23 de fevereiro de 2013

Carta da Semana #52: Edição Especial 3 (CBLZ / Structure Deck 24)

cblz

Eu sei que a Harpie Channeler não veio no CBLZ, mas não achei uma render do Number 92 então vai ela mesmo…

Eae galerinha, este é o último post das edições especiais do CDS de Fevereiro! Como o mês é bem pequeno, eu resolvi fazer esses posts para aumentar o conteúdo para vocês, linkando posts que já passaram por aqui e que são bastante legais para aqueles que pretendem comprar os boosters do Cosmo Blazer, mas não entende muita coisa.

Sem mais delongas, confira o post!


229px-CBLZ-BoosterEN803: CBLZ

Seguindo a temática elementar dos boosters dessa oitava geração (ou série) temos em destaque desta vez os monstros de Fogo. O nome do booster vem de “Blazar” que é o nome dado a um corpo celeste associado a um buraco negro. A cover card é Number 92: Heart-eartH Dragon usado pelo Dr. Faker no anime, e segundo Xyz de RANK 9 a ser lançado.

O booster é responsável por introduzir os seguintes archetypes no OCG/TCG:

  • Brotherhood of the Fire Fist;
  • Fire Formation;
  • Hazy;
  • Garbage;

Além de suportes para monstros “Dododo”, “Gogogo”, “ZW”, “Gagaga”, “Shark”, “Heraldic Beast”, “Mermail”, “Prophecy”, “Elemental Lord”, “Duston” e “Jurrac”. Os nomes em vermelho nos dois últimos parágrafos se referem aos suportes de fogo lançados no booster.

Na lista de links úteis estarei trazendo não apenas os relacionados aos dos Cosmo Blazer, mas também do Structure Deck 24: Onslaught of the Fire Kings. Vale a pena checar!

Leia Também:

 
 
Agora vamos falar de algumas cartas de destaque do CBLZ. Vou procurar não falar muito das cartas que já apareceram no post Top 10: Cartas Legais do Cosmo Blazer para não ficar repetitivo demais.

300px-GagagaClerk-CBLZ-EN-SR-1E300px-XyzRemora-CBLZ-EN-C-1E300px-Orbital7-CBLZ-EN-SR-1E300px-PyrotechMechShiryu-CBLZ-EN-C-1E

Sempre vale a pena comentar sobre os Gagagas que em todos os boosters da oitava geração tem recebido suportes. Desta vez foi Gagaga Clerk que possui Level 2 e pode ser invocada da mão caso você controle qualquer monstro Gagaga. Combinando ela com o Magician ou Caesar já podemos ter alguns combos interessantes.

Uma carta bastante esperada era Xyz Remora que desde sua primeira aparição no anime já causou bastante polêmica. Seu efeito permite praticamente realizar uma segunda Xyz Summon utilizando as unidades overlays de um monstro Xyz que já esteja em campo. Na prática não é bem isso, mas na teoria sim.

Orbital 7 foi impactante! Trabalhando com You Got It Boss Counters e ao mesmo tempo oferecendo suporte para monstros Galaxy e Photon do Kaito-sama, permanece a pergunta: Teremos futuramente novos monstros Orbital?

Uma carta que não recebeu muito destaque aqui no blog é Pyrotech Mech – Shiryu, um monstro Pyro de Level 8 que possui um efeito bastante agressivo. Pode ser invocado com um tributo e quando ataca inflige dano piercing ao oponente, que com 2900 pontos de ataque pode infligir um dano considerável. O ponto fraco dele pode ser revertido com as cartas certas, mas se você ainda tiver pontos de vida sobrando, pode ficar com ele por mais um tempo.

300px-SlackerMagician-CBLZ-EN-R-1E300px-BrotherhoodoftheFireFistTigerKing-CBLZ-EN-UR-1E300px-ZWLeoArms-CBLZ-EN-UR-1E300px-HazyFlameBasiltrice-CBLZ-EN-R-1E

Slacker Magician já é a Xyz RANK 1 favorita de muitos players. Pode ser invocada utilizando apenas dois materiais com inúmeras possibilidades, tem uma defesa alta e não pode ser destruída em batalha uma vez por turno, além de ser praticamente invunerável a cartas que façam alvo.

Brotherhood of the Fire Fist – Tiger King esta aqui representando o seu archetype que ainda promete ser muito comentado aqui no blog. Eles trabalham com cartas chamadas Fire Formation que aumentam seus pontos de ataque, buscam monstros do deck, os protegem do oponente e combinando com os membros do archetype podem criar milhões de possibilidades.

O lendário ZW – Leo Arms do Yuma Super-Sayan e primeiro Xyz do archetype. Além de ter 3000 pontos de ataque e poder ser invocado com apenas dois materiais, pode buscar outras cartas ZW do deck e ainda se equipar no Utopia para aumentar seu ATK ainda mais! A fraqueza é que não pode atacar o oponente diretamente, mas em um deck comum pode servir como um Number 30: Acid Golem of Destruction como um bom beatstick.

Como representante dos Hazy Flame temos Hazy Flame Basiltrice. Falei sobre o archetype inteiro neste post ainda essa semana já pensando na edição especial do CDS. Poderia ser eleito um dos melhores Xyz de todos os tempos, já que é o primeiro que pode facilmente acrescentar ou retirar materiais Xyz de si próprio e ter vários efeitos que o deixam invencível.

300px-QuickBooster-CBLZ-EN-UR-1E300px-AbyssscaleofCetus-CBLZ-EN-C-1E300px-HeraldryReborn-CBLZ-EN-R-1E300px-SpellbookoftheMaster-CBLZ-EN-ScR-1E

Das cartas mágicas poucas se destacam. Aqui no blog ainda não foi falado de Quick Booster que é uma Quick-Play Spell Card que serve como uma espécie de blefe ao oponente que se destruí-la você pode adicionar outra do mesmo tipo do cemitério a mão. O primeiro efeito recicla também, mas embaralha ao deck ao invés de enviar a mão.

Representando os suportes dos Mermails que vieram no CBLZ temos Abyss-scale of Cetus, que é uma versão anti-Trap de Abyss-scale of the Kraken que proporciona também um bom ataque ao monstro equipado.

Heraldry Reborn oferece suportes para os Heraldic Beasts, que ainda não foram comentados como deveriam aqui. Ela é uma Monster Reborn exclusiva para esses monstros, sem nenhuma restrição ou algo de tipo. Para mim, mais archetypes deveriam receber cartas como essa.

E por último das magias temos Spellbook of the Master, um livro de magia que vem sido bastante usado nos decks da Profecia ultimamente. Combinar ele com Spellbook of Secrets para um segundo search num turno ou com Spellbook of Power para aumentar o ataque de um monstro em 2000 pontos e permitir mais dois searchs depois é muito interessante!

300px-Abyssscorn-CBLZ-EN-C-1E300px-UltimateFireFormationSeito-CBLZ-EN-R-1E300px-JurracImpact-CBLZ-EN-C-1E300px-XyzDimensionSplash-CBLZ-EN-C-1E

Voltando a falar dos suportes Mermail: Abyss-scorn pode ser combinada com as Abyss-scale para aumentar ainda mais a força de seus monstros, e semelhante a Quick Booster, ela pode servir como um blefe, enviando um monstro do oponente ao cemitério quando destruída virada apra baixo.

Ultimate Fire Formation – Seito esta aqui para representar as Fire Formation, que como já dito antes podem criar milhares de possibilidades quando combinadas com os monstros Brotherhood of the Fire Fist. A carta boss permite invocar quantos monstros do archetype forem possíveis do cemitério e então baixar cartas Fire Formation no campo igual a mesma quantidade, por banir 7 delas do cemitério. Apenas com esse booster isso parece uma jogada difícil, mas com futuros suportes fica bastante fácil.

Outra surpresa foi Jurrac Impact. Claro que ela não foi totalmente planejada pensando nos monstros Jurracs, pois tivemos Pyrorex the Elemental Lord que também é um dinossauro que pode ser usado a favor dessa carta para limpar o campo. É uma cartas bastante útil no deck certo.

Xyz Dimension Splash é outro blefe, que desta vez pode ser usado em favor de monstros aquáticos de alto Level para praticamente invocar monstros Xyz instantâneos. A condição para isso é um pouco complicada, já que ela precisa ser diretamente banida enquanto virada para baixo. Exemplos de cartas que fazem isso são: Nobleman of Extermination, Card of the Sanctity e Caius the Shadow Monarch. Alguém arrisca?


229px-SDOK-DeckENStructure Deck 24:
Onslaught of the Fire Kings

Putz, isso aqui vai ficar enorme e ninguém vai ler². A segunda parte do post, já que o booster tem uma relação alta com o Structure do fogo!

Estreando um archetype de criaturas sagradas e de fogo com Fire King High Avatar Garunix que promete fazer parte do metagame esse ano como já foi vem aparecendo em alguns tops por aí.

Os Fire Kings já foram comentados aqui, mas o que eu não disse muito bem foram dos reprints que o Structure Deck 24 nos trouxe. Uns bastante úteis, outros medianos e alguns que nem tinham necessidade. Dentre os monstros podemos encontrar:

 

300px-FlamvellFiredog-SDOK-EN-C-1E300px-RoyalFirestormGuards-SDOK-EN-C-1E300px-ManticoreofDarkness-SDOK-EN-C-1E300px-SacredPhoenixofNephthys-SDOK-EN-C-1E

Flamvell Firedog é um dos melhores suportes para os monstros FIRE e sempre que formos falarmos sobre eles, teremos que citar o seu nome. Já falei no post dos Hazy Flame e volto a falar aqui. Se você pretende montar um deck Hazy Flame com certeza pode precisar de um desses.

Esse tal Royal Firestorm Guards já havia sido implorado pelos fãs a muito tempo, e a Konami resolveu trazê-lo nesse Structure. Ele é um Pot of Avarice com pernas e para apenas os monstros Pyro, que podemos encontrar em peso tanto no CBLZ quanto no Structure.

Manticore of Darkness pode nem parecer tanta coisa hoje em dia, mas a habilidade dele de voltar ao campo em toda a End Phase faz dele um monstro bastante útil, principalmente por poder enviar cartas como o boss dos Fire Kings ao cemitério para depois ser revivido.

A ideia do Garunix partiu de Sacred Phoenix of Nephthys que já havia até sido cover card de um booster no passado e já concorrido a uma vaga na banlist (eu acho). Ela é uma Heavy Storm com pernas, com Level 7 e um ataque razoável. Garunix é uma versão tunada dessa fênix.

300px-NeoFlamvellSabre-SDOK-EN-C-1E

300px-JurracGuaibaHA03-EN-SR-1EUma curiosidade do Structure Deck 24: Assault of the Fire Kings  é que em sua versão TCG Onlaught of the Fire Kings não tivemos a presença de Jurrac Guaiba. Para quem não sabe, esse dinossaurinho de fogo é um dos melhores para chamar os Evolzar Laggia e Dolkka e por isso vem com um preço bastante alto em algumas lojas (mais caro que o próprio Structure). Ele foi trocado por Neo Flamvell Sabre desse lado do mundo.

Outra mudança foi que Jurrac Velo foi substituído por Royal Firestorm Guards, impedindo que os Jurracs recebessem reprints aqui.

300px-BlazeAccelerator-SDOK-EN-C-1E300px-Rekindling-SDOK-EN-C-1E300px-BurdenoftheMighty-SDOK-EN-C-1E300px-WildNaturesRelease-SDOK-EN-C-1E

Em partes, os Volcanics também vieram no Structure Deck, e a carta que mais pode provar isso é Blaze Accelerator que tem efeito de destruir monstros do oponente por descartar monstros Pyro com ataque baixo da mão, mas a grande desvantagem de não poder atacar no turno que ativa esse efeito.

A famosa e tão procurada Rekindling apareceu tanto no OCG quanto no TCG. A força dessa carta é tremenda, tanto que alguns palpites apontam ela para a próxima banlist. Facilita Synchros e Xyz num piscar de olhos, pode ser ativada mais de uma vez por turno e pode causar OTKs!

Interessante mesmo foi Burden of the Mighty vir nesse deck em meio a uma era onde monstros não possuem Level. Quem já enfrentou múltiplas cópias dessa carta sabe o que ela faz. As vezes 100 pontos de ataque fazem muita diferença, o que a torna bastante útil contra decks específicos.

Wil Nature’s Release também é interessante. Ela + Rekindling contra os monstros de fogo (Fire King High Avatar Garunix para um ataque 4400 pontos, por exemplo)pode causa OTKs incríveis.

300px-Backfire-SDOK-EN-C-1E300px-HornofthePhantomBeast-SDOK-EN-C-1E300px-NightmareWheel-SDOK-EN-C-1E300px-RegretfulRebirth-SDOK-EN-C-1E

Uma das minhas armadilhas favoritas é Backfire, que com seu efeito cumpre o objetivo essencial dos monstros de fogo que é infligir dano ao oponente sem batalhar. Com os Fire Kings isso pode ser ainda mais explorado, já que quando eles são destruídos também possuem outros efeitos.

Horn of the Phantom Beast é outra carta que com os Fire Kings pode causar grande estrago. É uma boa draw engine e também força bruta para seus monstros.

Outra das minhas favoritas é Nightmare Wheel desde a primeira vez que vi o Jack Atlas a usando (anteriormente foi usada no YuGiOh GX também, mas não vi esse episódio). Além de prender um monstro em uma roda que e impedi-lo de se mover, essa carta continua a infligir dano ao oponente constantemente.

Essa aqui é bem interessante: Regretful Rebirth. Ela combina com os Fire Kings pelo fato de ativarem suas habilidades quando são destruídos por efeito de cartas, e não por batalha. No caso do Garunix, você pode ativar essa carta para ter um combo de dois efeitos: trazer um Fire King para a mão e na sua próxima Standby Phase ter seu monstro novamente. Além de que esta carta pode ser uma boa defesa de campo em alguns casos.


Decks:

[Se você tiver algum deck relacionado ao post, pode deixar nos comentários que eu coloco ele nesse espaço!]


Então é isso galerinha, com isso encerramos o mês de edições especiais do CDS. Pretendo fazer mais posts assim daqui um tempo quando mais boosters e decks forem sendo lançados, mas isso depende da aprovaçãod e vocês. Semana que vem temos CDS no ritmo normal, já que temos mais cartas a serem comentadas do Lord of Tachyon Galaxy agora.

O que acharam desse post? Não se esqueçam de comentar e até semana que vem!

OFF: Eu, Cyberblu, criei um ask.fm perguntem lá (clique aqui).

Comentários
11 Comentários

11 Comentários:

Anônimo disse:
23 de fevereiro de 2013 17:41

bom post blu, continue assim

kasslogvich disse:
23 de fevereiro de 2013 17:53

blu mó pegador no ask

CyberBlu disse:
23 de fevereiro de 2013 18:02

Valeu anônimo¹, e de onde você tirou isso anônimo²?

Potter disse:
23 de fevereiro de 2013 19:11

já do Cosmo Blazer, não tirei nada de aproveito!!! =/

CyberBlu disse:
23 de fevereiro de 2013 19:25

Potter, nem o Star Drawing conseguiu tirar?

Potter disse:
23 de fevereiro de 2013 20:08

nope!! nem comprei ainda!!! xD

nenhuma carta do Cosmo me interessou!! =D

Guilherme Lerry dos Santos disse:
23 de fevereiro de 2013 22:55

Quick Booster é daora pra reciclar também. Vai o oponente, mete MST, você da Chain ativa recupera um QS em seguida MST resolve destrói Quick Booster e o segundo efeito dele é ativado e você pega a carta que voltou pro Deck.

Tsoko disse:
24 de fevereiro de 2013 19:08

Nightmare Wheel foi usada primeiramente pelo Marik contra Mai. Sei que você não disse que Jack foi o primeiro mas foi o que você viu hehe.
De todo modo, só falei por curiosidade mesmo

Crabcore V.L disse:
24 de fevereiro de 2013 21:59

vcs esqueeceram de falar sobre a cover card do cosmo

CyberBlu disse:
24 de fevereiro de 2013 22:02

@Tsoko, Sim, mas lembro vagamente. A melhor aparição dela é no 5Ds mesmo.

@Crabcore, Esqueci na verdade de dar o link para o post da análise do Number 92, mas mesmo assim esqueci de falar dele. Deixa pra próxima.

Tsoko disse:
24 de fevereiro de 2013 23:26

@CyberBlu desculpa ser chato, mas acho que a melhor aparição e performance foi no DM, a Amazona caiu certinho na armadilha e até na Dramatic Rescue foi bem feita. Antes, na maioria das vezes os desenhos das cartas tinham muito a ver com o efeito na prática.
Algo que foi se perdendo no GX, 5D's e agora Zexal. Mas depois do DM o Zexal é o que tem menos fugido da arte/efeito heheh
Vocês me entenderam né? E... desculpa estar fugindo do assunto do post ehe