16 de agosto de 2013

Comentários Banlist (Set/2013) – O que eu achei?

trishulaTrishula fodão *-*

Eae galerinha, como vão? Como o meu dia de postar caiu bem no dia que foi revelada a banlist oficial de Setembro, decidi fazer um post com meus comentários a respeito dela, então se preparem para um post um pouco grande. Sigam-me!



Bom, de modo geral, eu achei a banlist bem interessante, apesar de não ter entendido algumas mudanças que a Konami decidiu fazer para o novo formato, e você vai percebendo isso no decorrer do post.

burner lightning reactan stream

Bom, então vamos falar primeiro dos Dragon Rulers, que venceram o World Championship 2013 e em breve teremos 4 tins temáticas deles. Antes que deem mais dor de cabeça do que já deram no pequeno tempo que ficaram na ativa no Metagame, a Konami resolveu cortar a cabeça deles, BANINDO TODOS os 4 Dragon Rulers bebês.

Os bebês tem o efeito de chamar os dragões adultos do deck por serem descartados da mão com outro dragão ou monstro que compartilhe o mesmo elemento com ele. Isso era usado para colocar 2 DRs (Dragon Rulers) rapidamente no campo e eles serem usados como material Xyz de um monstro de RANK 7, como Number 11: Big Eye e Mecha Phantom Beast Dracossack.

Sem os bebês, eles agora só podem ser invocados com os próprios efeitos ou com ajuda de outras cartas como D.D.R. e Monster Reborn.

11 superreju judgment

Ainda falando de Dragon Rulers, tivemos mais duas cartas que acabaram com o reinado deles: Number 11: Big Eye, que já tinha sido solicitada a um tempo para a posição de LIMITADA, e Super Rejuvenation, a carta que aumentava o Draw Power dos dragões elementares infinitamente. Acho que essas mudanças realmente marcaram um final para os DRs, já que sem os bebês eles não são muita coisa e sem Super Rejuvenation eles não conseguem se manter no controle.

Falando agora do outro problema do antigo Metagame, Prophecy, temos o BANIMENTO de Spellbook of Judgment, a carta que puxa praticamente todas as Spellbooks do deck à mão e ainda invoca um Spellcaster no final do turno que foi ativada. Sem ela, os Prophecy serão o que eram antes dela chegar, fortes, mas não foderosos.

abyssteus abyssphere rooster tenki

Falando agora de Mermail e Fire Fist, os archetypes que de uma hora para outra surgiram e seguraram o jogo principalmente no OCG.

Na zona dos Mermails, temos duas novas cartas LIMITADAS: Mermail Abyssteus, aquele que é invocado simplesmente por descartar um monstro WATER da mão e quando isso acontece permite buscar outro Mermail de Level 4 ou menor do deck, teve sua limitação merecida, já que pode combinar fácil com os Atlanteans e ainda ajudar a invocar xyz de RANK 7. A outra que ficou limitada é Abyssphere, a carta que deixa os Mermails relativamente chatos quando combinada com Mermail Abysslinde para proteger o campo e ainda invocar outro Mermail do deck (inclusive o Abyssteus).

E quanto aos Fire Fists: Brotherhood of the Fire Fist – Rooster ficou LIMITADO – antes mesmo de vir para o TCG nas Tins – o que é um pouco ruim para os decks Level 3 da irmandade do punho do fogo, e um alívio para quem odeia esse deck (que não é o meu caso). Eu já estava todo feliz que o Rooster ia vir pro TCG, mas agora tudo foi por água abaixo (:D). A outra carta afetada pela banlist foi Fire Formation – Tenki, que agora será SEMI-LIMITADA. Algumas pessoas vão achar injusto, já que Reinforcement of the Army, a carta com efeito semelhante que busca Warrios, continua limitado, e Fire Formation – Tensu (que alguns acham pior), não foi afetada. Eu achei essa mudança justa, uma vez que pensei que os Fiire Fist nem seriam pegados de jeito nessa banlist.

birdman mistvalley whirlwind trishula

Algumas mudanças que ninguém esperava agora. Com medo do combo das Harpies (lê-se Harpie Dancer) chegar para o TCG, Genex Ally Birdman e Divine Wind of the Mist Valley ficaram LIMITADOS. Acho que isso é um preview que a Harpie Dancer virá na tin do Tempest. Nisso eu só não gostei que o Birdman foi afetado, pois agora meu deck FULL MONSTER está mais incompleto.

Depois disso temos Black Whirlwind, saindo da lista dos limitados para a dos SEMI-LIMITADOS. Uma mudança básica que cedo ou tarde aconteceria, já que os Blackwings foram sufocados com a jogabilidade de archetypes recentes, já que eles são focados em Synchro Summon que não é a mesma coisa do que antes.

Por falar em synchros, o retorno de Trishula, Dragon of the Ice Barrier para os LIMITADOS foi épico! Talvez agora os synchros recebam mais atenção dos players, já que a Konami já vem se dedicando a eles a algum tempo (desde o Judgment of Light). O efeito de Trishula é de banir 1 carta da mão, do campo e do cemitério do oponente quando invocado, o que é uma grande jogada. O selo dos Ice Barriers acabou de ser quebrado, e agora o mundo inteiro entrará em uma era glacial diante da presença do dragão mais forte desse tribo! Trishula, resete o Duel Terminal! (Summon Chant approves).

wumagician wushark chaosorcerer tsukuyomi

Ainda falando de archetypes de metagame, tivemos uma pequena mudança nos Wind-Ups: Wind-Up Magician, que antes estava limitado, agora ficará ILIMITADO, enquanto que Wind-Up Shark, que estava ilimitado, ficará LIMITADO. A Konami apenas achou que o problema dos Wind-Ups não estava em Magician, e sim no Shark, o que eu concordo, apesar de achar que o Magician também merecesse ficar limitado.

Outra inversão foi em Chaos Sorcerer, que de limitado pulou para SEMI-LIMITADO, já que os decks Chaos Dragon e Chaos em geral não estavam muito presentes. Também Tsukuyomi pulou do semi-limitado para o ILIMITADO. Realmente ele não merecia mais continuar banido (diferente de Yata-Garasu), e a cada formato isso foi sendo confirmado, já que ele passou de banido para limitado, semi-limitado e agora ilimitado. Estou curioso para saber como ele será usado a partir de agora.

bestiari mole gorz   emergency

Se os Blackwings tem o direito de ter uma carta fora dos limitados, Gladiator Beasts também podem! Uma das mudanças mais esperadas a um bom tempo é de Gladiator Beast Bestiari como SEMI-LIMITADO, e isso agora realmente aconteceu, para os amantes dos GBs (que também não é o meu caso). O efeito dele é de destruir 1 Spell/Trap quando invocado pelo efeito de outro GB, um efeito muito necessário nos dias de hoje.

Neo-Spacian Grand Mole era uma mudança que eu não esperava ver tão cedo. Ele é um dos monstros anti-meta mais chatos de todos, com o efeito de retornar Fusions, Synchros e Xyz direto ao Extra Deck e poder acabar com jogadas inteiras, abrindo caminho para uma virada de jogo. Entretanto, seu efeito exige que ele também retorne para a mão, e outro fator que acho que tenha contribuído com o efeito dele é que Effect Veiler e outras cartas que negam efeitos são cada dia mais necessárias em qualquer deck. Vamos ver o que isso vai dar.

Outro caso inesperado foi de Gorz the Emissary of Darkness, que de limitado passa a ser SEMI-LIMITADO, para se igualar ao seu parceiro Tragoedia. Agora que a mudança aconteceu, não acho que fará muita diferença ao ponto de cada jogador colocar 2 Gorz em seus decks (talvez decks Exodia, para segurar o campo), mas caso aconteça, seus oponentes terão que pensar duas vezes antes de atacar um campo vazio.

Depois temos E – Emergency Call, a buscadores dos Elemental HEROes, agora ILIMTIADA. Ela tinha sido semi-limitada a algum tempo por causa dos decks HERO Beat que tinham surgido e tavam preocupando alguns jogadores. Nunca achei que E – Emergency Call fosse o problema dos Heroes, e sim Miracle Fusion e Super Polymerization (vão me xingar muito por causa desse comentário).

reasoning advanced scapegoat

Agora mais algumas mágicas. Primeiro temos Reasoning, com o seu efeito de invocar monstros do deck e ainda millar cartas, estará a partir de agora ILIMITADO. Acho que o efeito dele é bom de passar por cima, ainda mais contra deck Xyz onde o oponente basta dizer o Level dos monstros que serão usados para Xyz (geralmente é 3 ou 4) e pronto, fez o oponente millar cartas a toa.

Advanced Ritual Art também passou de semi-limitado para ILIMITADO. Ela é o tipo de carta que permite uma Ritual Summon instantânea de praticamente qualquer Level. Com a chegada de Princess Cologne e Box of Friends acho que um deck focado em Rituais com monstros normais seria interessante. No fim, nem é uma mudança tão absurda assim, a Konami só fez o que deveria ter feito.

E, agora para abalar os ânimos, Scapegoat! O bode-expiatório agora está ILIMITADO! Do nada essa decisão foi tomada, e eu achei ela um pouco ruim. Sei que é uma carta que não é mais útil como antes, mas não vou com a cara dela, pois é ruim quando o oponente ativa ela e você precisa de livrar dos 4 tokens, então pense agora o oponente podendo invocar 12 tokens durante o duelo, combinando com as cartas dos Mecha Phantom Beast para protegê-los e ativar seus efeitos. MPBs e decks Stall agradecem. E eu vou precisar colocar uma Fairy Meteor Crush no meu deck (brinca).

duality mirror

E por último, mas não menos importante, temos Pot of Duality e Mirror Force! Estavam semi-limitadas e agora ILIMITADAS. Duality é a clássica buscadora do deck, adicionando uma dentre 3 cartas do topo do seu deck à mão, e impedindo que você invoque especialmente no turno que a ativa, o que é um dos pontos negativos, e o outro é de só poder ativar 1 delas por turno. Acho que voltarei a usar 3 cópias dela em meus decks (que não façam muitas Special Summons, é claro). Mirror Force já foi boa um dia - Magic Cylinder também, mas ela precisa de mais um tempo como semi-limitada –, mas hoje em dia com tantas cartas de removal e monstros que quando destruídos ativam seus efeitos, 3 cópias dela em um deck acaba sendo inútil.


Então é isso galerinha, espero que tenham gostado do post. Digam nos comentários o que acharam da banlist (que começará a ser válida a partir de 1º de Setembro). Em breve trago novidades, então enquanto isso, até mais!

Comentários
18 Comentários

18 Comentários:

Anônimo disse:
16 de agosto de 2013 15:33

first

Castin disse:
16 de agosto de 2013 15:52

PNC DO FIRTS LOL

Anônimo disse:
16 de agosto de 2013 16:04

Fiquei assim O_O com esta list. A KONAMI deve estar preparando muitos boosters para suprir a demencia que aconteceu com os decks mais tops.

Uma sugestao, voces podiam comentar sobre quais decks tem chances de virar tier 1 ou 1,5.

(God of Death) Kaos disse:
16 de agosto de 2013 16:30

Banimento dos Mini quebra o Deck.

Banimento da Spellbook of Judgment não acaba com Prophecy/Spellbook, continuando ainda forte, mas sem exageros.

Mudanças do Mermail Abyssteus e Abyss-Squere foi boa, mas ainda sim o Deck continua bem forte, já que temos Tidal ainda sim. Mas justo. E diferente do que você colocou ai, o Abyssteus faz Rank 7 e não 6.

Brotherhood Rooster foi um corte nas asinhas, e não sei se foi algo muito justo, mas se fomos pensar, não faz muito tempo que o Abyssteus chegou ao OCG, antes disso era um TCG Exclusive e com a potencialização do Dragon Ruler e Spellbook, nem chegou a ser aproveitado direito, e agora nós não vamos aproveitar direito o Rooster. Então foi quase que uma troca, ao meu ver.

Konami reprimi Decks FTK, são quase "bugs" no game, como diz um amigo meu, então cortar Divine Wind e Genex Ally foi uma forma de quebrar isso, mas achei meio exagero.

Blackwing e Gladiator Beast na minha visão ficaram um pouco mais completos, mas nada que faça explodirem não, isso na minha visão, então tava de boa, mesma coisa pro Mezuki e Shi En sendo elevados também.

Emergency Call, A Hero Lives e Pot of Duality foram respostas da Konami em 2012 ao formato OCG, que era dominado por Inzektor e HERO, já que Wind-Up, Chaos Dragon e Dino Rabbit não tinha a mesma potencia que aqui, porque ambos Shark e Tour Guide eram TCG Exclusivas. Hoje HERO está um Deck equilibrado, e Emergency não afeta em nada.

E Scapegoat é claramente uma forma de elevar os Mecha Phantom Beast, que talvez possa ser uma ambição nova da empresa.

Acho que o formato se abre novamente para alegria de muita gente.

Henrique disse:
16 de agosto de 2013 16:32

Constellar e tier 1 ter tirado os rulers do caminho ficou ruim para os evilswarm pq era o unico motivo de ele estar la no tier 1
msm com teus e sphere limitados mermail ainda pode ser tier 1
o resto e com os proximos boosters

Anônimo disse:
16 de agosto de 2013 16:39

Constellar e Evislwarm deveriam estar como Tier 1 em um formato, eles são os bosses do Duel Terminal, nada mais justo.

CyberBlu disse:
16 de agosto de 2013 16:46

@Anônimo[16:04] Vou ver com os outros redatores;

@Anônimo (God of Death) Kaos, arrumei o post, e concordo, esse formato vai ser legal.

@Anônimo[16:39] Também acho, mas cada um tem um estilo de jogo e acho que da para jogar com eles agora sem Judgment e DR, mas só não garanto Tier 1.

Anônimo disse:
16 de agosto de 2013 16:47

acho que o próximo meta vai ser Prophecy, Mecha Phantom Beast e Bujin.

Potter disse:
16 de agosto de 2013 17:03

Se Mecha Phantom Beast virar meta, eu paro de jogar com eles agora mesmo!! D=

AnthOny "L" Wesley disse:
16 de agosto de 2013 17:26

Agora posso voltar a jogar de spellbooks.

dragon_hibrid disse:
16 de agosto de 2013 18:04

spellbook vai continuar no meta, só que vão abusar agora do world of prophecy, com bode expiatório livre tbm aposto em mpb e tbm aposto em noble Knight para meta.
A semi-limitação de tenki enfraquece constelar e bujin e 3 mirror force quebra as perna dos bujins.

Natanael Carvalho disse:
16 de agosto de 2013 19:09

quem usava dragon ruler como eu se fudeu O_O

CyberBlu disse:
16 de agosto de 2013 19:18

Pena de quem montou um deck Dragon Ruler na vida real (lê-se: Shin En Huang)

Anônimo disse:
16 de agosto de 2013 19:38

Blue, pena de quem gastou horrores com decks de dragon rulers eheheheheeh

Hisa F.Aguiar disse:
16 de agosto de 2013 19:41

Bem, CyberBlu, Primeiramente, vc fez uma ótima postagem. segundo a grande KONAMI estar enchendo o Yu-Gi-Oh! com um monte de regras que falam que vai ter agora, e terceiro a banlist, meu deus se essas coisas ai de 4 banlist a KONAMI vai perder um enorme de jogadores do Yu-Gi-Oh! com esses montes de besteiras ai que ela que colocar, sendo assim varias pessoas vão jogar outros tipos de TCG como principalmente Magic e Pokémon, e depois acho que todos os arquetipos antigos com Hero, Gladiator, Gravekeeps e Lightsown vão voltar novamente. porque se esses boatos ai for verdade eu disconjuro o Yu-Gi-Oh!porque a grande KONAMI só esta fazendo bosta, eu concordo plenamente com essa banlist ai altamente justa.

Anônimo disse:
16 de agosto de 2013 22:53

Porra Konami !!!
Não quebraram meu deck DR só me deixaram puto... pois acho que na próxima lista os grandões também vão rodar,serão limitados pra um.

Não quebraram meu deck pois dos pequenos eu só usava o Steam e o Reactam.(dei sorte)

LG disse:
16 de agosto de 2013 23:13

Todo mundo reclamando, não dou 1 mes para mudar de ideia.

Guilherme Lerry dos Santos disse:
17 de agosto de 2013 01:54

Ainda não me conformei com a limitação do Shark. Cata aquele Wind-up Rat ou bane o magician de vez =/ mas não, resolvem pegar o Wind-Up genérico maneiro. DD: