22 de fevereiro de 2013

Formato Março 2013: Atualização de Decks #1

Eai Galera o/

Bem, não costumo fazer análises aqui no Blog, mas vim montando esses dias esse deck e ele deu resultados melhores que o esperado, ainda não é o que o meta pede, mas dá muita porrada com as cartas certas, principalmente com a Banlist lhes dando mais um reforço, venho falando do deck Blackwing!

O reforço desse formato, Kalut.


Blackwing é um archtype da era Synchro, que tem o nome Black Feather no OCG, onde lá ainda tem seu espaço, muito pequeno é verdade, mas ainda ganha um torneio aqui e outro ali, para a alegria de Crow Hogan, personagem do anime que os usava no saga 5D's. Esse deck teve seus momentos de glória total em 2009, onde ganhou o campeonato mundial da época, com uma build de swarm intenso, onde Synchros eram feitos aos montes, Segue abaixo a decklist: 

World Championship 2009 - Winner


Monsters: 17
1x Dark Armed Dragon
3x Blackwing – Sirocco the Dawn
3x Blackwing – Shura the Blue Flame
3x Blackwing – Bora the Spear
3x Blackwing – Kalut the Moon Shadow
3x Blackwing – Gale the Whirlwind
1x Blackwing – Blizzard the Far North

Spells: 11
1x Heavy Storm
1x Mystical Space Typhoon
1x Giant Trunade
1x Mind Control
1x Brain Control
1x Monster Reborn
2x Allure of Darkness
3x Black Whirlwind

Traps: 13
1x Mirror Force
1x Torrential Tribute
1x Trap Dustshoot
2x Compulsory Evacuation Device
2x Bottomless Trap Hole
3x Icarus Attack
3x Solemn Judgment

Side Deck: 15
2x D.D Crow
2x Light-Imprisoning Mirror
2x Royal Oppression
2x Rivalry of Warlords
2x Delta Crow – Anti Reverse
2x Mirror of Oaths
2x Threatening Road
1x Deck Devastation Virus

Extra Deck: 15
1x Sea Dragon Lord Gishilnodon
1x Magical Android
1x Goyo Gaurdian
1x Blackwing Armed Wing
1x Arcanite Magician
2x Black Rose Dragon
2x Blackwing Armor Master
2x Dark Strike Fighter
1x Stardust Dragon
1x Thought Ruler Archfiend
1x Colossal Fighter
1x Red Dragon Archfiend


Dessa decklist que peguei do antigo post do GabrielX, eu destaco a quantidade de cartas do archtype que formam esse deck, onde em todas as partes da decklist temos presente uma carta que fazem parte ou que são suporte deles. Porém, o que não poderia passar despercebido são algumas cartas e suas quantidades que hoje são impossíveis de se ver, pelo fato da Banlist ter podado esse deck. Acompanhem as principais mudanças:


Black Whirlwind: A carta que faz a mágica do search acontecer. (Entenderam ? Carta Mágica, Magia do Search... ok D:) De longe o deck dependia dela para ser rápido e o seu swarm acontecer, pois era só invocar normalmente um Sirocco com seus 2000 ATK, adicionar um Gale ou Bora e o show começar. Em 2010 foi semi-limitada e hoje em dia vive seus dias escondida na Limitação de seu uso. Quando se tem uma first hand com ela, o deck com certeza terá uma perda de mão menor e ser rápido.



Blackwing - Gale the Whirlwind: Um dos meus monstros favoritos e com um efeito para lá de excelente, ele só acrescentava aos Asa Negra. Pode ser Special Summon por ter qualquer Blackwing em campo e ainda com um bônus de efeito que derruba sozinho monstros com 2600 ou menos de ataque, sendo a carta ideal não só para Blackwing, mas também para decks Anti-Meta. Em 2009 ainda, foi diretamente Limitado, sendo o primeiro monstros Asa Negra a ir para ser limitado pela Banlist.


 
Blackwing - Kalut The Moon Shadow: O Honest limitado e feito para os Blackwing, ele tem uma história e tanto com a Banlist: Mesmo depois do sucesso do deck, em 2010, ele foi pego pela Banlist e limitado, sendo o segundo Blackwing a ser limitado, mas dois anos depois, na Banlist de Setembro de 2012 ele foi Semi-Limitado, sendo o primeiro Blackwing a ter essa classificação. Recentemente, na Banlist de Março de 2013 foi anunciado a sua liberação, sendo o reforço do deck para esse formato, fazendo o deck ganhar e muito na Battle Phase, compensando sua falta de velocidade e consistência em certos momentos.


Depois de explicar um pouco a história do deck quanto a Banlist, também justifiquei os motivos para tal não aparecer no Metagame. Mesmo com um foco no swarm intenso, característica marcante do cenário do meta atual, ele ainda é lento e inconsistente, mesmo com a liberação do Kalut, pois a peça chave desse formato, tão importante ou até mais do que as Special Summons é o Search que esse deck perdeu e um pouco do poder de destruição que esse deck perdeu ainda com as Limitações de Gale e Whirlwind.

Também, outras cartas que estavam presentes no deck e que ajudavam bastante naquela engine foram sendo cortadas como Allure of Darkness e Royal Oppression que ajudavam bastante o deck nos quesitos Draw Power e Defesa, respectivamente, fazendo o deck desaparecer completamente.

Porém, isso não foi o suficiente para abater os Asa Negra totalmente que desenvolveram um tipo de deck muito estranho a primeira vista, mas que depois foi se mostrando muito forte e traiçoeiro: O Vayu Turbo!

Esse deck dominou em parte de 2011 ao lado de Six Samurai, sendo o deck baseado nesse monstro aqui:

BlackwingVayutheEmblemofHonor-CT07-EN-SR-LE


Winged Beast/Effect/Tuner
Level 1 ATK 0/DEF 0
Efeito: If this card is face-up on the field, you cannot use it for a Synchro Summon. If this card is in your Graveyard, you can remove from play this card plus 1 non-Tuner "Blackwing" monster in your Graveyard, and Special Summon 1 "Blackwing" Synchro Monster from your Extra Deck whose Level equals the total Levels of the removed monsters. The effect(s) of that Synchro Monster is negated.

Pois é, o Vayu não pode ser usado como material Synchro se estiver virado para cima no campo, precisa de no mínimo um monstro de nível 5 no cemitério para fazer um Synchro Blackwing do seu efeito no cemitério... Não são poucos os defeitos colocados nele ao contrário das diversas combinações que esse deck pode ter, com o Lightsworn por exemplo ou uma versão Vayu Norleras, porém de 2011 para cá, o deck teve uma decaída enorme, onde no formato passado eles começaram a aparecer em alguns campeonatos, porém só no OCG. Acompanhem essa decklist que também foi pega do post do GabrielX, agora da segunda parte do post dele sobre os BW, focado no Vayu feita em Julho de 2012:



Monsters: 21
1x Blackwing - Kalut the Moon Shadow 
2x Armageddon Knight 
2x Photon Thrasher 
1x Blackwing - Bora the Spear 
1x Blackwing - Zephyros the Elite 
2x Blackwing - Shura the Blue Flame 
3x Blackwing - Sirocco the Dawn 
1x Dark Armed Dragon 
1x Black Luster Soldier - Envoy of the Beginning 
3x Effect Veiler 
3x Blackwing - Vayu the Emblem of Honor 
1x Blackwing - Gale the Whirlwind 

Spells: 11
1x Heavy Storm 
1x Foolish Burial 
3x Pot of Duality 
1x Monster Reborn 
1x Reinforcement of the Army 
1x Dark Hole 
1x Allure of Darkness 
1x Book of Moon 
1x Black Whirlwind 

Traps: 08
2x Torrential Tribute 
3x Icarus Attack 
2x Solemn Warning
1x Solemn Judgment 

Extra Deck: 15
1x Ally of Justice Catastor 
1x Blackwing - Gram the Shining Star
1x Brionac, Dragon of the Ice Barrier 
3x Blackwing Armed Wing 
1x Black Rose Dragon 
2x Blackwing Armor Master 
1x Infernity Doom Dragon 
1x Stardust Dragon 
1x Blackwing - Silverwind the Ascendant 
1x Armored Ninja Blade Heart 
1x Lavalval Chain 
1x Gaia Dragon, the Thunder Charger


Perceberam a diferença da presença de monstros Blackwing da primeira decklist para a segunda ? Isso é o tempo que passou, a Banlist foi aparecendo como vilã do deck... e agora temos um Blizzard sendo destaque como monstro que dá a força do deck graças ao Brionac, que a Banlist o tenha. Outra diferença a se destacar são as cartas que auxiliavam esse deck e o outro que foram reduzidas ou alteradas, como o caso das famosas Royal Oppression e da Allure of Darkness e da evolução do jogo que trouxe cartas boas para o deck como o Synchro 5 Gram, vindo do mangá, e os guerreiros Thrasher e Armaggedon Knight que dão ao deck velocidade e uma atualização, chegando a era Exceed. 


Na era Exceed, o deck não teve seus dias felizes, a não ser por aparições raras como essa, com o Vayu turbo. Porém, como disso no começo da postagem, fiz um deck que me agradou bastante e que é diferente do foco no Vayu. Acompanhem o Blackwing formato Março 2013:


Monstros: 19

x1 Cardcar D
x3 Blackwing - Bora the Spear
x1 Blackwing - Calima the Haze
x1 Blackwing - Gale the Whirlwind
x3 Blackwing - Kalut The Moon Shadow
x2 Blackwing - Kochi the Daybreak
x3 Blackwing - Shura the Blue Flame
x1 Blackwing - Sirocco The Dawn
x1 Blackwing - Zephyros the Elite
x1 Dark Armed Dragon
x1 Genex Ally Birdman
x1 Gorz the Emissary of Darkness

Spells: 10

x1 Allure of Darkness
x1 Black Whirlwind
x1 Dark Hole
x1 Heavy Storm
x1 Monster Reborn
x2 MST
x1 Night Beam
x2 Pot of Duality

Traps: 11

x2 Bottomless Trap Hole
x2 Breakthrough Skill
x2 Icarus Attack
x1 Solemn Judgment
x1 Solemn Warning
x1 Starlight Road
x2 Torrential Tribute

Extra Deck: 15

x1 Ancient Fairy Dragon
x1 Black Rose Dragon
x1 Blackwing Armed Wing
x1 Blackwing Armor Master
x1 Crimson Blader
x1 Gaia Knight
x1 Scrap Dragon
x1 Stardust Dragon
x1 Diamond Dire Wolf
x1 Maestroke the Symphony Djinn
x1 Number 39: Utopia
x1 Number 50 Blackship of Corn
x2 Sylphine, the Sub-Zero Siren
x1 Wind-Up Zenmaines

Monstros: Pensei em usar uma base warrior com o Thrasher, mas essa com mais Blackwing se mostrou mais compacta e mais possível de se enfrentar o meta por ser feito de um Tipo de monstro só, evitando sofrer pelo side de Rivalry, além disso, Whirlwind sempre tem um food para adicionar a mão o que se torna importante no jogo. Me perguntam o porque de não usar o Blizzard, peça mais importante nos últimos tempos quando se trata de Blackwing. Diferente do formato retrasado, agora não temos o Brionac, que desequilibrava totalmente e ainda podia arrumar o cemitério para food de Dark Armed Dragon. 



Blackwing - Calima the Haze, Genex Ally Birdman e Cardcar D se mostrou ser peças fundamentais, uma vez que o calima serve como Battle Fader no cemitério, trazendo aquele Armor Master ou outro Synchro qualquer e evitando OTKs e derrotas, já fui salvo por ele muitas vezes; No caso do Birdman é para multiplicar o Swarm que o Bora e Gale fazem, retornando eles para a mão e multiplicando o número de monstros em campo, trazendo ancient Fairy com seus 3000 de defesa, a bomba-relógio Black Rose Dragon e outros Synchros e até o Zenmaines, que é uma ótima opção para segurar o jogo; Cardcar D é para um first turn e aumentar a mão, também para ser usado para aquele momento do jogo que você tem uma icarus armada pronta para deixar seu oponente sem o campo dele, onde perder um turno só nele pode valer muito apena.

Spells: Todas Staples. Whirlwind para search, com Duality e Allure para dar volume de jogo para o deck. Optei por 2 MST e uma Night Beam pela Abyssphere's e Compulsory's que existem por ai e algumas Quick-Plays chatas.
 
Traps: Além das Staples Bottom, Solemns, Torrential e Icarus Attack, coloquei a Break. Skill, que é muito mais interessante que Fiendish Chain. Poder negar duas vezes um efeito de mosntro, parando Tour Guide no turno do oponente, Bear, Gorilla, Magician, Dragonfly... e no seu turno para Thunder King Rai-Oh, Shock Master e mais monstros que possa atrapalhar você em uma jogada.


Extra Deck: Misturado Synchros e Exceeds, temos somente de Synchros Nível 6 para cima. Porque ? Nos testes que fiz não vi a necessidade de ter monstros nível 5 para baixo, com destaque para o Crimson Blader que é excelente para atrasar Hyperions, Megalo, fatal para Incarnate Dragons... Na parte de Ranks, o além das staples Utopia, Maestroke, Blackship e Zenmaines, temos dois monstros específicos que dão força para o deck:




Beast/Xyz/Effect
Rank 4 ATK 2000/DEF 1200
Efeito: 2 Level 4 monsters
Once per turn: You can detach 1 Xyz Material from this card to target 1 Beast, Beast-Warrior, or Winged Beast-Type monster you control and 1 other card on the field; destroy them.

O compacto específico do Scrap Dragon, ele pode vim com food pelo Swarm que o Bora e o Gale trazem, podendo destruir aquela Shadow I. Mirror do oponente, controlando seu campo.









Winged Beast/Xyz/Effect
Rank 4 ATK 2000/DEF 2200
Efeito: 2 Level 4 Winged Beast-Type monsters
Once per turn: You can detach 1 Xyz Material from this card; negate the effects on the field of all face-up cards your opponent currently controls, and if you do, this card gains 300 ATK for each card currently face-up on the field, except this card. These changes last until your next Standby Phase.
 Alguns decks do Meta trabalham com cartas contínuas, ou seja, constantemente muitas cartas estarão viradas para cima, maior exemplo disso são os Fire Fist, então Sylphine além de negar essas cartas, ganha ataque por causa delas, podendo mudar o rumo de duelos. Carta fundamental para os Blackwing se fortalecerem no jogo. O mais legal é que ela nega até sua próxima Standby Phase, ou seja, seu oponente sofrerá no seu turno e no dele com ela.


No geral o deck roda em cima do Shura + Kalut protegido por 11 armadilhas, ele fica responsável por trazer Sylphine, com a opção secundária do Swarm e Synchros, porém mais possibilidade podem ser alcançadas, sendo importante você pensar na situação geral do jogo a cada momento, saber a hora de atacar ou não pois você pode perder o controle da mão e o duelo ir pro espaço sem você sentir, então jogue de acordo com as circunstâncias sempre verificando o número de cartas em mãos.

E o... Side Deck ? 

Um dos maiores impecilhos hoje em dia para os Blackwing é o Duel 2 (D2). Pois é ai que o adversário entra com o Side, geralmente com aquela Shadow-Impresioning Mirror ou com a Needle Ceiling na hora exata, não esquecendo da clássica Rivalry of Warlords e do novo semi-limitado Thunder King ai-Oh, matando legal seu deck. Para essas e outras cartas que podem aparecer, tenho um conselho: Existem dois tipos de side para esse deck que podem ser muito bem usados se trabalhados corretamente:

Side que combate Side: Enquanto seu oponente pode vim com as cartas citadas, procure matar elas sem prejudicar seu deck. Um jeito fácil é fechar o deck com Royal Decree/Trap Stun ou ampliar o controle de campo do deck com Dust Tornado. Na escolha da Decree, restarão muitas traps que podem ser substituídas por cartas que aumentem a velocidade do deck, como Cardcars D, Upstart Goblin e etc, e cartas que controlem o campo como Soul Taker e a já citada Dust Tornado.

Side que troca o foco/estilo do deck: Esse é um side mais complicado de se fazer pela limitação de 15 cartas no Side, mas que vai depender de sua criatividade na hora de montá-lo, onde você deverá mudar o estilo de jogo do deck para que seu oponente fique perdido na mudança de duelo. Eu andei pensando em opções e as únicas que me vieram a mente foram: Side com Ninja Simorgh, tentando um lockdown; Pensei também em um deck focado no Evilswarm Thunderbird e no Wind-Up Rabbit, o famoso Chain Beat, com uma maior adição de armadilhas ao Side para a troca, onde ficariam só alguns BW com o Kalut como elemento surpresa. Ou seja, não são ideias das melhores até porque essa é uma possibilidade complicadíssima, onde testará sua criatividade. E como devem ter visto, ainda não preparei nada de especial no Side para esse deck, pois devo usá-lo em um campeonato.


Para finalizar, se você ainda ficou curioso com a pequena pincelada que dei sobre o passado dos Blackwing no jogo assim como decklists do passado, deixo o link de as duas matérias sobre esse deck aqui do blog:

Archetypes: Blackwing (Parte 1 - Old School)
Archetypes: Blackwing (Parte 2 - Atual)


Então é isso, Galera. Se vocês chegaram até aqui, eu agradeço pela leitura, pois eu sei que cansa. Não esperem posts grandes como esse nessa categoria, pois me empolguei bastante por causa da história deles no jogo, peço para que deixem suas ideias de deck para o próximo formato para que eu possa continuar essa categoria. Pretendo falar de Lightsworn que mudaram com a liberação da Lumina ou sobre o novo Anti-Meta já que Thunder-King Rai-Oh estará semi-limitado e Warning estará a 1. Peço também a opinião de todos sobre essa análise, se gostaram ou não, o que gostaram ou odiaram.

#L.G

Comentários
11 Comentários

11 Comentários:

Kido Bw disse:
22 de fevereiro de 2013 23:32

Gostei muito do post,você falou interpretou muito bem o deck que eu tanto adoro,eu assim como você tento fazer um bom Blackwing para o formato,também tenho esperanças no novo XYZ que er ao que o bw tava precisando,uma carta que segurasse o jogo pro otk ^^,parabéns pelo post

Potter disse:
23 de fevereiro de 2013 01:31
Este comentário foi removido pelo autor.
piradinho disse:
23 de fevereiro de 2013 12:35

muito bom o post, como BW eu gostei! só uma correção, quando fez a decklist do Blackwing 2013 vc escreveu 3x gale

Emerson Martins de Deus disse:
23 de fevereiro de 2013 12:45

Odeio Blackwings, eles usam muitas traps, o que faz o jogo parar muito, eu nunca venci o meu amigo, só por que ele usa os BW.

Lucas Gaspar disse:
23 de fevereiro de 2013 12:59

@Kido: É um deck que eu gosto por causa do TF6, mas que nunca havi achado uma plataforma que chegasse perto da consistencia, agora graças a sylphine eles vão estar mais dentro do meta, mas ainda acho difícil sair um OTK com eles.

@Piradinho: Ah, sim. Agradeço o aviso do erro, já corrigido.

@Emerson: Esse estilo é diferente do estilo do passado, onde o deck era muito ofensivo, abusando demais de SS e muitos synchros poderosos. Mas, ainda me agrada esse estilo atual, voce precisa muito usar a cabeça para jogar com ele.

Anônimo disse:
23 de fevereiro de 2013 13:22

Usar a cabeça pra ganhar é melhor do que ficar fazendo tudo automatico. Deck muito bom.

Kimer disse:
23 de fevereiro de 2013 13:27

Gosto muito de jogar com Blackwings, tanto no estilo mais "comum", digamos assim, como nos decks Vayu Turbo.Também tenho tentado encontrar uma boa build.
Vamos ver se surgem builds boas pra esse novo formato.

Kido Bw disse:
23 de fevereiro de 2013 15:47

@ Lucas Gaspar,tudo depende da decklist, a minha da otk com facilidade =]

Lucas Gaspar disse:
23 de fevereiro de 2013 16:57

Ok, mais tarde me procure no DN para um duelo, gostaria de ver ela em ação. Nick: LucasGaspar

Potter disse:
24 de fevereiro de 2013 02:32

caramba, apaguei meu comentário para corrigir uma besteira e não postei de novo.

bom post LG! xD

apesar de não gostar dos BlackWings!!

Charlie disse:
26 de abril de 2013 13:53

Eu adoro blackwing, ate tenho um deck deles, o que eu fico indignado e como a black whirlwind continua limitada num tem mais a maioria das cartas que tiao antes, e ce pode ter 3 wind up factory deveria ter 3 black whirlwind!