamente isso.

Ou seja, nada de 2600 de ataque, na verdade ela ja entra com 3200, pois uma vez usado o efeito ela ainda estará com 2 materiais, 2x300=600, o que ja a torna uma beater muito boa. Dos duelos que fiz testando esse deck que montei, foi muito importante em todas as vitórias, inclusive contra Hero, Phanton Beast (Esse deck é ótimo contra o Draco), e até um Prophecy (tá, o cara era meio noob).




Para concluir os comentários sobre o deck, temos as três cartas suportes. A primeira, Papillon, é a buscadora do deck. Quando ela é mandada do campo ao cemitério você pode invocador especialmente uma Butterspy do deck, o que dá uma acelerada nas jogadas.

Depois temos o "Coral butterspy", com um efeito bem interessante (Combina com o Colyseum). Quando um monstro declarar ataque, você muda-o para a defesa e então equipe Butterflyoke no monstro. Dali em diante, uma vez por turno, durante o turno de qualquer jogador, tanto na M1/2 como na BP, voce pode mudar a posição de batalha do monstro, ou seja, você escolhe.

Outra parte interessante é que combinado com a Morpho, todo turno você pode tirar 1000 pontos de ataque do monstro, um combo bem interessante para enfraquecer o adversários.

Para finalizar, temos Protection, que faz a mesma coisa que o "Oke", porém não precisa ser declarado o ataque, e durante o resto daquele turno, o dano que seria levado é cortado pela metade.

[...]

E então é isso galera, acabou.. não, espera! Como falar de Weevil Underwood, sem lembrar de Inzektors? Não tem como, então como ficaria o nosso "cabeça-verde" utilizando esse deck, que há um ano atrás era simplesmente o único visto no mundo inteiro.

________________________________________________

________________________________________________

Infelizmente não há muito o que se falar sobre esses seres rastejantes (ounão), que por muito tempo predonimaram o meta, mas que certamente seria um dos arquetypes mais amados de Underwood, aliás, tenho sim, alguma semelhança em uma certa carta chamada Inzektor Giga-Weevil? Sim, muitas.

Apesar de não ser oficialmente falado, e Weevil ser um inseto (Carruncho, conhece?), eu creio que a Konami dá dessas e que o insetão tem sim relações com o primeiro rival de Yugi no Duelist Realm.

Sobre o deck, não há muito o que falar, creio que todos conhecem o funcionamento de um Inzektor, e por isso não entrarei em detalhes nesse post, e caso queiram saber um pouco mais, dêem uma olhada nesses link:


DECKLIST INZEKTOR, VENCEDORA DO 3º DUELSHOP (BY LG)

Essa decklist é de fevereiro, ou seja, ainda não havia passado por nenhuma banlista desse ano, tanto como também não tinham decks/suportes do Tachyon nem do JOTL rodando, mas mesmo assim, prova como os Inzektors se mantiveram, e se mantém, enchendo o saco de muita gente por ai, sempre no estilo que todos conhecem: Hornet + Dragonfly = Chatice.

E assim chegamos ao fim de mais um post Nexing, que agora já tem como representantes Pegasus, e Weevil. E você, tem alguma sugestão ou critica? Deixe nos comentários. Quer algum personagem relembrado aqui? Pois bem, deixe nos comentários, e claro, até a próxima.


Yu-Gi-Oh! Nexus 2O13
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ®


Comentários
23 Comentários

23 Comentários:

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 09:53

Gostei do banner, parabéns para quem o fez.

Emerson Martins de Deus disse:
18 de setembro de 2013 10:17

Parabéns pelo post cara, alias eu não vi a primeira parte dessa série '-'
Sobre a Alexandra Queen eu acho que não compensa usar ela, pois seu efeito é uma merda comparado a outros rank 4, só se o custo de invocação dela fosse UM monstro valeria a pena, pois depois de ativar o efeito dela e limpar o campo você indefeso no próximo turno e tem bastante chances de levar um OTK. Se é para usar algo assim melhor usar alguém que faça o trabalho melhor do que essa Alexandra, pois ele é muito ruim. O efeito dela é bem parecido com o do Metaion com a diferênça que o do Metaion é muito melhor, com ele você não gasta dois monstros, só precisa abrir mão da sua invocação normal e você limpa o campo e ainda fica com ele em campo, e além disse ele é indestrutível a menos que perca seus efeitos, e já que você não leva dano das batalhas dele você não vai levar um OTK do oponente. Metaion limpa o campo, tem custo muito baixo, causa dano, é imorrivel, não sofre dano nas batalhas, ele faz tudo muito melhor do que esse Xyz falho.

dragon_hibrid disse:
18 de setembro de 2013 10:43

seu post ficou bom, mas eu não consigo ver um personagem de yugioh usando outro deck que não seja o seu próprio, tipo weevil usa perfectly ultimate great moth e parasite não consigo ver ele usando outra coisa é a mesma coisa qndo falam que o pegasus hoje usaria Wind-up e kaiba d-ruler, por que se o pegasus aparece novamente ele iria continuar só de toons e kaiba só com o velho dragão branco, sério não consigo ver personagens que já tem seus próprios decks usando outros só por que são do mesmo tipo, minha opinião.

LG disse:
18 de setembro de 2013 11:37

sdds buuh

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 12:06

esse quadro é praticamente o mesmo do que o do novo redator '-'

CyberBlu disse:
18 de setembro de 2013 12:33

^ O post do Effy é para reconstruir o deck do personagem sem perder a essência, já o Nexing é para reformular completamente o deck dos personagens. Realmente bem parecido, mas ta legal.

Buuh, ótimo post cara, perfeito, continue assim lindo!

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 12:40

"esse quadro é praticamente o mesmo do que o do novo redator '-'"

não vou falar nada, vai que é doença

Buuh disse:
18 de setembro de 2013 12:54

@ Anonimo - Foi o Blu quem fez

@ Emerson - concordo, é uma "abridora" de OTK, mas por isso voce tem q saber a hora de usa-la.. Com um Gorz na mão ou uma Theatrenig(?) Roar setada, ou até dependendo da mão do cara e do campo. Na hora que ele colocar 3 red nova em ATK, não tem outra saida, ayehaeha

@dragon_hibrid - Valeu cara. Foi até educado na sua critica negativa, o que me agrada muito. Infelizmente alguns não gostam disso, preferem o clássico, e esse post também é um "deck analysis", porém temático. Os personagens nunca perderão as essencias xD

@LG - Uma vez por ano to aqui kk

@Anonimo - Nem é cara, aborda personagens clássicos, mas da uma olhadinha lá, é bem diferente, rs

@Blu - Valeu Chefe lindo, te amo sz

@Anonimo - Hehe

LG disse:
18 de setembro de 2013 13:03

E vou usar esse selo de postagem do nexus, gostei.

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 14:05

a quanto tempo buuh!

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 14:06

seria legal se os butterspy tivesse algo relacionado a evolução tipo um chaos xyz

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 15:30

o primeiro anônimo roubou as palavras da minha boca

Guilherme Lerry dos Santos disse:
18 de setembro de 2013 15:50

Não acho que o Weevil usaria Butterspy, justamente por serem Borboletas GUERREIRAS assahuashusahu, não sei o que o pessoal tem contra alienigenas/seresdeoutradimensões. Morpho é top com o bom e velho Stumbling, que no caso é melhor que essas traps de um uso só XD Só acho que GOblindebergh é ruim e prefiro rodar Kagetokage no lugar pra acelerar jogadas com Key Beetle e acabar com a zuera.

CyberBlu disse:
18 de setembro de 2013 16:58

^ Justamente pelo fato de Kagetokage não poder ser negado por Effect Veiler :)

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 17:19

eu esqueci o que era nexing

Anônimo disse:
18 de setembro de 2013 19:43

Não gostei do Nexing 2 '-' Curti o 1, sério, mas esse não consegui.
Primeiro porquê a maioria das cartas no deck sequer são insetos (não basta parecerem), weevil jamais as usaria, segundo, porquê esse atquetipo de borboletas é usado por outra personagem no anime já, preferia algo mais original. Ah, e podia ser pior, podia ter feito o deck principal sendo Inzektor. Além de ser a coisa mais clichê deste universo, eles sequer são insetos lol
Só lembrando: Minha opinião. Não ofendi ninguém e nem critiquei sem fundamento. Avisando isso porque tem sempre um espertinho pra já vir na voadora se a gente fala qualquer coisa diferente do que eles pensam xD

Makoto Kazuma!{Hunter}! disse:
18 de setembro de 2013 22:52

O Banner é Genial Botei Fé

Anônimo disse:
19 de setembro de 2013 09:25

soh eu curti?
Buuh continue assim, pelo tom amadurecido eu nem achei q era vc, laiquei bastante.

Anônimo disse:
19 de setembro de 2013 09:26

soh eu curti?
Buuh continue assim, pelo tom amadurecido eu nem achei q era vc, laiquei bastante.

Anônimo disse:
19 de setembro de 2013 09:26

soh eu curti?
Buuh continue assim, pelo tom amadurecido eu nem achei q era vc, laiquei bastante.

Buuh disse:
19 de setembro de 2013 13:33

@anonimo 14:06, também acho, saindo do casulo, ui (r)

@Guilherme - eu acho que usaria, nao sei, eu vi a cara dele nesse butterspy, mas então, me de uma dica sobre quem usaria o que, ficaria grato em atende-lo *-*

Kagetokage é legal sim galera, mas tem a butterspy cm o mesmo efeito, os dois junos dariam uma bela dead-draw, e o goblind também é Warrior, ROTA, Blade Armor, Excalibur...

@anonimo 19:43 - Uma critica construtiva o/ goostei, sério kk se não achou isso encaixado, dê entã uma opiniao, quem você acha que usaria o que? No aguardo, abraço..

Valeu ao(s) demais o/

Banner by CyberBlu

Buuh disse:
19 de setembro de 2013 13:34

e aah, eu nem consideraria isso como amadurecimento, e sim como ter tempo e falta de preguiça, kk

Fragata disse:
8 de abril de 2014 01:07

Muito legal essas observações, eu atualmente tô usando duas no meu deck e 1 no side deck, acho que vou incluir o Night Papilloperative também, eu sempre via ele mas não tinha prestado atenção xd