2 de fevereiro de 2013

Carta da Semana #49: Number 42: Starship Galaxy Tomahawk

cartadasemana49

Eae galerinha, como vão? O CDS (Carta da Semana) de hoje é um monstro recente que surgiu no OCG e não podia passar despercebida por nós. Como ela já esta no Dueling Network, é hora de falarmos um pouco de seu potencial! Siga-me!

300px-Number42StarshipGalaxyTomahawk-VJMP-JP-UR

Number 42: Starship Galaxy Tomahawk
RANK 7 / WIND
ATK: 0 / DEF: 3000
Machine / Xyz / Effect
2 Level 7 Monsters
Você pode remover 2 materiais Xyz desta carta: Special Summon quantos “Battle Eagle Tokens” (Machine-type/WIND/Level 6/ATK 2000/DEF 0) forem possíveis em seu lado do campo. Eles são destruídos no fim do turno, e o oponente não recebe dano de batalha pelo resto do turno.



manga

Vindo diretamente do mangá para nossos decks, nas páginas em preto-e-branco o Number 42 foi usado por um cara chamado Eviluder. O personagem feito que você vê na direita da imagem acima, é um caçador de números que trabalha para o Dr. Faker, assim como o Kaito. Ele não teve nenhuma aparição no anime, portanto esse é mais um número que o Astral diz possuir no anime, mas nunca apareceu.

O Number 42, depois do Number 9: Dyson Sphere, é o maior monstro que já apareceu no anime/mangá (Me corrija se eu estiver errado), e também o primeiro monstro Xyz a ser lançado no OCG que pode invocar tokens; O segundo é o Phantom Beastcraft – Drago-SAC que ainda nem foi lançado, mas já podemos ter uma ideia que os dois foram feitos para serem colocados no mesmo deck.

 

Dada a introdução, vamos para os PRÓS e os CONTRAS, colocando em destaque algumas jogadas novas já possíveis com o Tomahawk e outras mais antigas e que o beneficia:

prós
  • Monstros de Level 7 geralmente precisavam de 2 tributos para serem invocados, agora não precisamos tanto nos preocupar em obter dois no campo com tantos archetypes e cartas de suporte novas:
level7
    • O archetype Phantom Beastcraft que será lançado tratá monstros que podem aumentar seu Level de acordo com o número de tokens no campo, ficando Level 7 num piscar de olhos;
    • As harpias também ganharam suporte, chamada de Harpie Channeler, sozinha pode invocar o dragão de estimação delas e aumentar se Level para 7 enquanto há dragões no campo;
    • Os monstros Suppressor Dragons, também vindo do Lord of Tachyon Galaxy são todos Levle 7 e podem facilmente encher o campo;
    • Algumas jogadas de mestre com os antigos Neo-Spacian e Elemental HERO Neos é outro exemplo de utilidade para o Tomahawk;
    • Em decks Mermail com os boss Abyssteus, Abyssleed e Abyssmegalo, todos Level 7 com invocações fáceis da mão;
    • Em decks Prophecy, com 2 High Priestess of Prophecy ou outro Spellcaster invocado do cemitério por Spellbook of Life;
  • Tokens não podem ser usados como material Xyz, mas podem ser usados como material Synchro, de Level 7, 8 ou até mesmo 9 com cartas como Effect Veiler e Plaguespreader que sempre estão presentes em praticamente qualquer deck e são tuners;
  • Ele pode invocar até 4 tokens no seu campo, que podem ser usados com certas cartas para obter efeitos legais:
token
    • Token Sundae destrói todos os tokens no campo e depois destrói mais cartas igual ao número de tokens destruídos;
    • Token Thanksgiving destrói todos os tokens e aumenta a sua vida em 800 pontos para cada um destruído;
    • Token Christmas permite invocar dois monstros com o mesmo atributo dos tokens tributados; No caso dos tokens do Tomahawk, você pode invocar 2 monstro de Level 6 (Ex: Monarchs) para fazer Xyz Summon;
    • Token Feastevil destrói todos os tokens e inflige 300 pontos de dano ao oponente para cada um destruído;
  • Use Limiter Removal para dobrar o ATK de seus tokens para 4000 e destruir qualquer coisa no campo do oponente. Eles seriam destruídos do mesmo jeito mesmo…
  • Os tokens invocados tem 2000 pontos de ataque, tribute-os para invocar Galaxy-Eyes Photon Dragon da mão;
  • Ative o efeito do Number 42, tribute-o e invoque Catapult Turtle, tribute seus 4 tokens e inflija 4000 pontos de dano ao oponente; Isso apenas funciona se você não ter Normal Summon neste turno (Ou por utilizar Double Summon ou Ultimate Offering);
    • Pode causar um OTK se você usar Limiter Removal para dobrar o ATK de seus monstros, tirando 8000 do oponente de uma vez;
  • Como o oponente não recebe dano de batalha, você ainda pode infligir dano por efeito. Use Mini-Guts para zerar o ataque de um monstro do oponente, destrua-o em batalha e inflija dano ao oponente igual ao ATK do monstro destruído;
  • Ganhou um OTK;

contras

  • Logo de cara vemos a maior fraqueza do Tomahawk: 0 pontos de ATK. Isso pode ser contornado pela DEF alta, porém em alguns casos pode fazer falta;
  • É necessários duas unidades overlays (materiais Xyz) para ativar o efeito do Tomahawk, impedindo uma reutilização no próximo turno como de costume de outros monstros Xyz; Também se esse efeito for negado esqueça;
  • O oponente não recebe dano de batalha no turno que você ativa o efeito. Se fosse permitido seria um tanto que apelão, então eu votava para todo o dado de batalha ser cortado pela metade ao invés, e já que os tokens são destruídos no final do turno mesmo. Só que mesmo assim ficaria apelão e abriria portas para OTKs simples;
  • Não possui muita variedade de decks que podem invocá-lo, decks mais antigos teriam dificuldades para isso.
  • Seu uso nos decks atuais pode ser substituído por cartas como Number 11: Big Eye, Gaia Dragon, the Thunder Charger e Phantom Beastcraft - Drago-SAC; Aliás esse último também pode invocar tokens e pode ficar mais tempo no campo, além de poder destruir cartas do oponente;
  • Maior Fraqueza (Ao meu Ver): Karakuris, que podem mudar o Number 42 para o ataque com facilidade.
 
Como podem perceber, em alguns casos é preferível o Drago-SAC que possui as mesmas condições de invocação e combina com o archetype em que faz parte. Porém o Number 42 é um beatstick interessante para aquele momento em que o oponente controla vários monstros e você nenhum, para destruir um a um em batalha.
 
42 
O deck de hoje é um que eu fiz no YGOPro. Um deck bem rápido, por sinal. Nele você pode usar e abusar da nova Harpie Dancer com Divine Wind of Mist Valley para invocar rapidamente Genex Blastfan do deck. Invocando até 2 Ancient Fairy Dragon no mesmo turno, depois você pode utilizá-los para chamar o Number 42 ou outro Xyz de RANK 7.

Usa também bastante os Phantom Beastcraft para segurar o campo enquanto que as principais cartas (para um OTK) não venham. Gostei de jogar com esse deck e foi motivo de alguns Epic Wins.

O outro deck da semana que recomendo é esse: [FTK] Harpie Dancer + Divine Wind of Mist Valley, semelhante a minha versão do deck acima, esse segundo que foi postado ainda essa semana aqui no blog causa um FTK (First Turn Kill). Entra lá para saber mais e como esse combo funciona.

Por hoje chega de decks (Desculpem por não trazer um do DN, estou muito ocupado), mas semana que vem eu trago mais, antes que as férias acabem. Lembrando que o CDS da semana que vem será a edição #50, e trarei algo especial devido a isso.

 

Então é isso galerinha, espero que tenham gostado do post. Não se esqueçam de comentar e até mais!

Comentários
8 Comentários

8 Comentários:

Tsoko disse:
2 de fevereiro de 2013 11:18

Tão diversificando muito o jogo, parabéns ao blog!

CyberBlu disse:
2 de fevereiro de 2013 12:29

Concordo, na Serie 8 de Yu-Gi-Oh! o jogo esta ficando bem diversificado quanto aos atributos. Madolhce e Geargia como EARTH, Mermail e Atlantean como WATER, Fire Fist, Fire King e Hazy Flame como FIRE e Phantom Beastcraft e Harpie como WIND. Ainda espero que mais um archetype WIND seja revelado do Lord of Tachyon Galaxy da mesma forma que os Hazy Flame foram os últimos do Cosmo Blazer.

Meu medo é que no Light of Judgment e no próximo DARK que virá os archetypes superem todos esses elementares lançados até agora e volte aquela guerra Chaos.

Anônimo disse:
2 de fevereiro de 2013 12:53

Chaos a KONAMI está louca para a época de caos voltar e deixar os players em estado de caos hehehehehehe

Mas acho que os Lightsown, Hieratics, Constellar e Evilswarm devem ficar mais fortes com os proximos booster.

O meu maior medo é a KONAMI fizer com Light/Dark o que fizeram com os suppressors, ou seja, um arquetype que nao dependam do cemiterio mas sim por remoção. Aí sim, teremos decks anti-metaaaaaaaaaa puramente caos.

Anônimo disse:
2 de fevereiro de 2013 13:25

bom post, continue assim cyberblue

Potter disse:
2 de fevereiro de 2013 17:33

é um cara bastante legal, principalmente a artwork!!
mas como vc disse, eu prefiro usar um Big-Eye, já que faço ranks7 fácil com a dupla Gagaga...

esse cara é melhor para synchro, mas faz altos OTKs igual vc disse!! =D

bom post Blusson

Anônimo disse:
3 de fevereiro de 2013 01:25

É a carta da Nick Minaj. =P

Socrates Nunes disse:
9 de fevereiro de 2013 16:42

Galera da Nexus aki quem fala é o Sócrates Kyosuke do blog YDA Academia de Duelos.
Queria me desculpar com voces por eu ter copiado essa postagem e postado no blog e ser que ter colocado os creditos a voces.A questao que aconteceu foi que meu not no dia da postagem estava sem nada,foi formatado estava sem nada, meu not novo chegou dia 08/02/2013. Espero que entendam, e desculpem pelo mal entendido. Abraços!

CyberBlu disse:
9 de fevereiro de 2013 17:29

Ainda esta faltando tirar o CDS do Giant Hand.