31 de julho de 2013

Past Decks (Part 2): Fusion Deck


Fala galera, Potter está de volta com mais um Past Decks, trazendo dessa vez o único componente que leva o Extra Deck (nesse caso, Fusion Deck xD), acompanhem agora o deck com mais poder de ATK da galera.

Lá vai:

 
Part 2: Fusion Deck, Segura a Fusion Gate ou morra by: Rafael Candido


obs: o deck não é 100% igual ao que era usado na época, mas a base é a mesma.

Decklist:

Monsters [24]

Summoned Skull x2
Mechanicalchaser x2
Gemini Elf x1
Ancient Brain x1
Thunder Dragon x3
Goddess With the Third Eye x3
Versago the Destroyer x3
Cannon Soldier x2
The Forgiving Maiden x2
Zombyra the Dark x2
Tainted Wisdom x1
Sangan x1
Witch of the Black Forest x1

Spells [11]

Polymerization x3
Fusion Gate x2
Monster Reborn x1
Heavy Storm x1
Dark Hole x1
Pot of Greed x1
Premature Burial x1
Graceful Charity x1

Traps [5] 

Magic Jammer [2]
Seven Tools of the Bandit [2]
Call of the Haunted [1] 

Extra Deck [10] 

St Joan x2
Labyrinth Tank x2
The Last Warrior From Another Planet x2
Skull Knight x2
Twin-Headed Thunder Dragon x1
B. Skull Dragon x1

Fazendo um esforço mental, acabei lembrando que esse deck não iam nem MSTs e/ou Giant Trunades, também era o único da galera que tinha uma cópia das Gemini Elf que eram desejadas por todos nós, só não lembro se o cara arrumou realmente uma 2ª Fusion Gate, falando do deck agora, era um deck muito interessante, baseado em um deck que o Joey usava no game Yu-Gi-Oh! Power of Chaos, Joey the Passion, numa época que Special Summons não eram tão comum, uma Fusion Gate no campo e alguns materiais na mão faziam muita diferença.




  • Fusion Gate: Sem dúvidas era o as do deck, com a sua habilidade de remover os materiais de fusão da mão ou do campo e trazer um dos 6 bichões diferentes do Fusion Deck era perfeito para época, como eu disse, numa época onde Special Summons eram mais limitados.
  • Polymerization: Nem sempre a Fusion Gate podia ajudar, ou levava uma MST na cara, então uma trinca de Polys ia quebrando o galho, as vezes era até melhor para não remover de jogo os materiais de fusão, principalmente os que substituem os originais.
  • Goddess With the Third Eye: GWTE e Versago the Destroyer tinham uns papéis muito importantes no deck, é claro que substituir os materiais originais, no caso desse deck era substituir o Red-Eyes B. Dragon para o summon do B. Skull Dragon, o Giga Tech Wolf para o summon do Labyrinth Tank, a Marie the Fallen One para o summon da St Joan, o Maryokutai (só eu que tinha xD) para o summon do Another Planet e também para substituir os que faltavam no decorrer do duelo, é claro.
  • Summoned Skull: Mas um dos maiores problemas do deck, claro que acontecia, eram a falta da Fusion Gate e/ou Poly, então alguns Normal Monsters ajudavam a segurar as pontas e causar dano e/ou defender, como é o caso do Summoned Skull que além de ser material de fusão, ainda era brigão e todos sabem que esse cara era um dos mais fodas da época e também tinha as Gemini Elf e a dupla de Mechanicalchasers com seus 1850 de ATK e destruidores de 7 Colored Fishs. =(




    • Twin-Headed Thunder Dragon: Quem nunca ficou feliz quando tinha a possibilidade de fazer o Twin-Headed Thunder Dragon ou morria de raiva quando o oponente fazia ele no Forbidden Memories? No caso desse deck era bem semelhante, a facilidade de fazer o THTD no deck era imensa, já que bastava apenas uma Poly ou Gate e um Thunder Dragon na mão e você já tem um cara com 2800 de ATK no campo, na boa, esse cara dava muita dor de cabeça.
    • The Last Warrior From Another Planet: Esse era o travador de game, o guerreiro Forever Alone era um saco quando vinha ao jogo, as vezes era preferível usar o Zombyra the Dark para combate do que fazer o summon do Another Planet, mas esse cara era crucial quando entrava em campo com o campo do oponente vazio, já que ele não permite que ninguém fizesse Normal, Flip ou Special Summon, era uma setação de cartas absurda, o jeito era Dark Hole para continuar jogando.
    • Call of the Haunted: Rafael era o defensor da Call of the Haunted numa época que nenhum de nós gostávamos dela, mesmo tendo um grande potencial, mas essa carta era fundamental no deck para trazer os materiais de volta (claro que sabemos que essa não é a função principal da CotH), também tinha a Premature Burial que ajudava da mesma forma. Faltava uma Giant Trunade para fazer aquela prostituição toda com a Premature, mas confesso aqui que nenhum de nós sabíamos dessa ruling, então houve muitos misplays quando Giant Trunades eram ativadas e os monstros equipados pela Premature eram destruídos.
    • Witch of the Black Forest: A dupla de buscadores mais foda de todos os tempos sempre foram indispensáveis em praticamente qualquer deck, então WotBF e Sangan tinham as suas funções básicas no deck, buscando aquela Goddess ou o Versago, ou qualquer outro material que tivessem no alcance de suas habilidades.

    O pró desse deck era muita força de ATK, quando o deck rodava com vontade, as vezes não iam 4 turnos de duelo, e o contra era quando não vinham as cartas de fusão, o deck parava, principalmente quando só tinha uma Gate, Terraforming seria uma boa, é claro, mas veio numa época que já estávamos ficando por fora do card game.
    Mas esse Fusion Deck era um deck lendário, hoje eu sou o possuidor dos 4 Thunder Dragons desse deck. xD

    Alterações da Banlist da época com a de agora*:

    Sangan 1 > 0
    Witch of the Black Fores 1 > 0
    Pot of Greed 1 > 0
    Graceful Charity 1 > 0
    Premature Burial 1 > 0
    Call of the Haunted 1 > 3

    *Baseado na época que o deck foi criado

    Então galera, o que acharam desse deck de fusão? Melhor os Synchros e os Xyz mesmo. xD
    Estranhamente, eu era o que enfrentava melhor esse deck, já que Penguin Soldier fazia uma trollagem suprema. xD
    É um deck de uma época onde deixa e ainda deixarão mais saudades. =,)

    Próxima semana será a vez do deck nojento, chato, odiável. xD Teremos um Stall de um jeito que vocês nunca viram. É claro que já viram sim. xD

    Até a próxima. =D

    Comentários
    8 Comentários

    8 Comentários:

    Enzzo Sato disse:
    31 de julho de 2013 16:27

    WOW, Que deck dahora, sir. Katniss!
    Gostei bastante de possibilitar special summons adoidadas numa época de 50 monstros com efeito XD

    Deck nojento, chato, odiável: Worms? XD, Zueira, tio, vou voltar a utilizá-los, só vou comprar Starlord e Kingremlin

    LG disse:
    31 de julho de 2013 16:41

    Foda! Momento nostalgia pura!

    Emerson Martins de Deus disse:
    31 de julho de 2013 18:07

    Não jogava nesse tempo, mas acho que devia ser divertido e mais acessível, pois hoje em dia você tem a dor de cabeça de montar Main, Extra e principalmente SIDE DECK, e se tu não fizer uma base boa é tchau '-'

    CyberBlu disse:
    31 de julho de 2013 18:55

    Como eu queria ter jogado nessa época com um deck assim :)

    Anônimo disse:
    31 de julho de 2013 19:28

    muito bom povo do necsus, vcs sabem muito bem deixar a gente com nostalgia

    Anônimo disse:
    31 de julho de 2013 21:40

    "Melhor os Synchros e os Xyz mesmo."

    Com todo o respeito, vai a ¨&#!@ LOL

    Potter disse:
    1 de agosto de 2013 00:27

    @Enzzo
    Katniss não cara!! xD
    Kingremlin seria King of Feral Imps?

    eu tenho xD
    vlw cara =D

    @LG
    nem me fale cara, lágrimas (heterossexuais) escorrem de meus olhos quando faço essa categoria!! =,)

    @Emerson
    era bem assim mesmo, a única coisa que quebra os velhos tempos era a mesmice, mas os decks eram fácil de montar, alguns ficavam nem em 50 reais!!

    @Blu
    eu desejo um deck assim, um competitivo para os dias de hoje

    @anônimo1
    não só vocês, mas quem escreve tb!! =,)
    vlw =D

    @anônimo2
    achei que iam me mandar para a pqp se eu falasse que os Fusion eram melhores!! xD

    Anônimo disse:
    1 de agosto de 2013 03:22

    Muito boa a matéria e fusions são fodas xD