14 de maio de 2013

Censuras no Anime: Episódio 4 e 5 (DM)


Fala mais uma vez galera, depois de uma semana sem Censuras no Anime, aqui estou eu de volta com as diferenças no anime original e no ocidental, trazendo o duelo completo entre Yugi/Atem contra o Weevil nos episódios 4 e 5

Acompanhem:



Episódio 4: No Ninho das Vespas (nome original: Combo de Inseto)

No episódio 4 não tem muitas adaptações, por isso vou trazer dois episódios de uma só vez.

Os diálogos no início dos episódios (japonês e americano) não tem muitas diferenças, nenhum que muda um pouco o contexto, as diferenças começam já na hora do duelo entre Yugi e Weevil.


E na versão japonesa, quando Yugi muda de lugar com Atem, eles simplesmente mudam não tem aquele processo todo do primeiro episódio.







Mas com os States não é bem assim, eles adicionaram a cena do primeiro episódio (as duas imagens ao lado) que o Yugi muda de lugar com o Atem e também aquele famoso grito: Yu-Gi-Ohhhhhhhhhhhhhh!!!






Esse erro eu já comentei aqui, Weevil tinha jogado o Kamakiriman, mas essa imagem mostra o Saggi the Dark Clown.
Houe uma outra falha americana, na versão original o Atem saca o Dark Magician e coloca em set, sem mencionar qual carta era, na versão americana, ele diz que vai defender com o Dark Magician e Weevil diz que vai destruir a carta favorita dele, Yugi e/ou Atem ainda não tinham dito que o Dark Magician era a carta favorita deles.




Agora é algo muito interessante, depois de arrasar o campo do Weevil com a Mirror Force, Atem começa a provocar o Weevil dizendo que ele foi campeão japonês por pura sorte, que ele não tinha percebido a carta virada para baixo e o episódio termina com essa cena ao lado com o Atem dizendo que Weevil é fraco.
Mas aí os States adaptaram mais, eles prolongaram o final para não ficar com um clima de vantagem para Atem, depois de dizer que Weevil é fraco (na verdade, na versão americana o Atem apenas diz que o Weevil comentou sobre não ter mais monstros), os States pegaram algumas cenas do episódio 5 para que o episódio terminasse com o Weevil rindo por último, então Weevil diz que tem uma carta inseto que irá esmagar o Atem, o episódio então termina com essa cena do Cocoon of Evolution e Atem com uma cara de bravo.

Episódio 5: A Maior Grande Mariposa (que?) (o nome original é A Força Suprema: A Grande Mariposa)

O episódio já começa com o Weevil reclamando da desvantagem, o que já ficaria estranho o final adaptado que os americanos arrumaram.

Logo depois os States mais uma vez cortaram uma cena envolvendo a Mai quando ela chega para ver o duelo entre Atem e Weevil, a imagem americana já mostra direto no rosto dela, enquanto que a imagem japonesa passa pelo corpo dela (imagem ao lado), outra coisa interessante sobre a Mai é que os States tratam ela como se fosse uma adolescente, mas o Japão trata ela como se fosse uma mulher de vinte e poucos anos.



Depois da cena da Mai, aí sim o Weevil começa a falar que tem uma carta que vai derrotar o Atem, na cena ao lado só mostra o Atem ativando a Monster Recovery se preparando para enfrentar a Trap Card que o Weevil tem em set.
Então os States que são um saco, adaptaram a artwork da carta para ficar igual a carta do Card Game. Pobre Kuriboh que levou a desvantagem nessa cena.







Na versão japonesa, Mai fica dizendo que Yugi terá dificuldades para enfrentar o Weevil, que Weevil é um grande duelistas, mas na versão americana ela fica provocando Téa e os outros dizendo que Yugi/Atem não tem chances nenhuma que ele irá perder.

Mais para frente no duelo, depois do Cocoon of Evolution evoluir na Greath Moth, mostra essa cena em que Atem usa a Polymerization para fundir o Gaia e a Curse of Dragon
Os States adaptaram a Polymerization com essa artwork bizarra e censurada. Massa é o Atem ativando a Polymerization como se fosse uma Quick-Play Spell Card ainda por cima da mão no turno do Weevil. xD






Agora é o momento em que a fusão se completa revelando o Gaia the Dragon Champion com seus dados em japonês.
E os States, como sempre (ou não) removeram as escritas.









Essa cena é cortada da versão americana, não sei porque. É um flashback do episódio 4, o momento em que Yugi corre atrás de Weevil para duelar e aparece um monte de mariposas voando, na versão japonesa, com essa cena, ele entende que o Gaia está perdendo pontos de ataque devido a partículas venenosas causadas pelo efeito da Great Moth.




Então Atem usa a carta Makiu (ao lado) para limpar as partílculas venenosas (santas regras) para evitar que o Gaia perca mais ataque devido ao efeito da Great Moth.
Os States novamente arrumaram a artwork da Makiu para a sua artwork do card game, depois disso o Gaia é destruído com um ataque da Great Moth e Atem sobra apenas com 50 pontos de vida. Na versão japonesa, Atem diz que Gaia era apenas uma isca para ele vencer com o Summoned Skull, enquanto que na versão americana, Atem diz que Weevil é desonesto e que burla as regras (não sei aonde, é pelo fato dele ter jogado o Exodia fora?).


E no final mostra apenas essa cena do Weevil em uma carta quando ele está fora do torneio.
E os States mudaram isso também, removendo a palavra que significa "Retirado, eliminado" e também o nome dele no topo da carta que no caso do Japão seria "Insector Haga".







Outra coisa, é que em alguns momentos dos episódios, Atem fala sobre seu avô isso na versão americana, totalmente viagem, já que o avô é do Yugi no caso. Mais uma vez eu falo, a mudança nas OST's é tensa, as OST's japonesas tem muito mais emoção nos duelos, é compatível com cada cena, as OST's americanas são estranhas e não são compatíveis com as cenas e os americanos também tem a mania de alterar os sons feitos pelos monstros. Exemplos: Som de grilo para o Basic Insect, som de águia para a Curse of Dragon e um som bizarro para o Summoned Skull.

Então galera? Gostaram? Não deixem de comentar, seus comentários com suas opiniões são minha recompensa por ter ficado mais de 2 horas fazendo essa postagem, já que tive que assistir 4 episódios para trazer as adaptações para vocês =D

Até a próxima. =D

Comentários
9 Comentários

9 Comentários:

BuBa disse:
14 de maio de 2013 17:27

Muito bom Potter, gostei de ver que a Kamiu na versão americana ficou bem melhor que na japonesa (uma das poucas vezes que isso acontece XD)

Anônimo disse:
14 de maio de 2013 17:39

O q vcs estao upando é versao JP/PT ou Dublada? versao FuckKids?

Potter disse:
14 de maio de 2013 17:41

@BuBa
vlw cara, quando os States arrumam as artworks com as versões do cardgame ficam mais legais mesmo. =D

@anônimo
vc fala no ANexus? se for é versão JP/PT, a boa.

Buuh disse:
14 de maio de 2013 17:43

eu nao sabia que la nao tinha a ceninha da "evolução" :o kk

e quanto à poly, pqp, até hoje, alguem me explica o que aconteceu nessa porra pra mudar de arte no TCG? :/

Anônimo disse:
14 de maio de 2013 18:55

Potter, valeu. Eu tinha assistido mas todos versoes censuradas. Farei questao de rever todos os episodios no formato JP com legendas. Apesar que a dublagem do YGO clássico ficou muito bom.

Potter disse:
14 de maio de 2013 23:57

@Buuh
ceninha gritando Yu-Gi-Oh! é sempre no americano, já no japonês só mostra no episódio 1 e sem gritar. xD

Sobre a Poly eu não sei o pq, mas os japoneses também usam a versão que aparece no anime americano, só não lembro em qual episódio

@anônimo acima
vlw cara, a dublagem é até legalzinha, porque é clássica, mas em japonês é muito mais complexo as cenas, recomendo a ver os episódios, muito bom!! =D

Macum disse:
15 de maio de 2013 23:17

eh bom saber que não sou o único viciado em yugioh que percebe essas diferenças.. bom trabalho cara

Potter disse:
16 de maio de 2013 00:19

@Macum
vlw cara...!! eu sempre fico de olho nessas coisas, tem episódios que eu assisti só dublado, mas eu sei que tem algo de errado. =D

Nicolas disse:
15 de junho de 2013 14:10

Caramba estou adorando ver essas censuras...Pois estava baixando os eps remasterizados com audio em PTBR em cima das raws, mas agora notei que tem censura até em cima do audio, por isso vou baixar legendado agora, valew"